26 May 2014
9 comentários

Bodrum: a costa esmeralda da Turquia

Bodrum, Dicas de Viagens, Turquia

Bodrum é um daqueles lugares que ninguém nunca tinha ouvido falar. E ai de repente, como que num passe de mágica, a cidade caiu na boca do povo e virou o mais novo balneário sensação do verão Europeu!

Linhas áreas de toda Europa passaram a oferecer voo direto (ate mesmo as low cost, como a Easyjet!), linhas de cruzeiros passaram a incluir a cidade em seus roteiros, e celebridades de toda Europa lotam a marina da cidade com seus mega-iates de Maio a Agosto.

Esse ano um de nossos objetivos de viagem era fazer algumas opcoes mais tranquilas, relax mesmo, levar a Isabella pra brincar na beira da praia e tal, e de quebra aproveitar pra voltar a países que já visitamos a muitos anos atrás e sempre quisemos voltar.

E fui numa dessas andanças por sites de busca de passagem e hotéis que me deparei mais uma vez com Bodrum! E não é que apesar de toda badalação dos últimos verões, uma viagem ao balneario-desejo-Turco seria muito mais fácil do que imaginei?!

Ok, feriado prolongado, clima primaveril e passagens compradas!

Primeira dificuldade: a maioria dos hotéis que tem se instalado na costa de Bodrum e arredores tem um clima super badalacao, quase todos oferecem pacotes all inclusive, e a esmagadora maioria nao aceitam criancas! Mas ainda assim conseguimos achar opcoes simpáticas, que apesar de não ser nossa opção numero 1, atendiam alguns requisitos básicos, como quartos espacosos, piscina e na beira da praia!

BudapestGreece (39 of 555)

Ah, e esse foi outro ponto a levar em consideração na escolha da hospedagem: Bodum, assim como a maioria das praias Mediterrâneas nao faz muito estilo “aerai-branca-palmeiras-paradisiaca”, e uma das marcas registradas dos resorts de Bodrum na verdade são os decks na beira do mar, formando piscinas naturais e dando fácil acesso a agua do mar mesmo nas (muitas) áreas que não tem areia.

BudapestGreece (17 of 555)

Mas como estaríamos com uma bebe de 16 meses, e muito ativa, andando pra tudo quanto é canto, achamos que por mais bonito e unico que  esse estilo de hotéis sejam, não seria uma boa ideia para nossa viagem.

BudapestGreece (13 of 555)

Mas ainda assim a viagem foi muito mais familia e turistica do que as celebrity-gossip demonstaram, e a cidade alem de oferecer otimas opcoes de passeios eh lotada de parquinhos e playgrounds sempre lotados de criancas.

BudapestGreece (23 of 555)

A região conhecida como “Bodrum” na verdade eh formada por varias cidades/bairros, e Bodrum propriamente dito eh o centrinho historico, onde fica a marina e o Iate club, o mercado árabe, o castelo de São José que eh um dos símbolos da cidade e maioria das lojas e restaurantes da região.

BudapestGreece (126 of 555)

No entanto, apesar de ter alguns hoteis ali no centro de Bodrum, nao acho que seja um bom local pra se hospedar. Primeiro o mais obvio: apesar de estar na beira do mar, o centro de Bodrum nao tem praia, e seus hoteis não tem acesso ao mar (que na verdade eh tomado pela marina e seus muitos barcos). BudapestGreece (177 of 555)

 

Então a melhor opção é mesmo se hospedar nas praias nos arredores de Bodrum. Sabe o que me lembrou muito? Búzios!

BudapestGreece (33 of 555)

Bodrum seria o equivalente a Rua das Pedras, e com suas varias praias e estilos diferentes nos arredores (mas tudo sempre bem pertinho e de facil acesso).

BudapestGreece (165 of 555)

Mas acabamos indo para Bodrum quase todos os dias, as vezes só pra passear e fazer compras, as vezes pra almoçar, ou jantar.

BudapestGreece (86 of 555)

A experiência de fazer compras em Bodrum é bem diferente de Instanbul, por exemplo (apesar de que a agressividade dos vendedores é a mesma!), pois eles não tem um mercado “antigo” especifico, e sim um emaranhado de ruelas que se espalham aos pes do castelo no centro antigo.

 

No geral nao achei nada assim super irresistível não, e fiquei chocada com a quantidade absurda (e descarada!) de produtos falsificados!!! Tudo falso, e confesso que fiquei morrendo de medo de comprar qualquer coisa por la!

BudapestGreece (145 of 555)

Então acabei apenas prestando mais atenção nas lojinhas de artesanato e galerias de arte (as cerâmicas Turcas e daquela região são lindas!), os joalherias vendendo prata (principalmente os anéis de prata Turcos tem um design bem especifico e lindos!) e tapetes, ja que a região de Bodrum, mais especificamente a cidade Milas (que eh onde fica o aeroporto) eh uma das regiões originais e mais tradicionais na confecção de tapetes “persas”. Quem se interessa por esse estilo de tapetes já ouviu falar no estilo de design e nos conhecido como “Mila”, que eh um dos mais antigos, de original Persa e Otomana, e que eh originário de la, e ainda existem muitas famílias que confeccionam os tapetes no estilo Milas passando de geração em geração!

BudapestGreece (72 of 555)

Quanto a restaurantes, na nossa primeira noite na cidade queríamos comer o que a região tem de melhor: frutos do mar! Então fomos para a Marina, e escolhemos um dos restaurantes bem de frente, o Eflés, onde pudemos escolher qual peixe (e camarões, mexilhões, etc) queríamos comer, que vinham diretamente dos pescadores ancorados na marina do outro lado da rua.

BudapestGreece (63 of 555)

A comida estava in-cri-vel, o serviço ótimo, e mesmo sendo um lugar bem bacana, eles tinham uma boa infraestrutura pra criancas, com cadeirao, fizeram comida especial pra Isabella, suco etc.

E como demos um pouco de azar com o clima, e pegamos um dia de tempo muito nublado e vento, voltamos pra Bodrum pra almoçar, mas dessa vez a vontade era de comer outra especialidade Turca: Kebab!

Esse sanduíche Turco que faz a felicidade fast-food de viajantes e habitantes Europa afora, foi ainda mais gostosa sendo servida in-loco!

Nós ficamos hospedados em Gumbet, que é a praia que divide a baia com Bodrum, mas divididos pelo morrinho com os moinhos de vento (outro símbolo da cidade).

BudapestGreece (42 of 555)

Pra mim as vantagens de ficar hospedado em Gumbet foram muitas: a praia tem areia de verdade, e cada hotel tem acesso direto a “sua” praia (apesar de que as praias não são particulares). Estávamos a apenas 10 minutos de taxi do centro de Bodrum, onde acabamos indo quase todos os dias pra passear, fazer compras, almoçar ou jantar.

Os hotéis são menos badalados e nenhum deles faz parte de grandes redes de hotéis, o que significou que nao tivemos problemas para encontrar hospedagem que aceitasse crianças (e fornecessem berço, cadeirão, etc), mas ao mesmo tempo Gumbet é onde fica a famosa “Bar Street” de Bodrum, que durante o dia nos dava varias opcoes de lojinhas, mercadinhos e restaurantes, e a noite atrai muita gente para seus bares e baladas.

BudapestGreece (51 of 555)

BudapestGreece (48 of 555)

Nos nos hospedamos no Nagi Beach Hotel, que nos surpreendeu por ser tão bonitinho e barato! O hotel em si era uma gracinha, todo branquinho com as “casinhas” típicas dessa região da Turquia, muitas flores e pergolas por cima das varandas dos hotéis, um jardim ótimo, duas piscinas (um bem grande, e outra menorzinha para crianças), e o principal, bem de frente para a praia e com acesso direto para a areia. Alem de ter um restaurante (que também servia peixe fresquinho!) e dois bares, servindo a piscina e a praia.

O hotel eh simples, mas achei os quartos confortáveis e o serviço ótimo (todos os funcionários muitos simpáticos e solícitos), e foi a escolha perfeita pra nossa viagem.

BudapestGreece (52 of 555)

As outras duas áreas que chegamos a considerar, mas não encontrei hospedagem que tivesse todos os nossos critérios foram Turkbuku e Torba, mas valem a pena serem exploradas.

Outra dica me me deram são os Beach Clubs que muitos hotéis maiores oferecem, e permitem que mesmo quem não esta hospedado neles, possa comprar um passe de “uso diário” e usar parte de sua estrutura. Isso eh uma boa principalmente pra quem se hospedar nos hotéis sem praia ou sem acesso a “areia”, e os dois mais recomendados foram o Kempinski (que tem praia de areia, e aceita crianças durante o dia) e o Maça Kizi (que tem para de “decks” e tem um perfil mais badalado). (mas nos acabamos não indo a nenhum outro Beach Club, pois achamos nosso hotel super gostosinho e que já nos oferecia isso tudo, então ficamos por lá mesmo!).

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

Adriana Miller
9 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
9 comentários
  1. Regina - 26/05/14 - 22h29

    Nossa, que dica legal! Adorei o lugar! Pretendo visitar a Turquia no ano que vem! E estou no aguardo de um post sobre sua viagem a Cotswolds! Adoro a região e as fotos que vc postou no Facebook ficaram lindos! Lindo o seu vestido colorido do casamento!
    Beijo e boa semana!

    Responder
  2. Marcela - 26/05/14 - 22h44

    Amei o post. Já havia visto em vários roteiros de cruzeiro a paradinha em Bodrum mas nunca nem imaginei o que seria, foi muito legal saber que é uma região bacana e que vale a pena!

    Responder
  3. Mariana Ferreira - 26/05/14 - 23h48

    Que delícia, Dri! Tô indo agora em Julho para a Riviera Turca, mas vou para Olüdeniz! Mas agora me deu uma vontaaaade de ir pra Bodrum! Aiai, so many trips, so little time! Talvez numa próxima… Beijão :**

    Responder
  4. Boia Paulista - 29/05/14 - 14h24

    Oi, Dri. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    Responder
  5. Paula - 26/06/14 - 23h01

    Oi Dri,

    Lindo post e lindas fotos (como sempre!)
    Mas gostaria de te fazer uma pergunta sobre essa sua viagem: como foi a entrada na Turquia, mas especificamente, como você tirou o visto.
    Tenho passaporte português como você e já li que para portugueses eles exigem visto, é isso?

    Obrigada

    Responder
    • Adriana Miller - 30/06/14 - 10h41

      Sim, a Turquia exige visto de TODOS os visitantes (vc pode consultar a lista atualizada no site da embaixada).
      Existem duas maneiras de tirar visto pra Turquia: o visto concedido na entrada (tem qum guiche de visto bem do lado na fila da imigracao), onde voce paga na hora os 20 dolares do visto e eles colam no seu passaporte, la mesmo no aeroporto.
      Na minha primeira viagem a Turquia uns anos atras, tirei meu visto assim.
      Dessa ultima vez que fomos, agora eles tambem tem uma opcao de visto eletronico, que pode ser requisitado com antecedencia na pagina na embaixada.
      Ai vc pede e paga por seu visto, imprime a confoirmacao e mostra isso para a policia de imigracao no aeroporto.
      Eh bem simples e facil.

      Responder
      • Zeluis - 31/03/15 - 21h25

        Dri, muito boa suas dicas. Fui em 2011 e 2012 para a “Riviera Turca” e pretendo voltar muitas vezes. São tantas ruinas e praias incriveis – Side, Antalya, Kas, Oludeniz/Fethyie, Marmaris, Bodrum… (tudo com direito a ferry diário para Grécia (Rodes e Kos)). IMPORTANTE: Só corrigindo: a Turquia não exige qq tipo de visto para brasileiros! Nadinha é só embarcar e chegar.

        Responder
  6. […] tecnica tem dado super certo e estamos adorando (tambem fizemos isso em Bodrum na Turquia e foi otimo)!!! Vai ser dificil quando voltar a fazer frio por […]

    Responder
  7. Luisa - 09/04/15 - 11h23

    Olá Adriana

    Antes de mais parabéns pelo seu blog!! Descobri este ano e estou a adorar todos os dias ler um post ou dois. Também adora viajar (claro…quem não gosta) e já visitei alguns países. Vivo em portugal e gostaria de saber se recomenda Bodrum para umas férias em Novembro?? O objectivo é descansar e visitar algumas coisas em volta. O tempo estará ameno nesta altura? Ou nem vale a pena??

    Responder