06 Jan 2009
9 comentários

Ko Tao e Ko Nang-Yuan

Dicas de Viagens, Ko Tao, Koh Phangan, Lua de mel, Tailandia

Hoje fizemos um passeio de barco por Ko Tao e Ko Nang-yuan, que sao considerados o paraiso na terra aqui por essas bandas.

Ko Tao eh uma ilha menor que Ko Panghan (onde estamos hospedados), e tambem faz parte do arquipelago de Ko Samui, ficando a apenas meia hora de barco de Pangham.

Fizemos um passeio organizado, que eh a melhor maneira de fazer esse tipo de passeio na Tailandia. Existem apenas uma meia duzia de operadoras que fazem as rotas mais turisticas de onibus, trem e barcos, entao TODAS as agencias de viagem do pais vendem extamente a mesma coisa. Mesmo pacote, mesmo servico, mesmo preco. Eh um cartel assumido e descarado, onde ao contrario de tudo nesse pais, nao rola negociacoes. Se voce por acaso achar que esta se dando super bem pq arrumou um negocia da China, eh furada na certa. Ouvimos varias historias tragicas….

Alem disso, as agencias estao em todos os cantos de qualquer cidade, e todos os hoteis tem uma mini agencia que podem organizar tudo pra voce.

Mas enfim. O dia amanheceu simplesmente sensacional, e depois e pegar o taxi coletivo (conto mais disso depois) com varios bebados Suecos (ou seriam Noruegueses? Os escandinavos sao todos iguais…) Embarcamos no catamaran da empresa Lompraya em direcao a Ko Tao.

O barco era otimo, confortavel, com ar condicionado, bar, video etc, mas a viagem durou apenas 30 minutos.

A primeira parada foi Ko Tao, que em Tailandes significa “ilha da tartaruga”, por causa da quantidade de tartarugas marinhas na regiao. A ilha eh considerada area de preservacao ambiental, entao os barcos de turismo nao podem chegar mais que X metros da costa, e todos os mergulhadores tem que usar colete salva vidas na agua, justamente pra evitar que ninguem afunde o suficiente pra encostar nos corais. Nao se pode encostar em nada, nem fica em peh no fundo do mar, e nem sequer usar peh de pato, pra ninguem ficar dando patadas nos corais.

O lugar eh simplesmente maravilhoso, e o barco nos deixou extamente em cima de uma formacao de corais LOTADA de peixes e corais das mais variadas formas, cores, tamanhos, etc. Levamos a maquina a prova d’agua e foi a coisa mais divertida!!!

Depois de mergulhar em volta de Ko Tao por algumas horas, fomos para a ilha Ko Nang-Yuan.

Ko Nang-Yuan eh um parque marinho, que nao permite pernoites, nao permite barcos depois das 5 da tarde; nao se pode entrar na reserva com garrafas ou sacolas de plastico nem latas, e pra entrar os visitantes tem que pagar 100 Baht (+- 3 dolares) para o fundo de preservacao da reserva.

Todas as fotos que vimos eram sensacionais, mas sabe como folhete turistico eh, neh?

Bem, pela primeira vez na vida, quando chegamos lah nos demos conta de que o folheto, e todas as fotos que vimos nao fazem justica a maravilha que eh o lugar!!!

Ko Nang-Yuan eh na verdade formada por 3 mini ilhas, uma do lado da outra, mas as correntes marinhas formaram 2 bancos de areia que conectam as 3, entao eh possivel andar entre elas. E por isso, a formacao de corais, a temperatura da agua e a vida marinha da area sao sensacionais!!!

Soh vendo pra acreditar naquele lugar… Enquanto escalavamos o morrinho de uma das ilhas pra ter uma vista mais geral do alto, o Aaron, que estava TAO maravilhado, olhou pra mim e disse: “aproveita esse momento, porque provavelmente nunca mais em nossas vidas iremos numa praia que seja tao maravilhosa e paradisiaca quanto essa ilha. Qualquer outro lugar sera decepcionante”.
E o pior eh que ele tem toda a razao!!!

Eu posso escrever o quanto quiser, mas seria impossivel descrver o lugar… Vou deixar minhas fotos falarem por mim…

E quando voltamos ao nosso hotel, fomos recepcionados pelo por do sol mais maravilhoso do mundo!!!
Como a praia do nosso hotel eh virada pro lado oetste da baia, a praia tambem eh conhecida como “praia do por do sol”, mas ateh hoje o dia nao tinha ficado aberto o suficiente ateh o fim do dia para nos proporcionar esse visual.

Para fechar nossa ultima noite com chave de ouro, fizemos um tratamento perfeito do spa do resort, com direito a sauna a vapor aromatica, massagem com oleos essenciais quente, cha verde, massagem nos pes etc.

Literalmente um daqueles dias que serao inesqueciveis!!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
9 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
9 comentários
  1. Alison - 06/01/09 - 22h55

    I’m here again. =D
    Eh issuh mesmo, aproveite bastaante…
    Apesar de não te conhecer direito queria dizer que seu blog eh excelente \o/

    Bjuu

    Responder
  2. Flávia S. - 06/01/09 - 23h36

    Como assim “os escandinavos são todos iguais”?
    Moro em Bergen e meu marido é norueguês e estamos em processo de mudança para a Inglaterra por razões de trabalho, por isso achei seu blog, mas posso te garantir que os escandinavos não são todos iguais, aliás, são bastante distintos. O mesmo seria falar que os latinos são todos iguais, que é tudo a mesma coisa e você sendo brasileira, assim como eu, sabe que isso de verdade não tem nada, não é?
    Acompanho seu blog há poucos meses e nunca pensei ler isso de uma pessoa culta e viajada como você parece ser. As aparências realmente enganam!
    Por que você não arruma um bangalô numa dessas praias paradisíacas e fica por ai mesmo? Tenho certeza de que vc iria adorar, mas de preferencia sem acesso a internet, assim pouparia muitas pessoas de lerem tamanha ignorância como a que você escreveu!
    Decepção total! Passar bem!

    Responder
  3. Adriana - 07/01/09 - 10h09

    Flavia,
    Muitas desculpas se meu comentario ofendeu a voce e seu marido, mas convenhamos que chamar um Sueco e Noruegues e vice e versa, nao chega a ser um insulto, certo? Entao isso nao eh caso pra alarme.

    Na verdade meu comentario (jah ratificado no post) foi em relacao a lingua que eles falavam, pois como nao falo nem entendo nem uma, nem outra, de fato nao sei diferenciar.

    Voce tem razao. Realmente os latinos nao sao todos iguais, assim como os escandinavos, os asiaticos etc.
    Mas vamos combinar que para pessoas que nao estao acostumadas com a cultura e a populacao local, eh muito facil confundir alhos e bugalhos?
    Nao acretido que um Finlandes saiba discernir entre um Brasileiro e um Argentino, por exemplo. Assim como muitos Brasileiros nao sabem diferenciar entre Chineses e Coreanos, ou entre Americanos e Canadenses, etc.
    Nao considero isso uma critica, uma ofensa e muito menos ignorancia.
    Apenas uma falta de conhecimento mais profunda de certas regioes do mundo.
    Com certeza voce sabe diferenciar noruegueses e Suecos muito melhor que eu (assim espero), pois voce mora ai e eh casada com um escandinavo, e eu nao.
    Porem as 7 da manha num taxi coletivo em Ko Pangham, todos os gatos sao pardos….

    Responder
  4. luana de natal - 11/01/09 - 14h29

    Adriana, pela-mô-de-dadá, for good sake! ahahahah por favor, se resolver ficar num bangalô, fique! Mas com Internet pelo amor de Deus, pra vc fazer agente viajar com os mínimos detalhes dele.

    Eu ñ tenho nada a ver com crítica que a mocinha fez, mas me senti ofendida pela forma como ela se expressou com vc, por acaso vc obriga alguém a andar por aqui? Parece que as pessoas esquecem que o que tem aqui são as suas impressões.

    Ponte que caiu!!! Ainda bem que vc não me decepcionou e não desceu do salto. Apesar de ter um motivo bem justo. Mas isso é um exemplo de como as pessoas hj em dia são intolerantes umas com as outras, meu Deus! Eu vi ódio nas palavras dessa pessoa, reze um Pai Nosso e 3 Ave Maria.

    Responder
  5. Rodolfo Tabalipa - 21/10/11 - 14h01

    Excelente seu blog.. vi diversos lugares que gostaria e pretendo conhecer! Está de parabéns!

    Infeliz os comentários Flávia, ofensas desferidas desnecessariamente..

    Um abraço.. Tabalipa (marido da Fernanda Duarte de Floripa/SC)

    Responder
  6. Joana Ferrão (@JBritoFerrao) - 31/07/12 - 15h07

    Adriana, você se lembra do nome do hotel onde ficou aqui? Obrigada!

    Responder
    • Adriana Miller - 31/07/12 - 16h27

      Nos nao ficamos hospedados nessas ilhas, apenas em Koh Phangnham, de onde fizemos day trips pra Koh Tao e Ko Nangyuan.
      O nome do hotel (que foi OTIMO e super recomendo) esta linkado nos posts sobre Koh Phangnhan.

      Responder
  7. Joana Ferrão (@JBritoFerrao) - 31/07/12 - 17h39

    Obrigada!

    Responder
  8. Maria Medeiros - 17/06/17 - 13h28

    Olá !! Gosto muito do blog. Segui sua dica do hotel em Dubrovnik e achei o custo/benefício fantástico! Obrigado pelo dica.
    Estou pensado em ir para Tailândia em abril, nem sei se é uma boa época. Mas é o período das minhas férias . Quantos dias você acha ideal ? Quero ir a Bangkok , Phuket, krabi, Chiangmai Mai e Ayutthya. Tenho vinte dias. Você acha que ficaria muito apertado colocar o Vietnã ? Obrigado .

    Responder