29 Oct 2012
17 comentários

Maldivas

Dicas de Viagens, Maldivas

Olha, dificil comecar a escrever um post sobre as Maldivas sem imediatamente cair em um monte de cliches. Mas dificil ainda eh tentar racionalizar tudo aquilo que vimos e fizemos por la, sem imediatamente comecar a adicionar 37 adjetivos a cada frase… Entao nao posso prometer nada, e esse provavelmente sera um dos posts mais cliches e melentos que ja escrevi por aqui! Mas juro que a culpa nao eh minha! Impossível falar sobre um lugar tao superlativo como a Maldivas sem cair em certas tentacoes…

Mas se comecarmos pela basico, fica mais facil me controlar, ja que estatisticamente as Maldivas sao cheias de fatos e numeros surpreendentes, que geralmente passam despercebidos pela grande maioria dos turistas (ou admiradores) que passam por la e nao conseguem tirar os olhos da cor incrivel da agua!

Pra comecar que o pais eh unico no planeta: sua geografia eh composta apenas por ilhas, cerca de 1.192 pra ser mais exata, divididas em 26 Atois, sendo que apenas 200 delas sao habitadas.

Entao poderiamos dizer que cada “cidade”, ou ate mesmo “estado” ou “provincia” eh na verdade uma ilha individual, sem fronteiras ou contato por terra com seus vizinhos, oque por si soh ja cria toda uma dinamica social, politica e cultural interessantissima.

E oque faz das Maldivas serem tao diferentes de outros tantos paises “arquipelagos” eh que apensar de ser composta por conjuntos de ilhas, as Maldivas sao na verdade Atois – suas ilhas de origem vulcanicas nada mais sao doque aglomeracoes de corais, sem grandes “fundacoes” geologicas – portanto pouquissimas dessas quase 2 mil ilhas sequer exibem “terra firme” que pudesse acomodar humanos (e isso se torna super visivel na viagem de hidro-aviao que fizemos pra chegar ate o hotel).

Outro fator selecionador (e altamente limitador) sobre as ilhas eh a existencia ou nao de agua potavel – todas as ilhas habitadas (pela populacao local, ou hoteis) sao apenas aquelas que apresentam alguma forma de recurso natural – e geralmente oque determinou se uma “tribo” iria se fixar naquele coral ou nao, sempre foi a existencia de agua.

Hoje em dia sao cerca de 90 ilhas-hoteis, apoiadas por mais umas cento e poucas ilhas de “nativos” que sao justamente a populacao que constroi e trabalha nos resorts – e ate o boom da industria turistica no pais na decada de 70/80, as Maldivas praticamente nao tinham recursos e fonte de renda, e sua economia era interamente baseada na pesca.

A capital eh a Male, a maior e principal ilha do pais, onde estao o unico aerporto, a unica universidade, o unico hospital e a unica delegacia de policia!

Mas nao se engane imaginando uma grande metropole! Apesar de que 2/3 da populacao do pais vive em Male, a capital tem apenas cerca de 200.000 habitantes, oque comprada com outras capitais mundiais, nao passa de uma cidadezinha pequena.

E geograficamente, realmente a cidade eh pequena, ja que se concentra todinha numa ilha, que apesar de grande para padroes Maldivianos, ainda assim eh bem pequena, e eh possivel ver a cidade toda, de uma ponta a outra! Entao nao eh atoa que Male eh considerada a ilha com maior densidade populacional do mundo!

E por falar em populacao, os Maldivianos sao um povo impressionante – a taxa de alfabetizacao beira os 99% e bilingue (entre as mais altas do mundo!), ou seja, apesar da lingua oficial ser o Dhivehi (que tem uma origem nao muito conhecida, mas eh escrito da direita pra esquerda, como o Arabe, e com um alfabeto proprio, inlfuenciado pelo hindu da India e o Sinhales do Sri Lanka – seu vizinho mais proximo) a totalidade da populacao eh bilingue em Ingles, que eh a lingua oficial escolar do pais.

A etnia da populacao eh predominantemente de origem Hindi, vindos – ha muitos seculos – das costas da India e Sri lanka, mas ao contrario de seus vizinhos, a religiao nacional oficial eh o Islamismo (a India eh predominamente Hindu, e o Sri Lanka, Budista e Crista).

E por tudo isso que aprendi (e muitas outras coisas!) que voltei tao encantada pelas Maldivas, que por uma vez por todas, quebrou totalmente meu tabu e preconceito de achar que essas paises ilhas nao tem nada pra fazer nem pra oferecer culturalmente e turisticamente.

 

Adriana Miller
17 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
17 comentários
  1. Luna - 29/10/12 - 13h28

    Hmmm gostei da narração e legal saber fatos diferentes das Maldivas, porém, acho que ainda não cheguei na fase de “ilhas paradisíacas” pra relaxar. Continuo com a impressão de que em 2 dias ficaria entediada de tanto nada pra fazer :P
    Mas o lugar é bem bonito realmente :)

    Responder
    • Adriana Miller - 29/10/12 - 13h29

      Mas ai eh que foi minha surpresa! Nao paramos um segundo a semana toda!
      Acho que no total, tiramos uma tarde apenas pra “relaxar” na piscina…

      Responder
  2. Luna - 29/10/12 - 13h34

    Ahhh entendi… ai sim :)

    Tomara que você possa depois contar como foi os outros passeios pelas Maldivas, agora fiquei curiosa.

    Responder
  3. Jo - 29/10/12 - 14h18

    Coisa mais linda!
    É de uma demosntração tão cultural sua descrição que a gente acaba que se tranporta pro lugar e no sentimos tão zen, tamanha a beleza e a importancia do seu relato.

    Amei…

    Responder
  4. Jodrian Freitas - 29/10/12 - 14h56

    Fantástico. Adoro conhecer as particularidades de cada região, além (é claro) das paisagens e pessoas. Faz com que possamos, por assim dizer, “apropriar” um pouco de sua cultura. Ótimo post
    Abraço

    Responder
  5. Marta FG - 29/10/12 - 15h16

    Gostei muito…impossivel não se deslumbrar com aquele céu e o mar tão azulão. Bj e continuação de uma boa gravidez.

    http://www.viajarso.blogspot.com

    Responder
  6. Filipa - 29/10/12 - 15h39

    Adorei a sua descrição das Maldivas. Já conhecia alguns factos de uma breve pesquisa que fiz. Sou responsável pela Ásia e Médio Oriente de uma empresa portuguesa e recentemente fui contactada por uma empresa das Maldivas, dai ter feito alguma pesquisa. Fiquei surpresa por saber que durante 15 anos as Maldivas foram colónia Portuguesa! De facto os portugueses estiveram em toda a parte!

    Agora sem ter nada a ver com o post de hoje, acabei de regressar de uma viagem de trabalho à Ásia que incluiu um saltinho a Macau, 2 dias em Hong Kong e 2 dias em Seul. Devo dizer que SEUL me impressionou muito, adorei mesmo! Achei um pais asiático meio ocidentalizado, mas as pessoas são muito simpáticas e a cidade é linda! Vale muito a pena!

    Beijinhos

    Responder
    • Adriana Miller - 29/10/12 - 15h53

      Ai…. ai… Coreia e Japao eh uma dobradinha de viagem que sonho e planejo todos os anos!
      Ano que vem eu sei que nao vai dar pois nosso planos de viagem incluem principalmente visitar as familias com a bebe, mas quem sabe no ano seguinte?! :-)

      Responder
  7. Daiane - 29/10/12 - 18h08

    Dri,
    eu tinha CERTEZA que seus posts sobre as Maldivas não seriam só sobre o quão paradisíaca a ilha é.
    Este tipo de informação basica e cliché todo mundo sabe, mas o que eu gosto neste blog é que aqui tudo é diferente, o seu olhar é sempre diferente…
    Obrigada por sempre partilhar sua visão connosco!
    Beijinhos*
    e ansiosa pelos proximos posts!

    Responder
    • Adriana Miller - 30/10/12 - 13h07

      Obrigada Daiane!!
      Pois eh, isso esta se tornando cada vez mais dificil numa “blogsfera” tao massificada, mas bom saber que ainda tenho algum diferencial pra oferecer!

      Responder
  8. Claudia Milani - 29/10/12 - 21h26

    Adorei… e lembrei da serie de tv “ilha da fantasia”,sei que nao é do seu tempo, nesta ilha só pode chegar de hidroaviao e onde todos os desejos podem ser realizados…… Maravilha!!!
    Muito lindo e fotos encantadoras!!!
    bj

    Responder
  9. Sara - 30/10/12 - 02h06

    É como diz a Daiane, aqui tudo é sempre diferente, a perspectiva é sempre menos turística e mais inteligente, mais curiosa e mais instrutiva. É nisso que o seu blog marca a diferença Dri. Sempre que alguém pede conselhos de viagens, mesmo em outros blogs, em recomendo sempre o seu porque realmente acho que não existe melhor.
    Mas voltando ao paraíso das Maldivas, lembrei de uma coisa… e enfeite de Natal das Maldivas, tem!?

    Responder
    • Adriana Miller - 30/10/12 - 13h05

      Tem, claro que tem!!
      Eu fui pra la sem grandes expectativas de achar um enfeite de natal, mas achei um super original!!
      Ja ja chega a hora de montar a arvore! Eba!! Tantos enfeites legais esse ano!! :-)

      Responder
  10. Aeromoça - 30/10/12 - 09h08

    Nossa! muito lindo! simplesmente amei! quero voar para lá!!

    Responder
  11. Guta | Blog Vambora! - 30/10/12 - 12h15

    Um dos meus sonhos de viagem que eu tenho que cumprir de qualquer maneira! Vou acompanhar todos os posts para pegar as dicas!

    Responder
  12. Taís Buss - 30/10/12 - 18h26

    Oi Dri … concordo plenamente com a Sara e a Daiane… vc consegue nos passar sempre algo a mais daquilo que muitas vezes esperamos… é uma coisa original sua… e eu confesso que depois que conheci seu blog passei a amar um pouco mais a História. Já que vc mostra o atual, com relatos e fotos e tb faz com que a gente viaje… há um tempo atrás.. através de fatos e dados importantes sobre cada lugar que vc visita!
    É um grande diferencial e a gente curte muito isso!
    Bjos e fica com Deus!

    Responder
  13. Dena - 01/11/12 - 01h41

    Olá Dri! Primeira vez que te escrevo, mas estou sempre por aqui. Você nem imagina como já me ajudou!!:) Mas, sobre as Maldivas, que bom que vc gostou da viagem! Sou fan destes destinos e realmente tem muita coisa pra fazer, além disso, acho que o contato com a natureza nos fortalece. Ah! Parabéns pela baby! Beijos e que vc continue realizando todos os seus sonhos! Fique com Deus.

    Responder