10 Feb 2015
39 comentários

TV Everywhere: Vlog #PerrengueEverywhere

Andorra, T.V. EveryWhere, Toulouse

Bem…. Acho que a ideia de gravar “Vlogs” em nossas viagens esta me trazendo uma onda de azar!

O que era pra ter sido um video sobre uma viagem a Andorra, acabou virando uma coletanea de videos meio aleatorios sobre o aperto que passamos nos Pirineus uns dias atras!

Fiquei na duvida se valia a pena postar o video ou nao, mas como problemas e imprevistos podem acontecer a qualquer momento e em qualquer viagem, entao porque nao ne?

No minimo voces podem aproveitar e rir da nossa situacao… :-)

E como surgiram bastante duvidas em relacao a como lidar com esse tipo de situacao la no Instagram e facebook, vou escrever alguns posts mais detalhados sobre isso, mas por enquanto, divirtam-se!

Creditos:

Camera: iPhone 6

Edicao: iMovie

Musica

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
39 comentários
06 Feb 2012
26 comentários

Perrengue Congelado 2012

Vida na Inglaterra

Entre os muitos eventos que Londres proporciona anualmente a seus moradores e visitantes, o “snow day” tem se tornado cada vez mais frequente.

A parada é o seguinte: Londres não neva. Eu sei, é decepcionante pra quem se programa de visitar a cidade no inverno e acaba achando que frio = neve, e acabam se deparando com nada mais que dias escuros e chuvosos.

Porém, sempre neva em Londres! A diferença é que Londres geralmente tem UM unico dia de neve por ano (por inverno), e é sempre imprevisível saber quando será esse tal dia – já vi em Novembro, em Janeiro, em Março, agora foi em Fevereiro…).

Aí as pessoas comentam: “mas eu sempre ouço falar sobre a neve em Londres…”. E sabe porque vira noticia? Justamente porque nunca acontece, e quando finalmente neva, a cidade vira um CAOS!

Pois é, e na temporada de inverno 2011/2012, o tal dia de neve foi na noite de sabado pra domingo – e como era de se esperar, a “nevasca” foi imprevisível, e gerou o caos que já estamos acostumados!

Por acaso no sabado a noite, estava com um grupo de amigas no Leste de Londres – fomos a uma festa com uns amigos Espanhois, e o plano era, de lá, sair pelo centro de Londres.

A neve nos pegou de surpresa, mas como era bem pouquinha, não imaginamos que viria a ser um problema (além de que estavamos empolgados pra sair, e não ia ser uma nevizinha qualquer que ia atrapalhar nossos planos).

Papo vai, papo vem, quando finalmente resolvemos sair de casa, supresa: abrimos a porta e vimos tudo branquinho lá fora!

Mas estava longe de ser uma “nevasca”, e só nos demos conta de que o caos tinha de instaurado, quando ao ligar para todos as empresas de mini cab da vizinhança, descobrimos que taxi nenhum estava fazendo serviços!

Então toca todo mundo andar até a estação de metro a pé na neve – que ainda estava bem ralinha no chão.

Chagando na estação de Startford, tudo parecia normal e ainda não tínhamos desistido da balada no centro do Londres, até que, no segundo que entramos no trem da Jubilee line, as portas do metrô se reabriram, e o condutor anunciou que por causa da neve, todas as linhas de metrô estava suspensas!

Pânico! E agora, como voltamos pra casa?

Corre pra fila de taxis, e encontramos as ruas desertas. Corre pro ponto de onibus, e mais uma vez as ruas estavam as moscas…

Quando já estavamos imaginando que teríamos que mais uma vez passar a noite na neve (e foi com o mesmo grupo de amigas do “snow day” de 2009!).

Por fim, uma das minhas amigas, ligou pra uma outra amiga que morava pela redondeza e perguntou se podiamos nos abrigar na casa dela…! Que situação! Então por motivos de força maior tivemos que passar a noite acampados no chão do quarto de estranhos, com a esperança de que na manha de domingo as coisas estaríam voltando ao normal…

Eu sei que as pessoas ficam surpresas com esse tipo de situação em Londres – afinal como uma das maiores metropoles do mundo não tem infraestrutura pra lidar com a neve, e alguns míseros centimetros de neve no chão param completamente a cidade?!

Aí que eu volto a repetir: Porque em Londres não neva!

Então todo ano o governo repete a mesma história – não vale a pena investir alguns bilhões de Libras para equipar uma cidade gigantesca como Londres com tratores limpa neve, trocar os trilhos de trem, mudar a infraestrutura do metrô e afins, que serão utilizados apenas um único dia por ano.

Então nos anos em que a neve realmente se torna um problema (como ano passado por exemplo, já que esse ano a neve já derreteu e virou lama no dia seguinte), paciencia, e todo mundo tem que sentar em casa e esperar o caos passar.

Mas realmente não dá pra negar que neve é bontinha, e todo mundo comemora aqueles primeiros floquinhos que caem do ceu – que realment enão tem como ser bonito e hipnotizante!

Só que a realidade de ter que conviver com neve é muito diferente! Neve derrete e faz lama, deixa as calçadas, ruas e estradas perigosas e escorregadias, trens e metrôs atrasam sem explicação e a vida de todo mundo vira um caos!

Por sorte eu tenho a flexibilidade de trabalhar em casa, então hoje ainda nem tirei meu pijama – mas a media de atraso do pessoal do meu time hoje foi de mais de uma hora!

Então realmente neve é linda, mas apenas nas fotos dos outros, ou quando você pode ficar admirando de longe (ou brincando na neve!) no quentinho da sua casa!

E por isso, todo ano quando neve em Londres eu repito: Ainda bem que não neva em Londres!

 

Adriana Miller
26 comentários
30 Sep 2011
22 comentários

Oque fazer se você perder seu passaporte durante uma viagem?

Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens

Viajar eh otimo, e seja qual for seu estilo de viagem, ninguem questiona isso.

Mas e quando alguma cosia da errado? Alem de ter que lidar com frustracao (afinal sao meses de planejamento, sonho, poupanca e na hora H da zebra?!) de lidar com os imprevistos nos planos, ainda tem o lado chato burocratico de ter que lidar com oque quer que seja.

Pode ser o voo perdido, o voo cancelado, o visto vencido , a mala que nao chegou ou a gripe que te derruba. Alguns podem ser faceis de resolver, outros podem te custar muito $$$ e alguns podem arruinar sua viagem.

Ha umas semanas atras quando minha irma estava em Londres com umas amigas, logo na segunda noite em Londres aconteceu uma das piores coisas que poderiam acontecer nas ferias de alguem: uma das meninas perdeu o passaporte!

Foi uma coisa que parecia saida de um filme tragi-comedia. Antes mesmo de sair de casa ele tirou tudo que era “importante” da bolsa, mas como estavamos a caminho de uma balada, ela deixou o passaporte, pois seria sua unica identificacao. Fomos no taxi tirando fotos e nos divertindo, e quando chegamos na porta da boate, juntamos o dinheiro e ela ficou pra pegar o troco. Assim que ela saiu do taxi, deu aquela paradinha de “acho que estou esquecendo alguma coisa” e na fracao de segundo que caiu a ficha, ja era… o taxi virou a esquina com sua bolsa la dentro!

Ainda tentamos sair correndo e parar o taxi, mas ai o taxi ja tinha virado a esquina e entrado num mar de black cabs extamente iguais numa sexta a noite no Soho Londrino.

la se foram cartnoes de credito e passaporte. E como a situacao foi a pior possivel, isso tudo aconteceu numa sexta feira a noite, na primeira parada de uma viagem que duraria 1 mes e passaria por 5 paises – sendoq ue elas iriam embora de Londres na terca feira de manha.

Bateu o desespero na hora, mas conseguimos resolver tudo relativamente facil e simples, e apesar dos pesares, a viagem nao foi afetada.

Entao para estar preparado para emprevistos do tipo, faca sempre a preparacao basica pre-viagem, e uma tecnica que eu faco sempre eh escanear e mandar por e-mail pra mim mesma, copias do passaporte, vistos, cartoes de credito e oque mais possa ser util num caso desses.

O passo a passo foi o seguinte:

– Primeira coisa a fazer, eh cancelar qualquer cartao de credito, debito, VTM, traveller cheques e afins que tenham sido perdidos ou furtados.

– Segundo passo, e o mais importante no que diz respeito a documentos, eh procurar a delegacia mais proxima e fazer uma ocorrencia.

Se isso acontecer com voce em Londres, o procedimento eh facil, os policiais amigaveis e prestativos. Ligue para o numero 101 da Policia Metropolitana, diga onde voce esta, e eles te indicarao o posto policial ou delegacia mais proxima.

Os policiais vao te fazer algumas perguntas simples, voce tera que preencher uma ficha, assinar e pronto. Tudo foi resolvido em questao de 10 minutos.

– Depois eh descobrir onde fica o consulado ou embaixada Brasileira mais proximo de voce.

O consulado do Brasil em Londres eh super organizado e funcional, e ela conseguiu um passaporte novinho no mesmo dia.

Porem, antes mesmo de ir ao consulado, preencha esse formulario AQUI, o mais completo possivel, com toda informacao possivel.

O parte chata do passaporte Brasileiro eh o tal do comprovante de voto e de servico militar (para homens), afinal quem viaja por ai com comprovante de voto?!

Mas nesse caso, voce pode ir no site da Justica Eleitoral e pedir um comprovante “ficha limpa”, ou simplesmente avisar o consulado que voce nao tem essa informacao.

Nesse caso, o unico problema eh que eles te darao um passaporte de emergencia com validade suficiente apenas pra voce terminar sua viagem – no caso da carla, o novo passaporte tinha validade de apenas 7 meses, ou seja, deixava de ser valido uns dias depois que ela voltasse ao Brasil (ja que quase todo os paises do mundo apenas permitem a entrada para passaportes com minimo de 6 meses de validade), entao uma vez de volta pra casa ela teve que fazer tudo de novo.

Por sorte o cnsulado Brasileiro em Londres, processa passaportes em casos de emergencia, mediante o pagamento de uma taxa extra (que no total somaram cerca de 180 libras) e em algumas horas ela estava com o passaporte novinho nas maos.

Foi um baita susto, mas que por sorte conseguimos resolver sem grandes percalcos.

Em casos super extremos, o consulado tambe pode emitir uma “autorizacao de viagem” para que voce retorne ao Brasil, mesmo sem passaporte – mas essa autorizacao eh passagem de ida apenas, e nao te permite viajar para mais nenhum lugar – entao eh melhor tirar um outro passaporte mesmo.

A licao que ficou foi incrementar um pouco a prepacao pre-viagem:

– Levar outros documentos de identificacao (como identidade ou carteira de motorista), que caso perdidos nao vao impedir o seguimento da viagem. Assim o passaporte so precisa ser usado para voos e olhe la! Se voce for Brasileiro viajando pelo Mercosul, ou Europeu viajando pela Comunidade Europeia, tenha em maos sua segunda identificacao tambem (nesse caso uma identidade), pois pelo menos voce nao precisara do passaporte pra seguir viagem.

– Se os paises que voce for viajar exigirem visto de entrada, de preferencia aos vistos eletronicos ou vistos concedidos na entrada (se disponiveis, claro!), pois caso seu passaporte for perdido ou danificado, pelo menos voce nao perde tambem os vistos.

– Saiba como entrar em contato com a policia local e consulados/embaixadas. A maioria dos livros e guias de viagem impressos teem esse tipo de informacao, mas eh sempre bom estar prevenido.

– Sempre tenha copias (escaneadas) de seus documentos na sua caixa de entrada de um e-mail web (que possa ser acessado em qualquer lugar do mundo, como hotmail, gmail e afins – nao adianta nada ter seus documentos no e-mail do trabalho quando vc viaja de ferias!): passaporte, identidade, CPF, Titulo de Eleitor (Brasil), Cartao do cidadao ou BI (Portugal), alem de vistos, caso vc precisa pedir uma segunda via.

– E sempre tenha me maos sua carteirinha internacional de vacinacao, caso vc esteja viajando por areas tropicais ou de risco, ou caso voce esteja viajando com passaporte Brasileiro (nunca se sabe quando alguem vai resolver te exigir isso).

– Nunca viaje sem um seguro de viagem; nao soh seguro medico internacional, mas principalmente um seguro generico de viagem (quase todos os cartoes de credito de bandeira internacional – Visa, Amex, Mastercard e afins – oferecem esse tipo de extra) e verifique que eles cobrem situacoes de emergencia no exterior, como voos cancelados, malas perdidas, cartoes roubados, dinheiro de emergencia, taxa para emissao de passaporte, etc. Alguns ate cobrem seus bens pessoais, como laptop, cameras fotograficas e gagets do tipo.

– E no meu caso, eu sempre anoto numeros de contato num papelzinho separado, ou deixo registrado na minha conta de Skype (que tambem pode ser acessado de qualquer lugar) ou e-mail. Infelizmente eu perdi o habito de memorizar telefone das pessoas (nem o celular do Aaron nem o numero do meu escritorio eu nao sei de cor!!) entao sempre fico com medo de ficar incomunicavel caso perca meu celular tambem!

E por fim: fique sempre esperto!

 

Adriana Miller
22 comentários
Página 1 de 2012345678