12 Apr 2012
11 comentários

Esqui para principiantes

Austria, Dicas de Viagens, Kitzbuehel

Esse post não é exatamente sobre técnicas de esqui… e sim sobre os detalhes práticos pra levar em consideração ao planejar uma viagem para esquiar nos Alpes.

Eu estava animadissima com essa viagem para a Austria, queria aprender a esquiar ha anos, mas não sabia nem por onde começar! Por sorte, o Aaron é expert e cuidou de quase todos os detalhes antes e durante a viagem, e esse post eh justamente sobre esses pequenos detalhes que aprendi depois dessa viagem.

Equipamento:

Pra quem esquia todos os anos, o melhor custo beneficio é sempre comprar seu próprio equipamento de esqui – mas se você esquia alguns dias por ano e mesmo assim nem é todo ano, a melhor opção então é sempre alugar o equipamento.

Assim voce economiza os mais de mil Euros de investimento inicial (entre roupa, bota, esquis, capacete, etc) e de quebra ainda nao precisa se preocupar com carregar seu equipamento na viagem.

E nas cidades resort eh facilimo alugar absolutamente TUDO que voce precisar para esquiar, snowboard, snowshoeing, cross country ski e oque mais puder imaginar!

As lojas de aluguel de equipamento estao espalhadas pela cidade toda, onde voce pode comprar ou alugar de esquis a meia e roupa interior termica.

Os precos variam bastante, entao a dica eh sempre procurar as lojas que nao ficam exatamente dentro das pistas nem na area das gondolas.

Mas no geral, o aluguel de esquis mais bota custa uma media de 30 Euros por dia (as botas de esqui ou snowboard sao especificamente medidas para determinada prancha, entao voce sempre tem que alugar os dois juntos), mas se voce for passar a semana toda, acaba saindo mais barato o aluguel semanal do que voltar na loja a cada dia.

Caso voce tambem precise alugar calca e casaco de esqui (que sao feitos de material impermeável especifico e nao eh todo casaco “de frio” que pode ser usado para esquiar), as lojas de aluguel de equipamento tambem podem fornecer isso, e o custo fica na casa dos 10 a 20 Euros por dia.

E nao se preocupe com o tipo de prancha nem nada. Basta chegar na loja e dar seu nivel (principiante, intermediario ou avancado – mas se voce for acima de “principiante”, ja deve sar isso tudo) e os vendedores cuidam do resto. De acordo com seu nivel, altura e peso eles selecionam qual tipo de esqui ideal pra voce.

Roupa de Neve e Esqui:

Incrivel como o topico “roupa para frio e neve” eh sempre um dos topicos mais populares aqui no blog!

Eu ja fiz varios outros posts sobre roupa de frio e inverno, mas realmente o tipo de roupa e materiais para neve e esqui sao muito diferentes doque usamos no dia a dia no inverno.

As vezes nem faz tanto frio assim (a imagem da neve da uma impressão de muito frio, mas a verdade é que muitas vezes da ate pra esquiar de manga curta!), então mais importante doque a quantidade de roupas, é o tipo de roupa e o material utilizado.

Começando pelo básico: neve é agua, e agua molha, portanto sua roupa precisa ser impermeável – principalmente na parte de baixo, onde voce vai pisar na neve, os esquis vao respingar flocos e de neve, e voce vai cair de bunda no chao inúmeras vezes ao longo do dia.

E o resultado disso tudo eh que a neve vai derreter em cove e se sua roupa nao for impermeável, voce vai acabar o dia todo molhado, e com muito frio!

Sao inúmeras marcas e diferentes tipos de materiais, mas procure por nomes como “Gore-Tex” e adjetivos como “water repelent” e “breathable”, que significam que sua roupa de neve/esqui vai te deixar seco de dentro pra fora.

Porque neh, nao esqueca que esqui eh um esporte super puxado, e nao importa o quao frio esteja na montanha, a verdade é que voce vai suar bastante dentro da sua roupa!

Então é importante usar materiais que nao deixem a neve e a agua entrar em contato com voce, mas que também repelem o suor e que deixem o corpo respirar.

Entao as pecas mais importantes sao:

Botas próprias para esqui (ou snowboard ou qualquer outro esporte na neve), que serao bem quentinhas e ultra a prova d’agua.

Calca e casaco de material impermeável e corta vento: Tanto a calca quanto o casaco serao bem leves e finos, para manter seu movimento durante o esporte, e a roupa quentinha vai por baixo de tudo. Mas é importantíssimo que sejam de materiais que bloqueim vento e agua.

– Roupas térmicas – quentinhas e confortáveis: Começando pelas meias, de preferência de cano alto pra proteger suas canelas da bota dura e desconfortável de esqui. Uma calca que vai ser usada por baixo da calca de esqui (eu tenho uma legging de fleece que eh um sonho de conforto, que comprei na preparacao pro Kilimanjaro), camisetas “tecnologicas” e próprias para esporte, que permitam que seu corpo respire sem acumular suor, e camadas de fleeces e blusas mais grossinhas que voce possa vestir e tirar facilmente a medida que vai subindo e descendo a montanha.

Ah, e nao esquecer das luvas! De preferência de material fino, que mantenha a sensibilidade das maos, mas que seja de material a prova d’agua e bem resistente, pois quando voce cai na neve sao suas maos que vao te ajudar a levantar (ja que os pes estao presos no esqui e seu equilibrio fica todo comprometido) e o gelo rala a palma das maos que eh uma coisa, alem do contato desconfortavel com a neve gelada *que depois vai deixar seus dedos molhados e frios).

E por ultimo: gorro ou tapa orelhas e óculos de sol! É incrível como mesmo se o dia estiver nublado a neve branquinha reflete demais a luz do sol e vc se sente cego, além de comprometer demais a visualização da pista e nuances e curvas na neve. Pra quem for usar capacete, também é possível alugar óculos de sol/protetores que já encaixam no capacete.

(Nesse post aqui, onde fizemos snowshoeing no Colorado também dá pra ter uma idéia de como nos vestimos para a neve – botas especificas a prova d’agua, calça e jaqueta de gore-tex, gorro, luvas, oculos escuros, etc)

Aprendendo a esquiar:

Nas semanas antes da viagem eu tinha certeza que queria fazer aulas de esqui, afinal nunca tinha esquiado na vida.

Todos os resorts tem sua propria escola de esqui para os mais variados niveis e idades, e voce decide quantas horas e dias quer fazer aulas, se prefere aulas particulares ou em grupo.

Mas quando chegamos la, como o Aaron sabe esquiar super bem e nao queriamos passar o dia todo sozinhos e separados, decidimos que ele ia tentar me ensinar.

Eu estava confiante de que nao seria difícil… sei patinar no gelo relativamente bem e no geral nao sou muito medrosa com esportes (ou seja, não tenho medo de cair…). Então decidimos tentar por umas horinhas, mas se por acaso fosse muito dificil e eu nao conseguisse nem sequer ficar de pé nos esquis, no resto do dia eu faria aulas.

Depois de alguns tombos inofensivos, peguei a manha do equilíbrio e como controlar os esquis e a velocidade, e ainda na mesma manha já comecei a descer as pistas de treino sozinha!

Fiquei TAO feliz!

Entao no resto do fim de semana fui me arriscando nas pistas mais complexas (todas ainda de principiante, claro), e melhorando minha velocidade e controle!

Mas quando voltarmos no próximo inverno eu provavelmente vou querer fazer aulas, só que dessa vez já com um nível mais intermediário, pra ir aperfeiçoando a técnica mesmo.

Em Kitzbuehel por exemplo, cada hora de aula particular de esqui custa uma media de 100 Euros (quantas mais horas voce fizer, ou quanto mais pessoas no grupo, mais barato fica).

E acho super importante sim fazer algum tipo de aula, ou no mínimo ter com voce alguem que saiba esquiar bem para te ensinar o básico.

 Ski Pass e Ski Lifts

Tecnicamente ninguém precisa pagar para esquiar. Porem o problema é justamente conseguir chegar no topo da montanha, onde começam as pistas.

Para conseguir chegar la em cima voce precisa usar os bondinhos ou gondolas (Lifts) que sobem as montanhas, e seu ticket sera o Ski Pass.

As pistas soh ficam abertas durante o dia, oque no inverno Europeu significa cerca de 6 horas por dia, entre as 9:00 e 16:00 (mas cada resort tera suas próprias regras e alguns ate oferecem pistas iluminadas para esqui noturno), entao o melhor eh sempre chegar no Ski Lift o mais cedo possivel, pra conseguir aproveitar o dia ao maximo possivel.

Os Ski Pass podem ser comprados por dia, por semana ou por toda a temporada, custando uma media de 50 Euros por dia (e claro, quantos mais dias voce for esquiar usando o mesmo ticket, mais barato vai ficando por dia), e te da direito a subir e descer a montanha quantas inúmeras vezes quiser por dia.

E essa eh justamente a parte chata de esquiar… O sobe e desce nas gondolas… Voce desce a montanha em poucos minutos, mas depois tem que carregar seus esquis (andando com aquela bota super desconfortável) de volta pra fila, pegar outro bondinho e começar tudo de novo.

E como cansa! Nao so esquiar eh um baita exercício pras suas pernas e braços (e todo resto!), ainda tem que ter forca pra carregar os esquis no muque de um canto pro outro entre as pistas!

Transporte dentro do resort:

Eu ja falei aqui sobre transporte pra chegar em Kitzbuehel e na regiao do Tirol Austriaco, mas nao podemos esquecer do transporte dentro da cidade.

A maioria das cidades Alpinas tem inúmeras pistas de esqui que ficam espalhadas entre as montanhas ao redor da cidade. Entao voce tera varias opcoes de gondolas e bondinhos pra escolher, e os hoteis estarao todos espalhados pelo vale entre as montanhas.

Alguns serao bem pertinho das gondolas e voce podera ir andando com seus esquis (bota lunar nos pes, e esquis nas maos).

Mas andar com as botas de esqui eh extremamente dificil, e qualquer misero quarteirao eh uma verdadeira tortura! Entao a maioria dos hoteis oferece Ski Shuttle, que sao umas vans que circulam pela cidade recolhendo hospedes em todos os hoteis e challets.

Se informe se seu hotel oferece esse servico e quais os horarios do servico, tanto pela manha quanto no fim do dia (se disponivel).

Uma outra boa opcao (que foi oque escolhemos fazer) eh alugar armarios “lockers” na estacao de gondolas para guardar sua bota e esquis no fim do dia. Assim voce sai do hotel vestido para esquiar, mas com outro sapato mais confortavel nos pes, chega na estacao e troca tudo, mas sem ter que andar demais – vai do vestiario direto pra gondola e direto pras pistas no topo da montanha.

E isso tambem facilita demais na hora de curtir a naitchy do appres ski, sem ter que ficar carregando os esquis pelas ruas da cidade de bar em bar e entrando nos restaurantes usando as botas de esqui *alem de ter que deixar seu equipamento todo nos “apoios” publicos para esquis e pranchas, que eh meio bagunçado…).

 

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
11 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
11 comentários
  1. Joana - 12/04/12 - 08h06

    Oi Adriana, eu sempre leio seu blog. =)
    Eu moro na Alemanha e também AMO esquiar. E também aprendi só quando vim morar por aqui. É definitivamente meu esporte favorito. Pena que nas última vezes que eu esquiei estava muuuito frio (lembra aquela loucura de -20ºC na Europa? Então, eu justamente fui nessa época).
    Queria dizer que você mandou muito bem de deixar seus esquis alugados no armário. Não só o apoiador de esqui é uma bagunça, mas como tem diversas gangues de roubo de esqui pela Áustria e Alemanha, principalmente nos lugares mais movimentados como Kitzbühel.
    E outra coisa.. se você quiser comprar equipamento, agora é a hora perfeita. Eu comprei meus esquis, botas e sticks (não sei o nome daquele palitinhos de apoio) por 300€ (mas faz uns 3 anos…)
    Beijos! Adoro seu blog!

    Responder
    • Adriana Miller - 12/04/12 - 14h13

      Estou pensando em comprar um novo conjunto de esqui/neve, pois o meu eh uma misturada de pecas compradas/emprestadas/doadas… que fui comprando ao longo de diferentes viagens e esportes aleatorios. Mas como nunca soube se de fato iria usar essas cosias nunca quis gastar demais. Mas agora que a temporada esta acabando, acho que eh a epoca certa!
      Mas nao penso em comprar esquis e botas nao, pois morando na Inglaterra, esquiar eh sempre uma viagem contra mao, ter que despachar esquis no aviao, carregar em carro alugado ou trem… nao vale a pena.
      E como sei que nunca serei profissa mesmo, vou usando os esquis alugados mesmo.

      Responder
  2. Patricia A. - 12/04/12 - 10h44

    KADI o videozinho de voce esquiando?! : )) Tirol eh bem bacana!

    Responder
    • Adriana Miller - 12/04/12 - 13h12

      Tem video sim, claro!!
      Mas ainda nao tive tempo de editar!

      Responder
  3. Ana Luisa - 12/04/12 - 13h20

    Ainda não me interessei pelo esporte, mas li tudinho e acho o máximo esta sua disponibilidade em ser tão prestativa e “informativa”, sempre pensando nos mínimos detalhes para ajudar seus fieis leitores. Amei as dicas.

    Responder
  4. Vanessa - 13/04/12 - 13h17

    Oi Dri, tudo bem? Acompanho seu blog há anos, mas de uns tempos para cá, percebi que ele virou um blog só de viagens mesmo. Não sei se é intencional ou não e acho até interessante, mas aí ele muda o foco e em vez de ser um blog de consulta mais frequente, acaba virando um blog que a gente consulta somente se tiver uma viagem programada ou quiser ler sobre um lugar específico… Particularmente, eu preferia o estilo anterior, pois você falava de viagem, mas mesclava com outros assuntos também: trabalho, consumo, curiosidades, até mesmo receitas… O beautyeverywhere também nao é mais atualizado e trazia coisas bem interessantes também.
    Bem, eu ando sentindo falta e achei que devia comentar! bjs

    Responder
  5. Michele - 09/05/12 - 21h59

    Oi Adriana, adorei seu post e como sei que tens muitos leitores espero que os inspires a começar no esporte, que aliás eu amo de paixao e, diferentemente de vc demorei para aprender, mas, depois de algumas boas temporadas devo dizer que vale todo o esforço. Grande abraço!

    Responder
  6. […] pelo menos algumas pecas básicas, como por exemplo luvas, meias, e roupas de baixo térmicas (para mais dicas sobre como se vestir na neve e para esquiar, nesse post AQUI). De resto, tudo pode ser alugado! Esquis, botas, óculos, capacete ou gorro, calça & casaco […]

    Responder
  7. […] de já ter falado sobre o que usar e como se vestir para esquiar aqui nesse post, sempre é bom relembrar. E depois das viagens de esqui que fiz esse inverno muitas meninas me […]

    Responder
  8. […] na Viagem] – Esqui e Aprés Ski – fazendo a mala dentro e fora das pistas [Dri Everywhere] – Esqui para principiantes [Dri Everywhere] – Plantão da Neve no Viaje na Viagem [Viaje na […]

    Responder
  9. […] funciona no mesmo esquema que nos Alpes: você preenche um questionário com algumas informações (tipo peso, altura, experiência em […]

    Responder