16 Jan 2007
7 comentários

The Tube: Mind The Gap

Dicas de Londres, Transporte

O metro de Londres eh uma das mais conhecidas marcas registradas da cidade. Primeiro pq eh um dos mais antigos, e conhecido como um dos mais eficientes do mundo (tenho minhas duvidas…), e porque o mapa do metro por si soh jah eh uma referencia de marketing. Basta entrar em qualquer lojinha de souvenir espalhada pela cidade toda que vc pode encontrar zilhoes de produtos diferentes decorados com a imagem do mapa do metro, o simbolo do metro e a famosa frase “Mind The Gap”.

 

Produtos esses que variam de avental de cozinha e babador de bebe a calcinha fio dental (alias muito populares nas lojas de souvenir podreira as calcinhas e cuecas com a frase “Mind The Gap” – que significa “Cuidado com o Buraco”… heheheeheh).

Mas brincadeiras e breguices a parte, eh impossivel nao reconhecer que a vida em Londres sem o metro seria simplesmente impossivel. De metro eh possivel chegar em todo e qualquer lugar da cidade, e eh um grande ponto
de referencia. “Fica perto de qual estacao?” quando vc pede referencia de algum endereco. Ou ateh mesmo pra quem vai procurar apartamento pra morar na cidade, ou hoteis; Se fica lonje de alguma estacao do metro, entao eh furada…

Londres tem 13 linhas de metro, mas muitas dessas linhas se bifurcam em varias outras e assim por diante. Os desavisados sempre tem que prestar muita atencao quando andam de metro por aqui pq nem sempre o trem que vc esta pegando vai para que estacao que vc quer ir, mesmo que vc estaja na linha e direcao correta.. Algumas linhas se abrem em 2 ou 3 linhas e destinos diferentes.

 

O mapa do metro, e logo a cidade, tambem esat dividido em “zonas”. O centro de Londres eha zona1, por exemplo. Como o metro cobre praticamente toda a area metropolitana da cidade, entao tem as zonas “centrais” que vao de 1 a 6 (a partir da zona 2 jah nao eh mais centro
da cidade, jah eh o suburbio) e depois tem as zonas A, B e C.

Eu acho que a famosa “eficiencia” eh mais por causa disso mesmo… Por estar em toda em qualquer parte, porque o servico do metro deixa muito a desejar…
Os Ingleses ateh fazem piada, dizendo que no mundo todo, quando vc nao tem nada pra falar com alguem, as pessoas falam do tempo. Em Londres, as pessoas falam do metro… Em vez de puxar uma conversa sem graca sobre
“Tah frio hoje neh?” as pessoas preferem perguntar “Sua linha estava atrasada hoje?”, por que com certeza todo mundo vai ter alguma historia pra contar e o papo, por mais sem graca que seja, vai ser muito mais interessante…

As linhas sao antigas, os trens sao super velhos (e muitas vezes fedidos!!), e o governo esta constantemente fazendo obras de reforma (oque eh otimo, diga-se de passagem), entao sempre tem alguma linha que esta com defeito, com problemas, fechada ou com atrasos.
Muito util quando vc tem que dar uma desculpa  sfarrapada por ter chagado atrasado numa reuniao… “Sorry, o Tube estava atrasado…”. Todo mundo sempre acredita.

Outro ponto negativo eh que como os trens sao antigos, consequentemente sao pequenos (fiquei em choque quando entrei no metro do Rio!! Novinho, com ar condicionado, e tem quase o DOBRO de espaco que o de Londres!), e nao tem ventilacao. No inverno ainda vah… fica um calor humano quentinho que eh uma delicia… mas em qualquer outra estacao do ano, fica insuportavel… Jah aconteceu varias vezes de algumas linhas serem fechas durante o verao, pq por falta de sistema de circulacao, a
temperatura interna dos trens estava a cima do suportavel pelo organismo humano…

Mas nem tudo sao coisas ruins…
Como disse, seria impossivel viver aqui som o Tube.
Eles sao bem Britanicos no que diz respeito a seguranca e controle dos horarios. Todas as plataformas, de todas as linhas de todas as estacoes, cronometros e relogico, e se estao falando que o metro vai chegar em 2
minutos, o metro chega em 2 minutos. Se estver atrasado, eles avisam que o proximo trem vai chegar X minutos atrasado…
Outra coisa muito boa tambem, eh o “Oyster Card”, que comecou a ser usado ano passado eh uma das coisas mais uteis possiveis. Eh um cartaozinho magnetico que vc carrega seus creditos ou “passe” semanal, recarega nas maquininhas que aceitam notas, moedas ou cartao, e quando vc entra e sai das estacoes, a unica coisa que precisa fazer eh passar o cartao pelo sensor. Muito facil, pratico e rapido.

E com o Oyster as passagens tb ficam (levemente) mais baratas. Reforco o “levemente” porque mesmo assim sao muito caras. O metro eh eficiente, e te leva pra onde vc quiser na cidade, o governo vive fazendo reformas e melhorias e eles sao super controlados. Mas todo mundo paga um preco por isso…

Um ticket ida e volta de metro, na hora do rush custa 6 libras (24 Reais), no horario normal 4 libras (16 Reais) e o passe pro dia todo custa 4,90 Libras (20 Reais)… Eh oque mais pesa no orcamento de todo mundo…
Quem mora aqui ainda em a vantagem de comprar os passes semanais, que continuam caros, mas jah reduzem bastante o custo unitario… Um passe de metro, Zona 1 e 2 (soh o centro de Londres) que dura 7 dias custa 23
Libras (88 reais) com o Oyster, e 27 (100 Reais) sem o Oyster. Quanto mais longe vc fica do centro, mais caro fica o preco da passagem…

No geral os Ingleses sao muito orgulhosos de seu sistema de transporte, e o fato de terem sido pioneiros nesse assunto (lembra da aula de historia? Revolucao industrial… estradas de ferro…), tambem ajuda a serem tao eficientes e extensos.

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
7 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
7 comentários
  1. Dedeia - 16/01/07 - 14h38

    esqueceu de falar dos ratinhos que passeiam, dos bancos com “ticido” sujo e do cheirinho da peculiar de cada linha. A da jubilee line, por exemplo, eh calabresa. hahahaha

    Responder
  2. Catita - 17/01/07 - 03h46

    o metro que eu odiei foi o metro de New York… ate ratos encontrei por la
    Catita

    Responder
  3. Laurinha - Tati - 17/01/07 - 14h34

    O q seria de London sem o underground??
    Boas observaçoes de Dedeia!!
    Sem falar q cada trem, eh pintado na parte interna( os canos de segurar!!) com as cores da linha, q por “Algumas linhas se abrem em 2 ou 3 linhas e destinos diferente”, eh mto util na hora da pressa de identificar se eh o trem q vc precisa.

    Responder
  4. Pedro - 28/01/07 - 00h29

    Olá Dri!

    Posso dizer que foi bem divertido ler suas notulas sobre o “Tube”. Tive o prazer de conhecê-lo e tive boas recordações ao ler seu texto! Vou continuar lendo seus posts! Um abraço!

    Responder
  5. Marcelo - 20/06/10 - 16h15

    Bom, em 2007 tinha ratos certo?
    Acho que agora em 2010, ja resolveram este problema ou estou enganado?

    Responder
    • Adriana - 20/06/10 - 22h37

      Não, infelizmente os ratos continuam por aqui… e muitos! Não acho que esse seja um problema tão facilmente resolvido…

      Responder
  6. Fátima - 23/11/11 - 13h38

    O ar condicionado do metrô do Rio costuma não funcionar ou funcionar muito mal justamente no verão rsrsrs

    Responder