Informações Inglaterra

Quando eu estava na Espanha, recebia tantos e-mails de gente pedindo informacoes sobre o pais que resovi colocar tudo num lugar so, e assim seria mais facil pras pessoas acessarem, e ateh mesmo pra mim, para lembrar de alguns detalhes no futuro (agora que jah nao moro mais lah ha 7 anos!).


Ai, a ideia quado vim para Inglaterra era fazer a mesma coisa. Mas ai o tempo foi passando, foi passando, e a tal pagina nao aconteceu.
Mas como ultimamente a demanda por informacoes sobre a Inglaterra (e Londres) tem aumentado bastante, resolvi parar de enrolar e escrever logo…

Mas antes que alguem comece a reclamar das minhas opinioes, lembrem-se: sao as minhas opinioes, minhas impressoes sobre a vida por aquí. Pode ser que vc concorde, pode ser que vc discorde. E pode ateh ser que a sua experiencia seja completamente diferente.

Mais informacoes sobre morar na Inglaterra, estudar na Inglaterra e passear na Inglaterra e em Londres podem ser encontrados nos links abaixo:

- Vida na Inglaterra 

- Viagens pela Inglaterra

- Conhecendo Londres

Vou tentar manter a mesma orden de informacoes que usei na secao da Espanha, entao vou comecar com:

 - Imigracao e Trabalho: Entao eh isso. Aprenda ingles. Mesmo que seja aqui em Londres/Inglaterra mesmo. Venha pra ca, com dinheiro sufficiente pra se manter po um tempo, mergulhe de cabeca nas aulas de Ingles (logo evite os zilhoes de Brasileiros e Portugueses da cidade), e quando vc tiver se sentindo seguro com a lingua, volte a atacar o mercado de trabalho.

Outra coisa tb eh a experiencia. Aquí tem muito emprego, mas tb tm muita concorrencia. Tem emprego para tudo quanto eh gosto, mas as empresas estao acostumadas com abundacia de curriculos, e estao acostumadas a poder escolher a dedo quem eles querem. Entao nao soh vc tem que saber ingles muito bem, como tem que ter um bom curriculo. Mas isso fica para outro capitulo.

Mas se vc nao esta nem ai, e quer mesmo eh vir para ca, ganhar uma graninha, estudar Ingles e viajar um pouco, meu querido, aquí eh seu lugar. Qualquer cidadao Europeu pode trabalhar em qualquer coisa aquí, entao vah direto aos zilhoes de bares, zilhoes de restaurantes, zilhoes de caterings, etc. Faca um curriculo bonitinho em ingles, e va batendo de porta em porta. Assim, na cara de pau mesmo. Quem nao chora nao mama, e se bobear vc volta para casa com um emprego ainda hoje.

Se vc vem para ca com visto de estudante, ai a coisa complica um pouco. Se nao me engano, a lei soh permite que estudantes trabalhem 20 horas por semana, que eh um emprego de meio periodo.

(ATUALIZACAO 2010: Li alguma coisa nos jornais locais que o “Home Office” – instituicao governamental que cuida de tudo relacionado a imigracao – mudou suas regaras e agora estudantes soh poderao trabalhar um maximo de 10 horas por semana).

Mesmo assim eh facil arrumar empregos em bares e restaurantes e afins, o problema vai ser se sustentar com o salario de um emprego de meio periodo. Nao adianta me pedir dicas de empregos ilegais etc, nao faco a menor ideia e nao recomendo a ninguem, mas sei que rola… Sei que muito Brasileiro vem para ca com visto para trabalhar 20 horas, e acaba fazendo tantos “bicos” que no final trabalham umas 60 horas… O unico problema eh se te pegarem… ai jah era, bye bye Inglaterra.

 Alguns sites de empregos bons:

www.monster.co.uk

www.totaljobs.co.uk

www.gumtree.co.uk (para empregos em bares, restaurantes e caterings)

   

  - Lingua:Aqui dou dicas sobre a prova, como estudar, e como a prova do IELTS eh composta 

 

 

 - Estudos: 

Pegando carona nos cursos de Ingles, se vc vem estudar na Inglaterra e fazer um curso universitario o processo de admissao muda de universidade para Universidade, entao a melhor coisa eh entrar em contato com a Universidade que vc quer, mandar e-mails, ler o web site deles, e tentar entender como eles funcionam. E isso tb muda se vc quer estudar graducao (undergraduate) ou pos graduacao (graduate).

A primeira coisa que todo mundo repara sao os precos. Se morar na Inglaterra jah eh caro, estudar aqui nem se fala. Os precos variam muito, dependendo da Universidade que vc quer estudar, qual area de estudo, que regiao do pais, etc, etc, e por fim se vc eh cidadao Europeu ou nao.

Os precos podem varias entre os 3.000 Libras e 30.000 libras (entre 12.000 Reais e 120.000 Reais) para um curso de 1 ano.
Dentro da mesma universidade e no mesmo curso, geralmente existem sempre dois precos: os de alunos estrangeiros (Overseas) e alunos UK/Europa (Home).

Mas na verdade pra tirar vantagem do preco dos alunos Europeus nao basta ser cidadao de algum pais da comunidade… Vc tem que provar que jah mora aqui, e paga impostos ha pelo menos 3 anos (em algumas universidades sao 5 anos), se nao, cai na categoria de estrangeiro, e logo, paga MUITO mais caro (geralmente o dobro).  

Depois tem o certificado de lingua Inglesa que eu falei ai em cima (IELTS). A nota de Ingles que eles pedem pra qualquer aluno estrangeiro de lingua nao inglesa depende de uma universidade pra outra. A maioria dos cursos pede 6.0 ou 6.5, e outras universidades podem chegar a pedir 7.5. A nota pre-requisito tb varia de acordo com sua area de estudo. No meu caso, Recursos Humanos exige um nivel de Ingles alto, pq vc tem que ler muito, escrever muito, aprender Leis, fazer apresentacoes etc.
Quando eu descobri que tinha que fazer essa prova fiquei morrendo de raiva, mas quanto mais fui pesquisando, vi que se uma universidade nao exige esse certificado, entao tem alguma coisa errada…

Toda minha experiencia fazendo mestrado e estudando na Inglaterra esta aqui.

 Ai tah. Vc deu um jeito pra pagar o curso que quer fazer, fez a prova de ingles e tirou a nota necessaria, etc.
A inglaterra apesar de ser considerada um centro de excelencia em estudos, tb tem um monte de uniersidades porcarias, como qualquer lugar do mundo. Uma boa indicacao disso eh se eles nao pedirem o IELTS… pode ser um bom indicativo de que eles nao estao preocupados com a qualidade dos alunos que vao antender as aulas, e tentam atrair muitos estrangeiros, pra ganhar mais dinheiro.

 

Agora chegou a hora da Application.
Vc nao precisa fazer nenhuma prova, apresentar projeto, etc (pelo menos eu nao tive), basta preencher sua application (ficha de inscricao), e eh baseado nisso que vao te avaliar.
Eu nao gosto desse esquema “sorteio”, sem criterio que usam aqui. Ainda mais por ser um lugar TAO competitivo, acho que deviam ter maneiras mais eficazes de avaliar a verdadeira capacidade dos alunos. Mas enfim.
 

Ainda na Application, vc tem que escrever um Personal Statement, ou seja, uma carta de apresentacao onde vc tem sua oportunidade (unica) de convencer a banca de selecao que vc eh o candidato ideal pra esse curso.
Geralmente cada universidade tem seus requisitos especificos doque eles querem na carta, mas geralmente eh sempre a mesma coisa… Porque vc quer estudar aquilo, qual sua experiencia, e oque vc espera que seja o resultado, etc.
Eh chatinho de fazer…. E claro, de quebra ainda dao uma avaliada basica no seu ingles escrito.
Uma grande vantagem do processo de selecao Ingles eh que vc nao tem que se preocupar com traducao de documentos, traducao juramentada, etc (que na Espanha foi um pesadelo!!), pq as proprias universidades fazem isso pra voce. Obviamente se no final vc for aprovado, vao te cobrar uma taxa, mas soh de nao ter que lidar com toda burocracia por conta propria, nao tem preco. Mas mesmo assim eu recomendaria que antes de sair do Brasil vc vah no consulado e no Ministeria das Relacoes Exteriores, soh para dar aquela carimbada oficial, para provar que vc nao fez seu diploma no Power Point.

O ultimo detalhe do processo de selecao eh a carta de recomendacao. Isso tb eh muito importante, e pode ser o seu passaporte pra universidade que vc quer estudar. Alguma pedem recomendacoes profissionais, outras academicas, mas a ideia eh sempre a mesma… alguem esta puxando seu saco, e escrevendo uma carta melosa contando como vc eh perfeito e maravilhoso e sera o melhor aluno do mundo. Quanto mais detalhes concretos e exemplos a carta tiver, melhor.

Com tudo isso pronto, nao tem misterio:
- Vc escolhe o curso que vc quer fazer, ou que area quer estudar
- Seleciona algumas universidades
- Faz o IELTS
- Preenche as fichas de inscricao
- Escreve sua carta de apresentacao
- Pede 2 ou 3 cartas de recomendacao
- Manda copia dos seus historicos escolares

E pronto. Agora tem que sentar e esperar, e ver se vc vai ser selecionado!

   

- Se alojando e locomovendo 
 

 Eu jah escrevi alguns outros posts aqui que acompanharam minha(s) saga(s) de encontrar um lugar descente pra morar, entao vou dar minhas dicas e sumariamente reunir minha ideias sobre o assunto. 

Nesse post aqui falo um pouco sobre como eh a relacao entre vida em londres Vs o metro, mas lah vao alguns dados mais uteis. 

Outro post que inclui absolutamente tudo que voce precisa saber sobre o metro de Londres, esta aqui.

 O metro de Londres tem 13 linhas no total, com varias expansoes programadas para 2010 (em tempo pras Olimpiadas de 2012), mas cada linha se bifurca em varias direcoes, etc, entao quando vc olha o mapa do metro, da a impressao de que sao muito mais do que 13. 

- Informacoes e precos do metro de Londres

 

E no geral, os melhores bairros estao na zona 1 e 2. O metro eh mais barato nessa zona, eh aqui que estao os pontos turisticos, etc. Quanto mais longe, mais barato, mas nao necessariamente melhor ou pior. 

Outra dica eh em termos de localizacao. Seja procurando um apartamento para morar, seja procurando um hotel ou albergue, a estacao de metro eh o melhor referencial. Se estiver longe de uma estacao, eh furada na certa. Pode ateh ser melhor e mais barato, mas na minha opiniao eh um barato que sai caro, e nao vale a pena mesmo. Se ficar perto da estacao, beleza. Mas cuidade com anuncios do tipo “10 minutos da estacao”. Se alguem tah falando 10 minutos, eh porque na verdade sao uns 15, e isso meu amigo, eh chao BAGARAI quando esta frio, escuro e chovendo no inverno! Entao use o bom senso. Pois bem: Alojamento. Onde, como e quanto?

Bem, isos depende da sua situacao. A meu ver, existem duas: a galera que tah vindo pra ca sozinha, para estudar, trabalhar ou seja lah oque for. Nesse caso a melhor opcao sao os “flat share”. Uma casa ou um apartamento que alguem esta alugando os quartos. Os precos variam muuuuuuuuito e os precos idem.
Um OTIMO site para te ruma ideia de precos, localizacao e qualidade de flat shares eh o www.gumtree.co.uk Lah vc pode salecionar por regiao, bairro, faixa de preco, tamanho do quarto, etc.
Fique de olho nos muquifos. Se alguna coisa parece ser boa demais para ser verdade, eh porque provavelmente o eh. Nunca, jamais, pague, nem feche nada sem antes ver o lugar pessoalmente. Oque mais tem por aquí sao roubadas. Vc tem que ver o apartamento e o quarto pessoalmente, dar uma avaliada na pinta dos flatmates, dar uma olhada na regiao (bairros bons e caros, podem ter areas pessias, e viceversa), etc. Cuidado com os Council Estates (conjuntos habitacionais) pq geralmente sao bem barra pesada, ou com as casa Vitorianas muito antigas, e tente passar longe de apartamentos que tem carpete ateh nos banheiros!!! Nao eh forca de expressao nao, eh a pura realidade. Agora imagine a limpeza e o cheirinho de um banheiro que tem CARPETE no chao? 

 Mas aquí tb tem MUITA coisa legal. Tem muito bairro legal, e tem muito apartamento maneiro. Basta estar disposto a pagar um pouco mais.
E pra falar a verdade, em muitas situacoes, morar num lugar ruim nao eh o fim do mundo.
Se vc vem para ca para estudar ingles, se divertir, conhecer gente e nao tah a fim de gastar rios de dinheiro, cata mesmo um flat mais ou menos, e deixe para gastar seus suados Pounds em coisas mais interessantes. O meu apartamento antigo era bem legal, tinha otimos flatmates, e nos davamos super bem. O quarto era bom e o apartamento em geral era enorme. No final encheu o saco, mas morei lah mais de um ano, e mesmo assim era um council estate, com direito a lavabo com carpete no chao e todas as muquifices londrinas que tive direito. O importante pra mim era que eu me divertia morando lah, era perto do metro, perto do centro, perto do trabalho, e priciplamente barato (pra padroes Londrinos), entao deu pro gasto. Nunca usava o banheiro de carpete, e tentava ignorar ao maximo possivel a cozinha encardida. Se voce se encaixa num outro grupo, esta vindo pra ca com um emprego legal, ou vem com seu namorado/marido (a) e nao esta a fim de dividir quarto com ninguem, entao a situacao muda um pouco.Na verdade a situacao nao muda quase em nada, pq os problemas com preco Vs qualidade sao os mesmos, mas a diferenca eh que alugar um apartamento INTEIRO sai muito mais caro.
 

Nesse caso, use agencias imobiliarias. No memso site, Gumtree, em varias dicas, e esse site eh um otimo comeco de pesquisa.Mas o mercado em Londres eh tao dinamico, que quando alguma coisa boa aparece, o mesmo flat desaparece num piscar de olhos. Quando eu e o Aaron comecamos a procurar apartamento, as vezes oque aparecia de manha, jah tinha sido alugado quando eu ligava pra imobiliaria na hora do almoco. Nesse nivel. Entao se vc esta procurando, se dedique a isso. Tire dias de folga, dedique seus fins de semana. Nao desanime, e abra a carteira. Uma hora a casa perfeita aparece!

 A vida em Londres seria imposivel sem o Tube. Ateh tem bastante onibus e tal, mas eh diferente com oque estamos acostumados no Brasil. As linhas nao sao circulares, a nao ser que vc de muita sorte de morar num lugar super central, para chega do ponto A ao ponto B usando onibus apenas, provavelmente vc tera que trocar de onibus pelo menos 1 ou 2 vezes.


O metro tem varios passes, e geralmente vale muito mais a pena comprar um passe semanal do que comprar ticket todo dia.
Na media, um ticket unitario custa algo como 4 Libras (zona 1 e 2 apenas). Se comprar ida e volta, sai por umas 6 libras. Mas se por exemplo vc comprar o “day pass” (que da direito a viagens ilimitadas em todas as linhas de metro e onibus) sai por umas 7 libras, oque vale muito mais apena.
Mas por outro lado, o passe semanal custa 25 libras e eh valido por 7 dias, com viagens ilimitadas, oque sai uma media de 3,5 libras por dia. Ou seja, metade do preco.
Entao se vc vem para ca para ficar alguns dias, o travel card jah vale mais a pena.
Coisas a se levar em consideracao sao: quantas vezes por dia, vc realmente vai usar transporte publico? Nao que Londres seja uma cidade minuscula, mas quase tudo que eh “turistico” fica no centrao, e usando sapatos confortaveis, da para fazer tudo a pe. Entao pode ser que vc nao precisa do passe todos os dias.
Sei lah, faca as contas e veja oque eh melhor para vc.

 Mas mesmo assim as vezes compensa. Onibus eh bem mais barato que metro, e de quebra vc ainda ve a cidade e da um passeio. Principalmente para quem esta aquí soh paseando… Pegue um dos onibus vermelinhos de 2 andares e vah passear pela cidade.
E tem tambem trem. Tem varias estacoes de trem no centro de Londres, mas eles soh sao uteis memso para quem mora nos arredores, nos lugares onde o metro nao chega. Quando eu trabalhava em Guildford (que fica em Surrey, ao sul de Londres) tinha que pegar trem todo dia, e alem de ser muito restritivo (soh tem determinados trens em determinados horarios) eh INFINITAMENTE mais caro que pegar metro. Entao se vc esta vindo para ca e acha que vai se dar bem morando fora do centro pq os alugueis sao mais baratos, faca bem as contas, pq no final pode acabar saindo MUITO mais caro pegar trem todo dia doque pagar um aluguel no centro da cidade. Sem falar nas horas e horas que vc vai perder todo dia indo e voltando. Mas tudo bem. Digamos que vc vem para morar ou passear e soh vai ficar mesmo pelo centro da cidade.

  
Bem, como falei ai em cima, trabalhar aquí sem ter um minimo de ingles para se virar numa entrevista nao rola. Mas se vc esta vindo para ca, provavelmente seu objetivo final sera aprender ingles, certo? Oque nao falta aquí sao cursos de Ingles. Tem um em cada esquina paraticamente. O problema eh que para conseguir vir para ca, vc tem que arranjar e pagar tudo enquanto ainda estiver no brasil, e isso pode ser mais complicado e caro doque deveria ser.Existem sites muito bons com todas as informacoes sobre cursos de Ingles possiveis e imaginaveis, e eu recomendo o site do British Council, que tem versao em portugues, e eles manjam TUDO da Inglaterra. Se vc eh mais  aventureiro e quer descubrir por voce mesmo eh soh catar no Google, e oque nao falta sao escolas de ingles. Quase todas essas escolas oferecem servicos de solicitacao de visto, entao nao necesariamente vc tem que recorrer ao British Council.

Aqui conto como foi minha prova IELTS

Se vc vem para fazer um curso universitario, um mestrado, etc. Voce precisa ser aprovado no IELTS, que eh o certificado oficial do Ingles Britanico. Quase todas as Universidades Inglesas tambem aceitam o TOEFL (certificado Americano), se ele foi feito a menos de dois anos, e o certificado de Cambridge. Por acaso eu fiz o IELTS no inicio desse ano (2007) e tenho varias dicas e explicacoes sobre a prova nos Posts linkados.
 
- Imigracao:
 
Imigrar para Inglaterra esta cada vez mais difícil. Mas mesmo assim continua um destino popular nao soh entre os Brasileiros, mas entre o mundo todo, porque os Ingleses (no geral) se dao bem com todo mundo, e recepcionam bem qualquer nacionalidade.
Outra grande vantagem, e que eh oque atrai tantos estrangeiros eh que aquí estudantes podem trabalhar ateh 10 horas por semana, e oque nao falta sao empregos.
 
 Entao vamos por partes:Primeiro, se voce tem cidadania Europeia: Pode vir na cara e na coragem. Nao to dizendo que vc vai achar rapidinho o emprego dos seus sonhos e vai ganhar rios de dinheiro, mas pelo menos, no aspecto legal da coisa, nada te impede de trabalhar. Algunas profissoes sao mais faceis que outras, mas no geral tudo que eh ligado a “escritorio” tem boa aceitacao por aquí. Todas as empresas do mundo estao em Londres, e tem emprego pra todos os gostos.
 
Porem se sua profissao eh alguna coisa mais especifica, tipo advogado, medico, psicologo, jornalista, etc, sei lah, algo que seja especifico a um pais, uma lingua, uma cultura, ai a coisa jah complica. Provavelmente seu diploma nao valera nada, e vai ser quase imposivel exercer sua profissao.
 
Outra coisa que conta muito eh seu nivel de Ingles. Eu sempre falo que os Ingleses sao gente boa nesse aspecto e tal, e oque mais tem aquí sao extrangeiros, mas uma coisa eh certa: Ingles bom = emprego bom. Ingles ruim = emprego ruim. Interprete isso como quiser.
Mas vamos combinar que qualquer pais eh assim? Se um Holandes chegar no Brasil sem falar uma palavra de portugues, ele tb tera certas dificultades de achar um emprego, nao importa quao qualificado ele(a) seja.
 

 

Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mae da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incánsavel e apaixonada por fotografia e historia.
Siga me!