14
Apr
2011
Sandton City
Escrito por Adriana Miller

 Sandton City, como mencionei em outros posts, eh considerado o maior shopping da Africa, e o orgulho dos Jobur-guenses.

Mas essa “cidade” eh mais que um shopping, pois funciona como o coracao do bairro “pre fabricado” de Sandton.

Eh um complexo comercial que integra 2 shoppings diferentes (um bem pequeno, mais “boutique” com entrada na Nelson Mandela Square, e outro mais “popular”), escritorios, muitos bancos, uns 3 ou 4 hoteis alem de muitas opcoes de restaurantes e entretenimento. Sem duvida alguma, a melhor area pra se hospedar em Johannesburg.

Quando comparam Johanesburgo com Sao Paulo, eu consigo nitidamente ver o porque… Ambas cidades sao centros financeiros de seus respectivos paises, sem grandes atrativos turisticos, porem porta de entrada do pais, e por tanto nao me admirou muito que Johanesburgo tambem tenha como centro social, um centro comercial. (Inclua aqui o cinismo de uma Carioca falando sobre SP…)

Numa cidade onde eh praticamente proibido andar na rua, o Sandton City eh um oasis!

Sua “pracinha” principal, a Nelson Mandela Square passa uma sensacao de cidade “normal”, um espaco a ceu aberto, onde familias e criancas andam despreocupadamente, e com muitas opcoes de restaurantes, bares, cinema, livrarias, etc.

Por isso gostei de ficar hospedade nessa regaio, pois fica facil sair da “bolha” do seu hotel, e entrar diretamente na “bolha” no Sandton City, e se sentir um pouquinho livre e independente.

Mas sobre o shopping propriamente dito, lamento informar que fiquei bem decepcionada, e acho que pode ser ainda mais decepcionante para Brasileiros que cheguem em Jo’burg com esperanca de precos mais baixos e paraiso de compras.

Achei os precos bem padrao Europa (que em se tratando de shopping, eh mais barato que Brasil, mas eu nao achei nada super barato nem que valesse a pena), mas principalmente porque eh um shopping “local”, sem lojas nem marcas internacionais nem reconheciveis, com um estilo local bem especifico e com a moda um tanto quanto “atrasada” (engracao que eu assisti um programa na TV sobre isso, e um carinha “fashion” reclamando de por estarem no hemisferio sul, e terem as estacoes invertidas em relacao aos EUA e Europa, a moda Sul Africana esta sempre correndo atras do prejuizo e oque vai se usar no inverno desse ano – de Maio a Setembro – eh oque a Europa usou ano passado. “Problema” esse que eh a mesma reclamacao que vemos em revistas, sites e blogs de moda Brasileiros).

A Africa do Sul tem um grande problema a ser superado, que eh a reabertura de seu comercio ao embargo comercial que o pais sofreu durante as muitas decadas de Apartheid.

Entao ate meados/final da decada de 90 a Africa do Sul nao importava, produzia nem vendia marcas internacionais (em produtos que variam entre pasta de dente Colgate a calca jeans Levis), e por causa disso eles desenvolveram um mercado interno bem forte.

Portanto isso se reflete no shopping e nas lojas tambem, pois sao todas locais, e sem grandes apelativos para estrangeiros (pelo menos pra mim…).

Tirando a parte “boutique” do shopping (que tem umas 10 lojas e entre elas uma Louis Vuitton, Fendi, Bally’s, Cartier, etc) eu reconheci uma unica loja no shopping todo (uma micro Mango, vendendo pecas de colecoes antigas), e mais umas tantas multi marcas cobrando fortunas por pecas de lojas como J Crew e Banana Republic (que sao relativamente baratinhas nos EUA).

Entao eu me senti como eu acho que um gringo se sentira num shopping Brasileiro: lojas e marcas que nao reconheci (e portanto nao me atrairam muito), um “estilo” local bem especifico, estacoes invertidas (que pra Brasileiros seria vantajoso, pois ambos os paises estao no hemisferio sul e portanto com as estacoes “atrasadas”) e precos relativamente altos para o padrao local.

Mas entao nada vale a pena?!

Eu nao achei que as lojas de roupas e sapatos e afins nao me atrairam em nada (mas isso eh bastante pessoal neh?), lojas de eletronicos com precos altos e modelos atrasados, mas em compensacao fiquei babando nas lojas de joias e coisas para casa e decoracao!

Entao Johanesburgo e a Africa do Sul definitivamente nao sao um destino para “compras”, mas tenho certeza que os/as shopaholics com certeza achariam alguma coisa interessante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, 34 anos, Carioca. Economista e profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Siga me!
Categorias: Africa do Sul, Johanesburgo, Viagens
12

12 Comentários em:
"Sandton City"

  1. Danybc - 14/04/2011

    To curiosa pra ler sobre Cape town por mais bem detalhado e explicados seus posts, de verdade Jo’burg nao e empolgante em nada.

    • Adriana - 14/04/2011

      Nada mesmo!
      Achei Jo’Burg a cidade mais chata e sem graca que ja fui na vida!
      Ms Cape Town eh sensacional! (mesmo com febre!)

  2. Karina - 14/04/2011

    Então podemos realmente dizer que temos um Brasil ai do outro lado, Johanesburgo = São Paulo e Cape Town = Rio! (hihihi, veneno carioca escorrendo).
    Mas, como ir a Africa do Sul sem passar po Joburg, saindo do Brasil, é impossível, vou fazer o sacrifício de visitar o shopping deles. Eu quero aproveitar também para ir no Lion’s Park, mesmo indo fazer os safaris não da pra ter contato com os baby leões no meio da selva né?

    • Adriana - 14/04/2011

      Pois eh!
      Eles sao nossa Mama Africa total! Hahahahah Os dois paises realmente sao MUITO parecidos em muitas coisas (algumas boa, como o povo simpatico e as belezas naturais, mas muita coisa ruim tambem, como violencia, desigualdade social e afins).
      Me disseram que o Lion Park eh super legal, mas como fiquei doente, acabei nao conseguindo ir….

      No meu Safari na Tanzania eu vi varios baby leoes, mas realmente, chegar perto nem pensar (aliais, em safari nao se chega perto de animal nenhum! Ja pensou?!), mas os Safaris da Africa do Sul realmente tem menos abundancia de animais, entao os “parques” que eles tem na Africa do Sul ajudam a garantir que vc vai ver alguma coisa!

      • Karina - 14/04/2011

        É, eu queria mesmo de verdade fazer um safari como o seu da Tanzania, a coisa menos “pré-fabricada” possível, além da garantia de ver todos aqueles bichos! eu tenho um lado totalmente discovery channel que insiste em aflorar hehehehehehe. Mas, fazer a Tanzania by myself saindo do Brasil é bem complicado, até existem alguns pacotes preparados mas absurdamente caros, não tenho coragem de pagar e, como não sou roots o suficiente para me aventurar de maneira indepedente (fora que meu marido iria morrer, ou me matar com a ideia), vou ficar com o parque Sul africano mesmo. Eu já fiquei um mes em Angola e não vi nenhuma girafinha, o que eu conseguir no Kruger vai ser lucro total! rsrsrs.
        Mas posso confessar, a minha ansiedade maior é pelos pinguins da praia de Cape Point :)

        • Adriana - 15/04/2011

          Entao voce vai adorar o filminho que fiz dos Pinguins!!! :-)

  3. Juliana Gois - 14/04/2011

    Confesso q fiquei preocupada… 6 dias sem dar noticias, depois de um post contando o quanto a cidade é perigosa… afff… ainda bem q era só uma gripe daquelas…

  4. Luana - 15/04/2011

    ih..esse problema da moda atrasada por causa das estaçoes invertidas é um saco aqui na Australia. Ainda bem que existe compra online!!!!! :)

  5. myiska - 15/04/2011

    Oi Adriana

    Acompanhei os maus momentos c a gripe! que chatérrimo pq é o tipo da doença q maltrata mto e as vezes até parece q não conseguiremos superá-la. mas vc ´é mto guerreira e não se entrega. não sabia de tanta violencia em Joannesburg, qto à corrupção fazia idéia, e como se parece com este!… é um país q jamais irei, aliás nada naquele continente… hoje mmo recebi um e-mail de uma agencia oferecendo pacote p lá.mas, jamais. tb fiquei c pena da mocinha q caiu.
    Boa sorte

    • Adriana - 15/04/2011

      Eu sou suspeita pra falar porque geralmente sempre acho alguma coisa pra gostar em todos os lugares que vou, mas apesar dos pesares adoro a Africa, e cada vez que conheco um novo canto desse continente, mais quero conhecer!

  6. aline - 15/04/2011

    Olha esse tema da moda invertda e atrasada acho q ate faz sentido pq afinal de contas nao da pra usar casacos, cores,tecidos, corese sapatos do inverno no verao do hemisferio sul q costuma ser rigoroso, qto a questao do atraso acho que eh pq quem dita moda sao os europeus entao seria logico esperar as criaçoes da europa sairem primeiro pq eh garantia de produtos bonitos e a partir daih criar novos produtos. Dri, pra quem mosraa na europa talves seja vantagem investir nos nossos produtos p o verao e nao o contrario. Mas ao msm tempovcs nao tem um verao longo e quente qto ao do RJ, o q ja deeixa a vantagem p trras de novo. Ou seja, compras? EUA ou Europa. Qto a SP eu faço coro com vcs, msm nao sendo carioca tb dou minha alfinetada nessa cidade q gosta de filas, transito e shoppings lotados c direito a roubos de joalheria a mao armada! ;o)