20
Feb
2014
Roast – Borough Market
Escrito por Adriana Miller

Um dos programas mais legais pra quem visita Londres no fim de semana, são seus muitos mercados: eles variam de joias vintage e pecas de antiquários, a flores, quinquilharias e comida orgânica – tem pra todos os gostos!

20140220-211025.jpg

Mas todos tem em comum aquele elementos de “Londres como ela é”, com uma mistura incrível de pessoas e culturas.

Mas eh sempre legal combinar um dos mercados com alguma outra “experiência” – como por exemplo um pic nic no parque depois do Broadway Market, ou um almoço ou drinks no Kensignton Roof Gardens depois do Portobello Road Market e um Brunch ou assado de domingo no Roast, o restaurante dentro do Borough Market.

20140220-211036.jpg

Bem, na verdade o que não faltam são coisas a fazer por perto do Borough Market (o Queen’s Walk, Torre de Londres, Tower Bridge, Tate Modern, The Shard, Sheakerspere Globe, etc… uma das regiões mais fascinantes da cidade!) mas um brunch (sextas e sábados, quando o mercado esta funcionando) ou um almoço de domingo (mesmo sem as barraquinhas e burburinho do mercado) é uma opção perfeita de um programaço pela região!

20140220-211047.jpg

O Roast é o único restaurante dentro do mercado, ocupando toda area do “Flowers Halls”, no topo da estrutura, e tem como especialidade as carnes assadas, e o típico “Sunday Roast” Inglês.

20140220-211057.jpg

Aliais, não sei se já falei do “Assado de domingo” por aqui, mas esse é um costume que os Ingleses levam super a serio! Todo Pub que se preze serve Fish’n’Chips na sexta feira e “Sunday Roast” aos domingos, e é o que a maioria das famílias comem também.

20140220-211133.jpg

Os ingredientes do restaurante são todos fornecidos pelos produtores do mercado, garantia de tudo sempre fresquinho e de altíssima qualidade, e garantindo os melhores cortes de carnes Inglesas e Escocesas para os assados.

20140220-211114.jpg

Aos domingos eles só servem isso – o menu é único e a fila eh grande (TEM que reservar!), e é uma experiência super British! Começando pelos aperitivos made in UK (Bloody Mary, Gin & Tonic, Pimm’s), as entradas e as diferentes carnes assadas – todas acompanhadas por legumes e Yorkshire Pudding, uma massa “folheada” salgada típica do norte da Inglaterra que é servida com todos os assados. E claro, as sobremesas também super tradicionais do UK: Apple Crumble, Sticky Toffee Puddin, Eton Mess, etc

20140220-211222.jpg

Perfeito pra acabar com aquela ideia de que se come muito mal na Inglaterra, e que só se come bem em restaurantes internacionais!

Nos dias que estiver rolando mercado, o Roast fica extra especial, pois suas janelas tem a “vista” do mercado rolando lá em baixo – mas se engana quem acha que a area morre nos outros dias – o Borough Market é cercado por um emaranhado de ruelas com lojinhas, pubs e restaurantes – inclusive com aquela instalação dos guarda-chuva coloridos que eu postei no Instagram no outro dia!

20140220-211243.jpg

Roast

The Floral Hall, Borough Market,

Stoney St,  SE1 1TL

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Pub & Restaurantes, Viagens
0
18
Apr
2013
Balthazar: um bistrô Francês tipicamente Nova Iorquino (agora em Londres!)
Escrito por Adriana Miller

Pode apostar: 9 em cada 10 listas de “melhores restaurantes” de Manhattan – principalmente entre blogs – apontam o Balthazar como sendo uma das melhores opções em Nova Iorque.

Eu nunca fui na versão Nova Iorquina, entao sempre rola aquela duvida sobre o que é pura modinha, ou oque realmente é bom.

Mas essa duvida acabou quando uma amiga Nova Iorquina (que mora aqui em Londres) me mandou um email avisando que seu restaurante preferido de NY estava prestes a abrir uma filial em Londres, e a gente pre-ci-sa-va urgente ja reservar uma mesa!

Ela recomendou um Brunch, entao tivemos que esperar umas semanas a mais além do previsto pra conseguir uma mesa num fim de semana e entao sábado passado finalmente conhecemos o Balthazar.

O menu Londrino é igual ao de NY, e na porta ao lado tambem tem uma padaria de dar água na boca – seguindo aquele estilo de um bistrô Parisiense tipicamente Novaiorquino!

A nossa intenção era mesmo comer Brunch (opções maravilhosas de ovos, panquecas, waffles e muitos pães!), mas o menu estava apetitoso demais e acabamos almoçando de verdade!

Entre nos 4, as escolhas variaram entre ostras, mexilhões, massa e hambúrguer – pra nao deixar faltar nenhuma opção!

E apesar de termos dispensado o Brunch, nao conseguimos resistir aos drinks do menu de café da manha (que eles chamam de “hangover drinks” – ou “bebidas pra ressaca”!) e fomos de Bloody Mary e mimosas!

Uma pena que nao sobrou espaço pra sobremesa – uma outra amiga recomendou o suflê de chocolate como sendo de outro mundo! (Mas afinal de contas é sempre bom ter uma boa desculpa pra voltar!!).

A filial Londrina fica bem ali em Covent Garden e do lado da Royal Opera House, deixando a área ainda mais imperdível e é facílimo de achar – mas nao arrisque aparecer por lá sem reserva (principalmente em fins de semana!).

Balthazar

4-6 Russell St WC2B 5HZ

Tel: 020 3301 1155

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
7
13
Mar
2013
A pé em Londres: um lugar chamado Notting Hill… (e os cenários do filme!)
Escrito por Adriana Miller

Quando a gente pensa em bairros de Londres, um dos primeiros nomes que vem a cabeça é Notting Hill – eu sei que é clichê, e já perdi a conta de quantos e-mails recebi de leitores de malas prontas pra Londres e que sonhavam em morar no Bairro.

O filme homônimo com a Julia Roberts definitivamente fez do bairro um dos mais famosos do mundo, mas Notting Hill vai muito além do Hugh Grant, e sem dúvida é um dos bairros mais charmosos da cidade!

Duas atrações são clássicas do bairro – a feira de antiguidade semanal “Portobello Market” e o carnaval caribenho que acontece todos os anos em Agosto “Notting Hill Carnival” – mas Noting Hill tem muito mais a oferecer!

Quem estiver em Londres num sabado de manhão não pode deixar de ir no Portobello Market – mesmo que você não goste de antiguidades e seja averso a multidão. O mercado é uma daquelas experiências tipicamente Londrinas, alem de servir como uma ótima desculpa pra fazer um tour pelo bairro.

Começando pela Portobello Road, logo ali depois da saída do metrô Notting Hill Gate – aliais, aproveita que vocie esta ali e passa da “Recipease“, uma loja de produtos de cozinha e culinária do Jamie Oliver, que é uma delicia! Além de vários ingredientes deliciosos, acessorios pra cozinha de babar e um café bem gostosinho na Sobreloja (perfeito para um Brunch pré mercado – mas tem que reservar!!), eles ainda dão várias aulas de culinária – é só escolher seu estilo culinário preferido e marcar seu horário.

Seguindo pela Pembridge Road, você vai passar por várias lojas de souvenir e roupas… “diferentes” (lembra um pouco as lojas de Camden Market), e é por ali que estão também as casinhas coloridas típicas do bairro, e nas ruas paralelas não deixe de espiar as ruas residenciais e suas casas Victorianas lindas.

Quando você chegar na Portobello Road, não tem erro – os turistas se multiplicam, e se for dia de mercado então…!

Logo logo as barraquinhas começam a aparecer, e sabado é o dia que é garantia de ver todas as lojas da rua aberta!

Algumas lojas que valem a pena conhecer são a “Alice” e a “Print and Map Shop”, que é minha preferida! (uma galeira inteira só de mapas – antigos e atuais!).

O mercado se estende por toda a rua, mas depois do cruzamento com a Westbourne Grove o mercado fica mais com cara de feira, com comidas, frutas e tal. Então você pode seguir seu passeio por lá mesmo e já aproveitar pra comer alguma coisa por lá, ou então trocar de ambiente e seguir pela Westbourne Grove, que apesar de já não ter mercado, tem algumas das lojas mais legais de Londres, com muitas multimarcas e designers conteporâneos, como “All Saints of Spitafields”, Maje, Sandro, The Kooples e afins.

Já a Notting Hill Bookshop (aquela do filme!) fica fora desse circuito, na 13 Blenheim Crescent (W11 2EE) – para os fãns do filme, vale a pena estender o passeio até lá.

E falando em filme, porque não conhecer outros cenários famosos do bairro?

Logo na saída do metrô de Notting Hill fica o Cinema Coronet, que é o prédio redondo do outro lado da rua – foi ali que Hugh Grant assistiu o filme em que Julia Roberts era a atriz principal.

E sabe as ruazinhas paralelas que mencionei ali em cima? Foi numa dessas ruas (no Rosmead Gardens) que a irmã de Hugh morava, e ele levou a Julia Roberts pra jantar com eles.

E já o personagem do Hugh Grant morava num flat ali na Westbourne Grove, em meio as várias lojas da rua.

 

 

Categorias: Bairros, Batendo perna, Compras, Conhecendo Londres, Inglaterra, Mercados, Viagens
33
26
Sep
2012
Brunch em Londres: The Wolseley
Escrito por Adriana Miller

Os Ingleses nao tem muito o costume de comer Brunch (que nada mais eh que a combinacao de um cafe da manha + almoco, comum nos fins de semana) – eles gostam mesmo eh do bom e velho “English Breakfast” (que nao deixa de ter proporcoes de almoco, diga-se de passagem), e por isso mesmo eh dificil achar lugares interessantes em Londres pra lavar a alma nas manhas de fim de semana!

Por outro lado, eu pessoalmente a-do-ro brunch e cafe da manha farto em geral, e pra mim fim de semana tem que comecar com uma boa refeicao matinal, entao estou sempre a procura de novos lugares que oferecam a combinacao boa comida + ambiente legal. E eh ai que entra o The Wolseley.

O restaurante, vizinho de esquina do Hotel Ritz, eh tradicionalissimo, inaugurado em Londres na decada de 30 e faz parte do mesmo grupo de restauranteurs donos de outros dois dos mais antigos e tradicionais restaurnates de Londres: o The Caprice e The Ivy.

O The Wolseley eh disputadissimo, principalmente por ser vizinho do Ritz e acabar servindo a mesma clientela, e eh considerado uma otima opcao a qualquer hora do dia.

Mas eh seu Brunch de fim de semana que tem mantido o Wolseley no topo das listas ultimamente – o cardapio eh uma otima mistura de opcoes Inglesas (principalmente opcoes de pratos quentes), com opcoes Continentais (principalmente os itens de patisserie e Viennoiserie Francesa), algumas opcoes naturais (os sucos de frutas sao todos feitos na hora, por exemplo, oque eh raro de achar por aqui) e mais um monte de outras opcoes internacionais, variando da panqueca com mapple syrup Americana, aos Goffres Belgas.

Ou seja, um cafe da manha impossivel de nao agradar todo mundo! O dificil mesmo eh decidir!

Pra quem gosta de ovos pela manha, as variedades do Eggs Benedict sao imbativeis e o Aaron adora o omelete “Arnold Bennett”, que inclui haddock defumado, queijo gruryere e molho Hollandaise – pode soar esquisito, mas garanto que eh uma delicia!

Ou entao peca a certinha de patisseries variadas, que vem com miniaturas de todos os paezinhos e bolinhos disponiveis. E quem nao quiser sair da dieta, eles tambem tem varias opcoes de muesli da casa servidos com uma variedade de iogurtes e frutas.

E isso tudo num abiente linidissimo do predio do comeco do seculo 20, que ainda mantem seu pe direito altissimo, com arcos e colunas em marmore negro.

Ah! E eles tambem sao uma otima opcoes de Cha da Tarde!

E nao esqueça de fazer sua reserva com bastante antecedência, pois eles sempre estao lotados aos fins de semana (reservas podem ser feitas por telefone ou direto no site deles – detalhes abaixo).

The Wolseley

160 Piccadilly London W1J 9EB

020 7499 6996

 

Categorias: Cha da tarde, Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
16
06
Jun
2010
Saint Katharine’s Dock
Escrito por Adriana Miller

Uma das coisas que eu mais gosto em Londres, é que apesar da cidade ser tão gigantesca, tão louca, lotada e corrida, com milhões de pessoas fazendo tudo ao memso tempo, Londres é uma cidade, que ao contrario da grande maioria das grandes metropoles do mundo é recheada de mini paraisos escondidos; lugares que quando voce descobre – geralmente por acaso – que esses lugares existem a sensação é que na verdade voce esta em outra cidade, outro pais…

Seja uma rua lateral de um bairro super comercial, que tem varias casinhas fofas com jardim florido, seja um parque no meio de predios arranha ceu, e ai por diante.

E foi assim que ha uns tempos atras eu descobri o Saint Katharine’s Dock – um pier escondido numa baia do Rio Tamisa bem do lado de um dos principais pontos turisticos da cidade (a Torre de Londres) e Tower Hill cercado de escritorios e executivos estressados por todos os lados.

A area parece uma outra cidade completamente, seja por causa dos barcos, o ceu refletindo na gua calma do rio ou os varios restaurantes, bares e cafes com as mesas na varanda, admirando os iates.

Então aproveitamos outro fim de semana com um tempo ótimo e fomos até St. Katharine’s para comer um brunch e começar bem o fim de semana!

(P.S.: Quando escrevi o post, já tinha começado a chover de novo…)

Categorias: Bairros, Conhecendo Londres, Pub & Restaurantes
18
04
May
2010
Del’Aziz
Escrito por Adriana Miller

A delicatessen/restaurante Del’Aziz tem filiais em 5 bairros de Londres, sendo o principal deles no shopping Westfield, em Shepperds Bush (nas redondezas de Notting Hill) e é uma mistura de delicatessem mediterranea/oriente medio com mini lojinhas de ingredientes “exoticos”, pastelaria elaborada e point para brunch.

O menu é todo com influencia da culinaria do norte da Africa e Oriente Medio, com uma mistura meio fusion com os ingredientes e pratos tipicos de paises como Espanha e Grecia.

A decoração é um caso a parte, e eles capricham mesmo na influencia marroquina e Arabe, em tons de vermelho, almofadas pelo chao e lampadas a vela.

No menu as melhores opções sao as linguiças de cordeiro Merguez e o hot pot de Tajine, ou entao qualquer de seus sanduiches gourmet, como o de carpaccio com picles e coleslaw ou cordeiro assado com pesto e queijo feta!

E se sobrar espaço, qual um dos bolos e pastries elaborados e bem feitos que enfeitam o balcão!

E se voce for jantar lá ainda é capaz de assistir um show de dança do ventre turco ou marroquino!

http://www.delaziz.co.uk/

Categorias: Conhecendo Londres, Pub & Restaurantes
2
07
Feb
2010
English Breakfast
Escrito por Adriana Miller

Uma das experiencias imperdiveis de Londres é comer um Full English Breakfast. Pode parecer meio exagerado e até nojento pro paladar mais “leve” brasileiro, mas o English Breakfast é uma “refeição” bem boa e tipicamente Inglesa!

É bem comum ver pubs e bares que servem “all day breakfast” (cafe da manha servido o dia todo) entao pra quem nao consegue se acostumar com a ideia de comer ovos fritos, linguiça, feijao de lata e batata rosti de manha cedo, pode encarar o PF na hora do almoço por exemplo!

Nao existe muita explicação historica do porque dessa mistureba ser tipica Inglesa, mas se parármos pra pensar na historia da Ilha, nao seria nada esperto pra um Ingles do seculo 16 acordar antes do sol nascer pra ir trabalhar no frio e chuva no campo/fazendo no meio do inverno e comer apenas umas frutas e queijo branco, certo? Quem conhece um pouco da historia medieval Britanica sabe que as coisas por aui nao eram nada facil ha uns seculos atras, e comidas pesadas eram a unica soulcao de sobrevivencia.

Nao pode faltar o cha com leite!

O Full English Breakfast do Aaron

E minha opção vegetariana!

Porem hoje em dia, a tradicao permanece e os Ingleses gostam de comer um full breakfast principalmente no fim de semana e é um otimo cura ressaca! Entao nao é nada surpreendente ver que os pubs ficam quase tao cheios num domingo de manha/brunch quanto numa sexta feira happy hour!

O English Breakfast mais comum consiste de ovos, salsicha e/ou bacon (que nao é o mesmo que o Americano – o bacon Ingles é mais “carnudo” em vez de ser apenas gordura frita), hash brown (tipo uma batata rosti , feijao branco (de lata), champignon e tomates assados.

No meu caso, geralmente peço a opcao vegetariana ou continental, que é um pouco mais leve e nao tem carne de porco…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Conhecendo Londres, Dia a dia, Pub & Restaurantes, Tradicoes Inglesas, Vida na Inglaterra
23