11 Apr 2007
11 comentários

O Kremlin e mais neve

Dicas de Viagens, Moscou, Russia

No Domingo acordamos cedo, e fomos pro centro bem cedo, pois iriamos fazer o tour do Kremlin. Queriamos ver tb o mausoleu de Lenin, mas acabou nao dando tempo (eu nem fazia tanta questao assim).O Kremlin (que em Russo significa “Forte”) eh o centro politico da Russia atual, mas desde que foi construido, no seculo XI jah foi o centro do Imperio, o centro da Igreja ortodoxa e palco de muitas revolucoes que mudaram o mundo.

Foi desde o Kremlin que Alekssander I cordenou a expansao do territorio russo contra a Mongolia e Japao. Tambem foi de lah que Pedro, o Grande lutou contra a suecia e transformou a Russia num pais “Europeu”. De la, Ivan, o Terrivel massacrou milhares de pessoas e assistia ao terror para vingar a morte de sua esposa envenenada; de lah Napoleao assistiu Moscou queimar inteira em retaliacao a invasao Francesa, e finalmente foi de lah que Lenin e os Bolshevikes comandaram a revolucao de outubro de 1917.


Eu recomendo, e muito, fazer uma tour pra conhecer bem o Kremlin. Lah dentro eh Impressionantemente gigante, e com certeza nao veriamos quase nada (ou ficariamos muito perdidos se estivessemos sozinhos). Hoje em dia, o Kremlin ainda eh a sede do Governo Russo, e eh de lah que o Presidente trabalha, entao tem guardinhas e segurancas a cada metro. E diga-se de passagem, os guardas russos sao muito assustadores.

Eh Impressionante a quantidade de Igrejas lah dentro, mas alem de sede Politica, o Kremlin tb jah foi a sede da Igreja ortodoxa Russa (seculo IX), quando, apos a queda de Roma e de Constantinopla, Moscou foi declarada a “terceira Roma”.

As Igrejas sao lindas. Muito diferentes doque nos estamos acostumados a ver no “ocidente”. Nao soh pela influencia oriental na arquitetura externa, mas tambem por dentro delas.

As Igrejas sao completamente abertas por dentro, sem organizacao em “Naves”, e o teto sobe ateh o interior das abobodas. No centro das torres sempre estao imagens do Jesus, “Deus” e o pai, filho e espirito santo. E as paredes sao TODAS, completamente pintadas. Nao sobra nem um centimetro sem um adordno, sem uma pintura.

Na grande maioria, as pinturas contam historias da biblia, pois ateh o seculo 16, era proibido que os “pobres” (ou pebleus) aprendessem a ler, entao a unica maneira que eles tinaham de aprender sobre religiao e a biblia era atraves de dezenhos. Da parede onde fica porta da saida, sempre tem um desenho que mostra o paraiso e o inferno, que era pras pessoas lembrarem que quem nao honrasse ao Czar e ao imperio, irira sofrer no inferno.

Ainda no kremlin, tb fomos no museu das armaduras e joias, onde eh possivel ter uma ideia de como era a vida de luxo dos Czares Russos. As roupas, as joias, as pratarias, as decoracoes, as coroas, etc.

A Russia eh cohnecida como sendo o pais que tem mais Diamantes e pedras raras doque qualquer outro pais do mundo, inclusive o maior diamante jah escavado no planeta, que tem nada mais, nada menos que 200 quilates, que foi um presente de aniversario que a rainha Catherina recebeu de um de seus amantes.

No mesmo museu tb estao expostos os unicos 10 ovos Faberge ainda de posse do patrimonio Russo, cada um valento cerca de 20 milhoes de dolares. Na epoca pos Revolucao, os outrso 40 (soh existem 50 ovos Faberge originais no mundo) foram vendidos a reis e rainhas ao redor do mundo.

De tarde perdemos o horario pra fazer um daqueles passeios de Onibus, pois queriamos ver o “resto” da cidade sem correr o risco de nos perder por Moscou, mas como demos bobeira, acabamos passando o resto do dia pela Praca Vermelha mesmo.

No meio da tarde, do nada, comecou uma outra tempestade de neve. Daquelas brabas memso. Nos “Refugiamos” dentro da St Basil, oque foi uma grande surpresa. Lah dentro nao chega a ser uma igreja “normal” nos nossos padroes, mas tb nao eh uma Igreja Russa. Saint Basil parece mais um castelo por dentro, com escadas e corredores escuros e estreitos, e basicamente cada “torre” da igreja eh uma “igrejinha” diferente, num nivel (em relacao ao chao) diferente. Todas muito decoradas e pintadas, algumas com altares, outras nao, e todas com a “vista” do teto de sua respectiva aboboda.

Ficamos lah dentro horas subindo e descendo, entrando e saindo das salinhas e assistindo pela janela a neve se acumulando rapido na praca.

Atravessamos bravamente a Praca vermelha e passamos o resto da tarde no Museu Historico Russo, que eh fantastico e conta e historia da Russia desda pre-historia ateh o periodo da guerra fria. Adorei. Mas nao pegamos nenhuma tour e tivemos que “adivinhar” oque era oque, jah que todas as placas e explicacoes eram em Russo.

Voltamos pro Hotel cedo e resolvemos janatr por lah memso. Levamos mais um esporro da garconete, que disse (nas 3 palavras em ingles que ela sabia) que nao ia nos servir sobremesa pq jah estava muito tarde pra tomar sorvete.

Na segunda feira, apesar do voo ser soh no fim do dia, resolvemos nao fazer nada, pedir um late check out, tomar café da manha tarde no hotel e descansar. To meio de saco cheio dessas viagens estressantes, correndo de um lado pro outro o tempo todo, que vc volta pra casa mais cansada e estressada doque estava antes.

Acabou que esquecemos de pergutnar quanto tempo demorava pra chegar no aeroporto de taxi, e ainda por cima comecou a nevar de novo, e quase perdemos o voo de volta pra Londres.

Achamos Moscou surprendente barato, apesar de todos os alertas ao fato de que a capital esta se transformando numa das cidades mais caras do mundo.

Na visao de um turista (vindo de Londres) tudo ainda eh bem barato. O metro custa centavos de Libras, a cmoida eh barata, os passeios e museus sao baratos, souvenirs e quinquilharias sao baratos. Oque encarece a viagem memso eh a viagem e o hotel.

Saindo de Londres a BMI comecou recentemente a voar pra Moscou, entao se comprar com antecedencia, o preco fica “normal” consideranto o tempo de viagem, distancia etc. Pedir o visto eh meuio chatinho, mas vale a pena, se vc souber oque tem que fazer (eu explico tudo nesse post aqui), e jah chegue lah com hotel reservado e pago. Nos ficamos num bom, de 3 estrelas. Sem luxo algum, num predio super antigo (mas bonito) num bairro um pouco afastado do centro, mas com ligacao diretao ao centro, sem trocar de linha de metro. Ficamos no Hotel Zarya, que achei numa promocao do lastminute.com

As fotos estarao no ar em breve… assim que conseguir achar um lugar pra fazer upload no Fotki

Asfotos estao AQUI!!

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
11 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
11 comentários
  1. Déa - 11/04/07 - 16h32

    Oi, Dri! Obrigada pelo seu comentário. Nossa, que aventura essa viagem à Moscou!!! Apesar dos pesares, lá deve ser realmente um lugar lindissimo…não vejo a hora de ver as fotos!

    Responder
  2. Flavia - 12/04/07 - 02h38

    Deu vontade de visitar a Russia, nossa!

    Ah, so pra responder aa sua pergunta eu estou fazendo mba com especializacao em international business.

    Responder
  3. catita - 12/04/07 - 05h27

    agora entendi.. brigadinha

    Responder
  4. Dea - 08/06/10 - 22h00

    “Moscou surprendente barato” O_O depende de onde você foi, e do que você analisa… Porém você completou abaixo dizendo para turistas londrinos… Fato!!! Qdo fui a Londres achei tudo caroooooo hehehehe, agora assim…Moscow é a capital do mundo que possui mais milionários. É muito contrastante as coisas que eu via lá sabe? Bem mesmo!!!! hehehehe Sinto saudades de lá….

    “quase fomos atropelados algumas vezes” = O Nossa não sei como não te mutaram! Porque agente recebe multas quando passamos por cima. Aliás…. ¬¬ Tudo é motivo para “propinas”, ou padarakes = “presentes”, principalmente se for Vodka hehehehehe…

    “mas nada se compara a St Basil. Nada mesmo” SIM FATO =~~~~~~ É absolutamente conto de fadas…Pena que tem os russos….

    Nossa na época que você foi ainda estava em obras o Bolyshoi? Até hj ainda tá =S heheheheheheheh e o povo reclama que no Br demora as coisas!

    “Acordamos embaixo de uma tempestada glacial. Ao longo da tarde o tempo abriu um pouco, volta e meia batia um solzinho. E de repente do nada caia outra nevasca.” HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Desse jeito msm!!!!! xD

    “Tem Russos com cara de chines, com cara de mongois, com cara de Iranianos, com cara de finalandes, com cara de esquimo, com cara de Turcos” Mais aí é que está…Eels não são russos!!!! São Ruciane… É tipo… “”Arrussados””, entende?

    Os russos são os loirinhos de olhos claros sim!

    Estava vendo suas fotos, você não parece uma russa loirinha, mas lembra uma russa das federações SIMM :D e eles também falam russo devido a união soviética.

    Eu AMEI sua descrição heheheheeh JURO, Sim, eles não estão nem aí para turistas não… E sim, na época que vc viajou acho que precisava de convite, hj em dia, não precisamos de vistos, ambos, para entrar em ambos países. =))) Não vejo a hora de rever minha família! :D

    “Ele riu, e continuou falando alegremente.” HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH Eles são desse jeito!!!! HAHAHAHAHAHAAHHAHAHAHAHAHAH

    Gente AMEI!!!!
    .-= Dea´s last blog ..Sabe o que me faz ficar aqui? =-.

    Responder
    • Adriana - 08/06/10 - 22h26

      Amei demais conhecer a Russia!
      Agora to querendo ir a Sao Petersburgo!

      Responder
  5. Priscila - 08/05/11 - 22h28

    Adriana, você por acaso lembra que guia usou no Kremlin? Agendou com atencedência ou foi na hora? Era particular ou em grupo? Era um guia oficial da atração ou independente?

    Obrigada,
    Priscila.

    Responder
    • Adriana - 09/05/11 - 11h15

      OI Priscila, usamos um proprio guia do Kremlin. Como o Kremlin ainda eh usado como residencia e escritorios do presidente e governo, que eu me lembre, turistas nao podem simplesmente andar livremente por lah, e um guia que vai te acompanhar o tempo todo ja faz parte do ingresso.
      Essa viagem ja faz bastante tempo, entao nao me lembro muito bem, mas acho que tivemos que agendar com antecedecia (os ingressos sao com hora marcada), entao compramos um dia, pra ir no dia seguinte.

      Responder
      • Priscila - 10/05/11 - 10h16

        Obrigada Adriana. Você é muito prestativa. Quando voltar coloco a informação aqui para outras pessoas. BEIJSO!

        Responder
  6. Priscila - 08/05/11 - 22h31

    Esqueci de habilitar a notificação via email :)

    Responder
  7. Maria De Fatima Da Silva Leal Santos - 09/02/15 - 14h54

    Oi Adriana
    Sei que vc foi a Moscou há um tempo. Estou com vontade de ir em janeiro de 2016 como vi as suas fotos na neve, te pergunto em que época vc foi e se o frio é intenso. Já fui para europa oriental nesse ano de 2015 e deu para aguentar o frio mas Moscou é diferente. E São Petersburgo vc foi?
    Abraços

    Responder
    • Adriana Miller - 09/02/15 - 15h09

      OI Maria, eu fui a MOscou da primeira vez em Abril, e ainda pegamos muito frio e umas tempestades de neve. Entao sim, o frio eh intenso, com invernos que podem chegar facilmente a -40 graus celcios.
      Claro que “da pra aguentar” – afinal as pessoas moram por la e levam uma vida normal – mas eu acho muito arriscado ir passar ferias em temperaturas tao extremas, pois atrapalha bastante se voce nao estiver acostumada com o frio, nao tiver roupas proprias pra isso etc. Entao eu recomendaria alguma outra epoca do ano. (tambem ja fui a Moscou no verao e foi beeeem mais divertido e agradavel).
      St Petersburgo ainda nao fui, mas irei pela primeira vez esse ano em Abril de 2015.

      Responder