04 Jan 2013
8 comentários

Wifi gratis em Londres! Como e onde achar os hotspots espalhados pela cidade

Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Inglaterra

Infelizmente Londres não é das cidades mais conectadas do mundo – mas pouco a pouco as coisas estão mudando e melhorando, e a cada ano que passa a coisa vai melhorando e novos pontos de Wifi publico vão surgindo pela cidade.

Eu já dei a dica por aqui dos cartões de Sim card para seu celular, que ainda é a maneira mais fácil de ficar conectado durante sua estadia na Inglaterra.

Mas nem sempre vale a pena comprar um Sim Card, principalmente pra quem fica poucos dias em Londres – mas não quer dizer que todo mundo não queria ficar conectado! Afinal, como dar Check in nos pontos turisticos? Postar suas fotos no Instagram? Ou atualizar seu status no Facebook – ou um simples dar uma “alô” pra familia no Skype…

Então é sempre bom ficar de olho nos simbolos de Wifi grátis, e pra facilitar a vida dos turistas, aqui esta minha listinha de dicas e points:

Metrô:

Querendo ou não, é praticamente impossível vir a Londres e não passar algumas horas nos tuneis subterrâneos da cidade, tentando chegar do ponto A ao ponto B. (pra entender tudo sobre o metrô de Londres, é só clicar aqui).

Para saber quais estações já estão incluidas é só ficar de olho nos posters (como o da foto acima), ou no site do TFL.

Mas basicamente todas as estações “turisticas” e centrais já oferecem wifi gratis, e mais estações serão incluidas ao longo de 2013.

O único porém é que o wifi só funciona nas areas internas das estações e nas pataformas – uma vez que você entre no trem e siga viagem, o sinal é cortado – então se programe pra fazer uma horinha na estação e ler seus e-mails no celular antes de ir para sua próxima estação.

Outra dica é o wifi dentro do trem do Heathrow Express (que já falei aqui) que funciona super bem, é 100% de graça e funciona durante toda viagem (não apenas nas plataformas). Uma boa pra dar aquela ultima verificada no endereço do hotel na sua chegada, ou confirmar o terminal do seu voô na volta pra casa!

 

Cafés Pubs e redes:

Hoje em dia é dificil ver um café/pub pela cidade que não ofereça wifi gratis – até porque essa é uma ótima maneira de atrair clientes e ganhar da concorrência.

Geralmente todos eles tem uma plaquinha na porta indicando “Free Wifi” ou então bem de cara no menu.

O lado negativo claro, é o consumo – final se você pretende entrar e ficar horas atualizando status e postando fotos na internet grátis, o mínimo que se espera é que você consuma alguma coisa – mas não se preocupe. Os Ingleses levam o mesmo jeitão Europeu de pedir um cafezinho (ou uma pint de cerveja!) e ver a vida passar, então não precisa ter pressa!

Abaixo é uma listinha de redes de cafés, lanchonetes e pubs que oferecem Wifi grátis aos seus clientes:

McDonald’s: são mais de 181 restaurantes só em Londres com wifi gratis

Pret a Manger: Além de ser uma das melhores lanchonetes e cafés pra comer bem e barato em Londres, o Pret ainda tem mais de 150 pontos de internet gratis espalhados pela cidade.

Starbucks: A mais famosa das coffe houses do mundo infelizmente não oferece wifi gratis para clientes “normais”, mas quem for viciado mesmo em café pode fazer a carteirinha deles que dá acesso – sem custo – a mais de 400 lojas com wifi espalhadas pela cidade!

Le Pain Quotidien: Um dos meus lugares preferidos pra tomar Brunch em Londres, eles já tem cerca de 15 restaurantes em Londres, sendo que 13 deles oferecem wifi gratis para seus clientes.

Wetherspoons: Uma rede de pubs espalhadas por quase todos os bairros – já são cerca de 60 filiais com wifi gratis para seus clientes.

Outras redes facilmente encontráveis pela cidade pra ficar de olho:

Costa Coffe

Café Nero

EAT

Pizza Express

Fullers Pubs

Nem todas as filiais oferecem wifi, mas basta ficar de olho nas plaquinhas na porta – não tem como errar!

 

Pontos de Wifi publico:

Esses realmente são mais difícieis de achar, e o pior, não são garantia de que a conexão seja boa o suficiente… mas na hora do aperto não custa nada colocar o celular pra trabalhar e tentar achar onde se conectar pelas ruas de Londres:

Oxford Street & Tottenham Court Road:

Nem só se compras vive a Oxford Street! A Nokia é a patrocinadora do wifi de rua que cobre a região entre Oxford Circus e Tottanham Court Road. Não custa nada tentar… e de quebra voce ainda pode já postar uma foto de suas ultumas comprinhas pela cidade!

The City:

O centro econômico e financeiro da cidade não poderia deixar faltar seus hotspots, certo? São dezenas de pontos “The Cloud” espalhados pela City, que supostamente funcionam entre os melhores da cidade, pr anão deixar os executivos na mão…

St Pancras Station:

Além da rede de wifi na estação de metrô, St Pacras também conta com uma boa cobertura “the Cloud” em todo resto da estação de trem – perfeito pra quem está chegando/saindo da cidade via o Eurostar!

Por fim, vale a pena também ficar de olho nos pontos BT Openzone, que estão praticamente na cidade toda. O acesso wifi é pago, mas você pode comprar direto no seu cartão de crédito pacotes por hora, dias, meses etc com acesso ilimitado a todos os pontos BT Openzone que combrem as ruas, atrações turísticas, hoteis, aeroportos, Starbucks etc (até aqui no meu prédio tem um ponto Openzone!), então as vezes vale a pena!

 

E por fim, temos também as lojas da Apple, que apesar de não terem wifi livre, tem dezenas de computadores, iPads e afins conectados na internet – então é só passar em uma das lojas oficiais da Apple pela cidade (a principal fica em Regents Street, mas também tem uma outra enorme em Convent Garden) e dar aquela atualizada nos e-mails!

Adriana Miller
8 comentários
03 Jan 2013
9 comentários

Reveillon em Londres: 2012/2013

Ano novo e resoluções, Dicas de Londres, Dicas Uteis, Eventos, Inglaterra

Ha dois anos atras nós passamos o ano novo em Londres e isso acabou rendendo uma serie de posts bem legal e útil – com dicas práticas, como evitar furadas e não estragar seu revellion na cidade.

8334698432_9a62ae3e85_z

Esse ano ficamos na cidade mais uma vez e resolvemos repetir a dose – e pra completar, meus pais estavam aqui com a gente, e claro, não queriam perder a oportunidade de ver a queima de fogos!

Por sorte – ou azar! – choveu praticamente o dia todo em Londres, oque diminuiu consideravelmente a quantidade de pessoas “acamapando” nas ruas e nas pontes pra guardar um bom lugar pra ver os fogos… mas assim que o dia foi terminando, o tempo deu uma melhorada e não deu outra! Em questões de minutos as ruas foram tomadas por Londrinos e turistas de câmaras fotográficas a postos, garrafas de champagne nas mãos e muitos agasalhos!

Eu quis evitar a confusão, mas meus pais resolveram arriscar a multidão: seguiram minhas recomendações e em vez de tentar brigar por espaço na Westminster Bridge (a ponte do Big Ben), viraram pra esquerda e foram em direção a Lambeth Bridge – tudo bem que a vista não é a mesma pois pega o London Eye meio de lado, mas em compensação vc fica bem de frente pro Parlamento e consegue ver os fogos com menos confusão! (coloquei um mapinha no final do post).

Eles aprovaram!

Já eu e o Aaron não queríamos arriscar muita confusão na região do Tâmisa, então voltamos pro mesmo lugar que eu descobri (e recomendei!) da outra vez, na rua Lower Marsh, uma das ruas paralelas ao Tâmisa, ali atras da estação de Waterloo!

A rua já estava lotada, com todos os espaços entre predios com visualização do London Eye lotadas de pessoas, mas conseguimos um bom lugar mesmo assim, com direito a tripé das cameras e tudo mais!

E o melhor?! Ainda conhecemos um monte de Brasileiros por lá! Eles leram as dicas do revellion em Londres aqui no blog e conseguiram curtir a virada numa boa! :-)

Nesse post aqui tem o mapa oficial da prefeitura de Londres com as areas de visualização dos fogos de artifício da virada, e esse mapinha abaixo ajuda a localizar minhas dicas alternativas pra assistir os fogos em Londres com menos confusão:

Mapa revellion Londres

E pra finalizar o post, o Aaron publicou um tutorial sobre como fotografar fogos de artifício – pra já ir treinando até o ano que vem!

 

Adriana Miller
9 comentários
28 Nov 2012
15 comentários

Londres em Dezembro 2012

Dicas de Londres, Dicas de Viagens, Dicas Uteis, Eventos, Inglaterra

Desde que publiquei um post sobre o calendario de Londres em Dezembro ano passado, ele virou uma dos posts mais procurados e acessados – e tambem um dos que mais gera duvidas e confusoes pra quem esta com passagem marcada pra Londres nesse periodo.

20121127-115013.jpg

Entao pra atualizar as noticias e datas, resolvi fazer um novo post, versao 2012, e esclarecer novas duvidas que possam surgir.

Quase tudo continua valido – os eventos, os feriados, os dias que todo fecha na cidade… mas aqui vao minhas dicas para aproveitar melhor o fim do ano em Londres!

– Mercados de Natal:

O mais famoso na cidade eh o Winter Wonderland no Hyde Park; nao quer dizer que seja o melhor, mas sem duvidas o maior e ja virou tradicao na cidade.

Mas desde 2011 toda regiao de Southwark eh tomada por um mercado de Natal ali na Queen’s Walk em frente ao Southbank Centre – e eh um mercadinho bem fofo e autentico, patrocinado pela prefeitura de Colonia, na Alemanha.

20121127-115038.jpg

Ah! E claro, oque seria de Londres sem as areas dedicadas ao Natal em suas lojas de departamento e decoracao nas ruas?!!

– Compras e liquidacoes:

E ja que falei das compras nas lojas de departamento, nao esquecam que dia 26 de Dezembro eh o “Boxing Day“, feriado que inaugura a maior temporada de liquidacoes do ano no Reino Unido!

E apesar do valor da Libra, acredite, Londres eh um dos melhores lugares para compras do mundo – entao fique de olho em todas as dicas de compras em Londres AQUI!

– Eventos especiais:

Mas pra quem esta mais preocupado em curtir o clima na cidade (que realmente fica uma delicia!) do que fazer compras, essa eh a epoca do ano pra patinar no gelo em alguns dos monumentos mais bonitos da cidade!

 

20121127-114948.jpg

 

Ou entao, por que nao assistir algum espetaculo especial de fim de ano do Royal Ballet? A temporada 2012 ja esta a venda (corre que esgota rapido!) e dura apenas ate o inicio de janeiro (meu ingresso pro Quebranozes ja esta garantido!)

Ou talvez um concerto de Natal no Royal Albert Hall?

– Virada do Ano em Londres:

Sem duvida alguma eh um evento inesquecivel, e assistir a queima de fogos na beira do Tamisa eh uma daquelas coisas que todo mundo deveria incluir na lista de coisas a fazer nessa vida.

Mas por outro lado, eh um dos programas mais arriscados na cidade, que exige MUITO planejamento e sangue frio! As dicas e o passo a passo pra nao micar seu revellion em Londres estao aqui, aqui e aqui.

– Feriados e horarios de abertura:

Os dias de feriado de fim de ano na Inglaterra sao 25 e 26 de Dezembro e 1 de Janeiro, que esse ano todos caem em dias da semana.

Entao fiquem atentos aos horarios de abertura de todas as atracoes, passeios e monumentos durente esse periodo, pois quase tudo na cidade opera em horarios especiais, fechando suas portas mais cedo e com funcionamento limitado.

Principalmente pra quem estiver na cidade nos dias 24 e 31 de Dezembro, nao planeje nada sem antes verificar os “Opening Hours” nesses dias, para nao micar sua programacao – e principalmente no dia 31 de Dezembro, lembren-se que boa parte da area “turistica” da cidade fecha por causa das celebracoes de ano novo.

Ja o dia 25 de Dezembro, eh o maior e principal feriado do pais, onde tudo, absolutamente tudo na cidade fecha mesmo – lojas, museus, atracoes turisticas, bares, restaurantes, metro, onibus, trens, e oque mais voce puder imaginar (ate mesmo o principal mercado de natal da cidade, o Winter Wonderland, fecha no dia 25 de Dezembro!). Os pouquissimos servicos que funcionam nesse dia tem horarios limitadissimos, e portanto se planeje bem e tente reservar com antecedencia oque puder. Chegar no aeroporto ou na estacao de trem por exemplo, podem virar verdadeiros transtornos e acabar com sua viagem… (para saber como reservar taxis em Londres, veja aqui).

Essa semana a TimeOut publicou uma lista de alguns dos poucos restaurantes na cidade que estarao abertos no dia 25 de Dezembro (quase todos sao restaurantes dentro de hoteis), porque realmente ate pra comer a coisa fica precaria nesse dia (nao esqueca de estocar seu quarto de hotel, so por via das duvidas! Uma otima dica sao as cestas – ou “Hampers” da Fortnum & Mason ou da Harrods).

No dia 26 de Dezembro tambem eh oficialmente um feriado, mas como esse dia eh o Boxing Day e o comercio todo abre para a temporada de liquidacoes, a vida na cidade comeca a voltar ao ritmo normal (mas a maioria dos servicos ainda opera em horarios bem restritos).

Ja no dia 1 de Janeiro a cidade comeca a voltar ao normal, mas com muitas regioes ainda fechadas ou de acesso restrito, curando a ressaca das comemoracoes de revellion da noite anterior – e mais uma vez, nao planeje nada pra esse dia sem antes verificar bem os horarios de funcionamento e abertura de atracoes turisticas, lojas, restaurantes e transporte, pra nao cair em furadas!

Alem disso, no dia 1 de Janeiro ainda rola a “New Year’s Parade“, um desfile/festa que cruza o centro de Lndres no dia 1 e que causa um certo caos em varias areas turisticas (no site do evento voce encontra informacoes especificas sobre as ruas e bairros por onde a parade passa e como o transporte sera afetado).

 Ah!

E sem esquecer que essa eh uma das epocas mais frias, molhadas, cinzentas e escuras do ano, entao esteja preparado para o clima na cidade. Veja nesses posts aqui algumas dicas sobre como se vestir no inverno e onde comprar roupas de frio em Londres.

 

Adriana Miller
15 comentários
Página 7 de 144567891011