11
Aug
2014
Londres: Restaurante Beast (atenção, chegue morrendo de fome!)
Escrito por Adriana Miller

Que Londres sabe como ninguém inventar e lançar restaurantes-sensação, isso tudo mundo já sabe, e as modinhas que vão se multiplicando a cada temporada não me deixam mentir.

IMG_2316

A um tempinho atrás foram os gastro-junks, ou endereços com cardápio inusitado que dominaram a cena gastronômica Londrina. Não que a popularidade desses lugares tenha acabado, pelo contrario… apenas ficaram adormecidas depois que passou a novidade (por exemplo, hoje em dia o Burger & Lobster é uma cadeia de restaurantes com endereços pela cidade toda, e o BubbleDogs já não tem mais filas assustadoras na porta).

IMG_2273

Então estava mesmo faltando uma novidade pra sacudir a temporada de verão – não que Londres precisasse, porque tem estado praticamente impossível conseguir reservar uma mesa por aqui!

IMG_2270

Mas eis que o “Beast” foi anunciado, e pronto. Antes mesmo do lançamento, o sucesso (e filas de espera) já estava garantido!

O Beast foi criado pelos mesmos caras que inventaram o Burger & Lobster apostando em comida de primeiríssima qualidade, e menus simplistas. Ambientes incríveis e atmosfera maravilhosa como só Londres sabe criar.

IMG_2281

O Menu? Adivinhem? Apenas carne e caranguejos.

O Caranguejo “King Crab” (aqueles gigantes!) é a estrela do cardápio, vindo diretamente o Circulo Ártico, na costa da Noruega. A carne é Americana, corn-fed-made-in Nebraska. E só.

IMG_2295

O esquema eh simples: o preco da refeicao eh fixo por pessoa (75£) e inclui tudo, menos as bebidas. Carne a vontade, caranguejo a vontade, e todos os acompanhamentos e entradas. Não tem menu, não precisa nem perguntar o que você quer comer.

IMG_2291

Mas é o ambiente do lugar que da o toque especial: logo na entrada você depara com tanques e mais tanques de King Crabs, e o salão principal, desapercebido no andar subterrâneo, escondidinho numa rua atrás de Oxford Street engana bem.

As mesas são todas em estilo “banquete”, onde sentam uma media de 40 pessoas, lado a lado, dividindo o espaço. Muitas velas, meia luz… uma coisa assim meio versão Viking de Hogwarts! Você se sente praticamente na idade media!

IMG_2318

Não é exatamente um bom lugar pra quem estiver procurando privacidade, ou um jantar romântico – mas seria perfeito para uma comemoração animada entre amigos!!

E o nome “Beast” (“besta”, ou “animal” em Portugues) é perfeito pra descrever a experiência! Chegue com fome, e deixe a dieta do lado de fora, pois o sistema é bruto!

IMG_2276

De cara, não se acanhe e coloque seu avental/babador (acredite, você vai precisar!). Ai te servem a entrada: 1/4 de uma roda de queijo Permeggiano legitimo, cortadinho em lascas, servido com azeite e vinagre balsâmico, uma seleção de azeitonas de Marrocos e antipasti.

Mas a garçonete avisa: é delicioso, mas tente resistir porque ainda vem muita coisa por ai! E dito e feito: 1 quilo de carne T-Bone (para cada duas pessoas), um caranguejo  King Crab inteiro, duas saladas e mais 3 tipos de vegetais.

IMG_2298

A técnica deles é não servir nada que seja farináceo nem com muito carboidratos, para que você possa comer bem, mas sem se sentir estufado ou muito cheio.

IMG_2302

E daí pra frente, divirta-se! Um banquete medieval-Viking-magico pra chamar de seu! Converse com seus vizinhos de mesa, coma com a mão e limpe os dedos no avental/babador (e´pra isso mesmo que ele está lá!).

Ah! E quando você achou que não aguentava mais nem sonhar com comida, ainda chega a sobremesa, onde cada pessoa pode escolher entre 3 opções (todas tão boas que não deu pra resistir!).

IMG_2312

IMG_2311

E claro, como tudo em Londres, eh imprescindível fazer reserva com (muita) antecedencia!

Beast

3 Chapel Place

 

 

Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mae da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incánsavel e apaixonada por fotografia e historia.
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
8
23
May
2013
Mr Chow Londres
Escrito por Adriana Miller

O cenário gastronômico de Londres tem visto muitas “importações” nos últimos anos, com vários restaurantes que fazem sucesso em outras grandes metrópoles do mundo e que recentemente se mudaram de mala e cuia pra capital Britânica (alguns dos mais recentes são o Balthazar e Automat, ambos Nova Iorquinos).

Mas e quando um clássico Londrino acaba ficando muito mais famoso do que seu endereço original?

Esse é o caso do Mr Chow, cujas filiais em cidades como Miami e NY encabeçam todas as listas de “must do” nas cidades, atraindo ininterruptamente toda sorte de turistas, celebridades e socialites (e wanna be’s também!) – mas é aqui em Londres, no bairro de Knightsbridge, que o Mr Chow original abriu suas portas pela primeira vez em 1968.

Desde então a fama do Mr Chow se espalhou pro outro lado do Atlântico, com mais 5 endereços nos EUA (dois só em NY, tamanho o sucesso!) abertos ao longo das ultimas 5 décadas – ao mesmo tempo que a versão original Londrina caiu na obscuridade e ficou desaparecida por muito tempo, enquanto Londres passou por uma revolução gastronômica nos últimos anos.

Até que ano passado o antigo Mr Chow fechou as portas – passou quase 1 ano sendo reformado e reformulado, recauchutando e modernizando sua estrutura física, menu, serviço e direção, na tentativa de resgatar o nível de qualidade e serviço que fez do Mr Chow um dos melhores restaurantes chineses do mundo, a quase meio século!

Então fui conhecer o novo Mr Chow pra comemorar o aniversário da Tati e seguimos a recomendação e pedimos o menu “Prix Fixe” – que inclui duas entradas, dois pratos principais e duas sobremesas – e o garçon Português foi super simpático e nos ajudou a pedir os pratos clássicos do Mr Chow: para entrada fomos de wrap de alface e camaraão com nozes caramelizadas. E para o prato principal, lagosta e black cod!

O Mr Chow Londres fica bem ali na meiuca de Knightsbridge, sendo praticamente vizinho de porta do Buddha Bar – como sempre em Londres, reservas com antecedência são altamente recomendadas!

Mr Chow

151 Knightsbridge, SW1X 7PA

Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mae da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incánsavel e apaixonada por fotografia e historia.
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
5
15
Mar
2013
Kensington Roof Gardens
Escrito por Adriana Miller

Já que estamos falando sobre Notting Hill e toda aquela area de Londres, eu não poderia deixar de falar sobre o Kensignton Roof Gardens – uma dica perfeita pra fechar qualquer passeio pela região! (principalmente no verão ou em dias de tempo bom!).

O Kensington Roof Gardens é isso aí que o nome já diz: um jardim no telhado (cobertura…) em Kensignton.

A cobertura do prédio que fica na Kensington High Street é propriedade do Sir Richard Brenson e faz parte do portfólio de luxo da Virgin Airways (que ele é dono). São mais de 6.000 metros quadrados de jardins, restaurantes, bares e até uma capela na cobertura do prédio, que é literalmente um oásis no centro de Londres – com direito até a flamingos nos laguinhos!

A principal área é o “Spanish Garden”, que é também a maior área da cobertura, com um paisagismo todo em estilo mediterrâneo, onde rolam altas badalações nos fins de semana e happy hour durante a semana.

Cada mesinha e gazebo é disputado a tapa nos dias de tempo bom e temperaturas agradáveis (pena que da última vez que fomos acabou caindo um temporal enquanto almoçávamos e o jardim ficou desértico!), com direto a música ao vivo (ou DJ depende do dia) e a vista da cidade inteira! No pôr do sol então…!!!

Mas mesmo se o tempo não estiver lá essas coisas, ainda vale a pena conhecer o lugar, e programar um almoço ou jantar no restaurante do “Roof”, o Babylon.

E motivo pelo qual disse que era uma boa dica pra fechar um passeio por aquela área de Londres (não só Notting Hill, mas também o Kensington Palace, o Hyde Park ou o Royal Albert Hall), principalmente para almoço, é porque eles tem um “menu” especial na hora do almoço (além de ser mais fácil de conseguir reserva do que a noite) que sai bem mais em conta do que o menu a la carte de jantar (aliais, essa é uma dica que já falei em outros posts, e uma ótima oportunidade pra conhecer os restaurantes badalados de Londres sem ir a falência!).

As opções de pratos são bem ecléticas e bem “internacional” que agrada a qualquer um, e num ambiente super delícia – e assim como o jardim no andar de cima, o Babylon também tem uma vista bem legal da cidade.

 Kensington Roof Gardens

99 Kensington High St, W8 5SA

 

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
11
04
Mar
2013
Cut by Wolfgang Puck
Escrito por Adriana Miller

Esse fim de semana, aproveitamos que meu sogro estava em Londres e fomos sair pra jantar sem a Isabella – e pra comemorar esse momento, a escolha do restaurante tinha que ser especial!

Então fomos no CUT, o Steak restaurant do novo hotel 45 at Park Lane da rede Dorchester e que tem como chef residente ninguém menos que Wolfgang Puck.

Eu conheci o estilo do Wolfgang Puck quando estivemos em Las Vegas ha uns anos atras, e desde então, a cada ano ele vem se consagrando cada vez mais – esse ano ele foi o chef que assinou o jantar da cerimônia do Oscar!

A especialidade do CUT são as carnes, com vários tipos de cortes tanto USDA Prime quanto Wagyu Beef – e uma carta de vinhos auto intitulada uma das melhores de Londres.

Mas o que eu gostei mais mesmo foi a entradinha que é tipo um pão de queijo de Gruyere!

O CUT tambeem é famoso por seu Brunch (já na lista pra testar!) e fica bem ali na Park Lane, bem de frente pro Hyde Park (praticamente do lado do Dorchester e a poucos metros de distância do Hilton e Nobu).

CUT 45 Park Lane

45 Park Ln

W1K 1PN

020 7629 4848

 

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
6
22
Feb
2013
Buddha Bar London
Escrito por Adriana Miller

Mais um restaurante abriu recentemente em Londres, e já promete entrar para a lista dos melhores na cidade.

Quer dizer, em se tratando do Buddha Bar, na verdade deveríamos dizer “re-abertura”, já que a rede já teve uma filial em Londres, que fechou ha uns anos atrás.

Dessa vez o Buddha Bar voltou em uma nova localização ultra premium (a cerca de 2 quarteirões da Harrods e quase na esquina do Mandarin Oriental) e imagem repaginada.

Então passamos na porta do restaurante no outro dia e resolvemos entrar pra conferir essa nova filial – não diria que o Buddha Bar é exatamente uma “rede”, mas com outros endereços famosos pelo mundo (já testei e aprovei o Buddha Bar de Mônaco e de Paris), claro que Londres não poderia ficar de fora.

Apesar de ter sido um sábado (dia que todos os restaurantes de Londres lotam com semanas de antecedência!), demos sorte de estar por lá na hora do almoço, e conseguimos uma mesa (para 3) sem problemas e sem reserva – e de quebra, ainda descobrimos que na hora do almoço eles tem um menu promocional especial (bem mais em conta, e uma ótima opção pra quem quiser comer nos melhores restaurantes da cidade sem ir a falência), que reúne alguns de seus pratos “especialidade da casa” com um preço muito bom (o almoço completo saiu cerca de £40 por pessoa).

O lado negativo foi que se perde um pouco da badalação e animação da casa… o andar de baixo estava todo vazio, assim como o bar…

Mas por outro lado, conseguimos curtir bastante nosso almoço, sem correrias, e de quebra ainda tinha espaço de sobra pro carrinho de bebê (aliais, as recepcionistas do Buddha Bar foram super simpáticas e prestativas nos ajudando com o carrinho e ns colocando numa mesa com espaço de sobra pra Isabella).

Não diria que o Buddha Bar é um restaurante “familiar”, mas no horário de almoço eles fizeram de tudo pra nos acomodar muitíssimo bem! (A noite eles tem DJ ao vivo todas as noites e o bar fica lotado e aberto até tarde diariamente).

Buddha Bar

145 Knightsbridge, London SW1X 7PA

Categorias: Bares & Baladas, Conhecendo Londres, Pub & Restaurantes
7
30
Nov
2012
Automat – American Brasserie
Escrito por Adriana Miller

Fim de semana passado, ainda no clima do feriado de Thanksgiving, fomos jantar com um casal de amigos e a mãe do Aaron que ainda estava por aqui: queríamos algo que fosse legal e com boa comida, e de preferência “Americano”. Então escolhemos o restaurante ‘Automat” em Mayfair.

O restaurante é mais um spin off de sua filial Nova Iorquina, onde faz sucesso com os locais (esse casal de amigos é de NY originalmente) e se expandiu pra Londres, como vem acontecendo demais ultimamente!

(E aparentemente fazendo sucesso com a midia e as celebridades locais também!)

20121130-164354.jpg

A filosofia do menu e do ambiente é simples: comida bem feita, sem frescura, com muitos ingredientes e pratos “made in USA”, num clima bem Nova Iorquino de ser: mesas estilo diner, e paredes de azulejos subway.

As estrelas da casa são todos bem Americanos, e o menu de vinho quase todo com opções vinda da California – a mesa se dividiu entre os que foram de Mac & Cheese (a versão trufada é incrivel) e o hamburger (feito com carne USDA, pra deleite do Aaron).

De sobremesa, tortas Cheesecake e Pecan Pie, ou muitas opções de Milkshakes.

 

Automat

33 Mayfair Place W1S 4NF

 

Categorias: Conhecendo Londres, Feriados e afins, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
2
05
Jul
2012
Londres: Oxo Tower
Escrito por Adriana Miller

Os turistas que visitam Londres (e seus moradores, claro) sempre encontram dois pontos fortes na cidade: otimas oportunidades fotograficas e otimas opcoes de restaurantes – chova ou faca sol, seja qual for a estacao do ano.

Mas o dificil de encontrar em Londres eh um lugar que junte os dois: boa comida com uma bela vista.

Aliais, um tema comum entre os bons restaurantes de Londres eh que quase sempre tem enderecos escondidinhos, e muitos deles inclusive sao subterraneos.

E ai entra a Oxo Tower!

O predio hoje em dia eh semi-residencial (com galerias de arte e design nos primeiros andares e apartamentos nos outros), mas eh um ponto de referencia na paisagem de Londres em Southbank (ele fica bem no meio da Queen’s Walk) desde que foi construido como parte do Royal Mail (os “correios” do Reino Unido) e posteriormente comprado pra virar armazem pela empresa que (ate hoje) fabrica os cubos Oxo, uma especie de caldo Knor versao Inglesa!

E la no topo do predio, no 8 andar esta o Oxo Bar & Brassarie.

O restaurante eh propriedade da Harvey Nichol’s, uma loja de departamento chiquerrima em Knistbridge, que eh garantia de qualidade!

 

Apesar do menu limitado, as opcoes de frutos do mar combinam bastante com o clima beira do Rio do local – mas eh claro, mais um casa classico do mal “comer com os olhos”, a maioria dos clientes estao ali com um objetivo em comum: a paisagem!

O engracado eh que apesar de ser uma cidade bonita, Londres nao tem um “Landscape”, sabe? No geral os predios sao baixos e bem uniformes, mas ainda assim a combinacao do Rio Tamisa, com a cupula de St Paul’s e os predios modernos da The City e o por do sol primaveril deixou a vista irresistivel!

Oxo Tower Restaurant

OXO Tower Wharf
Barge House Street
South Bank
London
SE1 9PH

 

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
5
25
Jan
2011
Asia de Cuba
Escrito por Adriana Miller

A principal atração do restaurante Asia de Cuba é definitivamente sua mistura original de cozinhas: um restairante fusion entre a culinaria Asiatica e Latino Americana.

Mas oque fez como que o restaurante espandisse sua fama das ruas de Manhattan para as ruas do West End Londrino foi o aue criado em volta da decoração minimalista assinada pelo decorador Philippe Starck – com foco central nas lampadas “flutuantes” em cada mesa e as colunas cobertas de fotos e livros antigos.

A mistura Asiatica + Latina já começa a dar as caras no menu de drinks e cocktails, com misturas como cachaça, melancia, manjericão e chili, tequila e saque (nao tudo junto, claro!).

Entre as muitas opções no menu, nós resolvemos pedir o menu degustação, que veio com algumas amostras dos pratos mais pedidos e que mistura opções como frango a Cubana, salada de calamari com palmito (o prato masi famoso deles! E realmente uma delicia), dumplings de carne e pure de batata com wasabi.

Nós passamos o resto da noite toda – e o dia seguinte – repetindo o quanto a comida estava deliciosa!!

Alem de ser o tipo de restaurante que vc vai pra comer “com os olhos”, foi um dos melhores jantares que ja comi em Londres!

Mas além do restaurante principal, eles tambem tem dois bares (O “Studio”, que fica no mesmo salão que o restaurante e o “Blak Room” que fica bem ao lado), e oferecem menus de “bento box” pra quem quer ter a experiencia de comer por lá, mas não quer gastar muito, ou nao tem muito tempo pra uma refeição completa.

E pra completar, o Asia de Cuba tem uma localização perfeita no centro de Londres (entre Leicester Square e Covent garden) e é perfeito pra um jantar pré ou pós teatro (ou cinema!).

Não esqueça de fazer reserva antes, pois eles estão sempre lotados)

Asia de Cuba

45 Saint Martin’s Lane
WC2N 4HX
020 7300 5588

Categorias: Conhecendo Londres, Inglaterra, Pub & Restaurantes, Viagens
10
30
Jul
2010
Gorjeta – Como funciona no Reino Unido?
Escrito por Adriana Miller

Uma duvida que sempre aflige muitos turistas quando viajam pro exterior eh a questao da gorjeta. E a duvida fica ainda pior quando esse mesmo turista jah viajou pros EUA e se acostumou com o sistema de gorjetas por lah e entao um belo dia resolve descobrir o resto do mundo…

Entao eu recebo muitas duvidas repetidas sobre como “retribuir” os servicos aqui em Londres (na verdade no Reino Unido em geral), pois muita gente cai no erro de achar que o Reino Unido eh praticamente igual aos EUA… afinal eh a mesma lingua, parceiros politicos, ex colonia, etc…. mas nessa questao nao podiam ser mais diferentes!

Nos EUA rola muito o conceito de tudo ser pago “por fora”. Todo e qualquer servico prestado deve ser reconhecido em foma de um trocado. Seja o carinha que abriu a porta pra voce na porta do hotel, a cabeleireira, o moleque que empacotou as compras no supermercado, o taxista, o garcon, etc, etc. Sempre que vou aos EUA, todo e qualquer orcamento que planejo sempre leva pelo menos uns 20% a mais, para incluir tambem as gorgetas e garantir que nao irei a falencia no fim da viagem…

Mas vamos direto ao ponto: Aqui eh tudo diferente!

Na verdade em relacao a gorjetas a Inglaterra esta mais pro sistema Brasileiro doque o sistema Americano…!

Existem diferentes categorias de “servicos” e voce soh deve dar gorjeta nas situacoes onde foi literalmente servido por alguem, como por exemplo nos restaurantes.

Mas mesmo assim, na grande maioria dos restaurantes por aqui adicionam uma taxa de servico de 12% a 15% na sua conta, que eh totalmente opcional (discretionary) e que funciona como a tal da gorjeta.

Na verdade muitos restaurantes desincorajam seus clientes a deixar gorjetas individuais a seus funcionarios (como na foto acima, que era o texto no menu de um restaurante – tradução abaixo), pois querem garantir um tratamento igualitario, pois afinal um bom nivel de servico deve ser igual para todos os clientes e de todos os garcons/garconetes. Entao teoricamente essa taxa de servico paga por todos os clientes eh depois dividida (igualmente ou proporcionalmente) entre todos os funcionarios do estabelecimento, sem favoritismos.

Alem disso, muitos dos restaurantes e pubs por aqui nem sequer tem ninguem pra te servir (como contei aqui, sobre os Pubs), e sao os proprios clientes que escolhem sua comida no menu e vao ao balcao fazer seu pedido – nesse caso, nem a taxa de 12% eh adicionada a nada, e caso vc queria dar gorjeta pra alguem, pode entao deixar sua contribuicao na “caixinha” do bar, que gerealmente fica ao lado da caixa registradora (e depois tambem eh dividida entre todos).

Para todo e qualquer outro tipo de servico, dar ou nao gorgeta varia de acordo com a generosidade do cliente.

Eu por exemplo nunca fui muito fiel a salao de beleza nenhum. Nao tenho uma cabeleireira nem manicure preferida e tal, e portanto nao sinto a menor “obrigacao” em deixar nenhum pagamento a mais pelo servico que jah estou pagando. Se o corte ficou bem feito, eu parto do principio que ela(e) nao fez mais doque sua obrigacao pelo servico pago, e se ficar mal feito, mudo pra outro lugar e eles perdem um cliente. Porem conheco algumas pessoas que sao fieis a suas manicures e cabeleireiras, e em prol do bom relacionamento dao uma gorgeta “arredondada” (tipo 1 ou 2 libras) como agradecimento.

O mesmo para taxi. Por aqui os taxistas nao esperam receber gorgeta nenhuma, e a maioria das pessoas nunca paga nada a mais doque o preco da corrida. Eu pessoalmente sempre tive o costume de dar gorjeta a taxistas, porem nada muito extravagante e geralmente arredondo a conta: se a corrida deu 13 Libras por exemplo, pago 15 e o taxista fica com o troco.

Outra situacao muito comum em bares e restaurantes na Inglaterra sao as pessoas que trabalham no “coat room” (lugar onde voce pode guardar seu casaco durante o inverno, jah que todos os lugares fechados sempre terao aquecimento). Geralmente esse servico de guardar casacos nao eh pago, pois faz parte do servico do restaurante/bar, mas apesar de nao ser uma coisa obrigatoria, eh visto como uma gentileza de “bom tom” deixar uma gorjeta pra pessoa que cuidou de seus pertences enquanto voce estava se divertindo. Essa gorjeta geralmente deve ser de 1 ou 2 libras por peca guardada. O mesmo vale para os bares/restaurantes que tem uma pessoa cuidando dos banheiros, garantindo que tudo esta limpinho entre um cliente e outro, distribuindo sabonete liquido, perfumes, toalha etc pra quem usar os banheiros. Esse servico, logicamente, nao eh pago e essa pessoa eh funcionaria do bar/restaurante, mas geralmente recebem salarios super baixos, e portanto eh uma gentileza “de bom tom” dar uma gorjeta para eles tambem. Mas claro, essa brincadeira pode ficar cara se voce pagar 1 ou 2 libras cada vez que for fazer xixi ao longo de uma balada, entao geralmente eu deixo minha caixinha lah pro final da noite, como um agradecimento.

E as vezes vejo tambem que em restaurantes ou pubs onde nao eh comum que a taxa de servico (entre 12 e 15%) esteja incluida na conta, mas caso voce pague sua conta com cartao (debito ou credito), antes de pedir seu PIN a maquina do cartao vai perguntar se voce quer deixar uma “gratuity” (outra palavra pra “tip”, que eh uma versao mais Americanizada) e de quanto. Nesse caso sua contribuicao e gratuity eh totalmente opcional, jah que teoricamente voce nao foi servido, mas mesmo assim nao esqueca que com ou sem servico ‘a mesa, alguem estava trabalhando nos “bastidores” para garantir que tudo estava certinho no seu pedido. Nao eh obrigatorio, e voce pode simplesmente aprtar o botao “NO”, mas geralmente uma gorgeta de pelo menos 10% tambem eh recomendavel. (E cuidado pra nao colocar sua senha PIN como “Gratuity”! Um amigo uam vez legou um prejuizo de mais de 2 mil libras por cuasa disso e foi um saco pra recuperar o dinheiro pelo banco!)

Outra situacoes onde eu sou coracao mole (e bolso furado) e sempre dou gorgetas sao nas entregas a domicilio! Apesar de que isso geralmente nao afeta muito quem vem pra ca a turismo, mas mesmo assim deixo aqui minha recomendacao! Sempre que peco comida por telefone, entrega de supermercado ou oque seja, sempre dou um “troco” de gorgeta, pois morro de pena, afinal sao justamente os dias que nao to afim de sair de casa (geralmente porque esta chovendo, frio, nevando, ou muito calor) que acabo pedindo “take out” e fico com pena do motoboy que teve que enfrentar a chuva Londrina pra entregar minha pizza quentinha enquanto eu nem sequer sai do sofa!

Mas se por acaso alguem abrir a porta pra voce, carregar suas sacolas e afins, com certeza nao estarao esperando uma gorjeta por isso, e cabe a voce turista ser ou nao ser generoso!

* Tradução do texto na primeira foto:

A taxa de serviço de 12,5% opcional será adicionada na sua conta.
Roubar do Paul pra dar pro Peter? Não no Sketch, cada centavo da taxa de serviço e gorjetas é dividida entre nossos funcionarios além do salario justo que recebem. E é por isso que o Rob, o Paul e o Peter e muitos outros trabalham com a gente ha tanto tempo

Categorias: Conhecendo Londres, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Uteis, Inglaterra, Viagens
19
27
Jul
2010
Sketch Gallery
Escrito por Adriana Miller

Ontem eu e o Aaron comemoramos 2 anos de casamento! E para comemorar esses 2 anos maravilhosos juntos escolhemos a dedo nossa comemoração.

Resolvemos ir jantar no Sketch Gallery que é um dos reautaurantes mais badalados de Londres no momento, e atrai multidões todos os fins de semana. Fizemos nossa reserva com bastante tempo de antecedencia, mas como era uma segunda feira, não tivemos nenhum problema.

O Sketch é super legal e tem uma decoração que é o maximo! O restaurante principal tem uma decoração toda em branco, com uma mistura de moveis vintage e rebuscados, mas que acabam tendo um clima super clean por todos serem da mesma cor.

Durante o dia o espaço funciona como uma galeria de arte showcasing novos artistas e novas artes e instalações de luz e video, que se renovam a cada 6 semanas.

No menu estão pratos internacionais “exoticos”, misturando ingredientes nada convencionais mas que produzem um resultado sensacional.

Mas oque eu mais gotei memso foi o banheiro! Serio, muito legal! O lado feminino e masculino ficam no mesmo ambiente, mas divididos por “ovos”! Cada cabine individual é uma “capsula” em formato de ovo, e cada uma delas tem um som ambiente diferente, que pode ser gargalhadas, piano, floresta, etc e claro, tudo sempre bem branco!

Nós jantamos no Sketch Gallery que é o restaurante principal do Sketch, mas eles tambem tem o Sketch Parlour que funciona o dia todo e onde funciona uma casa de chás na parte da tarde, e o Sketch Lecture Room, que é a versão mais “exclusiva” da casa e em alguns dias da semana só é aberto a membros.

Para reservas:

http://www.sketch.uk.com/

9 Conduit Street
Mayfair, London
W1S 2XG
Tel: 0870 777 4488

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: Casamento, Conhecendo Londres, Pub & Restaurantes
23
Página 1 de 212