30 Nov 2016
6 comentários

Como vestir Crianças e bebês no frio

Baby Everywhere, Dicas Aleatorias & Genericas

Todos os anos vai chegando essa época de Outono/Inverno no hemisfério Norte e as perguntas sobre o clima e temperatura começam a pipocar: o que vestir, como se proteger, etc, e a dúvida sempre é maior quando se trata de crianças, principalmente quando temos que lidar com temperaturas diferentes das que estamos acostumados.

Como vestir Crianças e bebês no frio

Brasileiros sempre acham que as crianças estão morrendo de frio, e os Ingleses sempre acham que as crianças estão morrendo de calor!

Eu já fiz vários outros posts sobre roupas de frio, como se vestir no inverno e tals (Outros posts e dicas sobre como se vestir no frio), mas então dessa vez preferi fazer um vídeo e ir mostrando cada (tipo) de peça, como os visto e como monto os mini-looks para deixar a Isabella e o Oliver bem protegidos do frio.

 

Créditos e produtos mencionados no vídeo:

Ítens para bebês:

Body sem perna: http://fave.co/2gUZaW4
Camisetas kimono: http://fave.co/2gUPw5V
Bodies de manga comprida e pézinho: (para meninos) http://fave.co/2gI5w8D (para meninas) http://fave.co/2gULfiW
ou (minha marca preferida!) meninos: http://fave.co/2gI8lpY  Meninas: http://fave.co/2gUU2Sb
Jaquetas e casacos forrados: http://fave.co/2gULfiW
Kit completo para frio: http://fave.co/2gIaMsV
Snowsuit ou Pramsuit (macacão de inverno): http://fave.co/2gUSY0A
Gorros que cobrem as orelhas: http://fave.co/2gI5cXt

Socks ON (para segurar meias): meninos: http://amzn.to/2gUXdt4 meninas: http://amzn.to/2fCD76D

Ítens para crianças maiores:

Leggings: http://fave.co/2gUUdwP
Camisetas de manga longa: http://fave.co/2gUMU82 ou http://fave.co/2gUW5pd ou http://fave.co/2gUQbEF
Meia calça grossa, de algodão: http://fave.co/2gIbiH2 ou http://fave.co/2gUWgRe

Roupas térmicas:

Leggings: http://fave.co/2gUUxLE
Meias e meia calça: http://fave.co/2gIbZQE
Camisetas: http://fave.co/2gIeq5T
Blusas de gola alta: http://fave.co/2gUVdRy

Botas de inverno: (meninos) http://fave.co/2gUNVwS (meninas) http://fave.co/2gIaiCT

Gorros que cobrem as orelhas e luvas: (meninos) http://fave.co/2gURnb7 (meninas) http://fave.co/2gUOiaK

Casacos de inverno: (meninas) http://fave.co/2fBqd4p
(meninos) http://fave.co/2gIg8Eq

A Isabella tem esse http://fave.co/2fBovQF e esse que mostro no vídeo http://fave.co/2gIciLo

Opçoes de casacões tipo macacão: http://fave.co/2gURYtn

Footmuffs para carrinhos (cobertor de carrinho) http://fave.co/2gUO8Ai ou http://fave.co/2gURUtA ou (para opções mais genéricas e que servem qualquer modelo de carrinho) http://amzn.to/2gwQ2DG

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

 

Me Acompanhe!

Além de todas as dicas que eu posto aqui no blog, você também pode me acompanhar nas redes sociais para mais notícias “ao vivo”:

 

Adriana Miller
6 comentários
14 Jan 2014
27 comentários

Como arrumar a mala para uma viagem no frio: edição crianças e bebês

Baby Everywhere, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Aleatorias & Genericas, Fazendo as Malas, Viajando com crianças

Algumas leitoras com filhos me pediram pra falar sobre como vestir as crianças para viagens no inverno Europeu (ou viagens no frio em geral).

A Isabella nasceu no auge do inverno Inglês, mas mesmo assim poucos dias depois já estávamos sassaricando por ai com ela!

Afinal, como dizem por aqui, “Não existe frio, existem apenas pessoas que não sabem se vestir para certas temperaturas” – então independente da idade do viajante, basta saber se vestir direitinho e o fator “temperatura” da viagem pode ser minimizado.

Uma coisa engraçada que vejo aqui e comparo muito com o Brasil eh a falta de percepção com as temperaturas que não estamos muito acostumados, principalmente quando o assunto são as crianças.

Enquanto que no Brasil basta bater um ventinho pra todo mundo ficar achando que as crianças vão pegar “friagem”, aqui é justamente o contrario, e a tendência é sempre achar que eles vão morrer de calor! Quando a Isabella nasceu eu praticamente levei uma bronca de uma das enfermeiras por que o quarto dela estava muito “quente” (o termômetro do quarto marcava 21 graus) e calor demais era prejudicial aos bebês, e ela nunca ia conseguir mamar e dormir num ambiente tão quente (oi?!), e ainda me deu a recomendação “se sua filha estiver chorando demais sem explicação, tente retirar uma camada de roupa. Com certeza ela estava com calor” (oi?! 2).

Enquanto isso no Rio de Janeiro, quando o termômetro do ar condicionado do quarto da Isabella marca 23 graus, já fica todo mundo querendo colocar roupas e cobertores extras achando que ela vai pegar um resfriado.

Ou seja, é tudo relativo!

Mas no geral minha filosofia para vestir a Isabella no frio é a mesma que eu e o Aaron usamos: nos vestimos em camadas e com os materiais certos para o inverno (que eu já tanto falei nos posts sobre como fazer uma mala para viajar no frio).

IMG_1937

Ate porque, com bebes e crianças a sujeira é um fato: seja uma fralda explosiva, seja uma golfada, papinha que voou longe, ou se arrastando pelo chão dos lugares, então ao vesti-los com varias camadas diferentes, fica mais fácil ir trocando uma coisa de cada vez, a medida que uma ou outra peça se sujam.

Começe pela base, pelas roupas que ficaram em contato com a pele do bebê.

Com a Isabella, o primeiro de tudo sempre eh um body, sem pernas, de manga curta ou longa. Eu uso bodies de algodão normal, pois ela ainda não se mexe muito (engatinha, mas ainda não anda nem corre), então não tem muito problema de ficar suada/úmida por baixo da roupa em contato com a pele (que é o fato mais importante tanto para adultos quanto crianças – a camada em contato com a pele sempre sequinha).

Para crianças mais velhas, sempre é melhor usar como base roupas de material térmico ou “tecnológico” que ajude a repelir suor/umidade da pele e deixem o corpo respirar (porque mesmo com frio, as crianças não param quietas e invariavelmente vão suar por baixo de tudo).

Marcas como a Uniqlo (que sempre falo por aqui nos posts sobre roupas térmicas e tecnológicas), ou lojas de esporte ou especializadas sempre tem uma seção infantil com ótimas opões de roupas.

IMG_2272

Depois dessa base eu coloco uma camiseta/blusa com alguma casaquinho por cima (cardigan de linha/lã ou moleton) e uma calça comprida.

Para a calça, se estiver muito frio, opto por aquelas calcas tipo “pijama”, com pezinho (pois ela ainda não anda, então tecnicamente não precisa de sapatos, então também evita que perca sua meia por ai), ou uma meia calça por baixo, para que a pele não fique exposta no tornozelo quando pegamos ela no colo.

A camada final é uma jaqueta de nylon/impermeável/corta vento, de preferência com capuz, que vai proteger o torso e braços dela.

IMG_1776

Na parte de baixo e pernas eu acho essencial usar um “footmuff” no carrinho (que é essa “capa” acolchoada e térmica que encaixamos no carrinho nos meses de frio), pois com cobertores “soltos” eles acabam chutando, tirando do lugar, perdendo e sujando demais. Além disso, a maioria dos footmuffs também tem proteção anti chuva e anti vento (além de deixar o carrinho super confortável e aconchegante nos dias frios! Morro de inveja! Hehehe).

O Footmuff que usamos pra Isabella eh o da própria marca do carrinho (Bugaboo), então se encaixa direitinho na base, sem ficar saindo do lugar ou escorregando (quando ela era recém nascida – ate uns 6 meses – usamos a versão “Cocoon” e agora usamos o footmuff “Polar”).

Mas pra quem não quiser fazer um investimento alto (afinal não é o tipo de coisa que seria útil no Brasil), a John Lewis, Mothercare e Amazon vendem versões bem baratinhas!

E em Londres outro acessório importantíssimo do carrinho é a capa de chuva – e muitas vezes também uso a sombrinha, que apesar de ser um acessório de verão, como o tecido é impermeável, acabo usando de guarda chuva quando esta só chuviscando (e o footmuff tb é impermeável, então ela fica sequinha).

E por fim, um bom gorro, que proteja bem a cabeça e orelhas do bebê/criança.

IMG_2274

Geralmente eles odeiam, e a Isabella passa hooooras entretida tentando arrancar o gorro, mas principalmente os bebes que não tem muito cabelo pra proteger a cabeça, e é a area do corpo que eles mais perdem calor. Além de que quando o frio pega mesmo, as orelinhas fininhas dos bebes congelam em segundos, além de que o frio também pode causar dor de ouvido (que pode se transformar num problema serio).

Outro acessório recomendável na “teoria”, mas que não funciona muito bem na “pratica” são luvas. Ao mesmo tempo que acho importante que as crianças usem luvas (pois assim como as orelhas, são áreas finas nas extremidades do corpo, que “congelam” rápido), a realidade eh que eles precisam das mãos livres pra brincar, pegar nas cosias, e os bebes mais novinhos não tiram as mãos da boca (e pior que não usar luvas, só mesmo luvas molhadas – e geladas – de baba!).

A Isabella tem algumas luvas, mas só (tento) usar em casos extremos, e sempre dou preferência a modelos que tem uma cordinha pra amarrar no punho da criança (então mesmo quando elas tirarem as luvas pelo caminho, elas não se perdem, pois estão amarradas nos braços! Genial!).

Outra opção são os “hand warmers”, que são mini aquecedores para as mãos, que podem ser colocados nos bolsos dos casacos de crianças maiores.

IMG_2516

E claro, não esqueça de proteger bem os pés das crianças que já andam!

A recomendação é a mesma que adultos, mas para crianças os melhores modelos são emborrachados e com forro/pelos por dentro – assim os pés e dedinhos ficam bem protegidos por dentro, mas você não precisa de preocupar com meias molhadas quando eles pularem em cheio na poça de lama ou agua de chuva no meio do parque!

Para um frio mais extremo, que envolva muita neve ou chuva, e principalmente se a criança já andar e for ficar muito tempo fora do carrinho (e do quentinho do footmuff), uma ótima peca pra se ter a mão são os “bodysuits”, que é tipo um casacão fofinho e impermeável, porem com modelo de macacão, então também protegem as pernas (e alguns tb cobrem as mãos).

A Isabella tem uns modelos “fofinhos” com fleece e pelúcia, mas agora que gosta de ficar fora do carrinho, engatinhar afins, também tem um modelo impermeável (pra poder se sentar na neve, nos brinquedos molhados da pracinha, ou na grama úmida, sem ficar encharcada – e molhada!).

IMG_0878

Mas de maneira geral eu prefiro os modelos de material impermeável, pois são mais fáceis de limpar (se cair comida na pelúcia do casaco, já era, e a criança vai passar o dia todo de roupa suja, mas se cair comida num casaco de nylon, basta passar um paninho, e e ele estará pronto pra outra).

Aqui em Londres é super fácil achar roupas apropriadas de frio para bebes e crianças, e todas as lojas que indiquei no post sobre compras de enxoval em Londres terão ótimas opções, nos mais variados preços.

Mas não esqueça que crianças perdem roupas super rápido, então mesmo se você viajar bastante para lugares de frio e quiser “investir”, provavelmente as pecas já não serviram em seus filhos na próxima viagem!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
27 comentários