25 Oct 2013
33 comentários

Como se vestir no outono e inverno em Londres: os detalhes que fazem a diferença

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, Fazendo as Malas

Eu ja postei varias vezes sobre como se vestir no Outono e Inverno em Londres (e na Europa), mas todo ano vai chegando essa epoca e o pessoal que esta de passagem marcada para os meses mais frios acabam ficando sempre com as mesmas duvidas: qual vai ser a temperatura em Londres no mes tal? Vou pegar muito frio no dia X? Como esta o clima por ai? Chego dia Y e nao sei oque levar na mala!

As dicas na verdade continuam as mesmas (como esses posts aqui), e eh assim mesmo que me visto no meu dia a dia durante o inverno, ano após ano.

Mas nas ultimas semanas tenho postado (no Instagram e Facebook) algumas dicas “úteis” de coisas que uso bastante durante o inverno e acho que são pequenos detalhes que fazem a diferença no guarda roupa (e na mala!) quando as temperaturas abaixam demais:

– Meia calca e legging com forro de fleece “Super Cozy” da Primark:

Por miseros 6 Libras voce vai comprar a melhor meia calca de frio que ja usou na vida!

20131023-074432.jpg

Por fora, uma meia calca normal, de 300 fios (que tem aquela aparência bem escurinha, e de trama fechada, com as meias de fio 80 ou 100) mas por dentro eh forrada com um fleece super, ultra macio e quentinho!

É uma meia calca, mas vai ser mais confortável, aconchegante e quente que qualquer outra peca do seu armário!

As mais friorentas podem usar por baixo da calca comprida (eu pessoalmente detesto usar meia calca por baixo de calcas, mas as vezes eh necessário), ou então naqueles dias que você quer usar saias ou shorts mas esta com frio do vento nas canelas!

 

– Jaqueta “Ultra light Down” da Uniqlo

Não é a primeira vez que falo na Uniqlo aqui no blog, principalmente quando se trata de roupas de inverno. A marca japonesa esta longe de ser a mais fashionista do mundo, mas é super eficiente, moderna e tecnológica. Todas as peças sao leves e minimalistas, mas super quentes!

A jaqueta de pena de ganso é um achado – pesa miseras 300 gramas e pode ser guardada dentro do saquinho que vem junta, perfeita pra levar em viagens e carregar na bolsa naqueles dias incertos, quando você não sabe se o tempo vai firmar, se vai abrir, se vai fazer mais frio ou mais calor.

Não ocupa muito espaço mas é super eficiente. É daquelas peças pra levar na bolsa, e caso o tempo vire é só vestir por cima (ou por baixo) da roupa que você estiver usando mesmo, sem problemas.

 

– Luvas Touch Screen:

Afinal, não é porque esta frio que você vai querer deixar de usar seu smartphone, seja pra tirar uma foto, atender uma ligação ou fazer checkin dos points da sua viagem!

É fascinante: uma luva como outra qualquer, mas na pontinha a trama da lã é diferente, que permite que seus dedos deslizem livremente na tela do seu celular, tablet, câmera fotográfica, sem que você tenha que ficar colocando e tirando as luvas (e consequentemente com seus dedos congelados!).

Porque afinal, esteja frio ou não, você vai ter que dar check in e postar aquela sua foto em frente ao Big Ben, certo!? mas com aquele ventinho cortante, qualquer minutinho sem as luvas eh uma tortura (sem falar no tanto que as pessoas perdem luvas no meio da rua! Luva é tipo tampa de canta bic e guarda chuva: todo mundo perde, mas ninguém nunca acha!).

20131025-152630.jpg

Aqui em Londres elas esta disponíveis em tudo quanto é canto, e são bem baratinhas (os quiosques e lojas de souvenir da Oxford Street sempre vendem modelos diferentes), mas não duram tanto, e acabo tendo que comprar vários pares ao longo do inverno, então esse ano resolvi investir num par melhorzinho e mais quentinho, e adorei essa opção da Ugg (que além de fazerem as melhores botas de inverno, também fazem acessórios ótimos pro frio!).

 – Guarda Chuva:

Dica meio óbvia pra Londres não? Total #DescobriaAmerica mas o clima é tão instável em Londres, que um dia que começa ensolarado não necessariamente acaba com tempo bom, e vice e versa.

Então é preciso andar com um guarda chuva a tira colo o TEMPO TODO.

Só que entre as muitas cosias que você tem que carregar todos os dias (e quando estamos viajando ainda inclui mapas, Guia de viagem de Londres, maquina fotográfica, etc, etc E ainda ter que carregar guarda chuva, mesmo se estiver sol?

Siiiim!

Então a dica são as opções ultra compactas disponíveis por aqui. Não se deixe enganar pelo tamanho: são pequenos e leves, mas aguentam bem o tranco da ventania que se afunila no Tâmisa como ninguém! Mas com a ótima vantagem de não ocupar muito espaço nem pesar demais.

A Boots e a Acessorize vendem ótimas opções!

 

De resto, as dicas que já dei aqui no blog varias vezes sobre como se vestir no frio ainda são validas e imprescindíveis!

20131025-152723.jpg

Uma boa bota de solado de borracha, cachecol grandão pra proteger bem o pescoço, e gorro pra proteger a cabeça e orelhas!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
33 comentários
12 Apr 2012
11 comentários

Esqui para principiantes

Austria, Dicas de Viagens, Kitzbuehel

Esse post não é exatamente sobre técnicas de esqui… e sim sobre os detalhes práticos pra levar em consideração ao planejar uma viagem para esquiar nos Alpes.

Eu estava animadissima com essa viagem para a Austria, queria aprender a esquiar ha anos, mas não sabia nem por onde começar! Por sorte, o Aaron é expert e cuidou de quase todos os detalhes antes e durante a viagem, e esse post eh justamente sobre esses pequenos detalhes que aprendi depois dessa viagem.

Equipamento:

Pra quem esquia todos os anos, o melhor custo beneficio é sempre comprar seu próprio equipamento de esqui – mas se você esquia alguns dias por ano e mesmo assim nem é todo ano, a melhor opção então é sempre alugar o equipamento.

Assim voce economiza os mais de mil Euros de investimento inicial (entre roupa, bota, esquis, capacete, etc) e de quebra ainda nao precisa se preocupar com carregar seu equipamento na viagem.

E nas cidades resort eh facilimo alugar absolutamente TUDO que voce precisar para esquiar, snowboard, snowshoeing, cross country ski e oque mais puder imaginar!

As lojas de aluguel de equipamento estao espalhadas pela cidade toda, onde voce pode comprar ou alugar de esquis a meia e roupa interior termica.

Os precos variam bastante, entao a dica eh sempre procurar as lojas que nao ficam exatamente dentro das pistas nem na area das gondolas.

Mas no geral, o aluguel de esquis mais bota custa uma media de 30 Euros por dia (as botas de esqui ou snowboard sao especificamente medidas para determinada prancha, entao voce sempre tem que alugar os dois juntos), mas se voce for passar a semana toda, acaba saindo mais barato o aluguel semanal do que voltar na loja a cada dia.

Caso voce tambem precise alugar calca e casaco de esqui (que sao feitos de material impermeável especifico e nao eh todo casaco “de frio” que pode ser usado para esquiar), as lojas de aluguel de equipamento tambem podem fornecer isso, e o custo fica na casa dos 10 a 20 Euros por dia.

E nao se preocupe com o tipo de prancha nem nada. Basta chegar na loja e dar seu nivel (principiante, intermediario ou avancado – mas se voce for acima de “principiante”, ja deve sar isso tudo) e os vendedores cuidam do resto. De acordo com seu nivel, altura e peso eles selecionam qual tipo de esqui ideal pra voce.

Roupa de Neve e Esqui:

Incrivel como o topico “roupa para frio e neve” eh sempre um dos topicos mais populares aqui no blog!

Eu ja fiz varios outros posts sobre roupa de frio e inverno, mas realmente o tipo de roupa e materiais para neve e esqui sao muito diferentes doque usamos no dia a dia no inverno.

As vezes nem faz tanto frio assim (a imagem da neve da uma impressão de muito frio, mas a verdade é que muitas vezes da ate pra esquiar de manga curta!), então mais importante doque a quantidade de roupas, é o tipo de roupa e o material utilizado.

Começando pelo básico: neve é agua, e agua molha, portanto sua roupa precisa ser impermeável – principalmente na parte de baixo, onde voce vai pisar na neve, os esquis vao respingar flocos e de neve, e voce vai cair de bunda no chao inúmeras vezes ao longo do dia.

E o resultado disso tudo eh que a neve vai derreter em cove e se sua roupa nao for impermeável, voce vai acabar o dia todo molhado, e com muito frio!

Sao inúmeras marcas e diferentes tipos de materiais, mas procure por nomes como “Gore-Tex” e adjetivos como “water repelent” e “breathable”, que significam que sua roupa de neve/esqui vai te deixar seco de dentro pra fora.

Porque neh, nao esqueca que esqui eh um esporte super puxado, e nao importa o quao frio esteja na montanha, a verdade é que voce vai suar bastante dentro da sua roupa!

Então é importante usar materiais que nao deixem a neve e a agua entrar em contato com voce, mas que também repelem o suor e que deixem o corpo respirar.

Entao as pecas mais importantes sao:

Botas próprias para esqui (ou snowboard ou qualquer outro esporte na neve), que serao bem quentinhas e ultra a prova d’agua.

Calca e casaco de material impermeável e corta vento: Tanto a calca quanto o casaco serao bem leves e finos, para manter seu movimento durante o esporte, e a roupa quentinha vai por baixo de tudo. Mas é importantíssimo que sejam de materiais que bloqueim vento e agua.

– Roupas térmicas – quentinhas e confortáveis: Começando pelas meias, de preferência de cano alto pra proteger suas canelas da bota dura e desconfortável de esqui. Uma calca que vai ser usada por baixo da calca de esqui (eu tenho uma legging de fleece que eh um sonho de conforto, que comprei na preparacao pro Kilimanjaro), camisetas “tecnologicas” e próprias para esporte, que permitam que seu corpo respire sem acumular suor, e camadas de fleeces e blusas mais grossinhas que voce possa vestir e tirar facilmente a medida que vai subindo e descendo a montanha.

Ah, e nao esquecer das luvas! De preferência de material fino, que mantenha a sensibilidade das maos, mas que seja de material a prova d’agua e bem resistente, pois quando voce cai na neve sao suas maos que vao te ajudar a levantar (ja que os pes estao presos no esqui e seu equilibrio fica todo comprometido) e o gelo rala a palma das maos que eh uma coisa, alem do contato desconfortavel com a neve gelada *que depois vai deixar seus dedos molhados e frios).

E por ultimo: gorro ou tapa orelhas e óculos de sol! É incrível como mesmo se o dia estiver nublado a neve branquinha reflete demais a luz do sol e vc se sente cego, além de comprometer demais a visualização da pista e nuances e curvas na neve. Pra quem for usar capacete, também é possível alugar óculos de sol/protetores que já encaixam no capacete.

(Nesse post aqui, onde fizemos snowshoeing no Colorado também dá pra ter uma idéia de como nos vestimos para a neve – botas especificas a prova d’agua, calça e jaqueta de gore-tex, gorro, luvas, oculos escuros, etc)

Aprendendo a esquiar:

Nas semanas antes da viagem eu tinha certeza que queria fazer aulas de esqui, afinal nunca tinha esquiado na vida.

Todos os resorts tem sua propria escola de esqui para os mais variados niveis e idades, e voce decide quantas horas e dias quer fazer aulas, se prefere aulas particulares ou em grupo.

Mas quando chegamos la, como o Aaron sabe esquiar super bem e nao queriamos passar o dia todo sozinhos e separados, decidimos que ele ia tentar me ensinar.

Eu estava confiante de que nao seria difícil… sei patinar no gelo relativamente bem e no geral nao sou muito medrosa com esportes (ou seja, não tenho medo de cair…). Então decidimos tentar por umas horinhas, mas se por acaso fosse muito dificil e eu nao conseguisse nem sequer ficar de pé nos esquis, no resto do dia eu faria aulas.

Depois de alguns tombos inofensivos, peguei a manha do equilíbrio e como controlar os esquis e a velocidade, e ainda na mesma manha já comecei a descer as pistas de treino sozinha!

Fiquei TAO feliz!

Entao no resto do fim de semana fui me arriscando nas pistas mais complexas (todas ainda de principiante, claro), e melhorando minha velocidade e controle!

Mas quando voltarmos no próximo inverno eu provavelmente vou querer fazer aulas, só que dessa vez já com um nível mais intermediário, pra ir aperfeiçoando a técnica mesmo.

Em Kitzbuehel por exemplo, cada hora de aula particular de esqui custa uma media de 100 Euros (quantas mais horas voce fizer, ou quanto mais pessoas no grupo, mais barato fica).

E acho super importante sim fazer algum tipo de aula, ou no mínimo ter com voce alguem que saiba esquiar bem para te ensinar o básico.

 Ski Pass e Ski Lifts

Tecnicamente ninguém precisa pagar para esquiar. Porem o problema é justamente conseguir chegar no topo da montanha, onde começam as pistas.

Para conseguir chegar la em cima voce precisa usar os bondinhos ou gondolas (Lifts) que sobem as montanhas, e seu ticket sera o Ski Pass.

As pistas soh ficam abertas durante o dia, oque no inverno Europeu significa cerca de 6 horas por dia, entre as 9:00 e 16:00 (mas cada resort tera suas próprias regras e alguns ate oferecem pistas iluminadas para esqui noturno), entao o melhor eh sempre chegar no Ski Lift o mais cedo possivel, pra conseguir aproveitar o dia ao maximo possivel.

Os Ski Pass podem ser comprados por dia, por semana ou por toda a temporada, custando uma media de 50 Euros por dia (e claro, quantos mais dias voce for esquiar usando o mesmo ticket, mais barato vai ficando por dia), e te da direito a subir e descer a montanha quantas inúmeras vezes quiser por dia.

E essa eh justamente a parte chata de esquiar… O sobe e desce nas gondolas… Voce desce a montanha em poucos minutos, mas depois tem que carregar seus esquis (andando com aquela bota super desconfortável) de volta pra fila, pegar outro bondinho e começar tudo de novo.

E como cansa! Nao so esquiar eh um baita exercício pras suas pernas e braços (e todo resto!), ainda tem que ter forca pra carregar os esquis no muque de um canto pro outro entre as pistas!

Transporte dentro do resort:

Eu ja falei aqui sobre transporte pra chegar em Kitzbuehel e na regiao do Tirol Austriaco, mas nao podemos esquecer do transporte dentro da cidade.

A maioria das cidades Alpinas tem inúmeras pistas de esqui que ficam espalhadas entre as montanhas ao redor da cidade. Entao voce tera varias opcoes de gondolas e bondinhos pra escolher, e os hoteis estarao todos espalhados pelo vale entre as montanhas.

Alguns serao bem pertinho das gondolas e voce podera ir andando com seus esquis (bota lunar nos pes, e esquis nas maos).

Mas andar com as botas de esqui eh extremamente dificil, e qualquer misero quarteirao eh uma verdadeira tortura! Entao a maioria dos hoteis oferece Ski Shuttle, que sao umas vans que circulam pela cidade recolhendo hospedes em todos os hoteis e challets.

Se informe se seu hotel oferece esse servico e quais os horarios do servico, tanto pela manha quanto no fim do dia (se disponivel).

Uma outra boa opcao (que foi oque escolhemos fazer) eh alugar armarios “lockers” na estacao de gondolas para guardar sua bota e esquis no fim do dia. Assim voce sai do hotel vestido para esquiar, mas com outro sapato mais confortavel nos pes, chega na estacao e troca tudo, mas sem ter que andar demais – vai do vestiario direto pra gondola e direto pras pistas no topo da montanha.

E isso tambem facilita demais na hora de curtir a naitchy do appres ski, sem ter que ficar carregando os esquis pelas ruas da cidade de bar em bar e entrando nos restaurantes usando as botas de esqui *alem de ter que deixar seu equipamento todo nos “apoios” publicos para esquis e pranchas, que eh meio bagunçado…).

 

 

Adriana Miller
11 comentários
14 Oct 2011
50 comentários

Onde comprar roupas de inverno em Londres?

Aleatorios, Compras, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Fazendo as Malas, Inglaterra, Moda, viagem

Todo ano vai chegando essa epoca e a historia se repete: turistas com planos de viajar pra Londres entre os meses de Novembro a marco se desesperam quando se dao conta que vao pegar muita chuva e temperaturas baixa e nao sabem exatamente como se vestir. Ou pior, sabem com se vestir (que eu ja dei umas dicas aqui e aqui) mas se deram conta que as roupas made in Brasil nao vao dar conta do recado.

Uma opiniao unanime eh: roupa de “inverno” no Brasil (ou qualquer lugar no hemisferio sul) nao funciona no frio daqui, e as roupas vendidas em lojas especializadas no Brasil oferecem baixa qualidade/e ou precos exorbitantes.

Entao fica a duvida: onde comprar roupas de frio em Londres?! Oque devo fazer assim que chegar na cidade?!

Bem, em primeiro lugar, lembre-se que nessa epoca do ano (entre outubro/novembro a marco) o pais inteiro esta submerso em frio e chuvas, entao na verdade qualquer loja vai vendar (quase que exclusivamente!) roupas de frio. Entao na hora do desespero, qualquer loja na esquina serve.

Mas pra quem quer um guia mais certinho, pra ja chegar com enderecos na mao e sabendo oque comprar e onde, aqui estao minhas dicas.

Baseado nas dicas que ja dei sobre como se vestir e fazer sua mala pro inverno Ingles, voce precisa concentrar sua lista de compras em alguns pontos e pecas essenciais e indispensaveis:

Bota: de preferencia de couro impermeavel com solado de borracha.

Blusas de la e/ou termicas: de manga curta e manga comprida, para serem usadas em camadas.

Sobretudo/casaco de frio: que pode ser um sobretudo mais formal e classico, ou um casaco com recheio de plumas.

Acessorios: Luva, gorro, cachecol e meias.

Todo resto eh o resto. Uma blusinha mais assim ou assado, variacoes de cores, de modelos etc. Se vista como voce se sentir confortavel fashionisticamente, e como quiser aparecer nas fotos!

Enderecos:

A coisa mais facil a fazer, caso voce saiba que vai chegar em Londres sem nem um casacao pra te proteger do vento cortante, eh largar suas malas no hotel, e pegar o metro em direcao ao Shopping Westfield.

Esse eh o maior shopping da ciade e la voce vai encontrar TODAS as lojas, com as mais variadas marcas e variedad de produtos que voce possa a precisar. A grande vantagem? Por ser um shopping, sera um ambiente fechado e aquecido, entao voc nao precisa passar aperto nem frio enquanto faz suas compras.

No fim do dia, ja volta pro hotel com o guarda roupa de inverno renovado e quentinho, pronto pra turistar a vontade pela cidade!

 

Outra opcao, caso vc ache muito contramao ir ate o Westfield (que ficam no extremo oeste e extremo leste da cidade) eh ir direto pro centrao consumista da cidade, a Oxford Street.

Ali no burburinho da Regent Street, Oxford Street e Carnaby Street voce tambem vai achar todas as lojas e marcas possiveis e imaginaveis, com milhares de opcoes de preco, qualidade e variedade de roupas de inverno.

A desvantagem dessa regiao eh justamente ser ao ar livre, e por mais divertido que seja fazer compras em Oxford Street, se voce ainda nao tiver nenhum casaco pra te proteger, o passeio de loja em loja sera um tanto quanto torturante!

Mas uma boa opcao sao as lojas de departamento, que funcionam como mini shoppings, e voce tambem vai encontrar um otima variedade de marcas, num ambiente aquecido.

As principais dessa area sao: John Lewis, Debenhams, House of Frasier, Browns e Selfridges.

Mas entre tantas opcoes e variedades, quais lojas/marcas oferecem as melhores opcoes?

Bem, isso eh uma questao bem pessoal, de gosto, de bolso. Se voce quer comprar alguma coisa mais basica e baratinha soh pra sobreviver as ferias, ou pretende gastar um pouco mais pra investir numa peca que vai durar varios outros invernos e viagens?

Se questione antes, e venha com uma lista mental das suas prioridades e vontades, e principalmente, seu orcamento. Roupas de inverno sao naturalmente mais caras, e “montar” um guarda roupa de inverno todo de uma vez soh, pode sair bem caro. Os sobreturdos da Burberry’s sao os melhores que existe, mas o custo-beneficio da peca nao vai ser muito vantajoso caso voce soh pegue frio alguns poucos dias por ano, por exemplo.

Entao aqui estao minhas dicas:

– Zara:

Eu ja confessei varias vezes que sou uma Zara-holic. Porque gosto do estilo, das pecas, da modelagem, e principalmente do custo-beneficio da loja.

20111012-215201.jpg

Na Zara, durante o inverno, voce vai encontrar de tudo: do sobretudo de la forrada ate embaixo do joelho por cerca de 200 Libras, ate o jaquetinha de pluma mais levinha por cerca de 50 Libras.

20111012-215145.jpg

Eu adoro os sobretudos da Zara, tanto para mulheres quanto para homens, e todos os casacos que ja tive (e tenho!) de la duram uma eternidade e tem uma qualidade otima!

As opcoes de modelos, cores, material utilizado, estilos e precos eh enorme, e com certeza absoluta voce vai achar alguma coisa que goste.

20111012-215153.jpg

Outras opcoes semelhantes a Zara sao: Banana Republic, Massimo Dutti e Mango.

Essas lojas sao boas opcoes pra comprar pecas como sobretudos, cashmere e blusinhas de linho, calca jeans e botas.

– H&M:

A H&M vai oferecer uma grande variedade de pecas tambem, e por precos bem mais baixos que as lojas acima, porem a qualidade e modelagem vai sofrer bastante!

20111012-215210.jpg

Um sobretudo da H&M vai custar uma media de 50 a 80 libras, mas fique de olho no percentual de la da composicao das pecas, pois a grande maioria das pecas da H&M sao feitas de algodao ou materiais sinteticos (que nao esquentam nada!).

20111012-215233.jpg

Porem, a H&M eh uma OTIMA opcao pra comprar acessorios de inverno bem baratinhos: Luvas, gorros, cachecois, meias e afins, numa inifnidade de cores e modelos, todos na casa dos 5 a 30 libras.

20111012-215220.jpg

Outras opcoes de lojas semelhantes a H&M e boas pra comprar acessorios sao: Primark, Top Shop, Forever 21, Accessorize e Claire’s.

– Uniqlo:

A Uniqlo eh uma marca Japonesa que marca por sua tecnologia de ponta. A qualidade de suas pecas e exepcional e os precos sempre acessiveis.

Essa marca eh uma otima opcao principalmente pra quem vai mochilar durante o inverno, e esta preocupado em como carregar as pecas pesadas de inverno numa mochila…

20111012-215134.jpg

A Uniqlo faz pecas termicas finissimas, que usam tecnologia de ponta pra preservar o calor natural do corpo, sem precisar de usar materiais grossos e irritantes.

Suas pecas-simbolo sao as blusas termicas finissimas que custam a partir de 9 libras e as as jaquetas de pluma ultra leves e ultra finas, que pesam menos de 200gr e podem ser armazenadas num saquinho que mede uns 15 centimetros apenas!

Outras opcoes de lojas que vendem pecas basicas: GAP, Benetton e lojas de material esportivo (em Londres procure pelas lojas da Decathlon e Ellis Bringham.

– Botas e sapatos:

Eu gosto muito da minha bota Ugg, que eh de uma modelo diferente do Ugg tradicional, e eh a bota perfeita pro inverno: solado de borracha grosso e anti-derrapante, couro impermeavel e forrada de pelo de ovelha.

A Ugg tem uma loja enorma no shopping Westfield (onde comprei a minha), mas tambem pode ser facilmente encontrada nas lojas de departamento de Oxford Street.

20111012-215124.jpg

Outra marca muito boa eh a Timberland, que apesar de ter um perfil mais “esportista”, eles fazem otimos modelos de botas de inverno, com altas tecnologias pro-conforto e anti-frio e que sao bem bonitas.

Nas na verdade o inverno de Londres não é assim TÃO frio quanto as pessoas imaginam, e raramente neva (media de apenas 1 ou 2 dias por inverno) então botas de “peso” como Ugg e Timberland podem facilmente ser dispensadas, então pra quem quer modelos mais basicos e com precos mais baixos, lojas como a Zara, Mango, Uniqlo e Gap tambem vendem botas e sapatos de inverno de otima qualidade, e ate mesmo lojas como H&M e Top Shop tambem vendem opcoes bem baratinhas (porem de qualidade duvidosa, mas se se voce soh for passar uns dias no frio, nao faz diferenca quantos invernos a bota vai durar, neh?!). Uma sapataria que sempre vende botas e sapatos bem baratinho eh a Barrats, na Oxford street. Voce vai achar Uggs generico por cerca de 50 libras, botas de couro sintetico por 50 a 70 e por ai.

Outras opcoes de lojas especializadas em sapatos que tambem oferecerao boas opcoes de modelos com bons precos e boa qualidade sao: Aldo, Clarks, Geox e Campers.

 

Uma boa estrategia eh entrar nos sites da lojas antes de chegar em Londres e fazer uma pesquisa sobre oque combina mais com seu estilo e seu bolso, e assim fica mais facil fazer um plano de ataque e nao gastar tempo demais das ferias comprando meia de la!

na grande maioria dessas lojas voce pode comprar on line e pedir pra recolher a mercadoria na loja – assim, se nao servir ou voce nao gostar, ja pode trocar ou devolver la mesmo!

Quanto custa?! Quanto vou gastar comprando roupas de inverno?

Isso vai depender da quantidade, qualidade, marcas e itens que voce comprar, obviamente. Quem precisar comrpar um guarda-roupa inteiro de inverno, vai gastar bem mais doque quem precisar apenas de um sobretudo aqui, um gorro ali.

Mas se desconsiderarmos todas as marcas de luxo (que obviamente destoariam a media e nem sequer entraram na lista), suas compras de inverno pode ser separada em duas categorias:

– Qualidade media-alta:

Nessa banda de lojas e marcas as medias de precos serao mais ou menos:

  • Sobretudo: entre 100 e 200 Libras
  • Bota: entre 80 e 150 Libras
  • Blusas e casacos de la: entre 20 a 50 (por peca – voce vai precisar de varias) Libras
  • Acessorios: Entre 20 a 50 (por peca) Libras

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Zara, Gap, Banana Republic, Uniqlo, Ugg, Timberland, Aldo, Accessorize, John Lewis, House of Frasier.

Qualidade Media-baixa:

  • Sobretudo: entre 50 e 100 Libras
  • Bota: entre 50 e 100 Libras
  • Blusas e casacos de la: de 15 a 30 (por peca)
  • Acessorios: de 5 a 30 (por peca)

As lojas que eu classificaria nessa media sao: Primark, H&M, Forever 21, Top Shop e Claire’s.

E pra quem quiser marcas com mais “peso” fashion, as grandes lojas de departamento (Selfridges, Browns, Harvey Nichols, Harrods, etc) teem todas as marcas possiveis e imaginaiveis, alem de que todas as marcas tambem tem lojas proprias em Londres, seja no Village de Westfild ou nas ruas da regiao de Bond Street ou High Street Kensington e Knightsbridge.

Ou entao tente a sorte num dos outlets da cidade, como a loja de fabrica da Burberry, o Bicester Village e a TK Maxx.

 

Obvio que essa lista não é exaustiva, e oque não faltam em Londres são lugares, lojas e opções pra comprar roupa (de inverno ou em qualquer estação) em qualquer bairro, em qualquer cidade e com variadas faixas de preço!

 

Planejando sua viagem para Londres?

Alem de todas as dicas para aproveitar o maximo de Londres que voce encontra aqui no Blog, planeje tambem sua viagem com servicos e recomendacoes testadas e aprovadas:

E nao perca as dicas de Pubs e Restaurantes, o Calendario de Eventos para saber o que rola de mais interessante ao longo do ano e todas as demais dicas uteis para curtir Londres como um Londrino!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
50 comentários