06 Dec 2013
24 comentários

Bósnia: Mostar

Bósnia, Dicas de Viagens

Todos que viveram os anos 90 provavelmente tem a mesma imagem da Bósnia que eu tinha ate uns meses atrás.

Eu me lembro vividamente dos noticiários de 1991/1992 comentando sobre a guerra, e nomes como Bósnia, Kosovo, Iugoslava imediatamente remetiam a imagens de guerra, destruição, devastação no sul da Europa.

9710083891_6d86e77a1a

Só a uns 3 ou 4 anos atrás quando comecei a trabalhar em contato com essa região eh que minha imagem foi mudando, e a fascinação pelas culturas dos Balkans foi crescendo e aumentando – desde então já visitei quase todos os países da região, e foi justamente depois da primeira viagem a Croácia em 2010 que me dei conta de como seria fácil viajar pela area.

9710059387_20570f951b

Mas não adianta, “Bósnia” ainda é um pais de nome forte, e não é exatamente um destino tradicional pra ferias em família… E confesso que a vontade de conhecer o pais foi por puro fruto de curiosidade mesmo, pois minha imagem não era exatamente das melhores!

IMG_1803

Sei lá, me considero bem mente aberta pra essas coisas, e destinos não-convencionais são comigo mesmo, mas imaginava que a Bósnia seria um misto de Romênia com Albânia – muito rica culturalmente e muita coisa legal pra oferecer, mas ainda descuidada, sem grandes estruturas turísticas.

9713294956_f032a44d9a

E foi difícil pensar em argumentos convincentes para os comentários: “Vão fazer o que por lá?!”,  “Nossa, vocês vão levar a Isabella pra Bósnia?! Iraque não estava disponível?!”, e afins, ou ate mesmo amigos e leitores que nos alertaram sobre problemas, golpes e furadas no pais.

IMG_1793

Então tentei ser sucinta: estávamos baseados na Croácia, mas alugamos um carro e passaríamos apenas 1 dia na Bósnia, sem nos prolongar muito (por exemplo, queria ir a Sarajevo, mas a viagem seria longa demais) e nos mantendo nas areas turísticas.

Então Mostar foi nossa escolha!

9710085641_4761bfd133

E mais uma vez tive uma agradável surpresa! (que graças a deus surpresas agradáveis em viagens acontecem com muito mais frequência do que surpresas desagradáveis!)

IMG_1741

A viagem foi tranquila, a estrada boa e passar pela imigração foi fácil (esse detalhes mais práticos da viagem vou escrever em outro post) e Mostar excedeu todas as nossas expectativas!

IMG_1752

Mostar foi uma das cidades que mais sofreu durante a guerra da Iuguslavia na década de 90, justamente pagando o preço por sempre ter sido um dos principais centros culturais e com mais diversidade da região.

9710072235_241bb6dbef

Os Balkans como um todo, sempre foram um caldeirão fervente de etnias, culturas, línguas e religiões, sendo que a Bósnia sempre foi o pais mais controverso nesse sentido – eles ja foram divididos, repartidos, separados e unificados por uma infinidade de países e impérios dominadores, e nunca se deram muito bem com toda essa mistureba.

IMG_1805

Com exceção de Mostar, que além de histórico e cultural, ainda por cima era uma cidade onde muçulmanos (Herança dos Otomanos) e cristãos (herança dos Austro-Hungaros) convivam pacificamente.

9713304746_147ed58a4f

E o principal ícone da cidade, a ponte Otomana do século 14 (que tambem era o principal símbolo do pais) também servia de icone por essa luta cultural-religiosa que fervia na Iuguslavia: a ponte de Pedra “Stari Most” unia os dois lados da cidade, cruzando o principal rio do pais e se tornou a principal rota que unia o litoral do Adriatico com os minerios do interior dos Balkans.

E foi justamente esse o alvo escolhido pelas forcas inimigas a ser destruida em 1993 – um bombardeio comandado pelo exercito separatista Bosnio destruiu em minutos toda a historia e simbologia da cidade.

9710069911_5454d78b12

Especula-se que o impacto moral foi tao grande na populacao da Bosnia e de toda regiao, que foi esse ataque que marcou o comeco do fim da guerra.

E se avancarmos quase 2 decadas, a regiao como um todo voltou a se reerguer e se recuperar da guerra – alguns paises se recontruiram rapido, outros ainda estao lutando por sua independencia, mas finalmente em 2004, com um projeto financiado pela ONU e com apoio internacional, Mostar se reabriu para o mundo (e para o turismo) ao inaugurar com toda pompa que teem direito a nova (velha) ponte, que foi restaurada e reconstruida exatamente como a original de 1400 e poucos.

IMG_1755

Entao, como mencionei ai em cima, foi uma surpresa ir descendo as ruas de paralelepipedo de Mostar e entrar na cidade na beira do rio!

Porque tinhamos mesmo aquela imagem de “Bosnia”, que seria interessante, mas um feinho-arrumadinho, sabe? Ate porque os arredores da cidade, e as ruas que permeiam a estrada que chega ate la nao sao das mais amigaveis…

Ah! Como eu adoro estar errada nessas horas!

9710060843_f0b4d34c5c

Sim, a cidade ainda tem algumas partes pra restaurar e dar uma ajeitadinha, mas a reconstrucao das areas principais ficou uma gracinha!

As pedrinhas das ruas principais parecem mesmo paradas no tempo (P.S. Impossivel andar por la com carrinho de bebe! Ainda bem que o canguru estava a tiracolo!), as casinhas coloridas, e as ruas que se afunilam mercado a dentro!

IMG_1794

E claro, a piece de resistance eh a ponte! Todos os olhos (e cameras fotograficas!) estao sempre apontadas na mesma direcao, com aquele tipo de paisagem que foi feito pra morar num cartao postal!

A cor clarinha do marmore da ponte arqueada sobre a agua verdinha do rio Neretva, e os dois lados da cidade, com seu mercado, lojas e restaurantes se debrucando nas beiradas.

IMG_1748

Nos escolhemos a sombrinha da varanda do restaurante Babilon para almocar – e o prato escolhido foram as tradicionais Trutas de agua doce do rio Neretva!

 

Adriana Miller
Siga me!

Adriana Miller

Sobre a Autora at Dri EveryWhere
Adriana Miller, Carioca. Profissional de Recursos Humanos Internacional, casada e mãe da Isabella e do Oliver.
Atualmente morando em Denver, Colorado, nos EUA, mas sempre dando umas voltinhas por ai.
Viajante incansável e apaixonada por fotografia e historia.
Adriana Miller
Siga me!

Latest posts by Adriana Miller (see all)

 

Adriana Miller
24 comentários
Comente pelo Facebook
Escreva o seu Comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui!
24 comentários
  1. Má Zapzalka - 06/12/13 - 13h39

    Dri, tenho uma curiosidade a respeito das tuas fotos. Como você faz para tirar as fotos de vocês três juntos durante as viagens?Pede para alguém ou usa tripé mesmo?Tenho essa dúvida porque sempre quando viajo com meu marido é impossível achar alguém com boa vontade e que tire uma foto decente de nós dois juntos!E o tripé é meio desajeitado para levar em todo lugar

    Responder
    • Adriana Miller - 06/12/13 - 19h54

      Sim, é um saco carregar um tripé, mas levamos pra todos os lugares assim mesmo! :-)
      Volta e meia pedimos pra alguém tirar uma foto nossa, mas os resultados geralmente são péssimos, e tão sempre acabamos montando o tripeiro e tirando nossa própria foto.

      Responder
  2. Liana - 06/12/13 - 13h39

    Muito legal! Essa cidade parece estar até bem preparada pra receber turistas e arrumadinha, depois de tanta destruição no país. Mas tambem nao a conhecia pra saber o quanto foi afetada pela guerra. Eu estive em Sarajevo em 2011 por 2 dias turistando também, e lá parecia bem mais acabado do que essa cidade aí. Claro, a capital foi o palco da guerra religiosa/de etnias, tem muitos prédios ainda destruídos e coisas caindo aos pedaços. Sarajevo é riquíssima culturalmente falando e precisava de incentivos pra se tornar mais reconhecida e atraente. Porque em se tratando de história… não dá pra ignorar a importância da Bósnia com o fim da Iugoslávia. Depois que o país venceu a guerra, só sobrava a Sérvia e Montenegro para se tornarem independentes. E ao mesmo tempo que senti essa certa tranquilidade no passeio por Sarajevo tambem, ver tanta coisa que parece ter parado no tempo e por isso, tranquilo, é meio paradoxal. Viajar por esses lugares é um outro tipo de viagem. Não tem nada de luxo, entretenimento, símbolos utópicos e fotos que todo mundo tem. Mas olha só essas fotos, e olhe a história, como ignorar a importância de um lugar como esse? quem vai ali tá interessado MESMO! Adorei!

    Responder
  3. Fernanda - 06/12/13 - 14h59

    “Iraque não estava disponível?!” foi ótima!!!! kkkkkkkkkkk Ê Adriana, sempre aumentando a nossa bucket list de viagem!!! hehehe

    Responder
  4. Sophie - 06/12/13 - 16h55

    Belíssima aula de historia – muito alem de um post turístico!
    Obrigada!

    bjs!

    Responder
  5. Rosana - 06/12/13 - 17h17

    Dri, me inspirei em sei Instagram na época, para ir a Mostar, e eu e meu marido decidimos chegar a Sarajevo. As piadas sobre o Iraque foram as mesmas e a surpresa boa ao chegar em Mostar resultou numa felicidade incrível! O mesmo aconteceu em Sarajevo… somente surpresas boas. E o mais incrível, ver como o povo da Bósnia, cheio de marcas e de um passado recente tão triste, consegue superar a sua dor e ser um povo tão simpático, alegre e cheio de vida. Me marcou ver as pessoas mutiladas e saber que ainda hoje, todos os dias ao menos 5 crianças ainda são vítimas das minas terrestres. Isso acontece pq as crianças gostam de ir brincar em meio aos bosques e nesses lugares ainda existem muitas minas…
    Ah, só queria te dizer que vc é uma inspiração para mim!!!!! Não viajo sem antes consultar o seu blog….rsrsrs. Bjs

    Responder
  6. Mayra Boppre - 07/12/13 - 18h01

    Adriana, será que você poderia incluir a informação de quantos dias para cada cidade nessa viagem Croácia/Bósnia seriam suficientes? Tipo nos posts “Na Prática” que você faz? Acompanhei a viagem pelo Instagram, mas me perdi quantos dias foram. Super obrigada!

    Responder
  7. Alexandra - 08/12/13 - 17h44

    Como vai, Adriana. Adoro o efeito que vocês dão em suas fotos, são realmente sensacionais. Por favor, pode me informar qual o programa que vocês usam para dar esse efeito da primeira foto desse post? Obrigada

    Responder
    • Adriana Miller - 08/12/13 - 21h48

      Na verdade é uma técnica, se chama HDR, e depende se sua câmera consegue fazer ou nao (vc precisa tirar 5 fotos com -1 e +1 de variação na exposição do balanço de luz, e depois sobrepor as fotos com Photoshop ou Lightroom usando a tool de HRD e ajeitar o equilíbrio das cores. É meio complicado… Heheheh. Eu não consigo fazer, só o Aaron mesmo!)

      Responder
  8. Boia Paulista - 09/12/13 - 14h56

    Oi, Dri. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    Responder
  9. Carol Guelber - 04/02/14 - 22h56

    Olá, Dri, td bem? Estou planejando viagem pra Croácia este ano e ver esta cidade me deu vontade de visitar a Bosnia. Mas fiquei curiosa que, na maioria dos blogs, geralmente todo mundo vai pra Neum. Porque você decidiu por Mostar e não foi pra Neum? Obrigada

    Responder
  10. mari - 23/03/14 - 19h53

    Dri, onde é que vcs costumam parar o carro na alta temporada quando visitam essas cidades? Estou querendo fazer exatamente esse roteiro que vcs fizeram em julho e fiquei me perguntando. Existem tours bate-volta que fazem o trajeto tb? Beijos!

    Responder
    • Adriana Miller - 25/03/14 - 11h34

      Sempre da pra achar estacionamento, e geralmente as cidades europeias tem varios estacionamentos subterraneos nos arredores das cidades antigas.
      Claro que o risco da alta temporada eh que geralmente os estacionamentos mais bem localizados lotam rapido e volta e meia temos que ficar rodando pra achar vaga… como em qualquer outra cidade do mundo.

      E sim, existem varias opcoes de bate a volta a partir de Dubrovnik. Nao sei se fazem exatamente o mesmo roteiro (provavelmente nao), mas algumas opcoes visitam algumas das mesmas cidades.

      Responder
  11. […] pela Croacia (Dubrovnik), Bosnia (Mostar) e Montenegro (Baia de […]

    Responder
  12. […] Em Agosto aproveitamos um feriado prolongado no UK e fomos explorar a costa do mar Adriático, passando pela Croácia, Montenegro e Bósnia. […]

    Responder
  13. […] Pra fechar o verao desse ano ainda fomos curtir a costa do Adriatico nos Balkans, e trouxe o enfeite de Montenegro que ja apareceu ai em cima e outro de Mostar, na Bosnia: […]

    Responder
  14. […] com a Bella, na época com 8 meses. La estava eu, com ela no canguru quando entrei numa loja na Bosnia e comecei a conversar com a vendedora, que tinha uma filha da mesma idade. Fiquei uns minutos […]

    Responder
  15. Gabriela - 06/04/15 - 12h16

    Olá Adriana. Estou indo pra Croácia em julho e gostaria de fazer um bate e volta em Mostar. As opções de ônibus são bem ruins então só chegaria lá as 15:20 pra ir embora no dia seguinte de manhã. Essa tarde será suficiente pra vermos o principal? Grata desde já.

    Responder
    • Adriana Miller - 07/04/15 - 10h57

      Realmente as opcoes de transporte public nessa regiao sao pessimas, e nao valem a pena numa viagem corrida nao. Se voce tem que ir embora n dia seguinte, so com uma noite na Bosnia,nao acho que esse hoje seja uma boa opcao.
      Na verdade a melhor e mais eficiente maneira de viajar pelos Balkans eh com carro laugado (as estradas sao otimas e os carros novos e baratos). Mas se dirigir nao for uma opcao pra voce, entao eu recomendaria que voce procurer agencias de escursao o motoristas privados.

      Responder
  16. Danielle Griffiths - 22/06/16 - 00h26

    Oi Dri, estou indo c a familia p Mostar e gostaria d saber onde vc ficou e se vc recomendaria. Qtas noites vc ficou? Estou pensando em ficar 2 noites la dps seguir p Sarajevo por 1 noite e na volta mais uma noite em Mostar e dps de volta p Split o q vc acha? Estou pensando usar transporte publico ouvi dizer q a viagem d trem de Sarajevo e imperdivel! Bom e isso, se puder me ajudar eu agradeceria!

    Responder
    • Adriana Miller - 06/07/16 - 14h48

      Nós ficamos hospedados em Dubrivnik, na Croácia. Não dormimos na Bósnia…
      Eu pessoalmente não recomendaria nenhum transporte público por lá. São bem precários, demoram muito… alugar um carro foi facílimo, barato e as estradas são ótimas!

      Responder
  17. […] A Dri tem um relato maneiro da cidade no blog DriEverywhere […]

    Responder
  18. Elena Dornelles - 19/02/18 - 14h26

    (detalhes mais práticos da viagem vou escrever em outro post) e Mostar excedeu todas as nossas expectativas!
    A frase acima tirei do teu texto, mas não achei onde está publicado os detalhes práticos. Poderia me ajudar a encontrar?
    Obrigada

    Responder