22 May 2017
12 comentários

Como arrumar a mala de viagem das crianças – Check List!

Baby Everywhere, Dicas Aleatorias & Genericas, Dicas de Maternindade, Viajando com crianças

Eu aproveitei a viagem à Holanda umas semanas atrás para gravar um vídeo sobre como planejo, organizo e faço a mala das crianças – principalmente agora que são dois! – seja para uma viagem curtinha, ou férias mais longas.

arrumar a mala de viagem das crianças

Descrevi um pouco minha metodologia de fazer malas, tanto para eles quanto para mim mesma.

Eu já falei sobre organização de malas outras vezes por aqui, mas achei que era um assunto que sempre vale ser revisitado, e principalmente as malas de crianças e bebês sempre gera muitas dúvidas!

E aproveitei também para fazer um check list!!

Então você pode baixar e salvar esse PDF para imprimir e consultar sempre que for preciso!

Check list Mala de crianças_DriEverywhere

 

Itens mencionados no vídeo:

Necessaire Ikea: http://fave.co/2qe6M71
Termômetro à distância: http://amzn.to/2r2Hw4G

Kit limpeza:
“Fresh Food” da Munchkin: http://amzn.to/2pi6qwK
Escova de lavar mamadeira: http://amzn.to/2ovAlV6
Mamadeiras MAM: http://amzn.to/2oLzxrk
Detergente para viagem: http://amzn.to/2ovKFMO
Potes e garrafinhas de viagem: http://amzn.to/2ovKUr3
Babador descartável: http://amzn.to/2p3QK1H
Capsulas desinfetantes: http://amzn.to/2q4Z4fS
Colheres para bebê: http://amzn.to/2p3GIxu

Carrinho do Oliver: http://fave.co/2ovJKMa

Cubos para organização de malas: http://amzn.to/2r2V0h1

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

 

Me Acompanhe!

Além de todas as dicas que eu posto aqui no blog, você também pode me acompanhar nas redes sociais para mais notícias “ao vivo”:

 

Adriana Miller
12 comentários
30 Mar 2015
19 comentários

Apetrechos e Acessorios de viagem – Viajando com criancas

Baby Everywhere, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas Aleatorias & Genericas, Dicas de Maternindade, Dicas de Viagens, Fazendo as Malas, Viajando com crianças

Apesar de ja ter feito alguns posts sobre os acessorios de viagem que costumo usar, quando escrevi a versao mais recente fui me dando conta que algumas coisas mudaram justamente por que agora quase sempre viajo com a Isabella, o que demanda toda uma nova leva de parafernalhas e quinquilharias que facilitam a nossa vida.

E acredite, quando falams de viajar com criancas pequenas, sao esses pequenos detalhes que fazem as grandes diferencas!

Apetrechos com criancas

  • iPad: Eu adoro usar meu iPad em viagens para ler meus livros, baixar revistas, asistir filmes e seriados… mas a realidade eh que hoje em dia quem usa mesmo meu iPad eh a Isabella! Apps, filmes, desenhos, joguinhos… qualquer coisa que a deixe entretida e sentadinha durante (algumas) horas de voo! E claro, sempre levo meu carregador Mophie tambem, porque Deus-me-livre-e-guarde se a batería do Ipad morrer no meio do voo!
  • Fone de ouvido infantil: Esse eh um apetrecho super recente, pois fones nao sao recomendaveis para criancas menores de 2 anos. A principio eu comprei um bem baratinho, na banca de jornal, so para testar e ver se a Isabella ia odiar completamente, ou se ia se adaptar e querer usar o fone numa boa. E nao eh que ela gostou! Entao troquei pelo modelo infantil da JVC que dizem por aquí ser um dos melhores e mais resistentes (afinal precisa sobreviver nas maozinhas destruidoras!), alem de ter controles de volume e fios mais resistentes que nao enrolam.

  • Organizadores de mala: Tambem ja falei deles aqui nesse post e em algumas dicas de viagem com criancas, mas vale relembrar o quao util esses “compartimentos” sao na hora de fazer a mala! Comecei a usa-los justamente para manter uma certa ordem entre as minhas roupas e as roupas da Isabella quando levamos a mesma mala, e continuo usando mesmo quando a mala eh so para ela, e eu tenho outra so para mim (como as roupinhas sao muito pequenas, ajuda a separar po pecas especificas, ou com combinacoes e “looks” ja prontos).

 

  • Sacola ultra light: Como contei no outro post sobre acessorios, eu acabei viciando nessa sacola por acidente e desde entao nao viajo mais sem ela, principalmente quando viajo com a Isabella! Super leve e muito util principalmente na hora de lidar com todas as coisas extras que um bebe/crianca precisam, mais montanhas de brinquedos, roupinhas sujas etc.

 

  • Sacola para carrinho: O nosso carrinho eh um Bugaboo Bee, e apesar de que comprei tambem a mala de viagem do Bugaboo, acabei nunca usando (ela eh pesada e grandona de carregar, nada pratica numa viagem!!). Entao por um tempo levavamos o carrinho sem protecao nenhuma mesmo, ou entao colocava aqueles plásticos de protecao ja no aeroporto. Mas ai acabei comprando a sacola “Gate Check” que eh baratinha, super leve, fecha numa bolsinha pequena, e protege o carrinho super bem! Nao espere a melhoooooor qualidade do mundo, afinal ela eh bem fina/leve e barata mesmo, mas ja estamos viajando com ela ha mais de 1 ano (e nos viajamos MUITO!) e apesar de uns furos aquí e ali, e estar bem surrada, ela ainda esta durando bastante! Outra vantagem eh que essa sacola eh bem “genérica” entao cabem varios modelos diferentes de carrinho (nao eh especifica para Bugaboo Bee). Entao ja usamos essa sacola para viajar com o McLaren por um tempo, e ja recomendei a mesma sacola para amigas que tem o Bogaboo Cameleon (grandao), Phil & Teds Duplos (super grandao) e outros modelos variados.

 

  • Bolsa de fralda para viagem: Ja falei bastante dessa bolsa aqui, e gosto de usa-la principalmente em voos longos, quando sei que tenho que levar muita coisa comigo no aviao. Mas tambem recomendei a compra a algumas amigas que tiveram os segundos ou terceiros filhos recentemente e todas elas dizem estar usando demais! A bolsa/mala eh bem espacosa e grande, mas sem ser um trambolhao, e cheia de compartimentos (ate alguns térmicos) entao perfeito para quem for viajar com uma crianca maiorzinha, mas tambem com um bebe pequeno por exemplo (e tiver que separar tamanhos de fraldas, roupas, mamadeiras e brinquedos, etc).

 

  • Babador emborrachado: Agora que a Isabella esta numa fase chata para comer e so aceita comer sozinha, a sujeirada na hora das refeicoes estao fora de controle! Uso muito esses babadores no dia a dia em casa, mas quando estamos na rua e viajando sao fundamentais! Pelo menos nao preciso trocar a roupa dela a cada refeicao e nem ficar carrgenando babador sujo e manchado por ai (eh so passar um pano ou lencinho umido e pronto!).

 

  • Cadeirao portátil: Esse “cinto de seguranca” eh uma invencao genial para criancas naquela idade nem la nem ca (sabe quando a crianca ja fica sentadinha numa boa, mas ai do nada resolve que quer ir pro chao e se joga longe?!). Quando estamos em hoteis e restaurantes que tem cadeirao para criancas isso nao eh um problema, mas esse protetor nao ocupa nada da bolsa de fraldas (eh de pano e dobra bem pequeno, ocupa menos espaco que uma fralda), entao nao custa nada levar. Eh uma otima opcao para quem vai viajar por lugares e destinos onde nem tudo eh “child friendly” e nem super preparado para receber familias, entao pelo menos voce nao precisa ficar se preocupar em so achar restaurantes que tenham cadeirao etc, pois seu filho vai poder sentar e usar qualquer cadeira com seguranca. Foi super uitl quando viajamos com a Isabella pelos Balkans e iamos parando pra comer em qualquer lugar, e ano passado na Franca, pois comemos em muitos restaurants pequenos, bistros e cafes nos vilarejos do Vale do Loire).

 

  • Coberta para amamentacao: Uma das principais renvindicacoes das maes que amamentam eh justamente poder alimentar seus filhos onde bem quiserem. Mas a realidade eh que quando eh o seu peito ao leu por ai, ou viajando para um lugar onde voce nao sabe como amamentacao sera recebida, essas “cabaninhas” sao uma super ajuda! Eu detestava usar um “paninho” pois alem de ser meio enrolado (entre o processo de preparer o pano, posicionar o bebe, colocar os peitos pra fora, ajeitar a pegada e afins… um pesadelo!) achava uma super sacanagem deixar o rosto da Isabella todo abafado na hora de mamar! Eu ia odiar ter que comer com uma fralda de pano na minha cara, entao nao queria fazer o mesmo com minha filha! Entao usei bastante minha tendinha, pois alem de ser super espacosa e confortavel, a dobra que amarra no pescoco da mae tem uma parte durinha, entao o bebe nao fica abafado, voce consegue manter o contato de olho no olho, alem de conseguir enxergar direitinho o bebe, a pegada, se ele(a) dormiu, etc. Tao facil, tao confortavel e tao pratico de usar (e por ser de pano, quando dobra nao ocupa nada na bolsa de fralda ou mala de mao).

 

Outros acessorios e apatrechos uteis que ja fui dando uma dica aquí e outra ali (tanto aquí no blog quanto no Instagram/Facebook) e sao super uteis tanto no nosso dia a dia em Londres, quanto em nossas viagens:

  • Trocador descartavel: Confesso que hoje em dia eu sou tao ninja na hora de trocar fralda que ja nem uso trocador nenhum com a Isabella, mas nos primeiros meses de vida, os trocadores portateis foram fundamentais! E usava muito tambem em nossos passeios perto de casa, justamente para nao ter que carregar aqueles trocadores de plástico dentro da bolsa (Acho esses trocadores portaveis uma invencao super “do mal”, porque e ai se vazar tudo e sujar o trocador, voce ainda vai ter o trabalho de limpar o trocador depois, num banheiro publico, alem de ter que limpar/trocar/cuidar de seu bebe! Aff!). Os trocdores descartaveis duram demais e a pesar de “descataveis” eu so jogo fora quando sujam, que gracas a deus nao acontece com tanta frequencia assim nao! Entao logo que a Isabella nasceu eu comprei um pacote “jumbo” na Amazon com 3 embalagens e ainda tenho 1 embalagem fechada no armario. Valeu a pena! Pra quem nao achar com facilidade essa versao propria pra bebe da Pampers, vale usar as versoes de “incontinencia” de adultos tambem (eh tudo a mesma coisa, so muda o branding). Ja aconteceu de ficarmos sem nenhum trocador descartavel em viagens e sempre foi super facil comprar protetores de incontinencia! (os vendedores devem ter me achado um pouco nova pra sofrer de incontinencia, ne?! mas e dai?! Hehehehe).

 

 

  • Esterilizador liquido/tabletes: Esse eh para as maes mais germo-fobicas (eu pessoalmente nao esterilizo nada. Apenas lavo tudo muito bem lavado e pronto. Anticorpos sao necessaries minha gente!) para nao acharem que tem que carregar o esterelizador eletrico toda vez que saem de casa!

 

  • “Segurador” de brinquedos/copos/potinhos: Nada mais eh do que uma “coleira” pros brinquedos e acessorios de seu filho, para que ele(a) possa segurar e brincar numa boa no carrinho ou na cadeira do carro, mas sem o risco de ficar deixando cair no chao o tempo todo. Eu uso todo dia, para tudo: para segurar o copo de agua, o potinho de frutas, o ursinho, a boneca, etc.

 

  • Mochila para carregar criancas grandes: O canguru (baby Bjorn afins) foi um dos acessorios que mais usamos quando a Bella era pequenininha! Eh tao pratico e ela adorava! Nas viagens entao, nada melhor pra deixar as maos livres pelo aeroporto, na hora do embarque, desembarque e qualquer outra situacao onde precisasse ficar com as maos livres. Porem os cangurus tem validade super curta, pois depois de uns meses o bebe fica gordinho demais pra caber confortavelmente. Mas a necessidade dos pais ficarem com as maos livres permance, entao quando a Isabella tinha uns 8 ou 9 meses compramos essa mochila para carrega-la, que dura ate hoje e usamos muito! Existem muitos modelos e marcas diferentes, mas eu gosto demais dessa da LittleLife justamente pois tem cara de mochilinha mesmo, eh super confortavel pra ela (ela ate dorme nela as vezes, apesar de nao ser a melhor opcao do mundo!) e ainda tem batante espaco pra guarder as coisas que ela precisa pra um passeio (substitui numa boa a bolsa de fraldas).

 

P.S. Alguns dos links desse post sao de empresas de afiliados e parceiros do blog, e a minha politica eh simples: nao me associo nem me afilio com empresas que nao utilize na minha “vida real”. Entao essas sao minhas dicas pessoais, mas ao reservar seu carro, ou hotel ou comprar seu acessorio ou seguro de saude/viagem pelos links e baners do blog eu ganho uma comissao. E voce nao tem custo a mais nenhum!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
19 comentários
16 Mar 2015
64 comentários

Dicas de viagem de avião com crianças: 2 anos e pouco

Avião, Baby Everywhere, Viajando com crianças

Viajar com a Isabella nos últimos meses significou grandes mudancas: em primeiro lugar a parte ruim – agora ela eh uma viajante pagante, e definitivamente eh uma realidade dolorosa ter que adicionar aquela terceira passagem no orcamento!

Mas por outro lado as viagens de aviao com uma crianca de 2 anos (mesmo as bem curtinhas) passaram a ser mais confortaveis para nos tres, e bem mais agradaveis e prazerosas, pois a verdade eh que depois que a crianca passa dos 8 ou 9 meses eles ja sao grandes demais para ficar confortavel no colo dos pais durante muitas horas seguidas, o que so tende a piorar depois que comecam a querer se mexer, engatinhar e andar pelo aviao (ou corer, no caso da Isabella!).

Entao por mais que tenhamos reclamado demais de ter pago os últimos voos com a Isabella, logo de primeira, assim que entramos no aviao e ela se posicionou em sua propria poltrona foi aquele alivio…!

Nossa, ha anos que nao assistia tranquilamente um filme durante o voo, ou que comia com as duas maos! Apesar de que a Isabella sempre foi uma boa “dorminhoca” em voos, no ultimo ano ela ficava muito sem posicao para dormir no meu colo, e passou a dormir pouquinhos nos voos diurnos – em compensacao, viajou tao tranquilona quando fomos para Pittsburgh em Janeiro, que dormiu mais de 5 horas direto durante o voo! #milagre #amem

Mas essa fase que ela esta tambem tras outros desafíos e preparacoes, novas técnicas e acessorios, principalmente porque ela esta numa fase super ruim para comer e eh super ativa durante o dia!

Entao ese post esta meio separado por partes… algumas coisinhas que tenho feito para facilitar o meu lado nas viagens e como lidar com as frescuras da fase atual (#grevedefome), alem de alguns acessorios e apetrechos para mante-la entretida e feliz durante os voos.

 

–          Comida e alimentacao:

A Isabella nunca foi de comer muito nem bater pratao de comida, mas sempre comeu de tudo, sempre comeu o que nos comíamos e sempre quería provar o que estivessemos comendo, do nivel de comer kebab na Turquia, tofu defumado no Japao e noodles com molho de curry na Coreia.

Mas com mais ou menos 1 ano e 7 meses ela pegou uma gripe terrivel, que emendou em alguns dentes nascendo, e ficou super doentinha, perder bastante peso, e apartir dai resolveu que comer nao eh para ela! Greve de fome total!

Ja tentei de tudo e todas as técnicas possiveis (Dispenso palpites e licoes de moral. Agredecida.), mas cheguei num ponto onde aceito que eh uma fase, rezo para passar logo e desde que ela continue saudavel, feliz e se desenvolvendo (o que nao falta naquela crainca eh energía 220 volts!) nossa rotina alimentar do momento reveza entre praticamente 4 ou 5 opcoes que ela come numa boa.

(“Come numa boa” no meu conceito: 1) eu nao passo horas cozinhando so para acabar frustrada e com raiva quando o prato acaba no chao da sala; 2) nao tenho que gastar horas do meu dia e o pouco tempo de qualidade que tenho com ela durante a semana brigando e tentando forcar ela a comer algo que nao quer; 3) opcoes que ela consiga comer sozinha sem transformar a casa numa zona de guerra – litte Miss independente so come se ela coseguir comer sozinha, Ai de quem tentar colocar uma colher na boca dela!; 4) minimamente balanceada e nutritiva).

Entao obviamente isso se transformou num problema para nossas viagens, pois com 2 anos e pouquinho ela nao aceita mais potinhos de comida pronta, mas tambem nao come mais qualquer comida de adulto (e muito menos comidas de aviao – cuidado com o pedido de “comida de crianca” em voos, pois geralmente sao potinhos para bebes e uma colecao de gulosiemas e porcarias nada nutritivas).

Entao boa parte da “preparacao” dos nossos voos gira em torno de qual comida levar para ela sobreviver durante o voo – mas claro sem esquecer que existem restricoes do que eh permitido levar no aviao, restricoes quanto a liquidos e a praticidade da coisa (nao adianta fazer seu melhor guizado e achar que a comissaria vai ter todo prazer do mundo em te ajudar a aquecer na temperatura ideal para servir pro seu filho que so come o temperinho da mamae. Sejamos praticas e realistas!).

Praticidade eh minha palavra chave! Comidas que sejam faceis de transportar, faceis para ela comer sozinha sem precisar de mil aparatos (cadeirao, babadores, talheres, pratos e potinhos, e limpar tudo isso depois!) e que durem relativamente bem durante a viagem e que nao causem problemas na seguranca do aeroporto!

Potinhos com frutas, saquinhos individuais com porcoes de biscoito integral, salsicha de frango ou almodengas ou nuggets e palitinhos de peixe (faco no forno para aleviar o peso na conciencia #NaoVaiPassarNoVestibularPorqueNaoEhOrganico). Iogurtes, queijo, suco e leite.

E so.

Ai durante o voo quando servem a refeicao, se ela estiver acordada, ela tem a opcao de comer mais alguma coisa – mas se nao quiser nem olhar praquela bandeja de comidas aleatorias, pelo menos ela ja se alimentou direitinho.

 

–          Apetrechos e acessorios (e quantas mudas de roupa levar no aviao!):

Como ela esta nessa fase de querer ser independente e fazer tudo sozinha, eu tambem levo seus copinhos de suco (que ela sabe abrir e fechar sozinha sem fazer uma lambanca), colheres e garfos e o babador de borracha (que tem aquela “bolsa” que segura migalhas e entornoes! Melhor invencao da vida pra essa fase!), alem de toneladas de lencinhos umedecidos (desses para limpar maos, boca e nariz).

E outra coisa que voltei a fazer eh levar varias mudas de roupa para ela no aviao com a gente. Quando ela era bem bebezinha eu levava dezenas de mudas de roupa, pois bebe se suja muito mesmo (fraldas explosivas, golfadas e afins), mas depois de um tempo ela raramente precisava tocar de roupa durante o dia.

Mas agora, nessa onda Miss independente, o resultado eh que ela se suja muito, o tempo todo!

Entao eu prefiro mil vezes deixar ela se sujar a vontade e trocar as mudas de roupa dela durante o dia, do que ficar tentando limitar as exploracoes dela, ou tentando limitar o que ela pode ou nao pode tentar fazer (tipo, comer sozinha. Se eu forcasse ela a comer sendo servida por mim, tipo ”aviaozinho de colher”, as refeicoes seriam infinitamente menos imundas, mas tambem bem mais frustrantes para todos nos, entao quero mais eh que ela experimente, teste seus limites e aprenda a fazer tudo sozinha por merito proprio. Mesmo que isso signifique que eu tenho que volta e meia lavar as manchas do suco de uva na camiseta dela na pia do aviao! #detestomasfaco).

 

–          Brinquedos e entretenimento!

Minha parte preferida da nova fase de nossas viagens! Saber que agora a Isabella eh nossa parcerinha de viagem e de voo, e me empolgo planejando as atividades dela no voo tanto quanto me empolgo baixando musicas e filmes para mim e comprando revistas para ler a bordo!

O principal e mais usado eh o iPad (ou qualquer tablet, DVD player ou laptop, ou o que voce tiver a mao!) com desenhos, joguinhos e fotos e videos (dela mesmo, ela adora!). Com essa idade (uns 2 anos) as crianças também já podem usar fones de ouvido (desde que próprios para crianças e com regulagem de volume), o que percebemos que ajudou bastante na concentração dela pra assistir desenhos e musiquinhas, além de não incomodar os outros passageiros. Nós usamos esse aqui que nos foi muito bem recomendado, ela adorou (muito confortável de usar na orelinha e cabeça dela – apesar da recomendação ser para 4 anos, ela usa desde os 2 anos e serviu numa boa) e está durando horrores!

A Isabella ainda nao esta na idade de conseguir asistir desenhos e filminhos inteiros nao (ou talvez nao seja da idade e sim dos nivel elevado de energía embutida!), entao ja ate baixei alguns desenhos da Disney e Pixar, mas ela nao da muita bola e nao presta atencao. Entao o que faco eh baixar serie inteiras da Peppa Pig, Galinha Pintadinha, Bichinhos Fofinhos, Dinotrem e Backyardigans, que sao seus desenhos preferidos.

Volta e meia alguem me pergunta como eu “faco para baixar” video e filmes no iPad e a resposta eh simples: eu compro no iTunes!

(momento licao de moral) Afinal tambem sou criadora de conteudo on line e assim como nao gosto de ver minhas fotos e textos copiados e pirateados por ai, tambem nao faco isso com material dos outros.

Entao ja tenho meu cartao de crédito cadastrado na loja de Apps da Apple e iTunes e volta e meia compro coisas novas para ela.

Mas tambem levo revistinhas de colorir e lapis de cor, cartelinha de adesivos, livros variados (aqueles de pagina dura, que duram mais, pois ela tambem prefere livros que ela consegue segurar e virar a pagina sozinha) e joguinhos de cartas, tipo jogo da memoria.

Entao eu ja deixei uma gaveta separada no quarto dela cheia de cacarecos e brindes para criancas (sabe desses que as pessoas colocam que lembrancinha de festa? Ou que encontramos em lojinhas de coisa baratinha?), e ai quando estamos fazendo a mala, ela pode ir la na gaveta e escolher o que quer levar para brincar no aviao. Colocamos todos em alguma bolsinha que ela so vai ter acesso ja dentro do aviao!

E os joguinhos de carta, tipo jogo da memoria sao um capitulo a aprte, porque ela AMA todos eles! Brincamos muito com eles em casa, mas eles sao tao praticos no aviao!

Eh so espalhar as cartas na bandeja da poltrona, ela vai achando o “amigo” da carta. Um dos jogos/atividades que mais “duram” com ela! Passamos horas brincando assim!

 

–               Conforto da crianca (na pratica):

Algumas dicas finais que uma leitora me perguntou por e-mil no outro dia:

* Desde que a Isabella comecou a ficar muito grande pra caber no bercinho ou bebe conforto do aviao (com 1 ano e pouquinho, porque ela eh bem altona pra idade), ja nao reservamos mais as poltronas da frente do aviao onde geralmente viajavamos com ela bebe, pois essas poltronas nao levantam os bracos, entao fica super apertado e desconfortavel pra ela dormir no colo.

Hoje em dia, com sua poltrona propria, tambem prefiro sentar nas fileiras de tras, pois assim levantamos os bracos dos 3 assentos e ela consegue deitar numa boa e dormer confortavelmente com a cabeca no colo de um de nos dois e os pes no colo do outro.

* O mesmo vale para os assentos na classe “economia premium” de algumas cias aereas. Se voce puder pagar a mais e viajar de primeira classe ou classe business, otimo. Mas caso contrario, va de economica mesmo, nas fileiras de tras. As classes de “economica Premium” apesar de oferecer mais espaco e poltronas mais confortaveis para adultos, sofrem o mesmo problema que os assentos das fileiras da frente (bulkhead) pois nao levantam os bracos entre as poltronas, e portanto se tornam bem desconfortaveis para criancas.

* Tanto eu quanto a Isabella temos praticamente um “uniforme” pra viajar de aviao: calca legging, blusas de algodao macio e moleton! Me da ate agonia de ver aquelas criancas (e adultos tambem, by the way) que se emperequetam todos pra entrar num aviao confinado e desconfortavel! Que judiacao fazer isso com uma crianca!

Pecas quentinhas, macias, elasticas e confortaveis! Ah! E uma mantinha ou cobertor extra, pra combater o ar condicionado do aviao (geralmente super gelado, principalmente em voos longos).

 

E por fim, aquilo que sempre digo em relacao a viajar com craincas: por pior que seja seu voo, se seu filho chorar por horas a fio, nao comer nada, sujar tudo, voce ficar um caco de cansada #quemnunca…. Sao apenas algumas horas e depois passa! E quando passar voce estará feliz da vida de ferias num lugar novo, curtindo todas e mostrando o mundo pros seus filhos! Foco na reta final e o resto entrega pra Deus!

Entao nessa fase atual de 2 anos e pouquinho, por um lado as viagens estao ficando mais faceis, pois alem de ter poltrona propria, ela ja interaje mais, ja sabe pedir o que quer e nao quer, o que reduz bastante a “tensao” de viajar com um bebe de colo sem saber se alguma coisa esta errada.

Mas por outro lado, ainda eh uma fase em que ela nao sabe se entreter, entao tambem acaba demandando bem mais da gente durante os voos.

Por que a realidade eh que nao da pra achar que ela vai ficar tranquila & feliz de passar 7,8,9 ou mais horas sentadinha em sua poltrona, sem fazer nada, sem fazer bagunca, nem barulho enquanto eu assisto um filme ou leio um livro tranquilamente. E se eu tentar “forcar” ela a ficar quieta, so vai piorar a situacao pra nos duas.

Entao enteragimos, muito. Brincamos o tempo todo, e cada vez que ela enjoa de alguma coisa, tiramos outro livro ou outro joguinho da mala e la vamos nos ler outra historia, fazer outro desenho ou dar um passeio pelo aviao.

Entao sim, eh claro que super cansativo! Mas a alternativa seria uma crianca tensa, infeliz, reclamona e birrenta, que simplesmente esta entediada fechada dentro do aviao (se voce nao gosta de passar 10 horas naquela poltrona sem fazer nada, porque uma crianca tem que gostar?!).

Entao nos vamos nos revesando ao longo do voo, e quanto um de nos joga alguma coisa com ela, o outro dorme, ou assiste um filme ou faz oque quiser. Quando ela enche o saco de seja la o que for que estiver fazendo, trocamos. Entao assim garantimos que ela esta sempre entretida e interagindo com um de nos, mas o outro esta tendo um tempinho pra relxar!

Claro que cada caso eh um caso, e cada crianca eh diferente da outra. Com a Isabella os jogos sao a melhor solucao para mante-la entretida (ela nao da a minima pra bonecas, carrinhos, bichinhos e “brinquedos”, e o que quer mesmo eh brincar com um de nos o tempo todo!). Outra solucao sao desenhos e apps curtinhas com musicas e atividades que durem de 5 a 10 minutos cada uma no maximo (a paciencia dela nao dura mais que isso, mas sei que vai melhorar com o passer dos proximos meses!).

Mas pra mim a moral da historia dessa fase eh simplesmente aceitar que da trabalho, e nao da pra esperar que ela consiga ficar sentada sem fazer nada por horas a fio, entao nosso dever eh fornecer esse entretenimento pra ela.

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
64 comentários
Página 1 de 3123