21 Sep 2008
16 comentários

Casamento a la Inglesa, com certeza!

Amigos, Tradicoes Inglesas, Vida na Inglaterra

Sabado fomos a mais um casamento Ingles, de uns amigos do Aaron. Apesar de que fomos em um outro casamento aqui em Londres ha umas semanas atras, esse foi de fato puramente Ingles! (no outro casamento o noivo era Sul Africano e as tradicoes foram bem misturadas).

E dessa vez fomos convidados pro evento inteiro, e nao soh para a “festa”.

Pra comecar que casamentos na Inglaterra sao bem cedo, geralmente comecam de manha ou na hora do almoco, e duram o dia TODO! Sem um horario pre-limitado como casamentos Brasileiros (que geralmente duram 5 horas).
Entao sabado a cerimonia estava marcada pra 13:00. Em “horario Britanico” isso significa que a noiva estara entrando na Igreja as 13:00 em ponto, logo na verdade os convidados sabem que teem que chegar lah mais cedo.

O casamento foi em Staines, no condado de Surrey, entao pra nao rolar atrasos nem confusoes de manha cedo, passamos a noite em Staines sexta a noite. Caso contrario teriamos que madrugar pra comecar a nos arrumar e depois pegar metro, trem, etc maquiada, de vestido, salto alto…





O dia estava LINDO! Um ceu azul, e uma temperatura super agradavel, oque eh um verdadeiro milagre para essa epoca do ano!
Chegamos na Igreja cedo, e aos poucos os Groomsmen comecaram a organizar os convidados dentro da Igreja: convidados da noiva ficam no lado esquerdo, e do noivo do lado direito. Cada convidado recebeu um programa da cerimonia, com as letras das musicas, as oracoes e juramentos do dia.

Ao contrario de casamentos Americanos (e Brasileiros), os noivos ficam sozinhos no altar, com seus pais sentados na primeira fileira, e os padrinhos e madrinhas sentados onde quiserem, sem fazer parte da cerimonia.
Em casamentos Ingleses, os padrinhos e madrinhas (groomsmen e Bridesmais) sao “ajudantes” de organizacao da festa, tipo cerimonialistas, mas nao sao testemunhas do casamento em si.
A cerimonia foi em uma igreja Batista, e a missa foi bem rapida.

De lah, seguimos todos pra uma vila proxima a Staines, onde foi a festa.
Como o tempo estava maravilhoso, o cocktail foi no jardim, enquanto os noivos tiravam fotos. Demorou horrores! Quase 3 horas de cocktail! Mas como o tempo estava bom, aproveitamos pra pegar um solzinho, passear pelo jardim do Bed&Breakfast, jogamos cricket (se bem que eu achoq ue aquilo nao era Cricket…) e o Aaron aproveitou pra fazer uma social com o pessoal do trabalho.





Os casamentos Ingleses sao SUPER pequenos e intimos, geralmente tem apenas entre 50 e 80 convidados. Outra coisa que tambem jah tinham me falado e eu achei super estranho eh que casamentos sao geralmente festas para os noivos e nao suas familias, ou seja as pessoas nao convidam primos, tias, tios, etc. Apenas os pais dos noivos, irmaos e amigos.
Achei meio surreal… nao conseguiria imaginar me casar sem a presenca de meus avos, primos, tias, etc… Mas para os Ingleses eh diferente e eles tem uns valores familiares diferentes dos latinos.

O almoco teve lugares marcados (como eh muito comum aqui e nos EUA) e cada mesa tinha o nome de uma regiao Francesa, pois a mae do noivo eh Francesa (nossa mesa foi o Loire Valley). E eles tem a mania de “separar” grupos, pois acreditam que assim as pessoas vao interagir melhor… Entao nao sentamos com ninguem que conheciamos! E acabamos sentando numa mesa com outros 5 casais totalmente aleatorios… Mas entendo a intencao.. e no final jah estavamos intimos de todo mundo!



Ao longo do jantar, rolaram os discursos. Na tradicao Inglesa sao tres discursos: O pai da noiva que “aceita” o noivo em sua familia e “da” sua filha ao marido. Depois o noivo que elogia a noiva e sua familia e distribui presentes para os pais (dele e dela), e por fim o Best Man (que seria o padrinho principal), e que geralmente cont varias baixarias e podreas sobre os noivos! Ateh que o de ontem foi controlado, mas rolaram vairas piadinhas de baixo nivel, e no final o parinho deu de presente pra noiva uma escova de dente eletrica “para voces se divertirem na noite de nupcias – ouvi dizer que voce gosta de apetrexos operados a bateria!”. GENTE que baixaria! Ai se alguem me falasse isso no meu casamento na frente dos meus pais, gente do trabalho, etc…
Mas acho que faz parte da tradicao deles, e as pessoas jah esperam esse tipo de coisa… os ingleses na nossa mesa, ficaram chateados que o discursos do Best man foi muito “comportado”.
Outra “tradicao” ehq ue durante o almoco (antes dos discursos) cada mesa fez um “bolao”, uma aposta sobre quanto tempo os discursos vao durar, desde o momento que o Toast Master martela a mesa, ateh que as pessoas param de aplaudir o Best Man. Esse momento da festa pode durar de 15 minutos a 1 hora e meia!
A minha aposta foi de 37 minutos, mas durou apenas 28 minutos!


E no casamento da Paul e da Sarah, eles tambem tiveram um “Toast Master” que eh uma figura super tradiconal Inglesa, e que eh o “cerimonialista” da noite, controlando tudo, comandando os discursos, os convidados, o fotografo, os garcons, etc… mas em vez de ser alguem que trabalha nos “bastidores” do casamento, ele eh um figura presente, comandando a multidao o tempo todo. E pelo que me falaram (uma outra menina Inglesa, que se casa em Fevereiro) o casamento foi bem tradicional, com o Toast Master e as mulheres “importantes” usando chapeu e as amigas intimas dos noivos usando aquele arquinho com um chapeu pequeno do lado (tipo oque a Sarah Jessica Parquer usou em Londres e causou a maior polemica!).
Segundo a Helen isso eh uma norma imposta pela noiva (querer convidadas usando chapeu ou nao) pois demarca quem sao as figuras importantes na festa. Mas como usar chapeu em eventos Ingleses eh sinonimo de “upper class” muitas convidadas usam assim mesmo, mesmo sem serem “intimas” da noiva, soh pra mostar status (como por exemplo a esposa do chefe do noivo, que apareceu com um chapeu marrom, e foi interpretado como algo de mau tom).

Casamentos Ingleses tambem nao tem sobremesa, apenas o bolo, que geralmente eh um “Fruit Cake”, que me pareceu uma daquelas “broas” ou paes de natal que se come em Portugal… Eh uma messa bem pesada, cheia de nozes e frutas secas, sem recheio nem nada.

Depois do almoco/jantar, fomos todos convidados a sair do salao e voltar para o jardim (mas a essa hora jah estava de noite, e fazendo um mega frio!), para um segundo cocktail, enquanto transformavam o salao em pista de danca (como tudo aqui em sempre muito caro, geralmente as pessoas alugam um espaco pequeno pra festas, e “transformam” o espaco em duas festas: jantar e danca, em vez de pagar por ambientes diferentes).
E nessa hora tambem comecaram a chegar os convidados da “festa” que nao foram convidados pra cerimonia nem jantar (acho que nunca vou achar isso normal…).



A “festa” propriamente dita soh comecou bem tarde… jah estavamos todos cansados (10 horas de festa eh MUITA coisa!) e os Ingleses nao sao exatamente as pessoas mais animadas do universo… Heheheheh
Dancamos bastante, mas nada em comapracao com um casamento Brasileiro, que rola um night mesmo!

A festa soh acabou 12:30, 12 horas depois que chegamos na Igreja!
E um onibus levou todos os convidados de volta para seus hoteis.

Agora o proximo csamento soh em Fevereiro! Aff

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
16 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
16 comentários
  1. Gláucia - 21/09/08 - 18h02

    Que roupa linda a sua! super diferente.

    Responder
  2. Andreia - 21/09/08 - 20h02

    Pois é, casamento britanico tem mesmo suas peculiaridades! Uma vez, meu marido foi best man de um amigo e acredita que ele foi posto pra sentar na mesa principal com os noivos e pais dos noivos e eu fui posta numa mesa lá nos cafundó de Judas com gente que nunca tinha visto na vida! eheh
    Tem um post sobre nossa casa lá no blog e umas fotins do conservatório se vc quiser dar uma olhada :)
    Bjs e boa semana!

    Responder
  3. Adriana - 21/09/08 - 20h35

    Foi isso mesmo que aconteceu ontem! A namorada do Best Men (que nao conhecia ninguem, porque eles namoram a pouco tempo), sentou sozinha numa mesa! Achei um absurdo!
    Mas absurdo mesmo foi no casamento que fomos has umas 3 semanas, que a namorada de um dos padrinhos nem sequer foi convidada! Ela soh foi convidada pra after party!

    Responder
  4. Virgínia - 21/09/08 - 20h58

    Só uma coisa merece reparo (já que fica difícil comparar costumes, tradições, etc): o noivo é esse com colete com tecido de cortina? E gravata verde? Valha-me Deus! ahsduahsduahduahduahd ;)

    Responder
  5. Bia - 22/09/08 - 00h33

    Acho super interessante quando vc fala das varias tradições de casamento q existem pelo mundo afora! Mas bom mesmo viu, é a festa de uma casamento brasileiro! No casamento da minha irmã, fazia tempo q eu não me divertia, nem dançava tanto! Mal posso esperar quando for a minha vez!

    bjos

    Responder
  6. lucia - 22/09/08 - 15h59

    Apesar de morar nos USA, qdo um amigo do Al se casou anos atras, tb fiquei sozinha numa mesa cheia de gente estranha, pois ele foi um dos padrinhos.

    Ao mesmo tempo ate entendo, pois nao ia querer que a namorada/noiva/mulher do melhor amigo do Al fosse minha madrinha so pq ele foi escolhido como padrinho (a nao ser q fossemos mt amigas tb).

    Agora esse lance de convidar so pra igreja ou festa, aqui seria falta de educacao, mas cada cultura com seus costumes, nao e?

    E por falar nisso, americanos tem mania de nao usar faca como talher. Me lembro de ter ido numa festa de trabalho com meu pai, cuja maioria dos convidados eram pessoas de tudo qto e’ pais diferente. E qdo serviram certas coisas, entre elas carne, cade que tinha faca pra gente usar? Todo mundo comentou a respeito. Mas…cultura americana.

    A proposito, seu vestido e’ lindo!
    Bjos

    Responder
  7. Adriana - 22/09/08 - 16h47

    Lucia, nem me fala!
    Meu maior Pet Peeve sao pessoas que nao tem “modos” a mesa! Mastigam de boca aberta, fazem barulho pra comer ou beber, comem com as maos ou nao sabem usar garfo e faca! HAHAHAHAHAHA
    E o meu maior (e unico) motivo de briga com o Aaron eh que ele insiste em nao usar faca! As vezes fica horas tentando cortar alguma coisa com o lado do garfo, enquanto se tivesse uma faca cortaria em 3 segundos, mas ele nao entende o conceito… acha que faca eh frescura e dah muito trabalho!
    Auuummmm… (onomatopeia de som de relaxamento na aula de ioga!)
    Meu pai ateh falou isso no discursso dele no meu casamento, que eu sempre fui fresca a mesa! HAHAHAHA

    Responder
  8. Patricia - 22/09/08 - 17h58

    Nem me fale, casamento ingles cansa mesmo!! Eu casei aqui ao meio dia e a festa so terminou as 2 rsrsrsrs Ah, isso que vc jogou nao e cricket e sim croquet – mais ingles impossivel! Bjos x

    Responder
  9. Achei estranho mesmo, mas cultura difere muito de lugar pra lugar.
    Esta história de lugar marcado separando os grupos e de colocar a namorada sentando longe do padrinho, sei lá, acho meio sem noção. Tudo bem que ela não fosse madrinha também, mas sentar lá no fundão sem o namorado? Estraaanho.
    Legal que vc postou sobre isso. Eu não fazia idéia de como funcionava… E o vestido arrasou, como sempre.Morri de rir com a foto da moça jogando cricket. Ficou numa pose meio ingrata, coitada… Haha! Bjs.

    Responder
  10. Barbara - 22/09/08 - 22h52

    Oiii Dri…
    boas fotos e comentarios melhores ainda..e dificil se acustumar com determinadas tradicoes..e digo o mesmo que vc..este negocio de convidar para apenas uma parte do casorio..no Brasil seria certeza de um bom barraco..hahahhahahhaha..ja ate imagino!
    este negocio de varias tradicoes e engracado..
    meu noivorido anda doido porque esta chegando o nosso casamento. para tentar preparar ele para o que esta por vim eu pedi que minha melhor amiga me mandasse o dvd do casamento dela que foi ano passado..o casamento como sempre parecia uma balada com as mulheres e homens dancando ate o chao..
    o mais engracado foi que vi no rosto dele um certo desespero..hahahhahahhahahahhahaha..ele como bom canadense nao tem a menor ideia do que e um casamento de dancar dnacar ate quase cair..
    ate me disse assim: sao sempre assim os casamentos brasileiros? hahahhahahahhaha
    mas ele agora esta tentando entrar no clima e ja esta achando tudo o maximo..o mais legal mesmo sera ver a cara da gringarada..eles irao se surpreender com certeza.

    enfim..queria aproveitar e te pedir um favor..li em alguma parte do blog que vc fez as welcome bags..pode me explicar como fez e o que colocou?
    sem pressa..quando tiver um tempinho.
    Bjosssssss
    e parabens por terminar o primeiro ano do mestrado..imagino o alivio que deve dar..e uma sensacao de dever cumprido que nao tem fim!!

    Responder
  11. Adriana - 23/09/08 - 06h55

    OI Barbara,
    Nos fizemos a mesma coisa! Uma amiga minha me mandou copia do DVD de seu casamento e nos assistimos um zilhao de vezes. Mas na verdade nos fomos nesse casamento e o Aaron AMOU! Na verdade acho que ele soh se animou MESMO pra casar depois do casamento da Deborah, pq ele adora uma balada! HAHAHAHAH

    Quanto as Welcome Bags, oque fizemos foi uma carta (enorme por sinal) com todas as informacoes que acgavamos que os gringos iam precisar, e respondendo quase todas as perguntas que recebiamos por e-mail, tipo uma FAQ. Tinha telefones de contatos da minha familia, telefones de emergencia, a “programacao” dos eventos (fizemos varios eventos pre-casorio com os gringos), alguns mapas, etc. Queriamos comprar uma sacolinha bonitinha, mas no final nao deu certo, entao colocamos tudo num envelope mesmo, e dentro do envelope colocamos a carta, uma mapa da cidade, uma garrafinha de Guarana Antartica, balas Sete Belo, Sonho de Valsa, Goiabinha, e varias outras coisinhas tipicas Brasileiras.
    Os gringos AMARAM!
    Fomos passando de hotel em hotel e deixando na recepcao, assim todos receberam os pacotes quando fizeram check in. Deu super certo, e todos adoraram o gesto!

    Responder
  12. lucia - 23/09/08 - 15h17

    Adriana, voce me fez rir, pois e’ assim mesmo que eles fazem com o garfo.

    Se te chamam de fresca eu sou igualzinha, pois tb e’ um dos meus pet peeves. Parece falta de educacao, sei la.

    O Al perdeu esse habito de tao chata que sou, mas ele sempre disse que e’ mais facil usar facas sim.

    Fiquei inspirada em escrever a respeito no meu blog. Sera que e’ assim em outros paises tb?

    Bjos

    Responder
  13. Barbara - 23/09/08 - 17h25

    Valeu Dri..
    é exatamente isso que farei..colocarei a mais apenas um cartao telefonico e ponto.
    obrigado mesmo pela dica..sabia que tinha que fazer..mas nao sabia exatamente o que colocar..so pensava nos mapas.
    vamos ver se terei tempo e paciencia para buscar umas bolsinhas legais…hahahhahahhahah
    Bjosssssss

    Responder
  14. Flavia - 23/09/08 - 19h51

    O da Irlanda eh mais ou menos igual ao daqui pelo que vc descreveu. Tinha coisa que eu nao tinha reparado muito, mas depois que vc descreveu nesse seu post me lembrei que aconteceu lah tbem, tipo convidarem todo mundo para o jardim enquanto eles tiravam as mesas para a pista de danca, etc.

    bjs

    Responder
  15. Débora - 24/09/08 - 01h28

    Nossa que casamento longoooooo, cansativo ter que ficar durante todo o evento…

    ADOREI seu vestido, super diferente… Achei o máximo!!!

    Beijinhos.

    Responder
  16. vivi - 22/05/15 - 13h44

    Oi, tenho um casamento p ir, como me vestir ? Alguma sugestão ? Percebi que a maioria dos vestidos não são longos, e o meu é, talvez mudança de planos rs. Obrigada

    Responder