02
Jul
2013
La Bodega Negra: O novo Mexicano “apimentado” de Londres
Escrito por Adriana Miller

Olha, pena de quem ainda acredita na lenda de que se come mal em Londres…! Depois de tanto tempo morando por aqui, posso me considerar uma sortuda por ter/estar presenciando uma revolução maravilhosa no paladar e costumes a mesa dos Londrinos. Hoje em dia, Londres finalmente pode dizer que tem variedade e quantidade de restaurantes e qualidade pra desbancar qualquer uma de suas metrópoles concorrentes!

La Bodega Negra poderia ter sido apenas mais um restaurante a abrir suas portas no Soho – mas não.

Mantiveram a fachada do antigo sex shop que ocupava o mesmo endereço (essa região do Soho é hot spot GLS) e inovaram com o menu de tequilas, tacos e ceviches.

São dois endereços, que na verdade fazem parte do mesmo local (apenas com entradas diferentes): de um lado um café mais informal. Você pode chegar cedo e fazer um esquenta enquanto o sol não se baixa.

Do outro lado, no subsolo, os letreiros em neon do sex shop não são nada discretos e anunciam o que todo mundo por aqui já sabe: o mais novo restaurante sensação de Londres esta ali!

Quem quiser jantar no restaurante do subsolo do La Bodega, tem que fazer reservas com bastante antecedência (como tudo em Londres, e não me canso de repetir), mas para comer no café do térreo, basta chegar cedo.

Assim que a noite começa, todo mundo segue pro bar do restaurante (que tecnicamente não precisa de reserva, mas tem que chegar cedo, pois todo mundo que janta por lá, acaba esticando no bar) e ferve até altas horas!

La Bodega Negra

9 OLD COMPTON STREET W1D 5JF

 

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
3
25
Jun
2013
Aqua Kyoto London
Escrito por Adriana Miller

Quanto nós fomos a Hong Kong, eu quis conhecer o bar Aqua depois de ter ouvido falar muito bem na filial de Londres – e depois da viagem, já de volta a Londres, o bar de HK nos deixou mortos de vontade de conhecer a versão Londrina.

O tempo passou, acabamos deixando pra lá e a oportunidade certa nunca apareceu – e digo isso porque assim como a filial de HK, a versão Londrina é famosa por sua cobertura, então queríamos ir numa tarde ensolarada de verão!

Então quando estava planejando o que fazer para o aniversário do Aaron esse ano, e sabendo que as temperaturas estariam nas alturas, já fui logo reservando uma mesa na varanda do Aqua Kyoto!

O Aqua London é na verdade, 3 em um: o Aqua Nueva, com pratos de culinária Espanhola e Mediterrânea, o Aqua Kyoto, com culinária Japonesa, e o Aqua Spirit, um bar animadíssima (que faz fila de virar o quarteirão aos fins de semana!), e segue os mesmo moldes da filial de Hong Kong (que tem o Tokyo servindo japonês, o Roma servindo comida Italiana e o Spirit, o cocktail bar com a melhor vista – e drinks! – da cidade!).

A varanda do Aqua sempre aparece na lista dos melhores “rooftop bars” (bares na cobertura) de Londres, mas confesso que esperava mais da vista…

Ele fica na cobertura de um prédio na Regent Street, be na esquina com a Oxford Circus, então achei que teríamos uma vista legal… mas fica só um pouquinho pro lado, e a visão do cruzamento de Oxford já não é tããão de tirar o fôlego!

Mas ainda assim o bar merece seu título de melhores bares de Londres, pois o clima é incrível!

Mesinhas, almofadas, musica e drinks…

Na hora do almoço eles servem um buffet/rodízio de comida Japonesa muito boa por apenas £30 por pessoa (incluindo pratos quentes e o sushi bar + sobremesa. Ou £50 pra quem quiser incluir Champagne), que para o padrão Londres, e se tratando de um ótimo restaurante Japonês é um ótimo custo/beneficio!

Passamos a tarde toda lá curtindo o sol, sem a menor pressa, mas quando fomos embora, a fila já estava formada na porta!!

Coloquem na lista de coisas a fazer no verão em Londres! (mas no inverno também vale a pena… o interior do restaurante/bar é o máximo também!)

Aqua London

5th Floor, 240 Regent Street,

(entrada pela) 30 Argyll Street

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes
3
19
Jan
2013
ECC – Experimental Cocktail Club
Escrito por Adriana Miller

No inicio de Dezembro, aproveitei a temporada de festas pra tirar bastante proveito de sair com as amigas e os bares e restaurantes de Londres, e numa dessas saídas fui com duas amigas jantar na Chinatown (recomendo o restaurante “Imperial China“, que é bem básico e “fácil”) e depois fomos no “Experimental Cocktail Club“.

O ECC faz o mesmo estilo do LAB que é um cocktail bar “experimental” e super low profile.

Eles servem como base de treinamento aos melhores bartemders da cidade e é um bar super, super legal! Ideal pra sair no fim de semana, mas pra quem não quer encarar uma balada de verdade.

Pra começar que eles são super “secretos” – escondidos no meio da Chinatown, sem nome na porta nem informação nenhuma. Por sorte uma das minhas amigas já tinha ido lá algumas vezes e sabia dos “truques” pra achar a entrada, mas ainda assim perambulamos pela rua por um tempo até identificar a portinha espremida entre dois restaurantes de comida Chinesa!

Lá dentro são 3 andares de bar, com diferentes ambientes, e um otimo DJ.
O ambiente é super cool-Londrino, com um pessoal muito legal lá dentro. Ótimo, ótimo clima, e você se sente meio que parte de uma sociedade secreta, como se tivesse sido admitido num dos clubes mais exclusivos de Londres – e é bem por aí mesmo!!

O menu de drinks e cocktails muda a cada mês, mas você também pode simplesmente pedir pra inventarem alguma coisa pra você e voilá!

Como eu não podia beber nada com álcool e não tinha nenhum drink sem alcool no menu, os bartenders simplesmente perguntavam que tipo de “sabores” eu queria, e inventavam umas misturas na mesma hora!

Uma dica é chegar cedo (como tudo em Londres), ou então fazer reserva com antecedência (pelo e-mail no site apenas) – mas eles só reservam cerca de metade das mesas, e o resto fica aberto pra quem chega na hora – e esta sempre lotado, principalmente nos fins de semana.

Experimental Cocktail Club

http://www.chinatownecc.com/

13A Gerrard Street

London W1D 5PS

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra
6
04
Jul
2012
Londres: MO*VIDA
Escrito por Adriana Miller

Eu adoro quando recebo visitas em Londres que ja chegam cheias de planos pra explorar bastante a cidade, tanto de dia quanto de noite!

Como boa mega metropole que se preze, a night de Londres eh legendaria, com opcoes pra todos os gostos e algumas das baladas mais badaladas da Europa.

A Mo*vida acabou de passar por uma reforma – estrutural e de reputacao – resgatando a fama de uns tempos atras, quando era praticamente a segunda casa de figuras como Kate Moss e sediando festas do mundo fashionista, sempre atraindo um clientela polemica, como Paris Hilton, Rhianna – e ate mesmo Principe Harry e Pippa Middleton ja deram as caras por la.

Na nova fase pos reforma, o interior esta lindissimo, uma coisa assim meio matelasse-Chanel com um toque meio modernista, e sempre mantendo os ambientes separados e uma pista de danca que vai se espalhando entre os varios ambientes, oque garante que todod mundo esteja sempre circulando de um bar pro outro!

Ainda na linha das melhores baladas de Londres, a MO*VIDA eh relativamente pequena, tem uma politica de dress code e porta bem estrito e eh um lugar discretissimo – tirando os paparazzi de plantao na porta, voce certamente passaria despercebido pela portinha que nos leva ao espaco no sub-solo do teatro Palladium, a menos de um quarteirao de Oxford Circus, um dos lugares mais movimentados de Londres!

Ah! E uma dica preciosa pra quem pretende cair na balada em Londres – voltar pra casa quase sempre acaba sendo uma verdadeira batalha, ja que transporte publico eh nao-existente na madrugada e taxi vira mais raro que commodities preciosas!

Mas oque nem todo mundo sabe eh que os melhores clubs e baladas de Londres mantem acordos com empresas de mini-cab (tipo um radio taxi registrado, que ja falei aqui), entao a maneira mais facil de voltar pra casa eh sair do club e ja falar pro seguranca na porta que vc quer um mini-cab pro lugar tal – entao eles mesmos organizam sua corrida com seus motoristas registrados, anotam seu nome e endereco (por medida de seguranca) e ja te dao uma tarifa fixa, dependendo do seu bairro. Sem ficar perdida catando um black cab e muito menos plantada esperando o night bus por horas a fio!

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra, Viagens
1
24
Aug
2011
Funky Buddha
Escrito por Adriana Miller

Os dias que minha irmã passou em Londres foram intensos… e como elas estiveram aqui num fim de semana, todos nós aproveitamos pra meter o pé na jaca e aproveitamos demais tudo que Londres tem a oferecer!

Então depois de ter ido ao ChinaWhite na sexta, no sabado escolhemos o Funky Buddha, que ao contrario de clubs como o Mahiki, Fabric e Boujis, que são super tradicionais e antigos, o Funky Buddha é novissímo, inaugurado apenas em Janeiro de 2011 mas já ocupou um lugar no top clubs de Londres.

O espaço é bem pequeno, como é comum em Londres, mas adorei a decoração toda branca e com um bar central, tendo acesso de todos os lados do club.

O legal dessa noite é que como estavamos com um grupo enorme, resolvemos splurge e reservar uma mesa, que dá pra imaginar que foi otimo! Conseguimos uma mesa extamente do lado do DJ (que por sinal, arrasou DEMAIS a noite toda) e… bem, o resto é história!

Nos divertimos demais, demais mesmo! A ponto de que lá pra sei lá que horas da madrugada abandonamos a mesa e atacamos a pista de dança e ficamos por lá até nos darmos conta de que éramos uns dos ultimos da noitada e já eram quase 4 da manha!

 http://www.fbmayfair.co.uk/

15 Berkeley Street

London W1J 8DY

020 7495 2596

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres
3
17
Aug
2011
ChinaWhite
Escrito por Adriana Miller

Uma das características da nightchy Londrina é que aqui as opções são infinitas. Ao contrario de outras capitais do mundo (principalmente se comprar com o Rio de Janeiro), Londres tem MUITAs opções de baladas MUITO boas.

Então você tem que ser muito baladeiro e ativo na night pra conseguir ficar repetindo o mesmo club varias vezes por mes – ou até semestre!

Além disso geralmente o melhores clubs são bem pequenos e seletivos, e a grande maioria opera uma politica exclusiva de membership ou lista na porta – se vcê simplesmente aparecer na porta numa sexta ou sabado a noite, provavelmente não vai conseguir entrar.

Mas depois de anos aqui, e sendo apreciadora de uma boa balada (e graças a Deus o dignissimo também!) acabei aprendendo os macetes, e sabendo onde ir.

Então quando minha irmã veio pra Londres com 3 amigas elas só queriam saber de baladas, e das boas, então não tive duvida: ChinaWhite, uma das baladas mais animadas, exclusivas e tradicionais de Londres.

ChinaWhite original abriu as portas na decada de 60 e ajudou a desenvolver nomes como Pink Floyd e Bod Dylan, nunca perdendo sua presença na noite de Londres.

Em 2008 o predio histórico onde ocupava o basement ha quase 30 anos foi vendido, e uns meses depois, uma nova ChinaWhite, repaginada e mais moderna abriu as portas no Soho.

Como é comum entre as baladas (boas) Londrinas, não espere luzes de neon nem nada chamativo na porta – se não fossem pelos seguranças enormes, você passaria batido pela porta de ferro que esconde as escadas do subsolo.

Lá dentro uma decoração inteiramente oriental em tons de vermelho e preto, com bambus e simbolos chineses.

A musica começou meio devagar, meio lounge, mas a medida que a noite foi avançando e a pista lotando, o DJ se empolgou e não saimos da pista um único segundo!

Não pagamos pra entrar, mas prepare-se para abrir a carteira, pois os drinks e bebidas não são dos mais baratos… Mas não se preocupe, você vai estar tão animado dançando que nem vai lembrar do bar!

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra
13
16
Aug
2011
Ale Trail: a rota da cerveja de Londres
Escrito por Adriana Miller

Oque não falta em Londres são pubs, certo? Certissímo!

E o pior é que só depois de conhecer a cidade é que você se dá conta que os “Public House” realmente estão em todos os cantos da cidade, as vezes dois ou 3 em cada quarteirão!

Muitos deles nada mais são que meros botecos da esquina, enquanto outros são ligeiramente mais sofisticados, ou gastro-pubs (quando servem comida muito boa).

E tem também os mais tradicionais, cheios de história e servemas autênticas Ales Inglesas.

Eu não bebo cerveja, então vou me abstrair da discussão cerveja gelada x cerveja não tão gelada, mas dizem os apreciadores de uma boa Ale, que as temperaturas extremamente baixas escondem o verdadeiro sabor do malte, e uma cerveja boa e artesanal nunca deveria ser servirda estúpidamente gelada.

Então em Londres existem diversas “Ale Trails”, que são rotas especificamente montadas em diferentes areas da cidade, que levam os apreciadores de Ales (ou de um belo Pub) aos principais Pubs tradicionais e históricos da cidade.

Então no outro dia, enquanto minha irma esta em Londres, fizemos o Ale Trail em Theaterland, que vai de Charing Cross, Leicester Square a Convent Garden.

Mesmo pra quem não gosta de cerveja ou de bar/boteco, os Pubs são um programa imperdível pra quem vem ao Reino Unido!

E esses roteirinhos de Ale Trails são uma otima opção, pois v0cê pode baixar o mapinha on line, que te diz exatamente onde estão os melhores pubs e exatamente onde ir!

Começamos nossa noite no Princess of Wales, numa ruazinha exatamente entre Embankment e a rua Strand. A primeira vista apenas um pub como outro qualquer, esse pub é considerado uma dos mais antigos e melhores de Londres, além de ter um restaurante gastro-pub no segundo andar (aproveitamos pra jantar lá também).

Como fizemos o Trail num dia de semana depois do trabalho, a noite era curta (afinal os pubs geralmente fecham cerca de 11 da noite) e não tinhamos tempo a perder! Queríamos conseguir conhecer o maior numero possivel de pubs da rota.

Então a segunda rodada foi no The Coal Hole, construído em 1889 e vizinho do Hotel Savoy e seu teatro, e que tem um interior imponente!

Um pé direito altissimo, vigas de madeira no teto e uma escadaria que nos leva ao mezanino do segundo andar.

E para a rodade final fomos no The Wellington, também na The Strand, quase exatamente em frente a Sommerset House e construido (em 1776) no mesmo predio onde alguns seculos antes hospedou uma das mansões de Henry VIII.

Essas pub crawl são uma ótima maneira de conhecer varios pubs ao mesmo tempo, que pode ser um programa a ser feito uma tarde inteira (e se estender pela noite) ou para um happy hour animadinho, como foi nosso caso!

Basta baixar qualquer um dos mapinhas e roteiros no site e decidir o caminho a fazer – todos os roteiros foram planejados com a intenção de serem explorados a pé, relativamente perto um do outro, enquanto você conhece algumas das areas mais bonitas da cidade!

 

 

 

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Roteiro
14
30
Jun
2011
Boujis
Escrito por Adriana Miller

O Boujis nao eh uma balada nova em Londres (abriu as portas pela primeira vez em 2002), mas depois de trocar de direcao recentemente o Boujis caiu no gosto da clientela ultra-VIP de Londres.

Mais um members-club exclusivo do west end Londrino, o Boujis fica no coracao de South Kensington, praticamente de frente pra estacao do metro – mas duvido que seus frequentadores usem esse tipo de transporte.

Um dos motivos pela fama repentina do Boujis na night Londrina eh porque o novo dono eh um grande amigo do Principe Harry, que logicamente eh um dos membros do club e esta sempre batendo ponto por la.

Sao eles tambem que geralmente comandam as festas de encerramento dos grandes eventos do calendario Londrido, como por exemplo a festa do Royal Ascot desse ano.

E eles se orgulham tanto se sua selecao e exclusividade, espaco pequeno e “cozy” que existe ate uma lenda que os segurancas da porta uma vez tentaram barrar o Principe William porque ele nao estava usando sapatos apropriados… Se essa historia for verdade, tenho certeza que o Wills deu um jeito de mexer uns pauzinhos e entrar no Boujis, como ja foi visto varias vezes saindo de la com a Kate e a Pippa.

Eu acabei dando uma daquelas sortes onde conhecia alguem que tinha uma amiga que tinha uma amiga cheia de conexoes, e entao la fomos la!

Esperar na fila da porta eh inevitavel, e apesar de que soh entra quem for membro, tiver uma mesa reservada (consumacao minima de 1.500 libras!) ou estiver na guest-list, chegar cedo eh imprencindivel – o Boujis eh super pequeno, intimista e anti-lotacao, entao eh quase impossivel entrar depois da meia noite, quando sua pista de danca ja esta lotada!

A musica eh otima, o clima super legal (imaginava que seria um tanto quanto pretencioso) e os drinks super caros (que era de se imaginar), mas realmente eh uma noite para ver e ser visto! Não perca o drink marca registrada, o “Crackbaby”!

O unico defeito? Sua politica de exclusividade e privacidade de seus membros high profile, proibe fotos la dentro! (tentei surrupiar algumas, mas eo medo de ser expulsa?!)

www.boujis.com/

43 Thurloe Street

London SW7 2LQ

020 7584 6678

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Party
13
05
Jun
2011
Mahiki
Escrito por Adriana Miller

Voce pode achar que nao reconhece esse nome, mas essa balada pequenininha em Mayfair em Londres nao sai da boca da midia ha bastante tempo.

Nao eh a maior da cidade, nem sequer eh um clube exclusivo aos Londrinos de sangue azul… mas nao da pra ignorar a presenca desse club na night de Londres.

Lembra quando o Principe William, e a entao plebeia Kate, terminaram o namoro? Ela foi logo pra balada pra causar ciumes nele (deu certo, neh?). Pra onde Kate foi? Mahiki.

E quando o Prince Harry foi enviado para o Iraque e seus amigos organizaram uma festa surpresa de despedida, onde eles escolheram? Mahiki.

Onde a Rhianna fez a festa de encerramento de sua tour Europeia?

Onde a Paris Hilton comemorou seu aniversario em Londres?

Mahiki. Mahiki. Mahiki.

Entao quando uma amiga terminou um namoro de quase 10 anos e quis afogar as magoas na balada, qual foi nossa escolha unanime? MAHIKI!

E nao pense que sao soh os nobres e as celebridades que atraem multidoes (e tabloides) pro Mahiki, nao. O club eh todo decorado em clima “praiano” tropical, e com um menu e lista de cocktails de matar de inveja qualquer resort no Tahiti.

Entao apesar de que a intencao era ir pra balada, nos chegamos a tempo ainda de jantar no Mahiki, que tem uma selecao otima de bar food de altissimo nivel. Nao espere refeicao completa, mas todas as opcoes que eles tem na (recem reformada e repaginada) cozinha sao sensacionais.

Mas o carro chefe mesmo sao os cocktails! Antes de cair no gosto das socialites o Mahiki eh e sempre foi um cocktail bar, e oque nao falta a seus barmen eh criatividade!

Sao dezenas de opcoes de cocktails individuais, e mas umas tantas opcoes de cocktails de “grupo”. Como nos eramos apenas 3, nossas opcoes eram mais limitadas, mas pra quem for em grupos com mais de 6 ou 8 pessoas, o best seller deles eh o “Tresure Chest”, um cocktail para 8 pessoas que vem dentro de “bau de tesouro” com direito a fogos, serpentina, gelo seco e os garcons fazendo muito estardalhaco!

As baladas em Londres tem a mah fama de acabarem cedo, e o Mahiki nao eh diferente… a farra acaba as 3 da manha e a porta esta sempre lotada, entao eh bom chegar cedo – pra conseguir aproveitar bem a noite!

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Party
15
27
Feb
2011
Aura Mayfair
Escrito por Adriana Miller

Sabado foi um dia “club da Luluzinha”, e depois de passar praticamente o dia todo juntas, eu e Tati fechamos nossa noite no club Aura Mayfair.

O Aura é um bar/restaurante/club na rua St James, no bairro Mayfair – e fica praticamente na esquina do hotel Ritz.

Quando chiegamos na porta, ainda não sabiamos que já estavamos lá, pois na verdade o club fica no sub-solo do predio, mas na verdade o Aura de underground não tem nada!

O Aura Mayfair é bem pequeno e se auto proclama “exclusivo”, pois tem ocupação para no maximo 250 pessoas e é um “member’s club” – ou seja, só tem acesso livre ao estebelecimento, os membros pre-selecionados.

Então oque eu estava fazendo por ali? Foi uma dessas maravilhosas coincidencias, e quando decidimos tentar descobrir qual seria “a boa” do sabado, acabamos conseguinto entrar na lista de convidados da festa de um amigo de uma amigo.

A fila na porta foi um pouco irritante, mas nos proporcionou uma fonte inesgotavel de gargalhadas, enquando as pseudo-socilites e WAGs wanna be morriam de frio na porta! (isso é papo pra outro post, mas sempre me impressiona como as meninas Inglesas NAO usam casaco na balada, mesmo no auge do inverno!)

Eu geralmente não gosto de expressões clichê do tipo “badalada”, “gente bonita”, “da moda”, mas tá dificil conseguir descrever o Aura sem cair nessas expressões batidas…

E não é atoa que entre as listas de membros e convidados ilustres do bar estão nomes como Christina Aguilera, Janet Jackson, Flavio Briatore, Billy Zane, Naomi Campbell e é um dos unicos clubs de Londres na lista do “World Finest Clubs“.

Mas lá dentro a reladidade foi outra, e em vez de celebridades, na verdade vimos um club realmente bem pequeno (e precisando urgentemente dar um arrumadinha no banheiro… hum… “excentrico”…) com uma animação ímpar, e um DJ sensacional!

Não paramos de dançar nem um segundo, e não tinham uma unica mesa, cadeira ou balcão que não tivesse um grupinho de amigos dançando (em cima das mesas, não em volta)!

E realmente deu pra ver que o pessoal nas mesas fazem parte de um grupo “privilegiado” (como os Ingleses gostam de descrever seus rich and famous) – as garrafas de champagne Cristal e Vodka GreyGoose de 2 litros rolando como se fosse copo d’agua…

Aura Mayfair

48-49 St. James’s Street
London SW1A 1JT
020 7499 6655
Metro: Green Park

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra, Party, Viagens
9
Página 1 de 212