14
Jun
2013
Eurostar: Viajando com bebês e crianças
Escrito por Adriana Miller

Já fizemos inúmeras viagens de Eurostar, que continua sendo minha opção preferida pra viajar entre Londres e a França – mas e levar um bebê no trem, como seria?

Então foi todo um novo mundo de pesquisas e possibilidades, alguns acertos e alguns erros, mas sobrevivemos! Os 3!

- Reserva e passagens:

Bem, pra começar uma ótima noticia: crianças até 4 anos não pagam nada pra viajar no Eurostar. Isso mesmo. Nada. Zero. Nem um centavo – sem taxas, nem impostos nem nada mais.

Quer dizer, me explico. Crianças até 4 anos, que viagem no mesmo assento que um adulto (ou seja, no colo) não paga absolutamente nada.

Mas independente da idade de seu filho(a) se você quiser que eles tenham um assento próprio, então eles pagaram uma passagem inteira.

Eu fiquei até desconfiada, pois você nem sequer precisa informar o nome da criança, e nem tampouco ela terá uma passagem pra viagem…

Mas foi tranquilíssimo! E não esqueça do passaporte! Qualquer pessoa (independente da idade) cruzando fronteiras precisa de apresentar um passaporte na viagem.

- Marcando assentos:

A vantagem de viajar de avião com um bebê pequeno é que eles podem usar o bercinho do avião, então a realidade é que durante a viagem, é colo se eles nem estivessem ali!

Mas e no trem?

Eu sabia que o Eurostar (nem trem nenhum) tem assentos com bercinhos então fique preocupada com o conforto da Isabella (e nosso!), pois não apenas teríamos o trajeto de 2 horas e meia até Paris, mas ainda teríamos mais 3 horas de TGV até o sul da França.Screen Shot 2013-06-09 at 19.55.21

Então decidimos levar conosco o cadeirinha de carro (bebê conforto) dela com a gente na viagem, e na hora de marcar nossos assentos, marcamos as poltronas que tem uma mesa no meio, eu de um lado e o Aaron de frente pra mim do outro lado.

E a Isabella foi no meio, no bebê conforto encaixadinho na mesa entre nós dois.

E uma dica extra: reserva os assentos da janela, pois assim você apoia a cadeirinha na janela, e não corre o risco de seus vizinhos de poltrona ficarem esbarrando no seu bebê cada vez que queriam levantar de seus assentos – ou as pessoas passando com malas/bolsas etc no corredor do trem.

Assim ficamos os 3 super confortáveis a viagem toda, sem ter que ficar segurando ela no colo por horas a fio, e ela ficou confortável e entretida – confortável quando estava dormindo, e feliz da vida assistindo a vida passar (nos corredores do trem) quando estava acordada!

Para crianças maiores que bebês de colo, as poltronas com mesa no meio também são a melhor opção, pois eles ficam com mais espaço para as pernas além de terem uma mesa maior pra colocar brinquedos, livros, iPads etc.

- Fazendo as malas:

A maior vantagem de viajar de trem pra quem esta com um bebê a tiracolo é não ter que se preocupar com os líquidos na bagagem!

Em trens e no Eurostar você pode levar quanto e quais líquidos quiser, em embalagens de qualquer tamanho que ninguém esta nem aí!

Então estocamos leite já preparado o suficiente pra viagem toda no trem e mais o suficiente pra durar toda a viagem e todos os passeios que faríamos durante os dias da viagem.

Além de que aproveitei a oportunidade e re-estoquei os meus produtinhos preferidos das farmácias Francesas, compramos vinhos, perfumes de lavanda e o que mais quiser!

- Carregando e armazenando as malas:

Porém nem tudo é perfeito… Você pode levar tudo o que quiser no Eurostar: não ha limite de peso, nem limite de líquidos que você pode levar a bordo, porém esse é justamente o problema, pois as pessoas tendem a exagerar (faça o que digo, não faça o que faço!)!

Afinal, ao contrário de aviões, você não despacha suas malas – é responsável por elas do começo ao fim da viagem, sem ter ninguém pra carregar, nem ajudar e não poder se “livrar” delas, como faríamos numa avião.

E quando somamos toda a tralha extra de um bebê + o bebê propriamente dito (ou seja, um de nós tinha que ficar com ela no colo/carrinho enquanto o outro carregava todas as nossas malas pra dentro do trem!), isso se torna um problema!

Como já comentei em outros posts sobre viajar de Eurostar, o espaço destinado a bagagem é limitadíssimo, e ficam nas entradas/saídas dos vagões, portanto longe de sua supervisão, o que deixa muita gente tensa.

E é uma guerra. Cada pessoa que embarca tenta re-arrumar as malas que já estão nos bagageiros de qualquer maneira, tentando encaixar suas malas também (é tipo um jogo de Tetris no nível gazilhão de dificuldade! hahahah), então tem que ter cuidado na hora de embalar itens quebráveis e frágeis.

Além disso, caso você vá precisar de alguma coisa ao longo da viagem, carregue-o com você, numa mala ou bolsa de mão que ficará no (minúsculo) compartimento para bagagem de mão acima das poltronas, pois realmente é muito dificil ter que ficar movendo todas as outras malas só pra pegar uma coisinha que você esqueceu!

E outra dica importante pra quem vai viajar com bebês: viaje com um carrinho que seja relativamente pequeno e fácil de abrir/fechar, e que monte/desmonte em apenas uma peça, pois assim como não tem espaço para malas, também não tem espaço pra carrinhos, que terão que ser fechados e colocados nas prateleiras de bagageiros juntos com todas outras malas.

Pra nós foi uma lição e tanto: na próxima viagem de Eurostar seremos mais “econômicos” na hora de fazer as malas!

- Conforto e amenidades a bordo: fraldários, comidas etc.

Apesar da enrolação de embarcar com malas + carrinho + bebê, a viagem em si é super confortável (principalmente porque a Isabella estava no bebê conforto o tempo todo).

Por exemplo, os fráldarios são super limpos e confortáveis!

São quartinhos separados, exclusivos para isso, para que você não tenha que levar seu bebê num banheiro usado por outros passageiros.

Screen Shot 2013-06-09 at 19.53.45

É um quartinho que não é banheiro, separado no corredor dos vagões com uma caminha/trocador acolchoado que já tem um rolo de papel (tipo um papel toalha) enorme que forra o colchão do trocador, e assim a cada troca você joga fora o papel usado e o passageiro seguinte usa um novo pedaço do trocador descartável!

Além disso, eles também tem saquinhos de plástico disponíveis pra jogar fora as fraldas sujas, e uma lixeira bem vedada, para que o quartinho não fique com cheiro de fralda!

No outro lado tem uma pia com sabonete liquido e toalha de papel, e uma tomada e um “aparelho” onde você pode encaixar uma mamadeira ou potinho de comida para ser aquecido! (num avião você pode pedir pra um comissário aquecer a mamadeira ou comida de seu filho, mas em trens não, pois não existem “funcionários” de bordo).

Achei o máximo! Tanto na viagem de ida quanto de volta os quartinhos de bebê estavam limpos e bem fornidos. Um super conforto para famílias viajando de trem!

Se seus filhos já forem maiorzinhos, também aconselho que você leve comida/lanches o suficiente pra viagem, pois apesar de ter um vagão-restaurante, as opções de comida disponíveis nem sempre são apropriadas para crianças (geralmente só vendem refrigerantes, bebidas alcoolicas, sanduiches, salgadinhos e tal).

Então apesar de que a viagem é curta, para evitar apertos é melhor comprar alguma coisa já na estação mesmo, antes de embarcar (a estaçnao de St Pancras em Londres tem uma Boots que vende muitas opções de comidas de bebês, além de uma Marks & Spencer – que é um supermercado – com opções de frutas, sucos, biscoitos etc, ou cafés como Starbucks, Costa e Café Nero que geralmente tem mais opções de sanduiches, muffins, cookies, saladas de frutas etc.)

Categorias: Dicas (Praticas!) de Viagem, Eurostar, Inglaterra, Transporte, Viagens
X
23
Oct
2011
T.V. EveryWhere: Viajando de Eurostar
Escrito por Adriana Miller

Ano passado quando fui a Bélgica de trem e fiz um post sobre o EuroStar, explicando mais ou menos as praticidades de como viajar entre a Inglaterra e o continente Europeu. Mas volta e meia ainda aparecem algumas perguntas e duvidas, sobre check in, sobre imigração entre os países, sobre bagagens e sobre o conforto dos trens.

Então aproveitei a viagem a Paris pra fazer um vídeo mostrando todo “processo” de viajar de EuroStar.

Na verdade, não ha maneira mais simples e fácil de viajar entre Londres e Paris (ou Londres e Bruxelas), basta lever algumas coisas em consideração:

- As passagens:

As passagens EuroStar podem ser compradas on line, por telefone ou direto na Estação de Trem (St Pancras em Londres, Gare du Nord em Paris e Brussele Midi em Bruxelas), mas sempre de preferência pelo ticket eletrônico. Assim você evita ter que pagar taxas extras de envio da passagem pelo correio, e agiliza o processo de check in e embarque, pois você imprime sua passagens com um código de barras em casa e passa direto pelo portão eletrônico de embarque.

- Imigração:

Tenha a mão todos os documentos necessários para entrar/sair de cada pais. Para sair de Londres você tem que passar pela policia imigratória Francesa, e pra sair da França você passa pela polícia de imigração Francesa E Britânica, que são tão exigentes quanto (ou até mais) que em aeroportos.

- Bagagem:

Uma das grandes vantagens de viajar de trem é que você não terá limite de peso de bagagem. Mas por outro lado, sua bagagem não será “despachada” e você terá que carregar cada volume de bagagem por conta própria. Incluindo ter que passar pelo check in, imigração, segurança, embarcar no trem e armazenar suas malas nos espaços específicos do vagão.

Além disso, depois de passar pelo check in e imigração você e suas malas passam pela area de segurança da estação, onde todas as malas, bolsas, casacos e afins passam por raio-x e detector de metais. A grande vantagem é que por ser um trem, você pode levar quantos litros de liquidos quanto quiser em suas malas. Isso vale pra itens de necessaire, mas também pra vinhos, comidas e afins.

- Dentro do trem:

As passagens são vendidas com assento marcado, então procure o vagão certo e sua poltrona.

Os trens são novos e super confortáveis, com tomadas para recarregar laptops, celulares e afins. Todos os vagões tem banheiros (bem limpinhos diga-se de passagem) incluindo lugar pra trocar fralda, e sempre têem também um vagão restaurante, onde você pode comprar chá, café, vinho, sanduíches e etc.

- Chegando no destino final:

Basta recolher todos os seus pertences, sair do trem e voilá!

Todos os procedimentos de viagem já foram feitos antes do embarque, então você não precisa mais passar por alfândega, nem imigração nem nada!

 

P.S.: O vídeo mostra também a area de guarda volumes da estação Gare du Nord em Paris, que é uma duvida comum, pois a gente sempre fica na duvida se entre paranóias de segurança na Europa ainda existem o não os guarda volumes nas estações e aeroportos.

Em Londres, na estação Saint Pancras, o guarda volumes é administrado pela empresa Excess Baggage, mas em Paris Gare du Nord o guarda volumes faz parte da estação mesmo, e fica meio escondido no subsolo láaaa no canto da estação.

Antes de entrar na area do guarda volumes você tem que passar por uma area de segurança tipo de aeroporto, onde você e suas malas passam por raio-x e detector de metais, e lá dentro estão os lockers automáticos, operados com moedas de Euro (mas eles tem umas maquininhas que trocam suas notas (de Euro) por moedas.

O processo é todo automático e simples, mas não tem ninguém lá dentro pra ajudar (seja com as instruções, seja com o peso das malas).

No nosso caso, fomos pra estação bem cedo, antes de começar nosso dia em Paris e deixamos as malas no guarda volumes. Passeamos por Paris o dia todo, e voltamos pra estaçnao antes de embarcar no Eurostar, recolhemos as bagagens e fomos direto pro trem.

Fácinho, facinho.

 

Categorias: Conhecendo Londres, Dicas (Praticas!) de Viagem, Eurostar, França, Inglaterra, T.V. EveryWhere, Transporte, Viagens
33
13
Oct
2010
Eurostar – Conectando a Inglaterra ao continente Europeu
Escrito por Adriana Miller

Uma das duvidas mais frequentes de quem viaja entre a Inglaterra e o resto da Europa eh qual a maneira mais facil e mais barata de se chegar de um lugar ao outro.

As opcoes mais obvias sao sempre os avioes ou ir de trem, pelo Eurostar (a pesar de que a viagem de barco tambem eh uma otima opcao, apesar de menos pratica para turistas).

Viajar de aviao geralmente acaba virando a melhor opcao, afinal a Inglaterra eh a terra das empresas de Low cost que oferecem voos para todo continente Europeu a preco de banana – mas existem muitas desvantagens a uma viagem de aviao: sejam os aeroportos afastados do centro da cidade, as restricoes de bagagem, a seguranca restrita e as interminaveis filas – uma simples viagem Londres/Paris, onde vc fica pouco mais de 1 hora no ar, acaba comendo pelo menos umas 6 horas do seu dia! (entre viajar ateh o aeroporto, fazer check in, passar pela imigracao, esperar o embarque, o voo, desembarcar e passar pela imigracao, recolher as bagagens e chegar no centro da sua cidade destino).

Entao para quem vai pro norte da Europa, o Eurostar eh uma otima maneira de cruzar o Canal da Mancha, conectando Londres a Lille, Paris, Bruxelas (e arredores) e Amsterdan (e arredores) em cerca de 2 horas!

O principal problema do Eurostar, e o motivo pelo qual eu nao viajo de trem mais frequentemente eh justamente o preço.

Por ter uma oferta mais limitada, e ter como objetivo, principalmente, as viagens a negocio, o Eurostar geralmente custa uma media de 2 ou 3 vezes o preço de um voo, principalmente para quem viaja durante a semana (que eh o efeito oposto dos voos).

Além disso, o Eurostar nao funciona como um trem comum, que tem seus preços mais ou menos fixos, e assentos sempre disponiveis. Com o Eurostar quanto mais antecedencia voce comprar sua passagem, mais chances tera de nao soh conseguir um assento, mas tambem conseguir bons precos e algunas promocoes. Alem disso, as passagens compradas on line sempre saem mais barata do que as compradas direto na estacao (pois voce mesmo tem que imprimir seu cartao de embarque).

Mas uma vez que voce decidiu viajar de Eurostar, como realmente funciona na pratica?

- Check in e Imigracao:

Bem, primeiramente nao esqueca que viajar de Eurostar eh uma viagem internacional como outra qualquer, e por tanto eh preciso fazer check in e passar pela imigracao.

Fila do Check in no estação de St Pancras em Londres

O check in deve ser feito com no minimo 30 minutos de antecedencia (tenho amigos que jah foram impedidos de embarcar em seu trem pois nao fizeram o check in a tempo – acharam que era uma viagem de trem qualquer e poderiam entrar no trem alguns minutos antes da partida), e ao sair de Londres voce tem que passar pela imigracao francesa, e ao sair de Paris (ou Bruxelas), voce passa pela imigracao Inglesa.

E sim, eh uma imigracao como outra qualquer, voce deve apresentar os mesmo documentos que apresentaria num aeroporto e deve ter tudo em ordem. Se preciso, a policia da imigracao vai barrar sua entrada e voce podera ter problemas com a lei.

Digo isso porque volta e meia eu recebo e-mails pedindo “dicas” de como vir para Inglaterra ilegalmente, e supostamente chegar aqui por trem seria mais facil que passar pelo pente fino dos aeroportos.

- Embarque e escolhendo seu assento:

Mas passando da imigracao, entramos num saguao de embarque, bem parecido com um pequeno aeroporto, com livrarias, cafes e restaurantes (mas retiraram os free shops!) ateh que seu trem seja liberado para embarque.

Ao contrario da maioria dos trens comuns que viajam domesticamente pela Inglaterra e Europa, o Eurostar tem lugar marcado, entao voce tem que procurar qual seu vagao e entao qual sua poltrona.

Identificando seu vagão

A dica aquí eh na hora em que voce esta reservando sua passagem e pode escolher se quer assentos “Facing forward” (indo de frente) ou “Facing backwards” (indo de costas), ou se vc quer sentar em poltronas duplas ou quadruplas, com mesinhas no meio. Se voce, como eu, enjoa facil em viagens, sempre reserve seu assento “Facing forward”.

- Bagagem:

Uma das grandes vantagens do Eurostar em vez das companias aereas de low cost eh o fato de nao ter limite para bagagem – mas nao se esqueca que o Eurostar eh apenas um trem, e apesar de poder viajar com tudo que quiser, voce tera que carregar tudo que quiser levar. O trem nao tem bagageiro, e sua bagagem devera ser guardada no compartimento acima de sua poltrona, ou na area reservada para malas nos corredores entre os vagoes.

O bagageiro no corredor

Essas areas tambem nao sao grandes e cabem talvez umas 10 malas medias, e sao usadas pelo vagao inteiro – alem disso, se voce viaja com itens valiosos, se sua mala eh cara, ou voce eh simplesmente paranoico e nao quer largar sua bagagem sozinha entre os vagoes, entao eh melhor manter suas malas o mais compacto possivel, para que possam sempre estar a vista, na prateleira acima de sua poltrona.

- Durante a viagem:

A viagem entre Londres e Paris dura cerca de 2 horas (o mesmo tempo entre Londres e Bruxelas: 2:05), oque nao eh muito, mas dah para aproveitar para relaxar um pouco.

O Eurostar sempre tem um vagao restaurante, onde vendem café, cha, sucos e refrigerantes (alem de algunas bebidas alcoolicas) alem de sandwiches, muffins e afins.

E a pesar de nao ter nenhum “entretenimento” de bordo, todos os assentos tem tomadas onde vc pode carregar seu laptop, iPhone, Blackberry, DVD placer e afins – soh nao esqueca de levar um adaptador de tomadas!

A passagem pelo Tunel do Canal da Mancha quase sempre passa praticamente despercebido: sao apenas cerca de 20 minutos onde o trem passa voando pelo tunel sub-aquatico, construido a 100 metros abaixo do solo marinho – para quem acha que vai ver peixinhos durante a viagem, a unica indicacao de que estamos cruzando o canal eh que de repente tudo fica completamente escuro! E quando o trem sobe a superficie outra vez, tcha-ram! Voce chegou no outro lado do continente Europeu.

- Desembarque:

Desembarcar do Eurostar eh um processo automatico, ja que a imigracao foi feita antes mesmo do embarque e as bagagens nao sao despachadas – e eh ai que esta a grande vantagem do Eurostar: assim que vc sai do seu trem, voce jah esta logo ali! No centrao das princpais cidades da Europa do Norte!

- Seguindo viagem e onde guardar sua bagagem na estacao:

Teoricamente o Eurostar soh viaja entre Londres-Paris e Londres-Bruxelas, mas uma vez estando nessas cidades, sua passagem Eurostar te da livre acesso a qualquer outro trem da rede integrada daquela pais, sem nenhum acressimo de preco!

Entao a viagem nao fica limitada a penas essas cidades, e voce pode aproveitar para contecer outras partes da Franca, Belgica, Holanda e Alemanha, por exemplo.

E foi exatamente oque fizemos quando fomos a Belgica com meus pais: compramos a passagem Londres-Bruxelas, deixamos nossas malas no guarda volumes automatico da estacao Brussele Midi e fomos passar algumas horas andando pelo centro de Bruxelas.

No fim do dia, voltamos para estacao, recolhemos nossa bagagem e nos dirigimos diretamente para plataforma do trem que ia para Bruges – a unica coisa que tivemos que mostrar foi o papel com nossa passagem Eurostar impresso e pronto!

E boa notícia pra quem vai pra Bélgica: as linhas da Eurostar são 100% integradas com a rede ferroviária Belga, e portanto se sua viagem se estender de Bruxelas (ponto de chegada Eurostar) para qualquer outra cidade do país você não terá que comprar outra passagem avulsa!

“Travelling to other Belgian stations

Any Belgian Station tickets include travel from Brussels-Midi/Zuid to any Belgian station. That means you can use your Eurostar ticket to travel on any domestic Belgian service* within 24 hours of arriving at Brussels-Midi/Zuid.

Please note Any Belgian station tickets can only be booked more than 48 hours prior to travel to allow for printing at home. Otherwise they will only be available for collection from Brussels station.

*excludes Thalys and ICE services.”

Screen Shot 2013-06-12 at 10.37.02

Essa “promoção” só é válida para viagens dentro da Bélgica com passagens compradas entre Londres e Bruxelas, não sendo válidas para viagens via Lille ou Paris, e usadas nas 24 horas antes e depois de sua passagem Eurostar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Belgica, Dicas (Praticas!) de Viagem, Eurostar, França, Transporte, Viagens, Viagens pelo UK
56