05 Nov 2013
36 comentários

Segurança em Londres: fique de olho nos golpes

Aleatorios, Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Inglaterra

Londres eh uma cidade super segura, principalmente se levarmos em consideracao suas dimensoes de metropole, e ainda mais com sua incrivel diversifidade social, cultural, racial e de credo.

Eh muita gente diferente convivendo pacificamente sob o memso “teto”!

Maaaas, nao podemos esquecer que Londres eh tambem uma cidade super turistca, e infelizmente onde ha turistas, ha oportunistas…

E infelizmente no ultimo ano eu tenho visto um aumento significativo de “golpes” e “quadrilhas” atuando em areas super turisticas da cidade, e apesar de que nenhuma deles eh perigoso nem violento, sempre avale a pena alertar quem estiver visitanto a cidade.

Eu sei que Brasileiro eh um povo atento por natureza (ou por forca das circunstancias) e sempre desconfiado, e geralmente nao acho  que sejamos “presas faceis” pra esse tipo de golpe, mas ao mesmo tempo, o turista Brasileiro tem uma tendencia  a baixar a guarda quando esta de ferias, e achar que no “primeiro mundo” tudo eh perfeito e que nunca ha nenhum perigo, afinal “la fora” as coisas sempre sao diferentes!

As principais areas de risco sao regioes tradiconalmente lotadas, como so mercados de fim de semana.

Principalmente nos mercados de Portobello e Camden existem muito pick pockets andando a paisana pela multidao, de olho em bolsas e bolsos desavisados.

Em Portobello o problema eh antigo e grave (para padroes Britanicos, claro) e nao eh de hoje que a feira de Portobello Road eh lotada de policiais em todas as esquinas alem de muitos cartazes alertando os turistas.

O motivo eh simples: eh um mercado que alem de muito popular (= a multidao, muita gente andando junta, se esbarrando e se amontoando), eh uma feira cara e fashion. Eles vendem muitas joias, pecas de antiquario e vintage e pouca coisa por la eh baratinha – ou seja, um publico alvo ideal para os oportunistas: turistas desavisados e com bolsos recheados!

Outra area da cidade alvo das quadrilhas eh a ponte Westminster, bem ali embaixo do Big Ben (principalmente no lado leste da ponte – o lado direito de quem esta de frente pro Big Ben, de costas pro London Eye).

Outra area que esta sempre lotada de turistas aglomerados – a calcada eh apertada, mais alguns vendedores ambulantes, e todo mundo quer parar pra tirar uma foto ali embaixo, contribuindo para o caos.

E eh assim que os oportunistas se aproveitam! Enquanto voce esta ali se contorcendo pra conseguir pegar um bom angulo do Big Ben, alguem vem por tras e leva sua carteira, rapidinho se perdendo na multidao.

E para se aproveitar dessa situacao de caos, eu andei reparando nos ultimos meses duas novas “modalidades” de golpes sendo aplicados a turistas desavisados:

A primeira eh um grupo de pessoas fazendo “truques” – aqueles joguinhos de apostas, onde se esconde uma bolinha embaixo de um potinho, o “dealer” mexe e embaralha 3 ou 4 potinhos e o apostador tem que adivinhar onde esta a bolinha.

A quadrilha eh sempre a mesma, se dividindo em 2 ou 3 grupos ao longo da ponte e se revezando entre “jogadores” apostando e o carinha embaralhando as caixinhas.

E eles fazem uma algazarra, cantam, gritam, riem, chamam bastante atencao mesmo! E sempre tem alguem que “ganha” a posta e adivinha onde estava a bolinha (que tambem faz parte da quadrilha). E assim ele atraem a atencao dos turistas, que param pra assistir o jogo, tiram fotos e ficam ali distraidos dando bobeira, enquanto alguem da quadrilha vem por tras e leva alguma coisa da sua bolsa ou mochila.

E outro golpe sendo aplicado na mesma ponte (mas mais pro lado do London Eye) sao os golpes das ciganas: um grupo de mulheres e meninas ficam “dando” flores para os turistas e se oferecendo para ler a palma da mao ou algo do tipo – quando o turista aceita a flor ou da papo pra elas, elas prendem sua atencao enquanto as outras levam alguma coisa sua.

Ou entao o famoso golpe do “anel” (muito comum nas grandes cidades Europeias e que infelizmente chegou a Londres), onde uma pessoa (geralmente mulher) muito bem vestida aborda um turista alegando que voce perdeu um anel, ou que deixou cair alguma coisa do seu bolso ou bolsa – e enquanto voce se distrai procurando o que pode ter sido, eles saem correndo levando dua bolsa, ou camera, ou qualquer outra coisa de valor.

 

No geral, Londres continua sendo uma cidade super segura – e nos quase 9 anos que moro aqui nunca sequer passei por uma situacao de “medo” – mesmo andando sozinha a noite, ou pegando onibus de madrugada, andando por parques ou ruas desertas e afins.

Claro que os cuidados basicos de seguranca pessoal nao fazem mal a ninguem (por mais segura que seja um lugar, nunca se sabe quando um louco vai cruzar nosso caminho) – e sobretudo para quem esta de ferias pela cidade, que com certeza vai passar por alguns desses lugares “alvos” e potencialmente mais distraido que o normal.

Afinal, quem avisa amiga eh – e o seguro morreu de velho! :-)

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Londres na Inglaterra, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!
Adriana Miller
36 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
36 comentários
  1. Aline - 05/11/13 - 15h47

    Post bem legal, Dri! Sou mesmo daquelas que acha que “aí fora” não tem essas coisas, apesar de viajar bastante. Ano passado passei um sufoco em uma viagem de família a Paris. Por conhecer bem a cidade, não levei a sério os avisos de funcionários de hotéis para termos cuidado. Resumo da ópera: antes de colocar o pé no primeiro vagão de metrô meu pai quase foi vítima de um pickpocket. Durante os 9 dias que ficamos na cidade foram 3 tentativas de assalto no metrô, o pior na estação da Galeria Lafayette. Teve até um especial na Globo News falando sobre o aumento deste tipo de crime em Paris devido à entrada de países do Leste Europeu na UE. Enfim, embora a história seja de Paris, é uma pena que já esteja acontecendo em Londres também. Obrigada pela dica!!! Bjs

    Responder
  2. Nicole - 05/11/13 - 18h15

    Tentaram duas vezes me dar o golpe do anel. Só que em Paris. Muito fraquinho, mas tem gente que cai, né? É só ficar atento e não dar bola.

    Responder
  3. Helena Vianna - 05/11/13 - 18h22

    Dri,

    É verdade. De fato, nós brasileiros ficamos muito a vontade em qualquer lugar fora do país. Talvez seja as férias para situações em que te colocam uma arma na cabeça e te ameaçam pra te levarem alguma coisa. O que acontece por aí é o clássico furto “inocente”, em que você é aliciado e seduzido por verdadeiros especialistas no assunto. Grande diferença, mas com o mesmo efeito, que causam trauma, aborrecimentos, raiva… Felizmente nunca passei por nenhuma situação quando estive em Londres. Já em Paris, eu apenas presenciei no bairro de Montmarte vários turistas sendo assediados.

    Adoro seu blog, Dri.

    Beijos.

    Helena

    Responder
    • Adriana Miller - 06/11/13 - 08h48

      Eu acho que Brasileiro eh um tipo de turista desconfiado por natureza, entao ja nao caimos nesses golpes de gaiato que outros turistas acabam caindo, mas por outro lado realmente os Brasileiros tem essa tendencia a char que “la fora” tudo eh melhor e que nenhum outro pais de “primeiro mundo” tem problemas, e acabam dando mole por bobeira.
      Entaoa visar nao custa nada neh? :-)

      Responder
  4. Junia - 05/11/13 - 18h23

    Estive em Londres em maio e quando estava ali perto da loja da M&M esperando pra atravessar a rua um cara parou do meu lado (com sotaque de estrangeiro) e perguntou se eu sabia onde ficava a boate tal. Eu disse que não sabia e fiquei na minha. Nisso ele perguntou “Você gosta de ir a boates?” e eu disse um “Não” bem antipático e virei a cara (segurando bem a bolsa rs). Não sei se era golpe mas é bom desconfiar de qualquer pessoa estranha que chega puxando papo. E ficar atento, sempre.

    Responder
  5. Andreia - 05/11/13 - 18h26

    É verdade, seguro morreu de velho e o prevenido está vivo até hoje!Boa Itália pra vc, Dri!!

    Responder
  6. Fábio - 05/11/13 - 18h50

    Muito bacana estas dicas! Tentaram me dar o truque do anel em Paris e da pulseira na Sacré-Couer, mas não conseguiram!!!

    Responder
  7. Fatima - 05/11/13 - 18h58

    Tentaram o golpe do anel comigo e meu marido em Paris, tb. Na Place Vendome. Como eu já tinha lido a respeito, achei até graça. Quanto aos caras jogando na ponte, eu vi quando estive aí, no começo do ano. Valeu pelas dicas. É sempre bom ficar atenta.

    Responder
  8. Regiane - 05/11/13 - 19h04

    Oi Dri.. Comentário meio “off-topic”, mas me tira uma curiosidade, por favor: já li seu blog quase todo e sei que vc saiu do Brasil em 2004 e foi pra Italia e depois pra Madrid. Se vc já está em londres há quase 9 anos, quanto tempo vc ficou em cada um desses outros lugares? Tinha a impressão de que vc morou em Madrid por “anos”.. Hehhe

    Responder
    • Adriana Miller - 05/11/13 - 21h17

      Eu fiquei uns 2/3 meses na Itália e mais 1 ano e pouco (quase 1 ano e meio) na Espanha, e de resto, todo aqui em Londres!

      Responder
      • Regiane - 06/11/13 - 09h45

        Agora entendi. Obrigada ;o)

        Responder
  9. Fernanda Klug - 05/11/13 - 19h20

    Tentaram também me dar o golpe nos jardins que circundam o palácio real de Madrid . Umas garotas com prancheta abordaram eu e meu marido para participar de um abaixo assinado e seguido de uma doação de dinheiro. São várias meninas e fazem um círculo e certa algazarra. Estávamos ligados e saímos. Logo depois vimos de longe a polícia abordando e mandando elas saírem.

    Responder
    • Adriana Miller - 06/11/13 - 08h46

      No ano e meio que morei em Madrid fui roubada 2 vezes, e TODOS os meus amigos do mestrado foram furtados/assaltados pelo menos 1 ou 2 vezes, principalmente no metro e nas pracas principais… uma pena!
      Mas como voces disseram, tem que ficar sempre de sobreaviso e nao abaixar a guarda!

      Responder
  10. Joseane - 05/11/13 - 19h35

    Com certeza é um aviso muito bem recebido ;-)
    A Dri como sempre arrasando

    Responder
  11. Julie - 05/11/13 - 23h39

    Oi Dri!

    Muito legal e importante este post! Sempre bom alertar o pessoal sobre os problemas por aí. Estive em Londres no início do ano e de cara percebi o golpe que vc comentou na Ponte ao lado do Big Ben! Fiquei logo em estado de alerta…

    Agora, como as meninas aí encima comentaram… Paris é terrível! Ô cidade pra ter golpe contra os turistas… De diversos tipos e em vários pontos da cidade!

    Responder
    • Adriana Miller - 06/11/13 - 08h44

      Pois eh, Paris esta pessimo mesmo! Ando mais agarrada na minha bolsa por la do que quando estou no Rio de Janeiro!
      E como estou em MIlao essa semana, tambem estou impressionada com a quanditdade de “gangues” e golpistas na Piazza del Duomo, soh esparando os turistas darem mole!

      Responder
      • Thais Nascimento - 07/11/13 - 16h35

        Fui a Milao pela primeira vez em fevereiro, e ja tava dando abuso do Duomo por causa dos grupos assediando a gente! La eles vinham e praticamente jogavam uma pulseirinha artesanal na sua mao, e depois ficavam pedindo dinheiro ja que vc “pegou” a pulseira (e algum outro roubando sua bolsa, imagino, nao dei ouvidos e ja saia andando rapido). Pessimo!

        Responder
  12. Liliana - 06/11/13 - 09h15

    A tristeza da minha vida foi ver um bando de romenos fazendo aquele truque velho das caixas, qual está vazia e qual está cheia, na frente da Selfridges. Repito, da Selfridges!!!Pensei: é, essa porcaria de golpe e de gente que vem para cá só para isso chegou a cidade, é um sinal dos tempos. Aparentemente nada pode ser feito, porque eles estavam bem a vontade, como se fossem donos da calçada. As coisas mudaram bastante de uns 2 anos para cá. Oremos para que algo seja feito e isso não vire erva daninha como em cidades como Paris e Barcelona.

    Responder
  13. Denya - 06/11/13 - 11h37

    Dri, aqui na Italia tb não ta facil. Inclusive em alguns locais publicos existem cartazes pedindo para que as pessoas fiquem atentas com objetos pessoais. Uma pena…. Excelente o seu post. Um bj, D

    Responder
  14. GabrielaRB - 06/11/13 - 12h15

    Adorei o post Dri! Super importante você avisar, afinal o povo vai de férias e quer relaxar mas esquece que tem vagabundo em toda parte!

    Responder
  15. Wilma - 06/11/13 - 12h27

    Nossa o Mundo anda difícil mesmo!! Em Paris passei pelo golpe do anel duas vezes e numa noite passei por uma Gare que nem lembro o nome, e uma mulher baixinha, bem vestida tentava se aproximar de mim na máquina p/comprar o ticket, até que ela disse, eu falo também espanhol, eu quero dinheiro!!hahaha, aí pensei: ou derrubo ela ou corro e corri e ela ficou rindo de mim!! Quando cheguei lá havia muitos policiais, de repente sumiram todos e até as pessoas, não entendi na-da. Em Londres, na estação King Cross voltando no dia da Maratona, um grupo de rapazes vinha e um deles de brincadeira me enlaçou no pescoço como se fosse amigo,sabe?? Levei um sustinho, afinal estava dentro da estação subindo as escadas rolantes…mas nada foi levado, porque euzinha Brasileira, Rio de Janeiro, não vou admitir ser roubada lá fora,hahahaha, mas tomo cuidado, estranhos a distância por favor!! Tenho medo de coisa mais séria, esse ano troquei de Hotel em Paris porque após ter feito a reserva, recebi um email com oferecimento de me buscarem no aeroporto e não me parecia ser do Hotel, talvez algum funcionário, nem hesitei, troquei de Hotel. Ainda mais que havia acontecido uma violência com um francês aqui no Rio e uma americana, nesse mesmo contexto, transporte. AFFF!!! Uma lástima,mas todo cuidado é necessário!! sozinha ou acompanhada. Post super ùtil, obrigada sempre.

    Responder
  16. Andrea - 06/11/13 - 12h42

    Quando estive no Louvre em janeiro, estava cheio de cartazes dentro do museu alertado para os pick poquets. Tem muito “mão leve”!

    Responder
  17. Ana Guimarães - 07/11/13 - 02h12

    Valeu pelo alerta. Em novembro de 2013, Paris estava infestada de trambiqueiros! O golpe do anel vimos em vários lugares. Nunca senti isso em outras idas, meu marido e eu chegamos a ficar com medo em plena luz do dia, quando estávamos caminhando para ir almoçar no Chez l’Ami Jean, num domingo. Pior do que no Rio sim. Ao contrário, não sei se sorte ou acaso, mas no início do ano em NY foi uma tranquilidade só, inclusive à noite.

    Responder
  18. Marta Cavalcanti - 07/11/13 - 09h03

    Muito bom o post, Dri! Passei todo o mês de julho de 2011 em Londres e graças a Deus não me aconteceu nada, e vc ta certíssima quando diz que brasileiro é precavido por natureza, hahaha! Sempre andava de olho em tudo… mas uma amiga minha teve a carteira furtada em pleno Hyde Park, num dia de aglomerações por lá, diz ela q só pode ter sido uma cigana que insistia em ficar muito colada, tem quase certeza que fui num momento q ela precisou se baixar e a bolsa possivelmente ficou à mostra :// Todo cuidado é pouco, pessoal. :)

    Responder
  19. Ane - 07/11/13 - 23h25

    Nossa Dri, esse post foi a descrição do nosso fds na ponte perto do Big Ben! rs vimos o pessoal fazendo esse joguinho da “sorte” e inclusive uma senhora ficou tentando entregar a flor pra mim, mas disfarcei falando em português e sai de perto! Mas, olha achei Londres super tranquila, inclusive reparei q muitas mulheres andam sozinhas no metrô já mais tarde da noite e pelo que percebi, não sei se é comum, não vi ninguém ‘mexendo’ com as mulheres como acontece no Brasil, nossa cultura da cantada = assédio é mto forte infelizmente!

    Responder
    • Adriana Miller - 11/11/13 - 10h51

      Isso, aqui eh super tranquilo andar sozinha a noite, e na INglaterra nao existe essa cultura machista de home “mexer” com as mulheres! Gracas a Deus!
      Sempre andaei sozinha de noite pra cima e pra baixo e nunca tive problemas nem nunca me senti desconfortavel com esse tipo de situacao.

      Responder
  20. Ernesto, o pato - 08/11/13 - 00h05

    Há também o famoso golpe da lista, onde o vigarista faz voce assinar uma lista com uma causa simpatica qualquqer, e depois pede dinherio. Simplesmente ignore.

    Responder
  21. Daniele Avelar - 08/11/13 - 16h12

    Li este post quando estava em Paris ainda, há uns 3 dias atrás e eu e meu marido estavámos perto do museu d´orsay, ai chegou um cara para dar o golpe do anel, eu agarrei munha bolsa na hora né, rsrsr e coloquei na frente do corpo, e dizia que não tinha dinheiro, e o cara falava que estava com fome, ai eu peguei um kit kat e disse olha come esse chocolate pelo menos mata sua fome um pouco… acho que o cara ficou mais bravo ainda… kkkkk Agora em Londres, me senti muito segura, apesar de ter visto o pessoal ali por perto do Big Ben, uma pena mesmo…

    Responder
  22. Boia Paulista - 11/11/13 - 13h44

    Oi, Dri. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    Responder
  23. Thiago - 12/11/13 - 12h16

    Ah, o golpe dos três copinhos. Esse talvez seja um dos golpes mais antigos praticados no mundo. No Brasil ocorre muito em feiras e áreas centrais. Me surpreendi quando estava indo para a Portobello Road e vi o mesmo golpe. A única diferença era que quando estava voltando de lá a Polícia estava arrastando todo mundo preso.

    Responder
  24. Luisa - 12/11/13 - 20h13

    É verdade, Brasileiro tem a mania de baixar a guarda na Europa. Eu fui furtada (levaram minha bolsa inteira sem eu perceber) no metrô de Bruxelas! Muito cuidado com Bruxelas, nos metrôs e trens é um problema! Os caras ficam descaradamente olhando pra ver quem dá mole, quando vc fica desavisado nem percebe, mas depois que criei o pânico passei a prestar atenção e já conseguia ver. Nunca mais fui a mesma hahaha em todas as minhas viagens fico neurótica com minha mala/bolsa.
    ____
    http://www.entreirevir.com

    Responder
  25. Manuela - 18/11/13 - 02h02

    Meus pais já foram furtados em Madrid em 2000… Cena de cinema ou novela pq meu pai reagiu ecorreu atrás do cara, mas pelo q tudo indica eles queriam mesmo era o passaporte p falsificar porque um tempo depois os policiais acharam a bolsa da minha mãe jogada e devolveram tudo, tirando apenas alguns trocados. Quando fui em Madrid em 2010 já fiquei mais ligada e sim, tinham as ciganas querendo ler a mão e entregar flores, agarrei a bolsa e saí logo de perto. Em Paris, nesse mesmo ano também rolou o golpe do anel por trás do louvre, mas não caí! Em Londres não passei por nenhuma situação constrangedora ou q lembrasse um golpe. Mas é sempre bom lembrar de ter cuidado. Isso pode estragar uma viagem… :-/

    Responder
  26. […] durante uma viagem? – Os 10 golpes mais comuns praticados contra turistas – Praticando o desapego – Segurança em Londres: fique de olho nos golpes – Viagem internacional: saiba o que fazer em caso de imprevistos – Compilado de golpes e furtos: […]

    Responder
  27. Samira Caetano - 17/07/16 - 21h46

    Oi Dri td bem? Primeiro preciso dizer q AMO seu blog e todo ano ele é minha referência pras ferias rs. Esse ano farei Pais de Gales ( 1 vez) e Londres ( 2) no final de agosto, e estarei sozinha. Alguma recomendação a mais no quesito segurança? Como vc mesma disse somos brasileiros, já somos mais espertos, mas enfim.. Sobre Gales tive bastante dificuldade de achar informações ( basicamente so coma Helo Righetto) e em Londres o q a gente ouve por aqui e q as coisas andam agitadas rsrss. Brigada e beijao.

    Responder
    • Adriana Miller - 18/07/16 - 11h35

      No quesito segurança, continua tudo tranquilo, como sempre.
      As precauções são as mesmas que daria a qualquer pessoa viajando sozinha, e/ou visitando cidades grandes. É só não dar bobeira e não se colocar em situações de risco, mas aqui não existe nem de longe o tipo de insegurança urbana que estamos acostumados no Brasil.
      O bafafá sobre o Brexit não mudou em nada a segurança por aqui…

      Responder