06 Apr 2010
11 comentários

Museu Egipcio do Cairo

Cairo, Dicas de Viagens, Egito

O Museu Egipcio do Cairo é um dos lugares mais emocionantes e ao mesmo tempo mais decepcionantes que já fui.

Mais emocionante por que é o museu com mais reliquias Egipcias por metro quadrado, e muitas, muitas coisas interessantissimas sobre a vida de Nobres e Plebeus que viveram as dinastias dos Faraos, entre 4 mil e 2 mil anos atras.

Sem sombra de duvidas a melhor parte do museu é a seção inteira dedicada ao Rei Tutankamon, que contem todos os tesouros encontrados em seu tumulo, e que foi a primeira e grande unica descoberta de tumbas reais até hoje.

Ficar cara a cara com sua mascara funeraria, feita em ouro maçico, reproduzindo a perfeição suas feições e coberta de pedras preciosas foi hipnotizante. Foi um momento olho no olho com a mascara, aquela sobre a qual já li centenas de vezes, que já vi em milhoes de fotos e capas de livros e que ilustra basicamente tudo que existe sobre o Egito no mundo.

Foi legal entender alguns dos rituais, o significado e a importancia da morte e do renascimento e tambem as intrigas e consirações.

Mas por outro lado é um lugar bastante decepcionante porque mostra uma grande desconsideração com a historia Egipcia e mundial.

Lá dentro nao é permitido tirar fotos (mesmo, tem uns 3 pontons de check up onde revistam tudo seu) e nossa teoria é de que se permitirem fotos, as pessoas vao ver como o museu é destruido por dentro e ninguem vai querer pagar pra entrar!

Sao mumias em cima de mumias, sarcofagos em cima de sarcofagos, colunas, objetos, esculturas e afins cheios de poeira, lixo pelos cantos e sem placa de explicação – entao na maioria do tempo voce firambulando de uma lado pro outrom porque nao tem ideia oque é aquilo que vc esta vendo. Nao tem ar-condionado nem controle de umidade, o sol a pino refletindo nas pinturas originais, e as janelas todas abertas (se nao morriamos sufocados!) banhando as esculturas de poeira (que no Cairo é muita poeira!).

Entao os efeitos sao: pra quem nao gosta de historia o Museu do Cairo é extramente sem graça e chato; mais parece um deposito de quinquilharias esquecido pelo tempo.

E pra quem gosta de historia, dá uma dó de ver todo descaso, a falta de organização, sugeira e falta de explicação – a melhor explicação? Desrespeito.

Me chamem exagerada, mas algumas daquelas peças, esculturas e mumias foram conservados por 4000 anos (quatro mil!!) e vao acabar sendo destruidas nas maos de tuirtas mal educados e o descaso do governo. Supostamente estao construindo outro museu, maior  mais moderno, mas acabou virando mais uma obra faraonica, com verbas desviadas, corrupção e burocracia, e ninguem sabe quando o novo museu será aberto…

Mas vale a pena ir?

Claro que vale!!

O museu é todo dividido por partes e dinastias, seguindo uma ordem semi-cronologica que te ajuda e entender como os Deuses evoluiram, como a arte desenvolveu e os tesouros ficaram mais ricos.

Pra mim, a unica coisa que nao valeu MESMO, foi ter pago a mais (quase o dobro) pra entrar na “sala das mumias”, que apesar de ter umas mumias “ilustres” como Ramses II e Hatsheput, nao passam de meia duzia de mumias, sem muitas explicações sobre elas, num quartinho sem estrutura!

Adriana Miller
11 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
11 comentários
  1. Carol P - 07/04/10 - 01h06

    Oi! Adriana
    Que energia vc tem de viajar e deixar o blog sempre atualizada.
    Lindas as fotos!
    Bjs
    .-= Carol P´s last blog ..Lâmpadas – Lumilove – Night Lights =-.

    Responder
  2. Carol P - 07/04/10 - 01h11

    Oi! Adriana
    Que energia e boa vontade vc para manter o bolg sempre atualizado, mesmo quando viaja.
    Lindas Fotos!
    Bjs
    .-= Carol P´s last blog ..Lâmpadas – Lumilove – Night Lights =-.

    Responder
  3. Erika - 07/04/10 - 02h46

    Olá,
    Adorei o blog e estuo amando os posts sobre o Egito! No final deste mês estou indo com meu nmarido, minha irmã e meu cunhado para o Egito então as informações, dicas, fotos, estão sendo o máximo! Espero que aproveite muito a viagem e continue postando bastante para a gente acompanhar!
    Bjs
    Erika

    Responder
  4. Ana Paula Pinheiro - 07/04/10 - 03h43

    Tô babando no relato! Não pensava em incluir Egito em um futuro próximo, mas já começo a pensar melhor.

    Responder
  5. nidia - 07/04/10 - 03h47

    Dri, uma pena mesmo saber das condições do museu. Estudei muito sobre as civilizações antigas e o Museu do Cairo sempre foi um ícone a conhecer.No Brasil teve uma exposição itinerante de Tutancamon e foi impressionante ver algumas peças, imagino a sua emoção ao ver tudo de pertinho.
    .-= nidia´s last blog ..BAR HARRY´S DE VENEZA =-.

    Responder
  6. Fer - 07/04/10 - 10h30

    Ai que triste!!!
    Depois da sua viagem à Roma eu até tinha pensado que não era tão justo ver pedaços importantes da história espalhados por museus mundo a fora (Louvre, British Museum …), retirados de seus locais originais e talz …
    Mas realmente, em alguns casos, a aquisição de peças pelos museus gigantes do mundo, é praticamente um ato de caridade para com a população mundial!

    Responder
  7. José Luiz - Viver a Viagem - 10/04/10 - 19h55

    Que triste essa situação dos museus no Egito!

    Lembro que quando estive no Louvre em certo momento um senhor ao meu lado se revoltou porque todas as placas explicativas estavam em francês apenas e começou a falar alto que aquilo era um absurdo considerando que era o maior e mais importante museu do mundo e talz…

    E pensar que eu achava um absurdo o que o Louvre e o British Museum tinham feito em ficar com diversas obras egípcias… mudei de visão completamente e agora acho absurdo eles não terem ficado com tudo!
    .-= José Luiz – Viver a Viagem´s last blog ..Vigo – Espanha =-.

    Responder
    • Adriana - 11/04/10 - 16h37

      Essa questao é meio delicada, pois ao memso tempo que defendo que as peças de arte devem permanecer nos paises de origem, é preciso uma maior fiscalizaçnao por parte da Unesco e afins…
      Por coincidencia vi na BBC que essa semana rolou uma conferencia internacional entre Egito, Grecia, Turquia, Italia, Peru etc tentnado reaver todas as artes espalhadas em museus Europesua e Americanos.
      Vai ser interessante ver no que vai dar!

      Responder
  8. Tamara - 08/06/10 - 14h44

    Olá Adriana!

    Eu já estive também no Egito, nos mesmos lugares que voce visitou, e creio que a melhor dica que tenho para quem pretende ir é: faça passeios guiados!
    Justamente pelo problema que voce menciona, a falta de informação. Realmente os pontos turisticos lá não possuem muitas informações sobre a historia e importancia dos lugares, e acho que tudo muda se tem alguem te explicando tudo.
    Eu fiz todos os passeios por lá com um guia formado em História, especializado em história do Egito, e que – pasme!- falava portugues perfeito porque fez curso em Portugal! Foi uma das melhores viagens que fiz, e um verdadeiro curso de imersão na história deles! Super recomendo!
    Bjoss!

    Responder
  9. cosme - 23/04/12 - 02h09

    eu tenho moeda romanas constantino/e de zeus a.c

    Responder
  10. […] | os principais templos do egito antigo em aswan | LINK 21. @drimiller | museu egipcio do cairo | LINK 22. @drimiller | a citadela | LINK 23. @drimiller | cairo coptico | LINK 24. @viajandocomeles | […]

    Responder