22 Aug 2012
46 comentários

Namib – O Deserto das Dunas Vermelhas

Deserto Namib, Dicas de Viagens, Namibia

A primeira vez que prestei atencao mesmo na Namibia foi gracas a um documentario da BBC (sempre eles!), e por algum motivo fiquei fascinada pelas imagens do deserto Namib de dunas vermelhas.

Imediatamente o pais entrou pra minha “Bucket list”, quase como se fosse uma viagem impossivel, pra fazer um dia na vida (ate cheguei a falar sobre a Namibia na enquete da Bucket List dos blogueiros da Turomaquia!). Mas fiquei com aquilo na cabeca e fui aos poucos descobrindo que seria uma viagem bem mais possivel doque jamais tinha imaginado.

Todo o resto sobre o pais foram bonus (muito bem vindos e apreciados), mas minha unica exigencia eh que qualquer viagem pelo pais incluisse a regiao sul do deserto vermelho!

E assim foi – ja nos ultimos dois dias da viagem, apos explorar as dunas da Costa dos Esqueletos, cruzamos o tropico de Capricornio em direcao ao sul do continente Africano e fomos testemunhando a mudanca (ainda mais) drastica na paisagem.

As dunas de areia fofa da costa dos esqueletos foi escurencendo, pouco a pouco se misturando com a planice sem fim.

A viagem de carro foi um tedio, ate que aos pouco as dunas fixas do Namib comecaram a aparecer na beirada da estrada.

Esse deserto tem uma caracteristica muito particular, pois suas dunas sao fixas e nao se movem com o vento – o principal motivo eh que seu principal componente sao graos de ferro, que tambem eh a substancia responsavel pela cor das dunas: vermelho ferrugem.

E essa eh a melhor descricao da cor das dunas, já que elas são mesmo “feitas” de ferrugem.

O deserto Namib é uma area preservada e portanto não é possivel fazer passeios de Jeep como fizemos em Sandwich Harbour, e por isso mesmo a “Dune 45” é a estrela!

As dunas são todas numeradas (para fins de preservação e identificacao), e a duna numero 45 é uma das mais altas e tem uma posição bem entral no meio de outras dunas, e é aberta ao publico!

Então acordamos ainda no escuro, esperamos os portões do parque abrir e dirigimos em direção a Duna 45 pra ver o sol nascer sobre o deserto!

Foi dificil escalar a duna no escuro, mas as cores do sol nascendo, refletindo nas dunas vermelhas são algo incomparavel nessa vida!

Mas a cereja do bolo foi mesmo que tivemos bolo! O dia em que subimos a Duna 45 e exploramos o deserto Namib era aniversário do Aaron, então sem ele saber eu preparei uma surpresa (comprei uns cupcakes e velinhas num mercadinho na estrada) e quando ele voltou pro carro depois de tirar fotos, nós estavamos todos epserando ele com bolinho e velinhas! E isso que eu chamos de aniversário! (Concordam que nao ha bem de consumo no mundo que se compare a um presente desses?!)

O nome do parque do deserto Namib é o parque Sossus, onde tambem fica a area de Sossusvlei, uma lago calcário completamente seco no meio das dunas vermelhas, com arvores cristalizadas ha cerca de 1000 anos atras!

Pra chegar lá é preciso seguir uma trilha especifica pelas dunas, e demoramos cerca de 2 horas de trekking entre as dunas (haja panturrilha!)até avistar o paraiso dos fotografos!

Sossusvlei!

Se não me engano, Sossusvlei tem um significado em Afrikaans que é derivado do dialeto local, e significa “pântano sem retorno”.

O solo é todo ressecado, com aquelas marcas e fissuras tipicas de deserto, e as arvores são incrivelmente secas, e muito preservadas, já que por ali não há nenhum vestigio de umidade (e consequentemente nao tem parasitas, animais, nem predatores…).

O pano de fundo perfeito pros fotografos de plantão!

Mas depois de levar quase duas horas andando na areia e escalando dunas, foi um alivio saber que na volta tinhamos a opção de pegar um jeep shuttle que em 5 minutos nos levou de volta ao estacionamento do parque…

 

Adriana Miller
46 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
46 comentários
  1. Giovana - 22/08/12 - 13h00

    Caraca…que lugar lindo e que fotos! É bem aquela beleza que não é obvia mas fascina e encanta. Vou dar uma procurada no Flickr por mais imagens do lugar. ;)

    Responder
  2. Ana Luisa - 22/08/12 - 14h02

    Nossa, que lugar lindo!!! Foi a melhor parte da Namíbia, na minha opinião. Agora estou na expectativa do video que vcs editam que sempre é matravilhoso.

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h06

      Ah, nem fala!! Fizemos altos filminhos, mas e o tempo pra editar tudo?!

      Responder
  3. Ana Paula - 22/08/12 - 14h13

    As fotos estao espetaculares. A do seu marido bem la de londe, na duna ‘e a melhor. Vc quem tirou? Vou te dizer q esses posts sobre a Namibia estao campeoes!
    Bjss

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h05

      Sim! Todas as fotos dessa serie de posts foram tiradas por mim!

      Responder
  4. Roberta - 22/08/12 - 14h38

    Incrível.

    Responder
  5. Priscila - 22/08/12 - 16h12

    Nossa q lugar mágico, imagino a emoção e a energia desse lugara e q fotos maravilhosas digna de national geografic.

    Responder
  6. Guta - 22/08/12 - 17h05

    Uau!!! Que lindo! Esse por do sol nessas dunas vermelhas deve ser com absoluta certeza uma das experiências mais lindas desse mundo. Adorei o post! So uma duvida: vcs alugaram um carro lá ou fizeram os passeios através de alguma agência que levou vcs lá?
    bjus

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h04

      Tudo com um guia/motorista. Tem um post só com dicas sobre a viagem.

      Responder
  7. André Luis - 22/08/12 - 17h13

    Eu já vi esse deserto com essas árvores retorcidas em algum filme, mas não estou me lembrando agora :-/
    PS.: Happy Birthday Mr. Aaron. :-)

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h03

      Foi num filme de ficção cientifica com certeza… Vários já foram filmados por lá!

      Responder
  8. Rosana - 22/08/12 - 19h13

    Fiquei encantada com as imagens e as histórias da Namíbia postadas por você! E coloquei a Namíbia como destino para a próxima viagem…vamos ver se rola! Toda a viagem pela Namíbia foi feita junto com a Wild Dog Safaris ou apenas o safari????

    Bjs,

    Rosana.

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h03

      Sim! Foi tudo feito com o Wild dog Safaris!

      Responder
  9. Jo - 22/08/12 - 19h18

    Dri, parece ser tão cansativos passear nessa areia toda :-)
    Eu sou uma completa sedentária, tudo doe só de ir na esquina de casa.
    Vc trabalhando tanto como se prepara pra viajar e caminhar e etc nessas viagens?
    Fico boba com sua disposição…. parabéns

    Responder
    • Adriana Miller - 22/08/12 - 20h02

      Eu sou bastante ativa no dia a dia, nao tenho carro e vou andando pra tudo quanto é canto…
      Além disso faço ginastica todos os dias de manha, e de vez em quando faço Yoga tambem.
      Nao sou uma sarada, mas consigo manter o pique! :-)

      Responder
      • Jo - 23/08/12 - 02h20

        Jura!!! que com essa vida super, mega agitada vc consegue fazer ginástica?
        Caramba cada dia vc me surpreende mais e mais Dri.
        Vc deve super madrugar, viaja a trabalhi todos os dia né!
        Seu trabalho parece que não é na cidade de Londres
        Me dói só de pensar em tudo que vc faz.
        mas, porque sou uma completa vagal mesmo, tenho que te parabenizá-la mais e mais. vc é minha super heroína :-)

        Responder
        • Adriana Miller - 23/08/12 - 09h45

          Bem, tem dias que ninguem aguenta, neh?
          Hoje pelo menos nao consegui acordar… e quando eh assim, nem fico com peso na conciencia, pois sei que ja fiz minha parte nos outros dias.
          Mas geralmente acordo as 6:15/6:30 e faco exercicios nos aparelhos que temos em casa mesmo. Ou entao vou andar na beira do Tamisa, e faco Yoga num estudio perto de casa (1 vez por semana soh… quando da!).
          Eh tudo uma questao de costume… ja me acostumei com esse ritmo, entao nem percebo. mas volta e meia quando vida fica corrida demais e nao da tempo pra nada, voltar ao ritmo eh sempre um sacrificio! :-)

          Responder
  10. Carla Pancha - 22/08/12 - 20h06

    Breathtaking, amazing e outros ing’s!!!
    Concordo que não há bem de consumo comparável à apagar as velinhas em Namib ou durante qualquer viagem! A vida plenamente vivida é isto aí!
    Beijocas :-)

    Responder
  11. Thiago - 22/08/12 - 21h13

    Oi Dri, tudo bem?
    Leio seu blog há alguns anos, mas é a primeira vez que eu comento aqui.
    Primeiramente, parabéns pelo blog, pelo bebê (que venha com
    muita saúde e bênçãos de Deus), pela viagem e pelas fotos!! Você tá sempre
    se superando.
    Enfim, meu comentário é uma dúvida: perdoe-me a ignorância, mas eu não sei o que é bucket list (não seria uma lista balde né rsrrsrsrs). Desculpa mesmo, eu não achei o significado no dicionário.
    Boa sorte e sucesso
    Abraço

    Responder
    • Ana Luisa - 22/08/12 - 22h10

      Thiago, seu comentário agora me fez rir.

      Não de você, mas de mim mesma, porque sempre fiquei sem saber exatamente o significado desta expressão que a Dri usa tanto e nunca tive coragem de perguntar ou pesquisar.

      Depois de sua atitude corajosa ou curiosa (?) resolvi procurar na net o significado e achei o seguinte:
      – “A expressão ‘to kick the bucket’ significa “bater as botas”, então ‘The Bucket List’ deve significar um roteiro a seguir antes de bater as botas, ou uma lista de coisas a fazer antes de morrer”.

      Faz muito sentido agora…

      É isso mesmo Dri?

      Responder
      • Adriana Miller - 22/08/12 - 22h34

        Isso mesmo!
        É uma lista de desejos pra se cumprir ao longo da vida (e antes de bater as botas!)! :-)

        Responder
  12. Joana Ferrão (@JBritoFerrao) - 22/08/12 - 21h53

    Este lugar é fascinante mesmo. Adorei a Namíbia e o deserto :)

    Responder
  13. Juliana P. Galvao - 22/08/12 - 23h11

    Me apaixonei por este lugar…
    Na verdade eu tenho um certo fascínio pela africa.
    Sempre tive vontade de conhece-la.
    Pensei ate em fazer um intercambio pra Africa do Sul.
    Ou até me alistar numa das ONG´s que ajudam a Africa.
    Acho que numa outra encarnação eu nasci lá…
    Mas ao mesmo tempo, bate um certo receio de ir para la.
    E vc está me ajudando a quebrar esses paradigmas.
    Ah, mais uma vez, arrazou nas fotos!!!
    Bjs

    Responder
    • Adriana Miller - 23/08/12 - 09h50

      Acho que infelizmente muitos paises da Africa ainda nsao “no-go”, pois sofrem muito com doencas, pobreza, guerras e afins…
      Mas sabendo onde ir e como viajar, a Africa eh um lugar maravilhoso demais!! Nao eh atoa que impossivel conhecer um pais soh! Todo mundo que vai pra Africa (na Africa “de verdade”, na regiao Sub-Sahariana, e nao a Africa do Norte que eh bem diferente) volta apaixonado e ja planejando outras viagens!

      Responder
  14. Mariana - 22/08/12 - 23h38

    dri, todas as fotos da namíbia estão incríveis! acho que vc conseguiu fazer com que todos os seus leitores desejem loucamente ir para lá!

    Responder
    • Adriana Miller - 23/08/12 - 09h46

      Tomara! Oque eh bom a gente tem que dividir com o mundo! :-)

      Responder
  15. Thiago - 22/08/12 - 23h59

    Obrigado pela resposta!!! Pra nós vermos como é inglês: cheio de pegadinhas.
    Logo que li essa expressão que a Ana Luisa escreveu, “to kick the bucket”, pensei na tradução literal para o português, “chutar o balde”, que é bem diferente do significado em inglês.
    Abraços Dri

    Responder
  16. Marília Lucena - 23/08/12 - 03h16

    Aaaaaaaaaahhhhhhhhh, quando a gente pensa que vc já nos surpreendeu o bastante vc ainda aparece com mais posts de tirar o fôlego e de ficar com a boca aberta de admiração! Esse post e o a costa do esqueleto foram mara! E que lindo e carinhoso sua surpresa p Aaron! Amei. beijo

    Responder
  17. Filipa - 23/08/12 - 09h17

    A ideia que tinha da Namíbia era a de um país africano pobre e sem grandes infra estruturas. Meu Deus, que ignorância! Agora sim sei que a Namíbia é um país maravilhoso! Mais uma vez obrigada Dri!

    Beijinhos

    Responder
  18. Maria - 23/08/12 - 13h30

    Nunca comento mas leio seu blog faz tempo, mas essas fotos superaram !!! Que lugar lindo e mágico ! Amei esse tom das dunas !
    Gostaria de saber qual ginastica vc faz de manhã..hihih e ser muito invasiva ? Todos os dias ???

    MIL BEIJOS

    Responder
    • Adriana Miller - 23/08/12 - 13h36

      Nada de especial nao… faco uns 30/40 minutos naquelas maquinas elipticas (tenho em casa) e exercicios localizados (bracos, costas, pernas, etc).
      Ou entao vou na academia do escritorio na hora do almoco (que tem aparelhos de musculacao). E Yoga 1 vez por semana.
      Eu gosto mesmo eh de correr, mas desde que machuquei o joelho escalando o Kilimanjaro, nunca mais consegui correr mais de 30 min…

      Ah, e nao eh todo dia nao… eu tento, mas se dormir mal, prefiro dormir uma meia horinha a mais doque acordar pra malhar (afinal, se for malhar, tenho que acordar as 6:15 da matina, e tem fias que isso simplesmente nao eh possivel!)

      Responder
  19. Liliana - 23/08/12 - 15h35

    Dri, as fotos estão demais!! Você sempre acrescentando mais uma viagem para minha lista!

    Responder
  20. Sara - 24/08/12 - 00h23

    Antes de falar do que é realmente importante…não pude deixar de ler o comentário acima e tenho que te invejar Dri… Quem me dera conseguir correr esses 30 minutos, seguidos. Quanto mais conseguir correr mais do que isso :D

    Voltanto ao que realmente importa…bom, pelas fotografias eu imagino que a paisagem seja breathtaking e por isso mesmo eu tenho que concordar que não há bem material que possa igualar e ser comparado a esse nascer do sol nas dunas vermelhas. Por uns momentos, acho que dá para ter uma noção do que é estar em Marte xD com a diferença de que é bem mais acessível. É lindo demais!

    Responder
  21. Lílian - 24/08/12 - 20h49

    Olá Dri, conforme você foi descrevendo o nascer do sol na Duna 45, fui imaginando a cena, deu água na boca, que lugar lindo, olha Dri! De todas as suas viagens, está é a que mais gostei!!!
    Beijos.

    Responder
  22. Lílian - 24/08/12 - 20h52

    Dri, uma pegunta ordinária, a Duna tem cheiro de ferrugem? Pode toca nas árvores cristalizadas?

    Dri! Parabéns ao seu esposo, tudo de bom!!!!

    Beijos

    Responder
  23. Celina - 24/08/12 - 21h03

    Menina, que lugar magnífico, que loucura e que fotos!!! Aliás, que post!!

    Responder
  24. Verônica - 25/08/12 - 03h59

    As fotos são lindas!!!!Adorei, pena que seja o último post do país que tanto admiro.Quem sabe eu ainda não tenho oportunidade de conhecer.
    Adorei todos os seus post e espero pelos filminhos.
    bjs

    Responder
  25. Bóia Paulista - 27/08/12 - 14h24

    Oi, Dri. Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos e até mais,
    Natalie – Boia Paulista

    Responder
  26. Tiago B. Maciel - 02/09/12 - 14h02

    É o que falta para mim aqui. Está no meu travel list!! :)))

    Responder
  27. Carla - 12/09/12 - 01h28

    Oi, Adriana!
    Primeiro queria dizer que adoro seu blog!
    Essa viagem especialmente me encantou! Tanto que estamos planejando ir pra lá em marco.
    Queria saber qual foi o tour que você contratou? Como foi o roteiro da viagem? Vocês ficaram em acampamentos todos os dias?
    Desde já muito obrigada por todas as dicas!
    E parabéns elas lindas fotos!

    Responder
    • Adriana Miller - 12/09/12 - 09h27

      OI Carla, sim acamapamos todos os dias, menos os dias que dormimos em Windhoek (que foi fora da tour).
      Eu ja fiz um post especifico sobre isso, todos os links e dicas de agencia e passeios estao la.

      Responder
  28. Carla - 12/09/12 - 21h31

    Oi, Adriana
    Muito obrigada pela resposta. È que olhando as agências que você linkou vi que a maioria dos tours ou abrangem a área sul ou a norte da Namíbia, por isso a minha pergunta sobre o roteiro. Mas vou dar uma olhada melhor nos sites.
    Obrigada pela atenção! E mais uma vez parabéns pelo blog!

    Responder
    • Adriana Miller - 14/09/12 - 10h22

      Nos fizemos a Shoestring Safari, que tem um link especifico no post – eh o unico tour que inclui tanto o norte (safari) quanto o sul (deserto) da Namibia em apenas 10 dias.
      Da uma olhadinha la, recomendo!

      Responder
  29. Mari - 28/02/13 - 14h27

    Dri amei a sua calça marrom, onde posso encontrar ?
    Parabéns pelo blog, já peguei varias dicas emprestada!!
    Beijos.

    Responder
    • Adriana Miller - 28/02/13 - 14h30

      Comprei na Declathon aqui em Londres (uma loja de artigos esportivos que existe na Europa toda)

      Responder
  30. Alberto - 26/11/14 - 12h28

    Muito bem feito, gostei muito, dicas legais e inspiradoras

    Responder