13 Aug 2010
45 comentários

S.A.L.: Planejamento de Custos/Despesas em viagens

Blog, Dicas (Praticas!) de Viagem, Dicas de Viagens, S.A.L.

Ha umas semanas atras a Mi e a Lucia me mandaram e-mails pedindo dicas de como se planejar financeiramente pra viagens. Segundo a Mi, dicas sob o ponto de vista viajante-profissional-ex economista-planejadora obsessiva compulsiva.

Entao esses sao os truques financeiros que funcionam pra mim, que aplico ao longo do ano, todos os anos e que me permitem otimizar meu orcamento pra sempre poder encaixar minhas muitas viagens – sem ir a falencia, nem abrir mao de fazer outras coisas na vida.

Esta longe de ser uma formula magica, e cada caso eh um caso; mas vai por mim! Basta um pouco de planejamento curto-medio-longo prazo (ou seja: o tempo todo!) e voila!

Uma das coisas que eu mais gosto em relacao a uma viagem, eh justamente planeja-la.

Sei que muita gente prefere e se sente mais confortavel ao lidar com agencias de turismo. Voce vai lah, diz oque quer fazer, suas preferencias, quanto quer gastar e pronto. Alguem pensa em tudo por voce e te vende um pacote prontinho e completo.

Isso pra mim significa abrir mao de um dos meus passatempos preferidos! Ler, pesquisar, brincar com datas, voos, procurar hoteis, organizar o roteiro, etc, etc, etc. E eu nao to brincando quando digo que jah tenho viagens pensadas/planejadas pros proximos 3 anos!

Alem disso, uma outra grande vantagem de planejar uma viagem independente, com bastante antecedencia, eh poder planejar e espalhar os custos.

Viajar eh sempre mais caro que a vida normal, voce acaba fazendo coisas e gastando com outras tantas que nao fazem parte de seu orcamento do dia a dia, e muita gente deixa de sequer cogitar a idea de planejar uma viagem, justamente por achar que nao tem dinheiro pra esse tipo de coisa.

Entao planejamento financeiro eh essencial nao soh pra tornar sua viagem possivel, mas tambem pra evitar que as experiencias e boas lembrancas da sua viagem se transformem em arrependimento e dividas na volta pra casa!

Bem, pra comecar, eu “categorizo” minhas viagens em dois grupos: as viagens curtinhas-rapidinhas que sao mais frequentes; e as viagens longas, que geralmente sao pra lugares mais distantes e consequentemente serao mais caras.

E por isso tambem prefiro viajar mais vezes, por periodos de tempo mais curtos (tipo 3 dias aqui, 4 dias ali…) evitando acumular de uma vez soh varias diarias seguidas em hoteis, mais 3 refeicoes por dia, por varios dias, etc, etc.

As viagens curtas sao mais frequentes, e geralmente tento fazer quase que uma por mes. Para que isso seja viavel, esse custo faz parte do meu orcamento mensal. Ou seja, todo mes, quando eu recebo meu salario, eu jah sei que todo-santo-mes eu tenho que pagar o aluguel, uma parte pra poupanca, conta de luz, eletricidade, celular, academia, supermercado e viagem (entre outras).

Entao isso pra mim jah eh um custo “amortizado”, que jah nem considero como parte do meu salario liquido. Assim nao caio na tentacao de gastar esse orcamento comprando qualquer outra coisa. Se por acaso, sobrar dinheiro desse “bolo” no fim do mes (se a viagem foi mais barata que o normal, por exemplo), fico no lucro, e aproveito pra “investir” nos custos da proxima viagem!

Esse custo mensal foi calculado tendo em base: custo de uma passagem aerea futura (a pasagem da viagem daquele mes jah foi paga ha alguns meses atras – sempre!), diaria de hotel/albergue, comida, e alguns extras (trem ate o aeroporto, museus, transportes e afins durante a viagem).

Entao eu jah sei, mais ou menos quanto posso/quero gastar na passagem aerea de uma viagem futura (e passo meses pesquisando datas, cias aereas e possiveis precos, versus o custo-beneficio de conhecer tal lugar), estabeleco limites no custo da diaria de hoteis (por isso sempre acabamos ficando em albergues ou pensoes bem baratinhas), e qual nosso custo medio com alimentacao e transporte.

Mas o custo “base” eh sempre a passagem aerea, mesmo comprando de cias low cost. Entao tento comprar as passagens com pelo menos 4 ou 6 meses de antecedencia (jah tenho planos ate Dezembro desse ano, por exemplo, e jah estou de olho nas opcoes de viagens para Janeiro, Fevereiro e Marco de 2011!), e se por acaso sobrou uma grana nao esperada num mes qualquer, aproveito pra jah comprar logo varias passagens ao mesmo tempo (diminuindo os gastos com taxas de cartao, por exemplo, muitas vezes cobradas no sites de viagem low cost), e assim me “livro” do custo, oque causarah mais “sobras” de dinheiros em meses seguintes (oque eh sempre otimo!).

Porem quando a viagem eh mais longa, a passagem aerea consequentemente mais cara, e os gastos de hotel + comida + transporte + aleatorios tambem sao maiores (pois serao mais dias fora de casa) o planejamento precisa ser ainda melhor, e de preferencia com ainda mais antecedencia!

Pra comecar que a grande maioria das vezes decidimos qual destino e data de nossa viagem baseado em custo.

Sempre tenho minha lista top 10 de lugares que quero conhecer (na verdade eh mais um top 67, mas tudo bem…), e entao vou brincando com as possibilidades de um destino X ou Y ou Z dependendo se naquela epoca eh alta temporada em determinado lugar, se esta rolando promocao em algum site/cia aerea, etc. Entao as vezes decidimos viajar pra determinado lugar, puramente porque a passagem estava irresistivelmente barata! (como foi o caso de Dubai em Fevereiro desse ano. Nao estava nos planos pra 2010, mas nao consegui deixar uma passagem de 200 Libras passar despercebida…).

Entao a passagem eh comprada com meses e meses de antecedencia, e esse custo jah desaparece de meu caminho.

Porem se for uma passagem bem mais cara que o normal (passagem pro Brasil, por exemplo! Sempre mais cara que pra qualquer outro lugar do mundo! Incrivel!), jah sei que ao longo do ano tenho que separar um “fundo” diferente que vai patrocinar esse gasto extra (muitas vezes gastos provenientes das “sobras” do orcamento mensal que falei a cima; ou por exemplo adiar (ou cancelar) a compra de alguma outra coisa (Bolsa? Roupa? Camera fotografica? Jantar fora no fim de semana?) que faria parte do mes gasto liquido daquele mes. Ou simplesmente jah saber que X% da minha poupanca na verdade serah destinada a viagem X – como esta sendo o caso da nossa viagem a Tanzania/Kilimanjaro esse ano, que estamos juntando e separando uma poupanca especial pra esse gasto ultra-extraordinario ha 2 anos).

Entao dai pra frente vou tentando “espacar” os custos da viagem o maximo possivel – oque NAO significa pagar nada com crediario, parcelado ou afins, que sao artificios que apenas adiam o gasto com um dinheiro que voce ainda nem sequer tem (que geralmente eh o que gera dividas).

Ou seja, X meses de antecedencia, reservo os hoteis. Mais um gasto futuro que saiu do meu caminho.

No mes Y, reservo passagens de viagens internas (como voos domesticos, viagem de trem, onibus ou afins).

E sempre que possivel, ao longo dos meses X, Y, Z, W, etc vou separando uma grana extra (por menor que seja essa quantidade, no final de alguns meses, sempre dah uma ajuda nos gastos finais da viagem) que vai cobrir os gastos aleatorios durante a viagem: Comida? Taxi? Souvenir? Show/Teatro/Musical? Muambas?

Em relacao aos gastos durante a viagem propriamente dita, eu sempre, SEMPRE opto por usar meu carto de debito, que eh internacional, meu banco nao me combra nenhum taxa extra para saques no exterior (soh no Brasil, que sempre me combram! Parece implicancia!) e sempre cobram a cotacao oficial do Euro/Dolar/Dirham/Bhat/etc. Assim jah sei quanto tenho pra gastar durante aquela viagem  e nao gasto nada “por conta”.

Mas se esse nao eh o seu caso (se seu cartao de debito nao for internacional, ou se seu banco te cobra taxas exorbitantes), entao use esse “fundo extra” pra ir comprando moeda estrangeira, por exemplo (sempre prestando atencao na cotacao e flutuacao do cambio).

Uma observacao extra eh evitar cair no erro de sair comprando dolar adoidado, se sua viagem NAO for pros EUA. Tudo bem que comprar dolar no Brasil eh bem mais facil doque qualquer outra moeda, mas eh sempre bom ter em mente que vc vai pagar comissao, taxas, cambio, etc pra comprar dolar, jah perdendo uma certa quantia nesse processo. Depois, meses depois quando sua viagem finalmente chegar, voce terah que fazer todo esse processo novamente (e consequentemente perder mais dinheiro) pra trocar seus dolares por Libra/Euro/Dolar/Dirham/Bhat ou oque for – Ou seja, seu saldo final, em Reais sera mais baixo doque o planejado, e voce vai perder dinheiro desnecessario no Limbo das cotacoes de cambio…!

(E nao. Dolar NAO eh aceito como moeda comum na Europa. Seus dolares nao serao aceitos em lojas, nem restaurantes, nem pelo motorista do taxi)

Uma alternativa realtivamente mais “moderna” eh aproveitar os cartoes de credito/debito pre-pagos, tipo o Visa Travel Money. Eu pessoalmente nunca usei (pois meu banco normal me oferece as mesmas vantagens), mas funciona mais ou menos assim: Voce deposita uma quantia X na “conta” de seu cartao – que pode ser usado como credito, mas na verdade vc nao recebe credito por ele, entao tem que jah ter a quantia em maos) – esse cartao sera aceito internacionalmente, em qualquer estabelecimento que aceite sua bandeira (Seja ela Visa/ Mastercard), assim como voce tambem podera sacar dinheiro, sem pagar nada a mais em qualquer caixa eletronico do mundo (mais uma vez, sem pagar taxas exorbitantes a cada saque).

Ao longo e no final da sua viagem, voce poderah sempre checar seu saldo on line, qual a cotacao cobrada por cada moeda (local) sacada, e qual seu balanco final em Reais.

Alem disso, leve um quantia (relativamente pequena) de moeda local para ser usada imediatamente depois que vc chegar a seu destino (por exemplo, pra pagar taxi/Onibus/Trem ate o aeroporto) como reserva, caso vc nao econtre um caixa eletronico ou evitar ter que pagar comissoes absurdas cobradas nos cambistas de aeroportos.

…E para todo o resto, existe Mastercard!

Como nem sempre eh possivel viajar jah com todos os gastos da viagem pagos e quitados, use seu cartao de credito pra cobrir outros gastos eventuais; mas se por acaso voce for fazer isso, garanta que seu cartao esta “limpo”, sem dividas, parcelamentos e afins pendentes, que podem afetar seu limite (num caso de emergencia, por exemplo), ou se transformar numa bola de neve de dividas na sua volta pra casa!

E pra terminar, planeje tambem suas financas pra volta das ferias – como vc vai organizar seu orcamento nos meses seguintes pra combrir os gastos no cartao de credito, por exemplo?

Os gastos pos-viagem vao afetar seu orcamento futuro para as proximas viagens?

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
45 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
45 comentários
  1. Cristina - 13/08/10 - 14h29

    oi Adriana , vc sabe se com alguma low cost da pra acumular milhas? vc consegue ganhar outra passagem usando tem cartao da star alliance , fidelidade etc? ou consegue pagar hotel , transporte , etc pelas milhas acumuladas no cartao de credito? abracos e obrigada

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 14h40

      Oi Cristina,
      Eu acho que a Easyjet tem um cartao de credito proprio, mas nao sei que tipo de beneficios eles dao. Que eu saiba nenhuma das low cost dao qualquer tipo de beneficio por fidelidade, como acontece com as cias convencionais.
      Eu pessoalmente tenho um cartao de credito da British Airways, que eh otimo, e tambem tenho programa de fidelidade da Star Alliance, entao volta e meia consigo resgatar voos com desconto ou de graca.

      Responder
  2. Sophie - 13/08/10 - 15h26

    Oi Dri, por isso que me identifiquei com o teu blog um ano e meio atras! Amo viajar e amo planejar. Planejo tudo, passo horas e isso eh um dos meus grandes prazeres da vida.

    Tbm ja tenho viagens pagas ate fevereiro de 2011 e a partir de amanha serão uma viagem por mês tbm!

    Tenho planilhas no excel (shock horror) com um breakdown dos custos e allowances da viagem – isso ajuda muito com um planejamento!

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 15h46

      Ah… tao bom nao me sentir uma esquisita obcessiva-compulsiva!
      Hahahhahaha!
      Existem outras pessoas no mundo como eu! :-)

      Responder
      • Sophie - 13/08/10 - 17h14

        hahaha

        obsessão com viagens ainda continua sendo meu ‘new black!’ Ainda bem que temos um topa tudo em casa =)

        ohh acho que vamos estar na Belgica na mesma época, se nao for muito weird, vamos nos encontrar para uma cervejinha de morango sábado a noite =)

        Ahh deu a loca de criar um 365 pra minha familia.. passa la. Estou uns dias atrasados mas tudho bem!

        http://www.flickr.com/photos/sophiescorner/sets/72157624196573486/

        Responder
  3. Gabriela Cristal - 13/08/10 - 15h27

    Ótimas dicas! Eu também me organizo mais ou menos assim.
    Uma parte do meu salário também é destinado a viagens e não mexo no dinheiro por nada! Assim consigo fazer tudo organizado e sem dívidas (coisa que eu tenho pavor! por isso compro tudo a vista e nunca parcelo nada).
    Ótimo fim de semana,
    Bjinhos.

    Responder
  4. mi - 13/08/10 - 15h54

    Eba, valeu! Na verdade a parte q mais me interessava era a segunda, qdo tu fala de como usar $$ no lugar em si (cartão crédito/débito, ou trocar $ no país, ou etc). O planejamento $$ em si é bem parecido com o meu, e acho q vai interessar a muita gente. De repente as pessoas se ligam de q tu viaja bastante por causa do planejamento, em vez de delirar q tu és a rica dona de um conglomerado hahahahaha Bjos!!!
    .-= mi´s last blog ..Sexta-feira 13 em Agosto!! =-.

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 16h14

      Mas nao adianta, sempre me aparece algum sem nocao perguntado quanto que eu ganho por mes (e o marido neh, porque soh posso ter dado golpe em gringo rico! Logico!)

      Responder
      • viviane martins - 16/08/10 - 20h45

        Esse povo sofre com sindrome de inferioridade, sempre arruma desculpa para as coisas boas que acontecem com os outros, eh uma forma deles amenizarem sua incopetencia.
        bjos.
        adorei as dicas :-)

        Responder
  5. Karina - 13/08/10 - 16h38

    Oi Adriana!
    Adorei este post, e, mais uma vez, identifiquei-me bastante com o teu modo de pensa/agir. Sou extremamente enlouquecida por planejamento!!
    Dessa forma, creio que estou passando por um momento de inferno astral quanto a isso: ganhei uma bolsa de estudos de seis meses em Portugal, minha família toda é de lá e, acredite, ainda não conheço o Velho Mundo. Claro, já pesquisei preços de TUDO o que terei de gastos por lá (roupas, passeios, viagens domésticas, souvenir, beauty & company, estudos, etc.) e já tenho uma ideia de como planejar o meu dinheiro.
    Mas ainda não sei quais viagens fazer pela Europa! Tenho ideias de ir à Grécia, Croácia, Itália, Polônia, Suiça, França, Espanha e UK, mas não tenho nem ideia de como me organizar para fazer tudo isso… Sou leitora assídua do blog e teus escritos já me inspiraram bastante e ainda assim, no quesito $, não sei se meus planos são exorbitantes ou não. Creio que não, mas fico sempre com o pé atrás.
    Tens como me ajudar de alguma forma? Espero que sim!!
    Beijão!

    [claro que já providenciei minha carteira de alberguista e meu VTM! A possibilidade de trabalho, para garantir uns extras, também não está descartada, lógico.]

    Responder
  6. Lu Francesa - 13/08/10 - 16h40

    Muito bacana! :), eu adoro viajar, amo mesmo, mas depois que passei a ter pavor de avião as coisas dificultaram MUITO, viajar de trem sai caro e demora muitoooo!!!

    o Aaron gosta tanto de viajar como vc ? Qual a viagem mais longa (em relação a tempo “perdido”) que vcs fizeram na Europa ?

    Beijocas,Lu.

    Responder
    • Adriana - 17/08/10 - 16h42

      Oi Lu!
      Nao entendi oque vc quis dizer com “tempo perdido”…

      Mas sim, ele adora viajar! Talvez nao tanto quanto eu (as vezes preciso ficar convencendo ele a entender o porque de querer viajar pra algum lugar X, mas ele se convence facil!), mas topa qualquer programa!
      A unica diferenca eh que ele odeia planejar viagens, entao se depender dele, nunca nem saiamos de casa! Ele nasceu com a incapacidade de planejar a longo prazo, entao a diversao eh toda soh minha! :-)
      Eu planejo e reservo tudo, e soh mando um e-mail pra ele avisando quando e pra onde vamos viajar, e voila!

      Responder
  7. viviane velez - 13/08/10 - 16h48

    Hihihhi, não disse que apareceria?! Parabéns pelas dicas Dri, o segredo sem dúvida é planejamento, não só para viagens como para tudo na vida. Abração!

    Responder
  8. TT - 13/08/10 - 17h04

    Acho que a primeira coisa que a pessoa que não tem experiência em viagens ao exterior pensa é justamente sair comprando dólar. Me senti uma dessas pessoas… mas no meu caso tô SEMPRE comprando euro… vou passar 15 dias na Europa no começo do próximo ano… bem… de grão em grão… rsrsrs

    Eu acredito o fato de você viajar para váaarios países diferentes é o que impressiona as pessoas que moram no Bra. Só que ai é mais fácil né? É tudo pertinho…
    Se você pensar em viagens curtinhas dentro do Brasil também é fácil fazer a programação (4 dias no rio – RJ em julho, 4 dias em bonito-MG em Setembro, 3 dias em Natal-RN em outubro, 5 dias em gramado-RS em dezembro). A diferença é que não são países e sim capitais. E você nem sente o peso no orçamento… É tudo com a sua moeda local. Agora, viagens ao exterior (para quem mora no Brasil e não tem costume de viajar para fora do país) têm que, “separar um fundo diferente”… porque já acha que a viagem vai sair um absurdo.

    P.S. Em uma ocasião te questionei sobre a da exposição da sua vida por conta do blog (em um dia desses de comentários maldosos) Pois bem, morro de curiosidade quando vc fala das pessoas sem noção que te pedem isso ou aquilo. Qualquer dia faz um post sobre isso… Os casos mais sem noção (por serem inconvenientes ou engraçados… tipo… “As pérolas dos leitores”).

    Olha ai no que dá quando fico muito tempo sem comentar… o post fica grandão!

    TDB. ;)

    Responder
  9. Lucia - 13/08/10 - 17h27

    Isso pra mim eh tao simples e faco igualzinho. So que envez de viajar, o dinheiro extra do nosso paycheck vai parte pra poupanca da compra da nossa casa, parte pra uma outra poupanca de emergencia e o que sobra eh pra diversao ou viagens.

    Nao viajo tao frequentemente quanto voce, pois minha prioridade eh a compra da minha casa no momento, mas para o nosso aniversario de casamento de 10 anos ano que vem, queremos algo especial. Fazia tempo que estavamos cogitando a ideia, entao tudo ja foi separado, ajuntado e ja estamos prontos financeiramente pra nossa viagem em Setembro do ano que vem… rs. Tudo ja no orcamento e preparado beeeem adiantado.

    Obrigado novamente pelas dicas dos sites que te pedi ha um tempinho atras, ajudaram bastante.

    bjos

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 21h47

      De nada! My pleasure!

      Responder
  10. Sara Nascimento - 13/08/10 - 17h51

    viajando em média uma vez por mês, quantos dias no total gasta no total?

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 21h47

      Quantos dias no total? 2 dias por mes (1 fim de semana por mes)

      Responder
  11. Fernanda G. - 13/08/10 - 19h12

    Oi Adri!!! Adorei suas dicas! Você pode passar algumas dicas de sites aonde vc faz suas pesquisas de hotel/passagem e do próprio local?
    bjsss

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 21h49

      Oi Fernanda!
      Todos os links que uso pra fazer pesquisa estao nos posts sobre dicas de viagem (na tab de paginas no topo do blog) e nos links da barra lateral da direita.
      La estao todas as dicas e as situacao onde é melhor usar cada site/empresa diferente.

      Responder
  12. Thais Mittmann - 13/08/10 - 19h43

    Adriana, vc precisa editar as suas dicas e vender muitos livros para viajar mais!!! Te adicionei no twitter.
    Beijos

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 21h49

      Ja pensou?! :-)

      Responder
  13. Carol - 13/08/10 - 20h22

    Nossa Dri, adorei, tenho que começar a poupar assim, mensalmente!!! Tbm amo viajar mas sempre poupo pensando nas viagens de férias, que normalmente são longas…mas é tão bom poder fazer pequenas viagens, mesmo aqui no Brasil…vou começar a pensar nessa poupança paralela!!!
    .-= Carol´s last blog ..Look =-.

    Responder
  14. karine smith - 13/08/10 - 21h03

    Olá, primeiro queria parabenizar seu blog, adorei a maneira organizada dos posts!

    Moro na Irlanda e também tenho um blog, massss, como sou mãe, minhas aventuras são mais restritas, mas continuam existindo, claro!

    Visitarei sempre, aliás, não costumo fazer isso, mas, posso te linkar no meu?

    beijocas e continue planejando…queria ter esse dom…
    .-= karine smith´s last blog ..Tempo Pra Que Te Quero =-.

    Responder
    • Adriana - 13/08/10 - 21h46

      OI Karine,
      Claro que pode!

      Responder
  15. Juliana P. Galvao - 13/08/10 - 23h08

    Oi Adriana,

    Tô ficando viciada no seu blog… kkk

    Hoje vc tirou várias dúvidas minhas, tipo: compra de moeda estrangeira, cartões de crétido, de débito, Visa Travel Money, etc…

    Pretendo viajar em outubro do ano que vem para a Europa (Paris, Roma e um outro destino ainda não definido). Já estou pesquisando albergues, passagens de avião, de trem, etc. Quero, até lá, ter quitado 90% da viagem.

    Com as dicas que você passou hoje, vou tentar adequar melhor o meu orçamento.

    Um dúvida: como é a Libra em relação ao Euro? Londre é mais caro que Paris e Roma?

    Obrigadão!

    Bjs

    Responder
  16. Nine Copetti - 14/08/10 - 03h11

    Oi, Dri…
    Eu não tenho o hábito de comentar pelos blogs, leio tudo no reader (ou quase).
    Acompanho teu blog já tem um tempo, e ele é algo viciante – talvez pela paixão por viagens, mesmo – e sempre que chego aqui, abro direto no navegador, e aí posso esquecer o relógio, me perco “viajando” contigo, nos teus relatos, nas dicas, nas curiosidades de viagem, nas imagens. Amo tudo!

    Eu e meu marido começamos esse ano a pensar em viagens, depois de equilibrar orçamentos e organizar nossa vida, estamos nos permitindo curtir mais essas delícias da vida, por isso resolvi comentar hoje, pois nos identificamos muito com esse post. Nossa primeira viagem foi em maio, pra Montevideo, e utilizamos muitas das dicas escritas por ti, e outras coisas, lendo agora, vimos que tb seguimos o mesmo caminho… planejando, cuidando, pesquisando muitooo… enfim, já estamos pensando no próximo ano, e não desgrudamos mais daqui!!! Parabéns pelo maravilhoso blog, e obrigado, de coração, por todo tempo que dispensa nos dando tantas informações bacanas! COmpartilhando com teus leitores as experiências de viagens que tens!

    Ah! A dica sobre a troca de moedas é interessante, e mesmo aqui pertinho, no uruguai (moro em Porto Alegre), que eles aceitam até a moeda Real em praticamente todos os estabelecimentos, a gente se programou e levou Pesos Uruguaios, e a diferença, se tivéssemos deixado pra fazer isso no aeroporto ou lá era bem significativa. Conseguimos voltar de viagem sem extras, nem surpresas, tudo dentro do orçamento pré-estabelecido, e com alguns Pesos de lembrança, até, que não pudemos trocar, por estar abaixo do limite necessário.

    Dri, desculpa escrever tanto. Mas tudo isso só pra dizer que somos fãs (de ti e do Aaron, pq ele tb faz parte, né, rsrs) e que o EveryWhere é o máximo!!!

    Beijinhos
    .-= Nine Copetti´s last blog ..Devaneando… =-.

    Responder
    • Adriana - 14/08/10 - 17h38

      Obrigada Nine!!
      Sabe que morro de vontade de ir pro Uruguai? Vou tentar encaixar uns dias lá na próxima viagem ao Brasil!

      Responder
  17. Stephanie - 14/08/10 - 03h42

    Dri, que post perfeito menina! Exatamente o que eu estava precisando. Mais uma vez, parabéns. Alguém comentou que você deveria escrever um livro; eu também acho. Você tem muita experiência em viagens, com certeza faria o maior sucesso.

    Beijossss

    Responder
  18. Virgínia - 14/08/10 - 18h12

    Eu juro que eu tenho inveja da sua organização! rsrsrsrs
    Mas também tenho que fazer uma ponderação: os preços das passagens aí são infinitamente menores dos que os praticados aqui no Brasil.
    Seja para viajar aqui dentro, seja para ir ao exterior. Uma pena!
    Sem contar que muitos lugares aqui são ridiculamente caros! É mais barato ir ao Caribe do que à Costa do Sauípe/BA! Fico indignada…
    :D
    .-= Virgínia´s last blog ..Incrível =-.

    Responder
    • Adriana - 17/08/10 - 10h39

      Claro, isso jah passa despercebido e jah nem menciono mais. Logicamente nao se pode comprar o preco de uma passagem Londres – Paris (cerca de 50 Euros, se comprada com antecedencia) com uma passagem Rio – Florianopolis por exemplo!
      Eu gostaria de conhecer mais do Brasil e levar o Aaron pra conhecer mais partes do nosso pais tambem, mas infelizmente o mercado turistico no Brasil ainda tem muito que evoluir e expandir e quem sabe um dia deixar de ser artigo de luxo e exclusividade das classes altas e altissimas!

      Responder
  19. Nine Copetti - 14/08/10 - 20h18

    Dri, o Uruguai é um país muito querido, acolhedor, encantador, apesar de estar um pouco defasado, e de não investirem tanto nele, nós gostamos muito, foi uma viagem deliciosa. O que mais gostamos, dos lugares que visitamos, foi de Colônia del Sacramento, um doce de cidade, daquelas que você tem vontade de ficar pra sempre! E a capital é um caso de amor mais antigo, bem aparte, nos sentimos como se fôssemos dali, como se fizéssemos parte daquele lugar!

    Beijo
    .-= Nine Copetti´s last blog ..Devaneando… =-.

    Responder
  20. Mary - 14/08/10 - 21h48

    Só acrescento algo sobre o Visa Travel Money, cada saque no exterior custa 2,5 euros e abaixo de certo valor é cobrado uma anuidade; por isso qdo usei foi só para pagar despesas grandes (hotel/restaurante). No mais estou de acordo! Bjo, bom findi.

    Responder
  21. Fê Costta - viaggio mondo - 15/08/10 - 20h47

    Reconhecí os Dirhamns!!! :)

    Dri, também adooooro planejar a viagem!! Fico horas sob os sites de cia aéreas e sob o google maps planejando qual será o roteiro. Minha prioridade, dentre as 100 opções existentes na listinha, também é feita à partir da promoção que encontro.
    .-= Fê Costta – viaggio mondo´s last blog ..Lituânia – Trakai =-.

    Responder
  22. Fabricio Rocha - 21/09/10 - 20h19

    Olá, parabéns pelo site! Deixamos também o convite para conhecer o site de um casal viajante que adora compartilhar as coisas. Estamos coletando informações de lugares legais no sul do brasil para Janeiro de 2011.
    Nosso site é o http://www.verdejava.com.br

    Grande abraço

    Responder
  23. […] sentido para muita gente por ai, mas eu sempre procuro otimizar o custo total da viagem, assim como meu orcamento total de viagens (do mes, do trimestre, do semestre e do ano). Entao, enquanto muita gente aproveita uma viagem para […]

    Responder
  24. Daniel Brito - 06/04/11 - 19h12

    Estou comentando nesse tópico por pura coincidência, mas obrigado pelo blog, tem muitos pequenos detalhes, coisas cotidianas que me parecem muito importantes, especialmente para nós que não somos viajantes habituais, abração!!!

    Responder
  25. […] as ideias vao surgindo e vamos debatendo orcamento, preferencias e fazendo uma sondagem […]

    Responder
  26. André Luis - 28/12/11 - 11h13

    Muito legal as dicas principalmente do orçamento. Lembrei que vc tb é economista né?! alem de viajante rs.
    O meu problema é justamente o retorno, pois durante a viagem gosto de fazer todos os passeios, daí acabo estourando o orçamento.
    Mas tô aprendendo rsrsr

    Responder
    • Adriana Miller - 16/01/12 - 10h59

      Isso!
      Sou economista, porem nao-praticante!

      Pois eh, o planeamento pre viagem eh importantissimo, justamente pra nao estragar o pos-viagem.
      Eu sempre digo que o melhor de voltar de ferias e poder comecar a planejar a proxima viagem… mas se voce voltar cheio de dividas ai ja era!

      Responder
  27. […] (P.S. Muito cuidado pra nao cair na armadilha do cartao de credito, e usar demais seu “credito”, ou seja, nao gaste mais doque voce ganha, se nao, apesar de ganhar algumas milhas, voce acba pagando mais de juros doque o preco de uma passagem aerea! Ja falei sobre o planejamento financeiro pra viagens aqui) […]

    Responder
  28. Gabi N. - 29/06/14 - 19h03

    Oi Dri, tudo bem?
    To planejando minha mudança praí no ano que vem e comecei a pesquisar a função de abrir conta em banco,,, você se importaria de me dizer qual é o seu banco? Acho demais essa função de poder sacar em moeda local durante viagens sem taxas exorbitantes! Inicialmente vou contratar uma conta bem basicona, mas não sei por onde começar a escolha do banco em si (tipo aqui, BB, Itau, Bradesco, Caixa, etc) e quero escolher um onde possa no futuro progredir pra contas com essas facilidades!
    Obrigada!

    Responder
    • Adriana Miller - 30/06/14 - 10h39

      Aff…. esse topico daria um livro!
      MInha conta eh com o barclays, e outros bancos grandes aqui sao o Natwest, HSBC, RBS, etc.
      O problema eh que abrir conta aqui eh super dificil, vc precisa ja estar empregada com salario fixo. E inicialmente eles apenas te dao uma conta “cash”, que nao pode ser usada como cartao de debito/credito, apenas para sacar dinheiro em caixa eletronico.
      Se me lembro bem, so depois de uns 2 anos com endereco e emprego fixo eh que voce tem direito a ter uma conta corrente normal, com conta e cartao de debito etc.
      Entao isso tudo vai depender demais de onde vc vai trabalhar, pois como so podera abrir uma conta atravez de seu empregador, na verdade sua conta corrente vai depender deles (eu tenho conta com o Barclays, pois ja trabalhei la. Antes disso, durante meus 2 primeiros anos na INglaterra tinha uma conta “cash” – sem cartao, nem nada – com o Natwest, que era o banco com que a empresa onde fiz meu estagio tinha acordo).

      Responder