12
Oct
2010
(Old) York
Escrito por Adriana Miller

Nova Iorque (aquela, de Manhattan) é uma das cidades mais conhecidas e reconhecidas do mundo. Mas só depois que vim morar na Inglaterra é que me dei conta de que o motivo pelo qual New York é a nova York, é porque existe uma velha York!

York é a capital do condado e Yorkshire (lembra do cachorrinho? Eles sao originais de York), no norte da Inglaterra e cerca de 315 km de distancia de Londres. É perto suficiente para passar o dia e voltar, mas Londres e York estao a milenios de distancia!

York é uma das cidades medievais mais bem preservadas da Europa, e sua catedral, a York Minster é a maior Igreja da Europa ao norte dos Alpes, e seus vitrais possuem o equivalente a 50% de todos os vitrais de igrejas da Inglaterra!

Yoak já foi uma cidade forte Romana (estava bem perto da fronteira do Imperio Romano), depois foi invaddida pelos Saxões, até que virou uma prospera cidade Viking, conhecida como Jorvik. (fato do qual aparentemente os York-inos se orgulham bastante).

Um dos principais atrativos da cidade é sua muralha medieval, que começou a ser construida ainda pelos Romanos mais ou menos em 200 d.c., e destruida e reconstruida, com mais areas e mais torres sendo adicionadas a sua estrura a medida que a cidade ia mudando de poderes.

A muralha ainda esta super bem conservada, e é inteiramente aberta a visitação – oque oferece otimas vistas do centro historico da cidade e da York Minster.

Nós fomos pra York quando meus pais estavam aqui, já que herdei o gene que ama historia e tudo que é antigo, e então a parte que mais gostamos de explorar foram as ruas do centro historico – que nao dá pra evitar a se sentir passeando pelo cenario de Harry Porter!

As ruas super estreitas, a arquitetura das casas… Uma de suas ruas “ilustres” é a Shambles que é considerada a rua mais antiga da Inglaterra, e a unica rua que ainda existe até hoje em seu formato e localização original e que foi mencionada no Domesday Book, o primeiro “censo” jamais feito, por encomenda de William I em 1085, que é considerado o primeiro Rei da Inglaterra que conhecmos hoje. Ele encomendou o Domesday Book pois queria fazer uma pesquisa sobre todas os condados, todas as vilas e cidades de seu Reino, quem era dono doque e os impostos pagos. Desse livro, a rua Shambles é a unica que sobrou até hoje, e alguns de seus predios ainda sao as construções original do seculo 13!

Tudo bem que hoje em dia a rua é puramente um ponto turistico, com cafes, restaurantes e lojas de souvenir, mas impossivel nao imaginar as pessoas que passagem por ali com uma roupa de bruxa…

Um outro edifico interessante é a Torre Clifford, que é a unica estrutura que sobrou do Castelo de York, originalmente construido em 1068.

Nós passamos apenas um dia em York, que eu achei mais que suficiente, mas tem bastante coisa pra se fazer por lá por um fim de semana inteiro, ou até mais.

Um passeio de apenas 1 dia, no estilo bate e volta de Londres só é possivel feito de trem, já que os 315 Km que separam York de Londres significariam em mais de 5 horas de viagem.

Já um trem direto demora menos da metade desse tempo, e chegamos lá em 2,5 hrs com os trens da EastCoast, que sempre tem varias otimas promoções de passagen de trem bem baratinho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Categorias: Day Trip, Inglaterra, Viagens, Viagens pelo UK, York
15

15 Comentários em:
"(Old) York"

  1. Alex - 12/10/2010

    Sempre que você coloca um “post” da ca uma vontade de viajar!
    Parabéns pelo seu blogue.
    Abraço

  2. Patricia - 12/10/2010

    Oi Dri! Que vontade de conhecer esses lugares!

    Bjs!

  3. Ana Rosa - 12/10/2010

    Adoro ver estas contrucoes medievais, fecho os olhos e imagino como era a vida nesta época.
    Adoro seu blog viu Adriana, as fotos me deixam encantada, sempre!

  4. Bete - 12/10/2010

    Oi Dri,
    Onde seus pais se hospedam em Londres?
    Ou eles ficam na sua casa?
    Sei que ficar na casa da filha, pode não ser o mais confortável, mas da pra ficar mais tpo juntos, e matar a saudades.
    Gostaria de um nome de hotel bom e não mto caro, hehehe, será possivel?
    Estou programando passar um tempinho por ai.
    Obrigada
    bjs

    • Adriana - 12/10/2010

      Eles ficam sempre aqui em casa! Temos um quarto de hospedes, justamente pq sempre recebemos muitas visitas do Brasil e dos EUA.
      Eu nao tenho muitas dicas de hoteis por aqui nao, ate porque hospedagem em Londres eh carissimo, sempre.
      Mes estou montando um post com umas dicas mais em conta.
      Se vc for na categoria de “hoteis” aqui no Blog, ha uns tempos atras fiz um post coletivo onde varios leitores deram dicas de hoteis e albuergues onde jah se hospedaram por aqui.

  5. Bete - 12/10/2010

    Obrigada,
    Ter um quarto de hóspedes, que maravilha, e ainda ter dois banheiros, é muito chique, eles realmente ficam bem instalados.
    Conheci algumas casas ai na Inglaterra, de pessoas que fui visitar, relativamente grandes com apenas um banheiro. Eu sempre ficava pensando, em como fazer mais um banheiro naquele lugar, acho q é mania de brasileiro.kkkk
    bjos

    • Adriana - 12/10/2010

      Pois eh, temos sorte mesmo de ter um quarto extra e 2 banheiros completos – a maioria das casas na Inglaterra tem apenas 1 banheiro, ou no maximo um banheiro completo e oque eles chamam de “meio” banheiro, que eh apenas um lavabo.
      Nosso apartamento antigo tinha apenas 1 quarto e 1 banheiro, entao sempre que tinhamos visitas era um caos!

  6. Carla Matos - 12/10/2010

    Olá,

    Pq o album Walpole requer uma senha ??? rsrsr
    bjs

    • Adriana - 12/10/2010

      Para que ninguem consiga espiar oque tem lá :-)

  7. Carla Matos - 12/10/2010

    ahh… mas porque ???

  8. Aline - 14/10/2010

    Aaaaaaaiiiii que lugar lindo! Que passeio gostoso!
    Adoooooro a Inglaterra, sei que muita gte me acha snob e até babaca por dizer isso, tem gente que diz “Você é besta porque eles odeiam brasileiros..”, acho que é mentira porque sempre fui bem tratada por eles, mas mesmo se for verdade, adoooro tudo deste país e acho essas cidadezinhas lindas!

    Continue viajando por nós!

    Bjs

    • Adriana - 15/10/2010

      Nossa, mas quem disse que os Ingleses odeiam Brasileiros?!?!
      Muito pelo contrario!
      Os Ingleses adoram a cultura Brasilera e super respeitam qualquer tipo de estrangeiro! Nunca me senti tao bemvinda e respeitada quanto morando na Inglaterra! Por isso gosto tanto desse lugar!
      Ate mesmo muito mais respeitada do que no Brasil que sempre fui tratada como “Portuga”, como se isso me fizesse melhor ou pior que ninguem, apesar de ter nascido no Brasil.

      • Aline - 15/10/2010

        Então Dri, já tive vários ingleses na roda de amigos muito bacanas e a maioria com a cabeça já globalizada, cosmopolita e abertos para as diferenças do mundo. Mas encontrei outros que foram bem sinceros quando disseram que ainda existe um grupo grande que não estão muito de acordo com imigração e que pra eles os brasileiros não são preferência. Por exemplo, em um momento da vida quase fomos morar em Devon. Nos desaconselharam fortemente, entre ingleses e outros europeus, disseram que acultura local nos massacraría.

        Já no Brasil é quase unanimidade, desde os que nunca saíram do Brasil, e por isso não conhecem pra poder argumentar, até os mais viajados existe um medo de rejeição e um questionamento quanto esta hospitalidade, principalmente quando lembram do caso do J. Charles, que por mais que esteja nítido que foi um erro, as pessoas não esquecem. Tem também alguns casos da imigração nos aeroportos que as pessoas conhecem e levam acreditar que toda a Inglaterra age desta maneira. As vezes tem essa cabecinha porque a própria sociedade brasileira é bem preconceituosa e hipócrita demais pra admitir. Mas isso é outro assunto.

        Eu honestamente, NUNCA sequer me senti acuada em Londres, estive na cidade por 2x e sempre fui muito bem recebida. Adoro de paixão e é de longe o meu lugar preferido no mundo. Por outro lado, posso dizer que na França ou na Itália a hospitalidade nem sempre foi a mesma, mesmo sendo poucos casos, existiram casos de rejeição. Mas isso é um assunto que eu nem absorvo, gosto de aproveitar so o que tem de melhor pra mim e descarto o resto.

        Pra mim você é uma das pessoas que já vi que mais tem sorte! Claro, vc merece tudo isso pq batalhou muito, mas pq tem uma vida linda na melhor cidade do mundo! Agradeça todos os dias! ;o) Bjs

  9. Clívia - 17/10/2010

    Dri, achei seu blog por um acaso na net e estou AMANDO!! Eu amo viajar! Gastar com viagem, pra mim, é investimento! Investimento pro coração e pra mente! Além do que, me ajuda a trabalhar melhor! ;) O meu marido é super tranquilo, nem se preocupa com o destino, conquanto ele não tenha trabalho para organizar o roteiro – coisa que eu faço com o maior prazer, pois pra mim é como se fosse uma antecipação da viagem!
    Pois bem… ano que vêm, 2011, a gente tá planejando uma viagem para a Europa.. eu nao pretendia incluir Inglaterra no meu roteiro, pois já conheço Londres, mas depois que vi esse post, sobre Old York, tudo mudou!!! Meu marido e eu somo apaixonados por Bernard Cornwell! Nós amamos seus livros – fato! -, e deles o que mais gostamos são as crônicas saxônicas, do Uhtred! Um dos pontos mais positivos do Cornwell é que ele mistura história com ficção, e nessas crônicas conta justamente a história da inglaterra no período da invasão dos dinamarqueses e como o reino saxão do sul, sob o reinado de Alfredo – o Grande -, resistiu a essa invasão!! Acho que meu marido vai amar ir à York!!!

    Estou amando suas dicas e já vou salvar o seu blog aos meus favoritos! Ele certamente me será muito útil!!

    Ah, aproveitando o ensejo, para uma viagem de 08 a 09 dias na Europa, o que você indica??

    Beijoos!! Parabéns pelo blog!!

  10. […] Foi em Winchester que William foi coroado Rei logo depois de vencer a Batalha de Hastings, e foi lá também que ele escreveu o ‘Domesday Book” – um “inventário” escrito pelo primeiro rei, sobre todas as ruas, vilarejos e cidade de seu novo reino (eu já falei uma vez sobre esse livro, quando fomos a York). […]