15 Nov 2012
20 comentários

Bubbledogs – Champanheria e cachorro quente!

Dicas de Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Restaurantes

Lembra que eu contei ha um tempinho atrás sobre a modinha dos gastro-junks assolando Londres?

Pois então, mais uma joint tem causado uma comoção gastronômica: o Bubbledogs – e seguindo o mesmo modelo simplista do gênero, o Bubbledogs tem a filosofia de uma Champanheria (champagne bar) que não serve caviar… e em fez disso, eles servem…. Cachorro quente!

Olha, não sei como esse pessoal surge com essas idéias, mas que é genial isso é!

No menu são cerca de 12 tipos diferentes de hotdogs gastronômicos, com as misturas mais estapafúrdias possíveis – mas acredite, todas funcionam muito bem e cada combinação é mais gostosa que a outra!

E na carta de champagne são mais algumas dezenas de opções vendidos por taça ou garrafa, alem de um cocktail bar muito bem servido.

Oque eu mais gostei (e o motivo pelo qual me convenci a ir) é que eles servem diferentes tipos de salsicha, pra agradar a todos os gostos: tem a tradicional, feita de carne de porco, mas eles também servem salsicha feita com carne de vaca, ou vegetarianas! Impossível não agradar todo mundo mesmo!

Então nós resolvemos ser aventureiros e escolher umas opções de cachorro quente bem diferentes (de fazer o podrão-fim-de-night da praia de Ipanema se revirar de inveja!) – os tamanhos são medios e nós estavamos com fome!

Mas claro, assim como qualquer modinha Londrina que se preze, o lugar é disputado! Pra começar que lá dentro é minúsculo (acho que devem caber no máximo umas 30 pessoas de cada vez) e as filas são gigantes – com uma estimativa de tempo de espera de 2 horas!!!

Eles só aceitam reservas para grupos maiores que 6 pessoas, e todo resto… fila!

Nós demos muita sorte, pois resolvemos passar por lá antes de ir no cinema, e descobrimos que eles estavam fechados na parte da tarde, mas como reabririam dai a 15 minutos, ficamos batendo papo na porta, e em questão de minutos a fila começou a dobrar o quarteirão!

Entramos de primeira, sentamos no bar (todas as mesas são em esquema “comunitário”, e você provavelmente vai dividir a mesa ou o balcão com alguém) e fomos muitíssimo bem atendidos – e sim, os cachorro quentes (?? plural?!) são uma delícia!

Mas o que me perguntaram no Twitter, foi: vale mesmo a pena?!?

Huuuum… nós tivemos uma ótima experiência, mas definitivamente não teria passado 2 horas na fila esperando apenas pra comer cachorro quente… não importa o quão hypado o lugar seja… afinal, podrão é podrão!

E no Bubbledogs, ao contrário do Burger & Lobster por exemplo, você tem que ficar na fila mesmo, se não já era. Quando saímos de lá a fila ainda estava enooooorme, e tinha começado a chuviscar – manifestação da mãe natureza que não costuma afugentar Londrinos – oque significa que aquelas centenas de pessoas iam passar seu sábado a noite esperando na chuva pra comer um hotdog em meia hora. No meu conceito, isso pode transformar um programa bacanérrimo em mega furada instantâneamente!

Então a dica é: chegue cedo, e não faça do Bubbledogs são programa principal – vai ser um lanche super legal e diferente, mas que deve ser encarado como um pré-programa da noite! A Mari Campos e a Helô Righetto tambem foram e – apesar da fila que enfrentaram – também recomendaram a experiência!

 

Bubbledogs

70 Charlotte St,

London W1T 4QG

 

Adriana Miller
20 comentários
23 Oct 2012
12 comentários

Burger & Lobster

Dicas de Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Restaurantes

Nos ultimos meses, Londres tem sido invadido por uma nova modinha: os restaurantes (ou Joints) de comida gastro-junk!

20121022-223017.jpg

Nada mais sao doque restaurantes que se dedicam a preparar a junk food nossa de cada dia de uma maneira mais gastronomica e, eerrrr, posh!

Essas tal joints veem acompanhadas de muita hype, oque geralmente trazem consigo filas de espera (outra modinha dessa trend eh nao aceitar reservas) e precos que por mais que nao sejam altos ou proibitivos, nao sao exatamente condizentes com a comida servida.

E pronto. Receita perfeita pra mais uma mania e moda se espalhar pela cidade.

20121022-223034.jpg

Primeiro foi o Meat Liquor, que apesar de nao ser exatamente “gastro”, deu um dos pontapes iniciais dessa onda de junk food hypada – afinal eles realmente servem fast food de qualidade, mas nao eh exatamente a culinaria que faz com que as pessoas esperem 2 horas na fila pra comer um hamburger!

O Aaron estava de olho num outro gastro-junk recem aberto na cidade, o Burger & Lobster, que tambem prometia servir uma dos melhores hamburgers da cidade (ja comentei aqui tantas outas vezes sobre a fixacao Americanoide dele de comer o hamburger perfeito em Londres!) – mas sempre faltava tempo e planejamento pra encarar um restaurante sem reserva num fim de semana Londrino.

20121022-223130.jpg

Ate que nesse ultimo fim de semana resolvemos encarar! (estamos numa missao de conseguir aproveitar bastante a cidade, antes que nossas vidas sofram uma grande reviravolta!).

Uma das principais reclamacoes desses gastro-junks sao justamente as filas e horas de espera por uma mesa, mas nesse ponto o Burger & Lobster tem uma vantagem – voce tem que esperar, mas eles nao deixam ninguem ficar na fila. Voce chega na porta, da seu nome e telefone, e assim que sua mesa estiver pronta, alguem te liga.

20121022-223108.jpg

Achei isso otimo – demos nossos detalhes, e com a promessa de que em cerca de 2 horas nossa mesa estaria pronta, fomos calmamente matar o tempo e bater um papo num pub da redondeza. O tempo passou voando, e menos de uma hora depois nosso telefone tocou avisando que nossa mesa estava pronta!

20121022-223053.jpg

Mas falando do restaurante especificamente, a premissa deles eh simples: eles servem apenas dois ingredientes – hamburgers e lagostas. Nada mais.

Eh tao simplista, que nem menu eles tem. Entre esses dois ingredientes, voce tem apenas tres opcoes a escolha: hamburger, ou lagosta (em 2 tamanhos/pesos diferentes e no vapor ou grelhada) ou um sanduiche de lagosta.

20121022-223115.jpg

As tres opcoes vem com os mesmos acompanhamentos: tudo vem com salada e batata frita, e duas opcoes de molho: manteiga com alho e ervas, ou manteiga simples.

20121022-223123.jpg

E o preco? Todas as opcoes custam exatamente a mesma coisa: 20 Libras cada (mas a lagosta grande custa 30£).

Oque torna o hamburger um dos mais caros de Londres – mas em copensacao eles servem a lagosta mais barata da cidade!

20121022-223059.jpg

Entao nao foi nenhuma surpresa ver que todas as mesas do restaurante estavam comendo lagosto ou o “Lobster Roll” – e foram justamente nossas opcoes: o Aaron foi de Lagosta e eu de Roll, soh pra variar um pouco.

O servico foi otimo e rapido, e as garconetes super simpaticas, e a comida simplesmente sensacional!

20121022-223137.jpg

A conta tambem foi uma agradavel surpresa, ja que o jantar nos custou menos de 70£ – incluindo bebidas, lagostas e acompanhamentos. Boa opção pra quem quiser um almoço ou jantar especial em Londres, mas sem gastar 3 digitos!

O restaurante original fica em Mayfair, pertissimo da estação de Green Park (a poucos quarteirões do Ritz, The Wolseley e Fortnum & Mason), mas eles acabaram de abrir uma nova filial no Soho.

 

Burger & Lobster

29 Clarges street, Mayfair London W1J7EF

 

Adriana Miller
12 comentários
26 Sep 2012
17 comentários

Brunch em Londres: The Wolseley

Cha da tarde, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Restaurantes

Os Ingleses nao tem muito o costume de comer Brunch (que nada mais eh que a combinacao de um cafe da manha + almoco, comum nos fins de semana) – eles gostam mesmo eh do bom e velho “English Breakfast” (que nao deixa de ter proporcoes de almoco, diga-se de passagem), e por isso mesmo eh dificil achar lugares interessantes em Londres pra lavar a alma nas manhas de fim de semana!

Por outro lado, eu pessoalmente a-do-ro brunch e cafe da manha farto em geral, e pra mim fim de semana tem que comecar com uma boa refeicao matinal, entao estou sempre a procura de novos lugares que oferecam a combinacao boa comida + ambiente legal. E eh ai que entra o The Wolseley.

O restaurante, vizinho de esquina do Hotel Ritz, eh tradicionalissimo, inaugurado em Londres na decada de 30 e faz parte do mesmo grupo de restauranteurs donos de outros dois dos mais antigos e tradicionais restaurnates de Londres: o The Caprice e The Ivy.

O The Wolseley eh disputadissimo, principalmente por ser vizinho do Ritz e acabar servindo a mesma clientela, e eh considerado uma otima opcao a qualquer hora do dia.

Mas eh seu Brunch de fim de semana que tem mantido o Wolseley no topo das listas ultimamente – o cardapio eh uma otima mistura de opcoes Inglesas (principalmente opcoes de pratos quentes), com opcoes Continentais (principalmente os itens de patisserie e Viennoiserie Francesa), algumas opcoes naturais (os sucos de frutas sao todos feitos na hora, por exemplo, oque eh raro de achar por aqui) e mais um monte de outras opcoes internacionais, variando da panqueca com mapple syrup Americana, aos Goffres Belgas.

Ou seja, um cafe da manha impossivel de nao agradar todo mundo! O dificil mesmo eh decidir!

Pra quem gosta de ovos pela manha, as variedades do Eggs Benedict sao imbativeis e o Aaron adora o omelete “Arnold Bennett”, que inclui haddock defumado, queijo gruryere e molho Hollandaise – pode soar esquisito, mas garanto que eh uma delicia!

Ou entao peca a certinha de patisseries variadas, que vem com miniaturas de todos os paezinhos e bolinhos disponiveis. E quem nao quiser sair da dieta, eles tambem tem varias opcoes de muesli da casa servidos com uma variedade de iogurtes e frutas.

E isso tudo num abiente linidissimo do predio do comeco do seculo 20, que ainda mantem seu pe direito altissimo, com arcos e colunas em marmore negro.

Ah! E eles tambem sao uma otima opcoes de Cha da Tarde!

E nao esqueça de fazer sua reserva com bastante antecedência, pois eles sempre estao lotados aos fins de semana (reservas podem ser feitas por telefone ou direto no site deles – detalhes abaixo).

The Wolseley

160 Piccadilly London W1J 9EB

020 7499 6996

 

Adriana Miller
17 comentários
Página 1 de 1212345678